Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Pressão da Prefeitura faz Cedae levar água ao MCMV de Inoã

Texto: Marcelo Ambrosio

A Prefeitura de Maricá informa que o fornecimento de água para o Condomínio Carlos Alberto Soares de Freitas, em Inoã, começou a ser feito pela Cedae na manhã desta quinta-feira (29/10). A concessionária havia informado publicamente que o abastecimento no residencial do programa federal Minha Casa Minha Vida só seria feito com o término de obras na rede, previsto para março do ano que vem. Ocorre que documentos relativos ao processo de construção, como a DPA 129/11, recebidos pela Prefeitura, não mencionavam esse prazo. Ao contrário, em 25/06 deste ano a Cedae emitiu documento – declaração de aceite – informando do cumprimento de todas as premissas para a efetiva ocupação dos imóveis. O município só autorizou as mudanças quatro meses depois.

Desde junho de 2014, a Cedae já opera as linhas de distribuição, que alegava não estarem prontas. Tanto estavam que o abastecimento começou a ser feito graças às pressões da Prefeitura, junto à empresa e a Caixa Econômica Federal, gestora da construção. O município continuará exercendo seu papel de defesa dos interesses dos moradores e cobrando a solução definitiva de todos os problemas, inclusive o vazamento na tubulação que levou à paralisação do fornecimento, recém iniciado poucas horas depois.

Outubro 31, 2015 Posted by | água, jornalismo, Maricá, moradia | , | Deixe um comentário

Cemitério de Maricá funcionará em horário especial no Dia de Finados

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Fernando Silva

Cemitério Municipal ficará aberto das 6h às 18h na próxima segunda-feira (02/11), Dia de Finados

Na próxima segunda-feira (02/11), Dia de Finados, o Cemitério Municipal de Maricá funcionará em horário especial, das 6h às 18h. A expectativa da Prefeitura é que até 5 mil pessoas compareçam ao local (Rua Soares de Souza, s/nº, Centro) durante todo o dia e será celebrada uma missa às 10h. O cemitério possui 6,5 mil túmulos, entre sepulturas de família, carneiros, gavetas e covas comuns. Para facilitar o acesso ao local, a Guarda Municipal fechará a pista sentido Centro da Rua Soares de Souza e o estacionamento será permitido em uma faixa da rua. Por conta desta interdição parcial, o trânsito, sentido Flamengo, será desviado para a Rua Primeiro de Maio. Agentes da Secretaria Adjunta de Segurança também orientarão os condutores.

Outubro 31, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Ionita Salles Pinto faleceu nesta quarta-feira 28.10

Conhecida também como Ionita Guingle, a ex modelo e empresária deixa a saudade

Ionita, foi uma da mulheres mais lindas de sua época.  foto de Antônio Guerreiro

Recebi hoje a tarde, a triste notícia da partida da ex-modelo, socialite e empresária carioca, a bela Ionita Salles Pinto, que realmente foi uma das mulheres mais bonitas que o Rio de Janeiro teve e uma das mais desejadas mulheres de sua época. Mãe de minha querida amiga Gio, Georgiana Guinle.

Filha de diplomatas, aluna do Sacre-Coeur, aos treze anos já era um avião. Com 14 teve uma filha, um filho aos 15 e aos 17 se separou do pai dessas duas crianças. Aos 16 ela fizera amizade com diretores de cinema e começara a frequentar reuniões da esquerda. Teve de pular um muro quando a policia entrou atirando. Ivan Lessa jurava que ela era a mulher mais linda do mundo.

Menina moça, que sempre foi uma das mais belas de Ipanema e que despertou muitas paixões como Edu Lobo e Francis Hime mais o jornalista Renato Machado, tinha 20 anos de idade quando foi ‘fisgada’ pelo playboy e garanhão (na época com 52 anos muito bem vividos) Jorginho Guinle no alto de seus 1,60 metro de pura elegância e humor, na boate Le Bateau. Dizem que o pedido de casamento ficou na história: – “É a última vez que te peço em casamento. Tenho 52 anos, você, 20. Me dê dois anos de sua vida. Para você, isso não é nada; para mim, a vida inteira”.

Viveram juntos sete anos, tiveram Georgiana, atriz, escritora e corretora de imóveis. Rodaram o mundo. A entrega do Oscar era sagrada. Ionita atravessava o tapete vermelho como uma verdadeira estrela. Ela passou a frequentar o circulo de Guinle: os Rothschild, os Windsor, Marisa Berenson, Polanski. Uma vida de festas em Paris, Veneza, Londres, Cannes e Hollywood.

Fez fotos com Richard Avedon e com Antônio Guerreiro com quem viveria uma forte paixão. Aliás é de Guerreiro, grande artista fotógrafo, a foto que utilizo para mostrar aos amigos quão bela era Ionita …
Ano passado, nosso Antonio Bivar a homenageou nas páginas de um de seus tomos autobiográficos …
R.I.P. Ionita … e paz, força e serenidade para nossa Gio!

Por Thiago Menezes

Outubro 28, 2015 Posted by | jornalismo | , | Deixe um comentário

Decisão do Tribunal de Justiça reforça importância do empreendimento Fazenda São Bento da Lagoa

Desembargadores mantêm licenciamento do projeto. Sentença ressalta ocupação predial "respeitosa", centro de pesquisas, saneamento e RPPN, entre outros atributos

Na segunda-feira (19), o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), por 19 votos a 3, deu decisão favorável ao prosseguimento do licenciamento do empreendimento Fazenda São Bento da Lagoa, da IDB Brasil, na Área de Proteção Ambiental (APA) de Maricá. Com isso, a Justiça reforça a legalidade do projeto sustentável, que vai preservar 81% da área total do empreendimento, com uma taxa de ocupação predial de apenas 6,4% – o percentual restante é de intervenções, como praças, vias e jardins – e dar título de propriedade a todos os moradores da comunidade pesqueira de Zacarias, instalada dentro da área da fazenda.

Segundo a sentença do TJRJ, a não execução do projeto “poderá colocar em risco os interesses da população local, causando danos aos interesses coletivos”. O relatório informa ainda que o projeto respeita princípios constitucionais para a proteção do meio ambiente e da população que vive em Maricá.

A decisão do Desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, presidente do TJ-RJ, reforça que o empreendimento previsto para Maricá “contempla respeitosa proposta de ocupação predial, com taxa de aproximadamente 6%, que inclui a construção de um centro de pesquisas científicas para apoiar universidades brasileiras, a construção de centros desportivos abertos à população e que atenderão gratuitamente alunos da rede pública de ensino, a regularização fundiária de aproximadamente 180 residências atualmente irregulares na APA de Maricá, saneamento de aproximadamente 15km de orla em uma das principais lagoas da cidade e a criação de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), que representa 52% da área total do projeto com 450 hectares”.

Também foi considerada na decisão o cenário econômico do país, onde taxas de desemprego e endividamento da população crescem “assustadoramente”. O acórdão destacou as consequências positivas do projeto para a região: criação de 16.878 empregos diretos e 7.200 empregos indiretos. "É indispensável e salutar industrialização do interior do Estado e, por conseguinte, compromete a qualidade de vida da população”, informa a sentença.

Com a decisão, a Licença Prévia (LP), que foi concedida pelo Instituto Estadual de Ambiente (INEA) em abril de 2015, segue com validade plena. A LP aprova a concepção e a localização do projeto, atestando a viabilidade ambiental e estabelecendo requisitos básicos e condicionantes. O próximo passo é que sejam concedidas as licenças de instalação (LI), para que as obras sejam iniciadas, e de operação (LO), quando o empreendimento entrar em funcionamento.

A IDB informou que o projeto respeita os limites e parâmetros estabelecidos na legislação ambiental, incluindo a Faixa Marginal de Proteção (FMP) da Lagoa de Maricá. “O empreendimento cumprirá as condicionantes da Licença Prévia, entre as quais podem ser citadas: programa de manejo da fauna terrestre, manutenção de equipe especializada em manejo de fauna, programa de resgate e monitoramento de espécies ameaçadas de extinção e realocação de edificações situadas em áreas identificadas como mais sensíveis”, explicou David Galipienzo, diretor-executivo da IDB Brasil, mestre em ciências ambientais.

Entenda o caso

A briga judicial, que teve como último movimento a decisão assinada pelo presidente do TJ-RJ na última segunda-feira, já registrou muitas idas e vindas. O pedido inicial dos opositores ao empreendimento era que qualquer licenciamento realizado na área fosse suspenso até que o plano de manejo, decreto que estabelece as zonas de ocupação, conservação e preservação da área, fosse revisto. Resultado de diversos estudos, o plano foi discutido com a população em audiência pública e sancionado pelo governador do Estado. Houve uma guerra de liminares, que culminou com a suspensão do licenciamento do empreendimento, na primeira quinzena de julho. Cinco dias mais tarde, a Prefeitura de Maricá recorreu da decisão com um pedido de suspensão de liminar, sob a alegação de risco à ordem econômica do município. A presidência do TJ-RJ deferiu o pedido. Em seguida, integrantes da Associação Comunitária, de Cultura e de Lazer de Pescadores de Zacarias, com o apoio do Ministério Público,entraram com um agravo para questionar a decisão, mas os desembargadores negaram definitivamente provimento, por ampla maioria.    

Outubro 26, 2015 Posted by | empreendimento imobiliario, jornalismo, Judiciário, Maricá | , , , | Deixe um comentário

Maricá faz atendimento para cirurgia odontológica no hospital municipal

A Secretaria Adjunta de Saúde iniciou no sábado (17/10), no Hospital Municipal Conde Modesto Leal (HMCML), por meio do Programa de Saúde Bucal de Maricá, atendimento para quem precisa de intervenções odontológicas em centro cirúrgico. O serviço é destinado a usuários que tenham qualquer comprometimento sistêmico no qual não seja possível fazer o atendimento odontológico na cadeira do dentista convencional.

Atendimento para quem precisa de intervenções odontológicas em centro cirúrgico são feitas no hospital

Alex Torturella Vidal é bucomaxilofacial da equipe e explica que há uma demanda de pacientes com deformidades esqueléticas faciais e que necessitam de intervenções odontológicas em centro cirúrgico. “Realizamos cirurgias ortognáticas (indicada para pessoas que tenham deformidades nos ossos da face e nos dentes) e cirurgia de lábio leporino também. Além disso, a maioria dos nossos pacientes tem cardiopatia ou algum problema neurológico. Por isso usamos o centro cirúrgico junto ao anestesiologista e atendemos assim os pacientes, oferecendo segurança”, analisa.

Para a coordenadora do Programa Municipal de Saúde Bucal, Márcia Serafim, o objetivo do serviço é atender pacientes que necessitem de sedação, sejam diabéticos, hipertensos, que tenham problemas neurológicos. “Atenderemos todos os sábados e realizaremos cirurgias e ambulatório. Os pacientes que necessitarem desse tipo de serviço serão encaminhados pelos dentistas da rede, ou seja, pelos postos, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou pelo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). A equipe é composta de uma dentista clínica, dois especialistas em bucomaxilofacial e um anestesiologista. “As pessoas precisavam sair daqui e ir para o Rio com o filho deficiente, por exemplo. Isso é muito difícil para os pais", afirma a subsecretária de Urgência e Emergência, Nilcinea Ferreira. "Além disso, para que as cirurgias aconteçam as crianças precisam estar em jejum. Às vezes não eram atendidos na hora. Então fazer isso aqui no município em que eles moram é um ganho que não se pode medir”, diz.

A população aprovou o serviço. Rafaela Ribeiro da Silva, 27 anos, mora no bairro da Amizade. Trouxe o filho Patrick de 9, para iniciar o tratamento. “É difícil andar com criança em cadeira de roda. Aqui é mais perto para gente. Eu acho muito bom ter esse atendimento aqui no hospital”, disse. "Trouxe meus dois netos que são especiais para tratar, pois aqui vão induzir o sono. Estou atrás desse serviço há muitos anos”, emendou Tânia Mara Rodrigues Vieira, 53 anos, que mora em Itaipuaçu. Já Cátia Cristina Bernardo da Silva, 36 anos e moradora de Araçatiba, levou a filha Natália, de 10 anos. “Ela faz uso de cadeira de rodas e precisa do tratamento. Já estão pedindo os exames. Na próxima vez farão a sedação. Dessa maneira, conseguiremos tratar”, disse a mãe de Natália. “Esse tipo de tratamento era feito fora e isso causava um transtorno para pacientes e familiares. Montamos esse serviço aqui dentro do hospital a fim de proporcionar mais qualidade de vida, dignidade e respeito aos nossos pacientes”, declarou o secretário municipal adjunto de Saúde, Peterson Cabral.

Quem quiser informações pode procurar o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO Maricá), de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, que fica à Rua Ivan Mundi, 737, Boqueirão. O telefone é 3731 2061. Ou então procurar a Coordenação de Saúde Bucal do Município que fica à Rua Roberto Silveira, 43, Centro. O telefone é 2634 7965.

Outubro 21, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá promove passeio de bicicleta sábado em Itaipuaçu

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Divulgação

Participantes sairão da Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um) em direção ao Recanto

Projeto “Pedala Maricá”, da Secretaria de Turismo, acontece, pela primeira vez, em parceria com a pasta de Assuntos Religiosos. Inscrições até sexta-feira

O “Pedala Maricá”, projeto de incentivo a prática do ciclismo e de atividade física, terá mais uma edição neste sábado (24/10) com um circuito urbano por ruas de Itaipuaçu. A iniciativa da Secretaria Municipal Adjunta de Turismo será realizada, pela primeira vez, em parceria com a pasta de Assuntos Religiosos, que está mobilizando interessados em participar do passeio. As inscrições são gratuitas e acontecem até sexta-feira (23/10) na Secretaria de Turismo (Praça Conselheiro Macedo Soares, Centro) ou pelo telefone 3731-5094. A expectativa dos organizadores é reunir mais de 200 participantes.

A atividade é recomendada para pessoas de qualquer idade. Os interessados precisam apresentar um documento de identificação e os menores de 14 anos devem estar acompanhados de um responsável. Serão disponibilizados um caminhão para transportar as bicicletas e um ônibus para levar os participantes até o local de início. A saída será às 8h, na Praça Conselheiro Macedo Soares. Um café da manhã será oferecido no Centro Evangelístico, localizado na Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um), em frente ao posto Golfinho, às 9h, e, em seguida, os ciclistas iniciam o percurso até o Recanto de Itaipuaçu. Agentes da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança acompanharão os participantes.

O projeto teve início em janeiro de 2013 com o objetivo de conscientizar a população sobre o uso da bicicleta como meio de transporte eficiente e ambientalmente correto, além dos benefícios à saúde, sendo indicado por médicos para desenvolvimento de resistência de força muscular das pernas e ótimo exercício para queima de gordura corporal. A Prefeitura já promoveu edições do “Pedala Maricá” em ruas do Centro, Cordeirinho, Espraiado, Itapeba, Flamengo, Itaipuaçu e Barra de Maricá.

Outubro 21, 2015 Posted by | esportes, Maricá | | Deixe um comentário

Novo Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara será referência em Maricá

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Fernando Silva

Previsão é a de que as obras sejam concluídas no segundo semestre de 2016 – Foto: Divulgação

Uma das maiores, senão a maior, demanda da área de Saúde em Maricá começa a ser solucionada definitivamente.

A Prefeitura deu início às obras de construção do novo Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, com trabalhos de terraplenagem e nivelamento de terreno na área de 128,9 mil metros quadrados localizada no Km 22 da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em São José do Imbassaí, no sentido Niterói. O projeto prevê um Hospital Geral num complexo de 38 mil metros quadrados, com 10,4 mil metros quadrados de área construída em três blocos, com total de 138 leitos para internação. O investimento da Prefeitura na obra é de aproximadamente R$ 40 milhões – incluindo os aportes federais e a contrapartida municipal – e a previsão é a de que as obras estejam concluídas no segundo semestre de 2016. A nova unidade, além de servir de referência na região, vai aliviar a demanda do atual Hospital Municipal Conde Modesto Leal (HMCML), no Centro.

Segundo a coordenadora do projeto no município, Fernanda Spitz, o HMECG terá seus blocos interligados, sendo o principal (A), no centro, e dois laterais (B e C). Além de um moderno setor de pronto atendimento 24h para politraumatizados e pacientes referenciados da rede (enviados pela central municipal de regulação), a unidade contará com clínicos gerais, cirurgiões gerais, pediatras, anestesistas, ortopedistas e especialistas de sobreaviso (urologia, cardiologia, vascular, bucomaxilofacial, neurologia, infectologia). “O novo hospital virá para transformar o conceito de atendimento em urgência e emergência na cidade”, afirma Fernanda Spitz. “Terá uma estrutura moderna e uma filosofia de assistência pautada na política de humanização”, completa.  Ainda de acordo com a coordenadora, a unidade será um importante componente na Rede de Urgência e Emergência (RUE) com leitos de retaguarda clínica e referência para cirurgia ortopédica e pediátrica. “Estamos muito felizes com o projeto, que foi aprovado pelas secretarias do estado e pelo ministério da Saúde”, completa Fernanda.

O Centro Cirúrgico será um complexo com três salas de cirurgia de grande porte e uma sala de cirurgia de médio porte e a unidade contará também com dois Centros de Tratamento Intensivo (CTI), um adulto para nove pacientes mais um de isolamento, e outro pediátrico, com 10 leitos normais e um de isolamento. O atendimento contará também com um moderno parque de medicina diagnóstica com Imagenologia (radiologia digital, tomografia, ultrassonografia, ecocardiografia, eletrocardiografia, endoscopia digestiva e colonoscopia) e laboratório de análises clínicas. O setor atenderá indiscriminadamente a todos os usuários do HMECG, adultos e crianças. O projeto igualmente prevê uma central de material esterilizado.

Enfermarias

Na área de enfermarias, o Che Guevara terá sete enfermarias femininas e sete masculinas de clínica médica, com três leitos em cada uma, sendo seis de cada para a retaguarda clínica regional, quatro de cada para emergência clínica (ao todo 12 leitos masculinos e 12 femininos nessa ala), três isolamentos clínicos, três enfermarias femininas e duas masculinas de clínica cirúrgica com três leitos em cada uma, sala de observação com seis leitos para adultos e quatro para a pediatria, além de RPA com seis leitos, sendo dois exclusivos para crianças. Há, ainda, duas enfermarias de emergência clínica pediátrica com três leitos cada (masculina e feminina), quatro enfermarias femininas e quatro masculinas de pediatria com três leitos em cada, dedicadas à internação de longa permanência. O projeto contempla também quatro isolamentos pediátricos. Os blocos de atendimento ainda terão salas de observação, com seis leitos para adultos e quatro pediátricos, salas de politrauma adulta e pediátrica, com dois leitos cada e salas de higienização adulta e pediátrica. Todas as unidades contam com serviços de apoio em psicologia, serviço social, fisioterapia e nutrologia, assim como outros setores que participam da assistência indireta.

No Bloco C ficará a área administrativa, com auditório, sala de tecnologia e informação (TI), recepção administrativa da fonoaudiologia e fisioterapia, administrativo da assistência social e psicologia, setor de contas médicas, Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME) e as Comissões Intra hospitalares – Comissão de Infecção Hospitalar (CCIH); Comissão de Investigação de Óbito (CIO); Comissão Interna de Curativo (CIC) e Núcleo de Vigilância Hospitalar (NVE). Vale ressaltar que todo o hospital será informatizado. O software específico já contratado e em fase de implantação no município. 

Para completar, o projeto contempla ainda refeitório com 192 lugares, auditório com 72 lugares e salas de administração. A equipe de funcionários terá enfermeiros, técnicos de enfermagem, profissionais de apoio técnico, serviços gerais, administração e corpo diretor. “Teremos, ainda, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, sanitaristas e fisioterapeutas, assistindo pacientes nas unidades intensivas e enfermarias”, acrescenta a coordenadora.

Unidade está em construção no km 22 da RJ-106, em São José – Foto: Fernando Silva

Hospital Geral terá três blocos, com total de 138 leitos para internação – Foto: Divulgação

Outubro 21, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá decreta luto pela morte de Robson da Construaçu

A Prefeitura de Maricá decretou luto oficial de três dias, a contar de segunda-feira (19/10), pelo falecimento do empresário Robson de Alcântara Coelho, conhecido como Robson da Construaçu.

 Robson da ConstruaçuO empreendedor imobiliário morreu no último sábado (17/10) aos 56 anos vítima de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Robson ficou conhecido em Itaipuaçu, onde investiu por mais de 20 anos no mercado imobiliário e da construção civil e abriu duas empresas a Construaçu e a 1ª Opção. O decreto nº 095, de 19 de outubro de 2015, será publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) desta quarta-feira (21).

Outubro 20, 2015 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá altera programação do Outubro Rosa

Texto: Rafael Zarôr

Exame preventivo acontece dia 24/10 e informativos serão distribuídos pela cidade. Shows gratuitos encerram programação

A Coordenação de Políticas para as Mulheres alterou o calendário (veja aqui) do “Outubro Rosa” de Maricá – campanha de prevenção e tratamento precoce do câncer de mama e colo do útero para mulheres em todo o país. A organização cancelou a caminhada no Centro, mas está confirmado o Dia D do exame preventivo Papanicolau (24/10), as distribuições de informativos na cidade desta segunda-feira (19/10) até o dia 23 e os shows de encerramento do projeto “Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá”, da Secretaria Adjunta de Turismo, no dia 30/10, na Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro.

Em 2014, cerca de 700 exames preventivos (câncer de colo de útero ou papanicolau) foram realizados em Maricá e o objetivo é incentivar um número ainda maior de mulheres a participar. A campanha “Outubro Rosa – Maricá na luta contra o câncer de mama” está a cargo da Coordenação de Políticas para as Mulheres, que coordena várias outras pastas. O preventivo deste ano acontece dia 24/10, das 8h às 17h, nas Unidades de Saúde da Família e Postos de Saúde de Maricá (com exceção de Santa Paula que não fará a atividade) com a coleta do exame preventivo e exame físico das mamas. Neste dia, as unidades também aproveitarão para vacinar contra o Papilomavírus humano (HPV), das 8h às 16h. Para realizar o exame preventivo é preciso apresentar cartão do SUS e documento de identidade, já as vacinas contra HPV serão aplicadas mediante a apresentação da caderneta de vacinação.

Outubro 20, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Nesta sexta tem semifinal para escolha do samba enredo na GRES União de Maricá

A semifinal para escolha do hino da GRES União de Maricá, para o Carnaval de 2016, será realizada nesta sexta-feira, dia 23.10, na Quadra Poliesportiva Leonel Brizola, na rua Uirapurus, esquina com Roberto Silveira, no bairro do Flamengo, partir das 21h.

Quatro sambas estão na disputa, são eles:

9 – Claudinho Guimarães 
6 –Pedrinho Ponte Preta, Jacaré, Pedro Ivo, Roberto e Wiliam da Van
8 – Renatinho da Oficina, Dominguinhos do Estácio, Gilberto Gomes, Marcinho Família, Arthur Miguel, Sergio Joca e Carlão do Caranguejo
7- Jorge Aila, Mestre Dudu, Xandy, Luizão das Flores e Jorge Preguiça

Venha participar!!!

Entrada Franca

DSCN7049DSCN7123DSCN7223DSCN7283

Outubro 20, 2015 Posted by | cultura, GRES União de Maricá, jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos, turismo | | Deixe um comentário