Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Leandro Sapucahy é a atração deste sábado no Festival de Verão de Maricá

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Fernando Silva

A estação mais quente do ano em Maricá será animada com um grande show gratuito todo sábado na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro. E a atração do Projeto Verão confirmada pela Secretaria Municipal Adjunta de Turismo é o sambista Leandro Sapucahy, que se apresenta às 23h, neste sábado (23/01), dando sequência à programação que antecede o Carnaval.

A noite será aberta pelo grupo Amakina, com show a partir das 21h. O grupo, um "power trio", vai esquentar o público com um show de rock apresentando desde clássicos a hits de bandas como Legião Urbana, Mutantes e outras. Já o sambista mostrará ao público seu novo disco “Eu amo a vida”, que dá nome a uma das canções do álbum, com letras e melodias românticas do jeito carioca malandro de amar. Outra música de trabalho incluída no repertório é “Subindo audiência”.

Um dos responsáveis por comandar as rodas de samba do Esquenta, programa exibido aos domingos na Rede Globo, Leandro Sapucahy é considerado um dos grandes nomes da nova geração do samba. Com 16 anos de carreira como intérprete e 25 anos como produtor musical, o cantor promete apresentar sucessos de artistas consagrados, como Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Bezerra da Silva, Grupo Revelação, Arlindo Cruz, além de seus próprios hits, como “Polícia e Bandido”, “Meu nome é Favela”, “Comunidade” e “Fui Bandido”.

Anúncios

Janeiro 21, 2016 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos | Deixe um comentário

Maricá firma parceria com estado sobre projeto Lei Seca

Texto: Sabrina Alves e Fernando Uchôa | Fotos: Divulgação

O secretário municipal adjunto de Educação, Daniel Neto, e o subsecretário municipal de Segurança de Maricá, Luiz Alberto Santos, estiveram nesta terça-feira (19/01), na Secretaria de Governo do Estado do Rio, para firmarem parceria sobre o projeto “Educação e Conscientização da Operação Lei Seca”, no município.  A reunião foi realizada com a presença do coordenador estadual da Operação Lei Seca, Francisco Granado, e nela ficou acordado que o projeto será desenvolvido através de palestras ministradas em unidades escolares  municipais, com o objetivo de conscientizar os estudantes sobre a importância de não se misturar bebidas alcoólicas e direção.

“As palestras nas escolas tem trazido excelentes resultados, pois os dados apresentados impactam de forma positiva o aprendizado, conteúdo que os alunos apreendem de forma rápida e eficaz”, disse Granado. “É importante tratarmos desse assunto com pessoas que ainda não dirigem; isso é uma forma de fazer com que no futuro sejam motoristas conscientes”, completou.

Participam das palestras três cadeirantes. Todos vítimas do trânsito, eles contam suas experiências, falam sobre os malefícios que o álcool pode causar na vida de um adolescente e sobre os perigos iminentes da ingestão de bebida no trânsito. O secretário Daniel Neto adiantou que o projeto terá início em Maricá já no mês de fevereiro. “Faremos um cronograma que atenderá a todas as 55 escolas do município. Nosso governo trabalha também com matérias extracurriculares que preparam o cidadão para o futuro”, concluiu.

Janeiro 21, 2016 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, segurança pública | Deixe um comentário

Comandante do 12º BPM visita prédio onde vai funcionar GGIM de Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

O prédio onde vai funcionar a sede do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e a sede da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Pública, no Centro, recebeu nesta terça-feira (19/01) a visita do coronel Fernando Salema, comandante do 12º BPM (Niterói), responsável pelo policiamento em Maricá. O oficial conheceu as instalações que estão em fase final de acabamento, recebendo os equipamentos de monitoramento das ruas e entradas da cidade. A previsão é que o batalhão possa utilizar as imagens geradas pelas câmeras já no Carnaval.

Acompanhado de representantes da 4ª Companhia da PM (que policia a cidade) e do batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o coronel Salema elogiou as instalações e disse que é um pioneirismo do governo municipal. “É uma estrutura maravilhosa, que vai poder acolher os órgãos de segurança com todo conforto”, exaltou. “A imagem hoje em dia é tudo no combate ao crime nas ruas, e o agente de segurança deve ser um excelente observador e ter agilidade para evitar que aquela pequena ocorrência venha a se tornar um mal maior. Tenho certeza que o local vai proporcionar toda condição necessária para isso”, avaliou o comandante.

Ao lado dele, o secretário adjunto de Segurança Pública, Fabrício Bittencourt, garantiu que o espaço estará funcionando até o Carnaval por determinação do prefeito Washington Quaquá. “Nosso prefeito quer que tudo funcione e estejamos vigiando as ruas durante a folia. Estamos aguardando apenas a chegada do mobiliário, instalação dos aparelhos de ar condicionado para ocuparmos o prédio. Creio que isso correrá nos próximos dias” acredita Fabrício.

Salema falou também sobre os índices de criminalidade em Maricá que, segundo ele, estão dentro de níveis que considera aceitáveis. “O principal problema da cidade são os roubos de veículos e a transeuntes, mas tenho relatórios que apontam queda nos números pelo quinto mês consecutivo. Conseguimos reduzir em 29% os roubos a pedestres, em 42% os de veículos e em 60% os homicídios. Não tenho dúvidas que este novo centro de monitoramento vai nos ajudar a reduzir ainda mais esses indicadores”, afirmou o oficial, reiterando que Maricá está dentro da chamada ‘meta verde’ da criminalidade.

Janeiro 21, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, segurança pública | | Deixe um comentário

Evento no CEU de Maricá vai lançar a fita marrom contra a intolerância religiosa

Texto: Sérgio Renato

O Centro de Artes e Esportes Unificados de Marco Antônio Cardoso Siqueira de Maricá (CEU) recebe nesta sexta-feira (22/01) um evento que promete ser um marco no combate à intolerância religiosa. Representantes de diferentes correntes e crenças espirituais vão se reunir para celebrar o Dia Internacional da Religião e o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, ambos comemorados no dia 21 de janeiro. Na ocasião, será lançada a campanha da fita marrom para representar a luta pela liberdade de culto.

O evento tem o apoio da Prefeitura de Maricá, através das secretarias adjuntas de Direitos Humanos e Participação Popular e de Assuntos Religiosos. A programação começa às 18h30 e conta com a participação de diversas entidades e grupos de católicos, evangélicos, ciganos, indígenas, umbandistas e candomblecistas. Estão previstas ainda a exibição de vídeos institucionais e uma roda de samba e capoeira da Associação de Capoeira Filhos da Lua.

O dia 21 de janeiro foi escolhido como Dia de Combate à Intolerância Religiosa por ter sido a data da morte da ialorixá Gildásia dos Santos e Santos, conhecida como “Mãe Gilda”. Em outubro de 1999, o terreiro da mãe-de-santo foi invadido e depredado por membros de uma igreja evangélica neopetencostal  após uma reportagem do jornal produzido pela igreja mostrá-la na capa com trajes de sacerdotisa sob a manchete “Macumbeiros charlatões (sic) lesam o bolso e a vida dos clientes”. Mãe Gilda sofreu um infarto fatal três meses após o ocorrido.

Janeiro 21, 2016 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário