Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

GRES União de Maricá irá festejar o resultado do Carnaval nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira, dia 19.01, a partir das 21h, vai ter muito samba na quadra com a União de Maricá, estaremos festejando a conquista do 4⁰ Lugar do Grupo C, do Carnaval carioca 2016. Para nós, tem sabor de Vitória! Você é nosso convidado especial. Maricadência a Bateria nota 10, Rainha Duda Jantorno, musas, passistas, Harmonia 40°, intérprete Matheus Gaucho, Mestre Sala Márcio Da Milena e a porta bandeira Roberta Machado. Quadra Poliesportiva do Flamengo, sexta-feira, 21h. Venha festejar conosco, traga seus familiares e amigos, um programa para toda família!!!

EM COMEMORAÇÃO AO NOSSO HONROSO RESULTADO, FINALIZAÇÃO DO CARNAVAL 2016 e iniciando os trabalhos, RUMO AO CARNAVAL 2017!!!
19.02, sexta-feira, 21h, no Complexo Esportivo Leonel M. Brizola
Rua Uirapurus – Flamengo – Maricá/RJ

Em Maricá, a vitória festejada é o quarto lugar, conquistado pelo GRES União de Maricá.

Fundada em 26 de maio, do ano passado, a GRES União de Maricá, conseguiu em apenas oito meses, conquistar a quarta colocação no Grupo C. O desfile aconteceu no Rio de Janeiro, na Avenida Intendente Magalhães, na segunda-feira (08/02) e a escola foi a última a entrar na avenida, às 4h.

Desfile:

Diretoria se preparando

comissãoala 2

ala 3ala 4

ala 5ala

baianabateria 10

bateriaCarlos Alves

Carro de Somcomissão de frente

damas 2damas

indiosJuju

Mariana Mellomaricadência

mestre ArmandoPedro Tatui

Primeiro casal Marcio Da Milena e Roberta Machadoprimeiro casal

Rainha da BateriaRebeka

Renato Figueiredosegundo casal

Velha Guarda reunidavelha guarda

Diretoriana Intendente Magalhães

Apuração:

na apuração no Terreirão do SambaAcompanhando Apuração Grupo C. Somos da União de Maricá (8)

Na tarde de quinta-feira, a apuração transmitida ao vivo pela web radio arquibancada, foi acompanhada por uma grande torcida, nota a nota.

Classificação oficial Grupo C
1 – Vizinha Faladeira – 269,3
2 – Coroado de Jacarepaguá – 268,9
3 – Arrastão de Cascadura – 268,6
4 – União de Maricá – 268,4
5 – Boca de Siri – 268,4
6 – Sereno de Campo Grande – 268,1
7 – Lins Imperial – 267,8
8 – Unidos da Vila Kennedy – 267,1
9 – Unidos da Vila Santa Tereza – 266,8
10 – Mocidade Unida da Cidade de Deus – 266,3
11 – Acadêmicos do Dendê – 265
12 – Acadêmicos da Abolição – 264,3
13 – Rosa de Ouro – 260,8
A primeira colocada desfilará na Série B em 2017
As quatro últimas fora rebaixadas para o Grupo D em 2017.

O presidente da escola de samba de Maricá, Mauro Alemão, saiu da apuração direto para quadra, vários integrantes participaram de uma rápida confraternização.

A Deputada Estadual Rosangela Zeidan, também compareceu na quadra e parabenizou o empenho de todos.

Confraternização no dia da Apuração foi assim

DSCN4833

DSCN4773DSCN4780DSCN4784DSCN4785DSCN4791DSCN4798DSCN4825DSCN4840DSCN4848DSCN4861

O resultado não surpreendeu o prefeito Washington Quaquá, que apoia o projeto da escola sobretudo pelo potencial de inclusão social que o trabalho representa na cidade. “A União de Maricá se transformará em uma escola modelo, será não só uma escola de samba, o que por si só já seria uma grande contribuição à cultura popular, mas será também uma base profissionalizante de música, de solda, de figurino, de cenografia, de corte e costura, de desenho, de escultura, de iluminação, etc", afirma. "Vai ser de fato um centro de cultura popular e do samba”, completou.

O resultado da estreante é expressivo quando se observam que foram 13 agremiações desfilando na Intendente Magalhães. Dentre elas apenas uma, a Vizinha Faladeira, subiu para o grupo B. “Parabéns pelo excelente quarto lugar, para quem a menos de um ano atrás nem existia. O Carnaval de 2017 e a busca agora sim pelo título começa amanhã”, finalizou o prefeito.

Para o presidente da GRES União de Maricá, Mauro Ramos, a agremiação fez todo o dever de casa e cumpriu todas as obrigatoriedades para uma boa pontuação sobretudo nos setores chamados "de chão", ou seja com a comunidade da cidade. “Tivemos nota máxima em bateria, harmonia e samba enredo. Isso mostra que apesar do pouco tempo o trabalho foi intenso para fazer bonito”, comentou. Por ter sido fundada em maio, a União de Maricá teve pouco tempo para se organizar. Segundo Mauro Ramos, enquanto as escolas já estavam com praticamente tudo definido para o desfile, a agremiação maricaense ainda estava escolhendo o samba enredo. “Para piorar o carnaval foi no início de fevereiro”, ressaltou.

Para o secretário municipal de Cultura, Ciência e Tecnologia, Romário Galvão, a participação e a boa colocação da cidade no carnaval do Rio é muito importante para que o município amplie cada vez mais sua representação em toda a diversidade da cultura brasileira. “Com o samba não podia ser diferente. A União de Maricá é uma escola nova e conseguiu um resultado importante com pouquíssimo tempo de preparação. Isso mostra o amor dos nossos munícipes pelo samba e a capacidade de enfrentar desafios”, afirmou.

Anúncios

Fevereiro 17, 2016 Posted by | Carnaval 2016, GRES União de Maricá, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Luau da Utopia reúne 2 mil jovens na Barra de Maricá

Texto: Sergio Renato | Fotos: Clarildo Menezes

  

As areias da praia da Barra de Maricá foram palco de um evento inédito no último sábado (13/02). O Luau da Utopia reuniu cerca de 2 mil pessoas, a grande maioria de jovens, que lotaram o espaço em frente à Rua João Frejat (antiga Rua 13). No palco montado no local, se apresentaram DJs e MCs que animaram o público. O evento faz parte da preparação para o Festival Internacional da Utopia, que ocorrerá em Maricá entre os dias 22 e 26 de junho.

A festa foi organizada pela Secretaria Executiva de Políticas Sociais e teve como objetivo divulgar o conceito da utopia que o festival vai mostrar. De acordo com o titular da pasta, Alexandre Rodrigues, os jovens são multiplicadores de novas ideias e é importante ter eventos voltados para esse público. “O que queremos mostrar é uma nova concepção de relações sociais, de modelo econômico e outras, e o que o jovem quer é justamente a inovação para o mundo. A utopia tem viés político, social e cultural, por isso queremos aproximar esses jovens através da cultura”, disse o secretário, que comemorou o grande sucesso do evento. “Esse grande público é a prova que estamos no caminho certo, trazendo a juventude para perto de nós”, celebrou Alexandre Rodrigues.

A discussão da utopia conquistou novos apoiadores entre os presentes. Mineira e moradora de Ubatiba há quatro anos, a estudante Glauciane Araújo da Silva, de 20 anos, disse estar feliz em participar. “Os jovens precisam disso mesmo, diversão e novas ideias. A festa está muito bonita, tomara que tenha outras assim”, torcia ela, ao sair da fila da pintura em neon, uma das atrações mais procuradas do evento.

Lançado no ano passado, o pré-Festival da Utopia é um projeto cultural realizado pela Prefeitura com saraus e outras atividades – como a libertação de livros. Em junho, o Festival Internacional da Utopia vai trazer para Maricá diversas autoridades do Brasil e do exterior para um grande ciclo de debates, com o objetivo de propiciar novas concepções e atitudes nos mais diferentes setores.

   

Fevereiro 17, 2016 Posted by | Lazer, Maricá | | Deixe um comentário

Carnaval movimenta economia de Maricá

Texto: Rafael Zarôr (edição: Marcelo Ambrosio)

O Carnaval em Maricá superou as expectativas de público e do comércio anunciadas pela Prefeitura. Foram 60 shows gratuitos em 14 palcos espalhados pela cidade, além dos desfiles de 79 blocos de rua, onde os foliões puderam aproveitar a maior festa popular do país com conforto e segurança. Ao todo, segundo estimativas da Secretaria Municipal Adjunta de Turismo, responsável pela organização e que disponibilizou toda equipe para trabalhar na festa, mais de 500 mil pessoas estiveram na cidade nos seis dias de folia – 05 a 11 de fevereiro – movimentando também a economia local. De acordo com avaliação da Secretaria Municipal Adjunta de Políticas Especiais, cerca de R$ 28 milhões aproximadamente circularam na cidade durante a folia. Padarias, farmácias, postos de gasolina, supermercados e taxistas estão entre os setores que mais lucraram com a festa. Além disso, os 457 leitos disponíveis nas pousadas foram ocupados pelos visitantes, dados estes que comprovam o investimento do município no Carnaval.

Intitulado “Estudo de Impacto Econômico Sobre o Comércio no Município de Maricá – Carnaval 2016”, um levantamento feito antes do feriado prolongado projetava um resultado que a realidade acabaria confirmando, na avaliação do secretário municipal adjunto de Políticas Especiais, Amílcar Carvalho. "Um exemplo está no setor de serviços, com os taxistas praticamente triplicando o faturamento devido ao aumento da população flutuante. O comércio também dobrou o faturamento”, destaca Amilcar, acrescentando que cerca de 60% dos estabelecimentos pesquisados reforçaram as equipes de funcionários para o Carnaval.

No setor de serviços públicos, o esquema montado pela Prefeitura também foi parte importante no resultado. O bloco da limpeza, coordenado pela Secretaria Municipal Executiva de Infraestrutura, distribuiu equipes que recolheram de sábado a Quarta-feira de Cinzas cerca de 1.800 toneladas de lixo em 18.300 sacos, o que representa a metade do que é coletado por mês. Já as equipes da Secretaria Adjunta de Obras, usadas no reforço do esquema de coleta, com 773 funcionários no total, contaram com apoio 91 máquinas, entre caminhões caçamba (32), caminhões compactadores (15), retroescavadeiras (14), veículos leves (11), carretas (7), caminhonetes (7), caminhão pipa (2), escavadeiras (2) e pá carregadeira (1). As secretarias adjuntas de Meio Ambiente, com 25 funcionários que distribuíram 400 sacolas plásticas para coleta de lixo nas praias por dia, e de Energia e Iluminação Pública, com um plantão permanente usando um caminhão, um carro e quatro pessoas, também atuaram na organização da festa.

Por toda a cidade, a ação integrada atuou garantindo segurança, ordem urbana, conforto e tranquilidade. A operação com dois reboques da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança apreendeu 23 veículos, entre carros e motos, que foram levados para o depósito municipal em São José do Imbassaí. A principal infração foi de condutores que estavam sem documento de habilitação. Já a pasta adjunta de Trânsito e Transportes disponibilizou 30 funcionários, entre agentes (10) e orientadores de trânsito (20). Os ônibus da Empresa Pública de Transportes (EPT) foram cedidos de apoio às equipes que trabalharam na festa, garantindo agilidade na recuperação de locais com grande afluência de público no menor prazo possível.

Outra ação importante foi o ordenamento de vendedores ambulantes nos locais de shows. Coordenado pela Secretaria Adjunta de Receita, as equipes com 52 funcionários, entre fiscais de tributos, posturas e agentes de seguranças, efetuaram 270 ações entre notificações e intimações de pessoas que estavam comercializando produtos sem autorização da Prefeitura – 85 ambulantes foram cadastrados pelo município. Foram 19 apreensões de mercadorias e equipamentos, 23 autos de infração nos comércios e pontos de Carnaval, como utilização irregular das calçadas, onde cada infrator foi autuado, em média, em 10 Ufimas (Unidade Fiscal de Maricá), equivalente a R$ 1.325,40.

Nas praias, as equipes da Defesa Civil Municipal, com 31 salva-vidas e 10 agentes, também tiveram trabalho, registrando 191 resgates com um óbito por afogamento, além da apreensão de um jet-ski por colocar banhistas em risco e por falta de habilitação do condutor, na Lagoa de Maricá, ação realizada em parceria com a Capitania dos Portos. A Defesa Civil ainda identificou com pulseiras as crianças que estavam nas praias e lagoas, ação essa também realizada pela Guarda Municipal nos locais de grande presença de público.

 

Fevereiro 17, 2016 Posted by | Carnaval 2016, Carnaval de Maricá 2016, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo | Deixe um comentário

MST participa de reunião do Festival Internacional da Utopia

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Clarildo Menezes

Evento será realizado em Maricá de 22 a 26 de junho

O coordenador nacional do Movimento Sem Terra, João Pedro Stédile, participou nesta terça-feira (16/02), com o prefeito Washington Quaquá, de reunião preparatória ao Festival Internacional da Utopia, evento que será realizado de 22 a 26 de junho, em Maricá. O encontro aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), na Mumbuca. A mesa diretora contou também com o secretário municipal executivo de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues e do coordenador do Festival da Utopia, Pedro Gerolimich, entre outros.

A Juventude Socialista se fez presente, com representantes de diversos movimentos políticos e culturais, como Levante, Fora do Eixo e outros, que tiveram vez e voz, de acordo com a pauta agendada. Foi apresentado em data-show a relação de atividades do Festival, como o Mundo Encantado, voltado para a construção de valores na formação infantil, com ‘libertação de livros’, contação de histórias, encontro com autores e outros.

O Festival Literário da Utopia, outra das atividades importantes do festival, trará nomes importantes no cenário internacional da literatura, com rua de livros, encontro de autores, agenda de palestras, libertação de livros, estandes para exposições e oficinas literárias. Outro movimento que acontecerá durante o festival, será o Encontro Nacional de Teatro, trazendo companhias amadoras de diversos estados brasileiros.

Foi sugerido um encontro de religiões de matriz africana durante o Festival da Utopia. O prefeito Washington Quaquá adiantou que pretende realizar um encontro nacional de religiosidade durante a Semana da Consciência Negra, em novembro. “Para representantes de religiões de matriz africana, católicos, protestantes. Além do que, somos a favor da Teologia da Solidariedade, socialista, contra a teologia da prosperidade, anti-cristã e capitalista”, declarou. João Pedro Stédile propôs enviar representantes de religiões afro de diversos estados para dialogarem com os representantes de Maricá. “Alguns mantem contato com líderes mundiais, como o Papa Francisco. O Festival Internacional da Utopia será a libertação da palavra e do sonho”, completou. Stédile lembrou que foram contatadas a rede de TV TeleSur, a TV  alternativa norte-americana Real News, e um canal da TV russa, dublado em espanhol, para divulgação internacional.

Foi marcado o dia 4 de abril de 2016, como a data oficial de lançamento do Festival Internacional da Utopia. O evento deverá acontecer na Fundição Progresso, Rio de Janeiro, com a presença de nomes como Marcio Pochman, Leonardo Boff, Ivana Bentes, João Pedro Stédile, além do prefeito Washington Quaquá, entre outros.

 

Fevereiro 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

"Tropa de Elite" é o filme de hoje no Cineclube Henfil de Maricá

Texto: Jorge André

"Tropa de Elite", de José Padilha, é o filme em cartaz nesta quarta-feira (17/02) no Cineclube Henfil. O projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, tem entrada franca e a exibição acontece na Casa Digital (Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro), a partir das 19h.

Este é o primeiro trabalho de ficção no qual Padilha assina o roteiro e direção. O longa-metragem lançado em 2007 tem roteiro baseado no livro  “Elite da Tropa”, de André Batista e Rodrigo Pimentel, em parceria com Luiz Eduardo Soares e estrelado por Wagner Moura, André Ramiro, Caio Junqueira, Milhem Cortaz, Fernanda Machado, Paulo Vilela, Fernanda de Freitas, Maria Ribeiro e Fábio Lago. O tema é a violência urbana no Rio e as ações do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), considerada a unidade de elite da PM fluminense.

No longa, Padilha explora o debate sobre o uso de substâncias ilícitas, o poder do tráfico e a corrupção policial e o filme foi um sucesso de público. O filme recebeu o prêmio Urso de Ouro de melhor filme no Festival de Berlim 2008, além de ter levado nove Prêmios do Cinema Brasileiro.

Fevereiro 17, 2016 Posted by | cinema / produção, jornalismo, Lazer, Maricá | | Deixe um comentário

Maricá recebe Título de Cidade de Interesse Turístico

A Deputada Estadual Rosangela Zeidan apresentou nesta terça-feira, na ALERJ, a indicação de Maricá como Cidade Turística no Estado, a Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade o título de Cidade de Interesse Turístico para Maricá.

 

DSCN7262 DSCN3681DSCN3601DSCN3676

DSCN3826DSCN3018DSCN2987DSCN3336

Logo após a aprovação, a Deputada divulgou a notícia em sua página da rede social, onde diz “Agradeço a todos os deputados que apoiaram nosso município. Já somos uma cidade turística, reconhecida pelo Ministério do Turismo por nossas belezas naturais.

Somos uma cidade de muitas festas e riquezas culturais, além de termos um povo muito animado: só neste carnaval, 79 blocos foram pras ruas, e a prefeitura realizou 60 eventos na cidade.

Em junho, teremos o Festival Internacional da Utopia. Mas por que a cidade ainda não era considerada oficialmente pelo governo de "interesse turístico"?

Pra saldar essa dívida de tantos governos, nosso mandato criou o projeto de lei que vai nos dar aquilo que é de direito: o título de cidade de interesse turístico, que nos abre portas para incrementar ainda mais esse setor, que gera empregos e aquece a nossa economia.”

Fevereiro 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, turismo | , , | Deixe um comentário

Primeiro poço de Lula Alto está produzindo 36 mil barris por dia, diz Petrobras

A Petrobras anunciou oficialmente nesta terça-feira, 16, o início das operações do navio-plataforma (FPSO) Cidade de Maricá, na bacia de Santos, com três semanas de antecedência em relação ao cronograma previsto anteriormente. De acordo com a diretora de Exploração e Produção (E&P) da Petrobras, Solange Guedes, o primeiro poço de Lula Alto está produzindo 36 mil barris por dia, um ritmo de produção mais intenso do que a média verificada na bacia de Santos, de menos de 30 mil barris por dia.

  O lançamento do FPSO Cidade de Maricá foi tratado pela diretoria da Petrobras como um marco dos dez anos da exploração do pré-sal, e por isso a comparação entre o ritmo de produção do pré-sal foi feita, de forma favorável, em relação a antigos sistemas de produção da companhia. Hoje, a perfuração de um poço pode ser feita em menos de 30 dias, segundo ela.

Solange também destacou que a companhia idealizou projetos para um ambiente de negócios com o petróleo a menos de US$ 30 o barril, e por isso a companhia está preparada para enfrentar os desafios atuais. "Não estou negligenciando o desafio que é voltar a este patamar (petróleo abaixo de US$ 30 o barril), mas quem fez uma vez sabe o caminho", afirmou a executiva.

10 anos

A diretora de Exploração e Produção da Petrobras salientou ainda que em 2016 a estatal comemora 10 anos da descoberta de petróleo na camada do pré-sal. "Estamos diante de um momento muito significativo no pré-sal", disse. "Depois de longa expectativa, conseguimos atravessar o pré-sal, que se mostra efetivamente produtivo", afirmou.

No fim de 2015, a estatal chegou a produzir 26 mil barris por poço, tendo 25 poços em atividade. "É um ativo que todas as companhias almejam ter", informou Solange Guedes.

Fevereiro 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, Petroleo e Gás, pré-sal | | Deixe um comentário