Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Carnaval movimenta economia de Maricá

Texto: Rafael Zarôr (edição: Marcelo Ambrosio)

O Carnaval em Maricá superou as expectativas de público e do comércio anunciadas pela Prefeitura. Foram 60 shows gratuitos em 14 palcos espalhados pela cidade, além dos desfiles de 79 blocos de rua, onde os foliões puderam aproveitar a maior festa popular do país com conforto e segurança. Ao todo, segundo estimativas da Secretaria Municipal Adjunta de Turismo, responsável pela organização e que disponibilizou toda equipe para trabalhar na festa, mais de 500 mil pessoas estiveram na cidade nos seis dias de folia – 05 a 11 de fevereiro – movimentando também a economia local. De acordo com avaliação da Secretaria Municipal Adjunta de Políticas Especiais, cerca de R$ 28 milhões aproximadamente circularam na cidade durante a folia. Padarias, farmácias, postos de gasolina, supermercados e taxistas estão entre os setores que mais lucraram com a festa. Além disso, os 457 leitos disponíveis nas pousadas foram ocupados pelos visitantes, dados estes que comprovam o investimento do município no Carnaval.

Intitulado “Estudo de Impacto Econômico Sobre o Comércio no Município de Maricá – Carnaval 2016”, um levantamento feito antes do feriado prolongado projetava um resultado que a realidade acabaria confirmando, na avaliação do secretário municipal adjunto de Políticas Especiais, Amílcar Carvalho. "Um exemplo está no setor de serviços, com os taxistas praticamente triplicando o faturamento devido ao aumento da população flutuante. O comércio também dobrou o faturamento”, destaca Amilcar, acrescentando que cerca de 60% dos estabelecimentos pesquisados reforçaram as equipes de funcionários para o Carnaval.

No setor de serviços públicos, o esquema montado pela Prefeitura também foi parte importante no resultado. O bloco da limpeza, coordenado pela Secretaria Municipal Executiva de Infraestrutura, distribuiu equipes que recolheram de sábado a Quarta-feira de Cinzas cerca de 1.800 toneladas de lixo em 18.300 sacos, o que representa a metade do que é coletado por mês. Já as equipes da Secretaria Adjunta de Obras, usadas no reforço do esquema de coleta, com 773 funcionários no total, contaram com apoio 91 máquinas, entre caminhões caçamba (32), caminhões compactadores (15), retroescavadeiras (14), veículos leves (11), carretas (7), caminhonetes (7), caminhão pipa (2), escavadeiras (2) e pá carregadeira (1). As secretarias adjuntas de Meio Ambiente, com 25 funcionários que distribuíram 400 sacolas plásticas para coleta de lixo nas praias por dia, e de Energia e Iluminação Pública, com um plantão permanente usando um caminhão, um carro e quatro pessoas, também atuaram na organização da festa.

Por toda a cidade, a ação integrada atuou garantindo segurança, ordem urbana, conforto e tranquilidade. A operação com dois reboques da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança apreendeu 23 veículos, entre carros e motos, que foram levados para o depósito municipal em São José do Imbassaí. A principal infração foi de condutores que estavam sem documento de habilitação. Já a pasta adjunta de Trânsito e Transportes disponibilizou 30 funcionários, entre agentes (10) e orientadores de trânsito (20). Os ônibus da Empresa Pública de Transportes (EPT) foram cedidos de apoio às equipes que trabalharam na festa, garantindo agilidade na recuperação de locais com grande afluência de público no menor prazo possível.

Outra ação importante foi o ordenamento de vendedores ambulantes nos locais de shows. Coordenado pela Secretaria Adjunta de Receita, as equipes com 52 funcionários, entre fiscais de tributos, posturas e agentes de seguranças, efetuaram 270 ações entre notificações e intimações de pessoas que estavam comercializando produtos sem autorização da Prefeitura – 85 ambulantes foram cadastrados pelo município. Foram 19 apreensões de mercadorias e equipamentos, 23 autos de infração nos comércios e pontos de Carnaval, como utilização irregular das calçadas, onde cada infrator foi autuado, em média, em 10 Ufimas (Unidade Fiscal de Maricá), equivalente a R$ 1.325,40.

Nas praias, as equipes da Defesa Civil Municipal, com 31 salva-vidas e 10 agentes, também tiveram trabalho, registrando 191 resgates com um óbito por afogamento, além da apreensão de um jet-ski por colocar banhistas em risco e por falta de habilitação do condutor, na Lagoa de Maricá, ação realizada em parceria com a Capitania dos Portos. A Defesa Civil ainda identificou com pulseiras as crianças que estavam nas praias e lagoas, ação essa também realizada pela Guarda Municipal nos locais de grande presença de público.

 

Anúncios

Fevereiro 17, 2016 - Posted by | Carnaval 2016, Carnaval de Maricá 2016, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: