Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Prefeitura de Maricá inaugura Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM)

Fotos Patrícia Coimbra e Marcos Ribeiro

Contando com a presença de autoridades da Polícia Militar e Cívil, e de secretários de governo, foi inaugurado na manhã deste quarta-feira, 30.03, o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), representando o prefeito Washington Quaquá,  o vice-prefeito Marcos Ribeiro, descerrou a placa inaugural, juntamente com o secretário municipal de Segurança Fabrício Bittencourt.

Após a solenidade, Marcos Ribeiro, postou fotos e escreveu em sua página pessoal do Face: “ Foi com muito orgulho que representei nosso Prefeito Washington Siqueira ainda pouco na inauguração do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), ao lado do Secretário Adjunto de Segurança, Fabrício Bittencourt e das demais autoridades presentes.

Meus companheiros, o funcionamento desse Gabinete será de extrema importância para segurança do nosso município. A princípio começaremos com 20 locais monitorados na cidade e em breve teremos mais 10, nossa meta é chegar ao final de 2016 com, no mínimo, 39 pontos de monitoramento de segurança em Maricá. Como bem disse Fabrício Bittencourt II ‘Vagabundo em Maricá não terá mais vez’!
Parabéns ao nosso governo, que novamente ousou e inovou inaugurando mais um instrumento importantíssimo para cidade e parabéns aos Maricaenses e turistas, agora teremos muito mais segurança.  

 

Março 30, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, segurança pública | , | Deixe um comentário

Justiça derruba liminar que suspendia licenciamento do projeto Fazenda São Bento da Lagoa

  foto: Rosely Pellegrino

Recurso da Prefeitura de Maricá garante prosseguimento do empreendimento, que alavancará o desenvolvimento sustentável da região

A liminar que suspendeu o processo de licenciamento do projeto da Fazenda São Bento da Lagoa foi derrubada no dia 22 de março pelo Tribunal Regional Federal (TRF), a partir de recurso impetrado pela Prefeitura de Maricá. O empreendimento teve o licenciamento provisoriamente interrompido na última semana, quando o Ministério Público Federal obteve medida cautelar em Ação Civil Pública que questionava o Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) de Maricá. Em 2015, a Presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ) julgou ação idêntica, promovida pelo MP Estadual, dando decisão favorável à continuidade do projeto e ao Plano de Manejo existente.

O TRF, que concedeu esta semana a suspensão de liminar, lembrou a ação já julgada na Justiça Estadual, concluída ano passado. O desembargador que assinou a decisão apontou a importância da sentença da Presidência do TJ, ratificada pelo órgão especial da mesma Corte. E fez uma defesa do equilíbrio entre preservação do meio ambiente e crescimento econômico. “A grande questão, portanto, é conciliar dois interesses que, longe de serem conflitantes, devem caminhar juntos.”

A Prefeitura de Maricá, que entrou com o pedido, detalhou os prejuízos decorrentes do embargo à Fazenda São Bento da Lagoa, entre os quais “grave lesão ao interesse púbico e à ordem social e econômica, visto que geraria prejuízo à geração de 16 mil empregos diretos e 16 mil empregos indiretos, favelização de vasta área municipal”, além de produzir “impacto enorme na arrecadação de tributo” e obstruir “a implantação de importante infraestrutura turística (…)”.

Pesca artesanal é prioridade para o empreendimento

A suspensão da liminar, mais uma vez, confirma os valores de respeito ao meio ambiente e aos pescadores da Comunidade de Zacarias. Todos os moradores da comunidade serão beneficiados pela regularização fundiária das moradias, com cessão de título de propriedade. A IDB Brasil entende a pesca artesanal como um ativo indispensável, uma mola propulsora do empreendimento. Para isso, criará programas locais de fomento à atividade e desenvolverá projetos de repovoamento de peixes na Lagoa de Maricá. Paralelamente, a empresa atuará como um indutor de desenvolvimento sustentável em Zacarias, estimulando a qualificação e o empreendedorismo para o surgimento de novos negócios.

O projeto foi desenvolvido para ser ambientalmente exemplar e socialmente justo, com a missão de se tornar referência de sustentabilidade para Maricá e o Estado do Rio. O empreendimento terá infraestrutura urbana integrada à natureza, com ocupação predial de apenas 6,4% da área total – metade do que é permitido. Além disso, tem o compromisso de criar a segunda maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de restinga do Estado do Rio (com um acréscimo de 121 hectares de mata nativa), instalar e gerenciar um centro de pesquisas para promover conhecimento sobre os ecossistemas da região e construir duas estações de esgoto com tratamento terciário, considerado o mais avançado, para gerar água de reuso.

Decisão do TJ, de 2015, reconhece valor do projeto

A decisão da Justiça Estadual, proferida em caráter definitivo pelo TJ em 2015, dá dimensão precisa do projeto. Segundo a sentença, o empreendimento “contempla respeitosa proposta de ocupação predial, com taxa de aproximadamente 6%, que inclui a construção de um centro de pesquisas científicas para apoiar universidades brasileiras, a construção de centros desportivos abertos à população e que atenderão gratuitamente alunos da rede pública de ensino, a regularização fundiária de aproximadamente 180 residências atualmente irregulares na APA de Maricá, saneamento de aproximadamente 15km de orla em uma das principais lagoas da cidade e a criação de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (…).”

É importante destacar ainda que o Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) de Maricá, objeto de ambas as ações, tem força de decreto estadual e estabelece limites restritivos de intervenção e ocupação predial, além de determinar políticas rígidas de proteção da restinga. O plano foi desenvolvido por especialistas multidisciplinares do INEA após criteriosos estudos ambientais.

Março 30, 2016 Posted by | empreendimento imobiliario, jornalismo, Maricá | , | Deixe um comentário

Luau da Utopia lota a praia em Barra de Maricá

Texto: Jorge André (edição Marcelo Ambrosio) | Fotos: Clarildo Menezes e Wavá de Carvalho

A segunda edição do Luau da Utopia, realizada no último sábado (26/03), em frente à Rua 13 na Barra de Maricá lotou a areia. O evento integra o pré-lançamento do Festival Internacional da Utopia, que acontece entre os dias 22 e 26 de junho e, devido às fortes chuvas do início do mês, foi destinado a arrecadar alimentos não perecíveis, além de roupas e brinquedos para as famílias que foram atingidas. Desenvolvido pela Secretaria Executiva de Políticas Sociais, o projeto reuniu centenas de jovens na praia. Para o secretário municipal executivo Alexandre Rodrigues, a festa reúne jovens de diversas idades do município e fomenta a expectativa para o festival. “Este é o segundo luau e ver a juventude participando de forma tão ativa é um incentivo ainda maior para a realização do evento”, afirmou.

a galera lotou a praia da Barra de Maricá no Luau da Utopia Solidário em MaricáPedro Gerolimich, Andrea Cunha Lula da Silva, Milena Soares Teixeira e Wavá de  Carvalho

Luau da Utopia 4Luau da Utopia 1

Mariana Mello, Pedro Tatuí, Davi Rocha e a galera jovem do Luau da UtopiaLuau da Utopia 3

Wavá de Carvalho, Amaury Vicente e Alexandre RodriguesLuau da Utopia 2

Luau da Utopia 5Bia Lula da Silva no Luau da Utopia na Barra de Maricá

Marcelle Vieira, Adriana Costa e Carlos Alves.O hap embalando a galera

Felipe Benicá, Mariana Caruso, Andrea Cunha, Janine Sousa e Jaime FernandesA programação começou com uma apresentação de zumba através da Academia Jimp, e seguiu com a participação de grupos de rap e DJs. No Espaço Lounge, os participantes encontravam uma mesa de frutas e recebiam massagens para relaxamento muscular. Para entrar no espirito da festa, um dos espaços também disponibilizava pinturas fluorescentes. Todo o lugar estava decorado com balões e tochas, além de luzes coloridas.

A estudante Ana Clara Mendonça, 17 anos, participou pela segunda vez do luau. Para ela, este é um dos eventos que deve ser realizado com mais frequência na cidade. A estudante afirmou ainda que no primeiro participou mais pela curiosidade, mas desta vez convidou vários amigos. “Acho simplesmente maravilhoso”, afirmou.

O luau da Utopia não ficou restrito aos jovens. Embora a média de idade estivesse na casa dos 20 anos, muitos que passaram desta faixa etária também marcaram presença. O autônomo Marcos Antônio de Miranda, 47 anos, participou pela primeira vez e não poupou elogios. “No primeiro evento fiquei meio com o pé atrás para vir, achei que ficaria deslocado, mas quando vi que também tinham pessoas mais velhas participando resolvi vir. Muito bom, parabéns”, comentou.

 

Março 29, 2016 Posted by | cultura, Dança, jornalismo, Lazer, literatura, Maricá, musica, shows e eventos | , | Deixe um comentário

Bilhete Único Universitário de Maricá fará recadastramento de usuários

Texto: Kelly Rodrigues

 

A Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social de Maricá anunciou, nesta segunda-feira (28/03), que a partir do dia 04/04 iniciará o recadastramento para os atuais beneficiários do programa municipal Bilhete Único Universitário, com prazo de término para o dia 29/04. O recadastro só poderá ser feito pelo aluno ou por seu representante legal e a sua não realização acarretará a interrupção de recargas mensais.

Os estudantes de faculdades públicas, privadas e alunos de cursos técnicos deverão comparecer à sede da secretaria (Rua Domício da Gama – 386, no Centro), das 8h às 16h30, com a documentação exigida (confira lista abaixo). Outras informações poderão ser obtidas pelo telefone 2637-2617 ou pelo e-mail projetouniversitario@marica.gov.rj.br.

Criado pela Prefeitura Municipal de Maricá em 2012, e administrado pela Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social, o programa Bilhete Único Universitário facilita o deslocamento dos universitários e alunos técnicos para instituições educacionais, fora da cidade. Atualmente 2.200 alunos estão utilizando o BU. O cartão é recarregado, mensalmente, com créditos de até             R$ 280,00 (de acordo com o quadro de horário do aluno).

Recadastramento – Documentação necessária:

– RG e CPF (Original);

– Declaração de matrícula 2016/1, assinada e carimbada pela instituição (original);

– Grade dos horários 2016/1, assinada e carimbada pela instituição (original);

– Comprovante de residência: luz, água ou telefone fixo (em nome próprio ou dos pais – original e cópia). Em caso de aluguel: contrato de locação (original e cópia). Caso more com terceiros: declaração registrada em cartório pelo dono do imóvel, relatando que o estudante reside no endereço citado – necessário reconhecer firma (Original).

Março 29, 2016 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Carta aberta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

LULA·QUINTA, 17 DE MARÇO DE 2016

foto internet

Carta na íntegra:

Creio nas instituições democráticas, na relação independente e harmônica entre os Poderes da República, conforme estabelecido na Constituição Federal.

Dos membros do Poder Judiciário espero, como todos os brasileiros, isenção e firmeza para distribuir a Justiça e garantir o cumprimento da lei e o respeito inarredável ao estado de direito.

Creio também nos critérios da impessoalidade, imparcialidade e equilíbrio que norteiam os magistrados incumbidos desta nobre missão.

Por acreditar nas instituições e nas pessoas que as encarnam, recorri ao Supremo Tribunal Federal sempre que necessário, especialmente nestas últimas semanas, para garantir direitos e prerrogativas que não me alcançam exclusivamente, mas a cada cidadão e a toda a sociedade.

Nos oito anos em que exerci a presidência da República, por decisão soberana do povo – fonte primeira e insubstituível do exercício do poder nas democracias – tive oportunidade de demonstrar apreço e respeito pelo Judiciário.

Não o fiz apenas por palavras, mas mantendo uma relação cotidiana de respeito, diálogo e cooperação; na prática, que é o critério mais justo da verdade.

Em meu governo, quando o Supremo Tribunal Federal considerou-se afrontado pela suspeita de que seu então presidente teria sido vítima de escuta telefônica, não me perdi em considerações sobre a origem ou a veracidade das evidências apresentadas.

Naquela ocasião, apresentei de pleno a resposta que me pareceu adequadapara preservar a dignidade da Suprema Corte, e para que as suspeitas fossem livremente investigadase se chegasse, assim, à verdade dos fatos.

Agi daquela forma nãoapenas porque teriam sido expostas a intimidade e as opiniões dos interlocutores.

Agi por respeito à instituição do Judiciário e porque me pareceu também a atitude adequada diante das responsabilidades que me haviam sido confiadas pelo povo brasileiro.

Nas últimas semanas, como todos sabem, é a minha intimidade, de minha esposa e meus filhos, dos meus companheiros de trabalho que tem sido violentada por meio de vazamentos ilegais de informações que deveriam estar sob a guarda da Justiça.

Sob o manto de processos conhecidos primeiro pela imprensa e só depois pelos diretamente e legalmente interessados, foram praticado atos injustificáveis de violência contra minha pessoa e de minha família.

Nesta situação extrema, em que me foram subtraídos direitos fundamentais por agentes do estado, externei minha inconformidade em conversas pessoais, que jamais teriam ultrapassado os limites da confidencialidade, se não fossem expostas publicamente por uma decisão judicial que ofende a lei e o direito.

Não espero que ministros e ministras da Suprema Corte compartilhem minhas posições pessoais e políticas.

Mas não me conformo que, neste episódio, palavras extraídas ilegalmente de conversas pessoais, protegidas pelo Artigo 5o. da Constituição, tornem-se objeto de juízos derrogatórios sobre meu caráter.

Não me conformo que se palavras ditas em particular sejam tratadas como ofensa pública, antes de se proceder a um exame imparcial, isento e corajoso do levantamento ilegal do sigilo das informações.

Não me conformo que o juízo personalíssimo de valores se sobreponha ao direito.

Não tive acesso agrandes estudos formais, como sabem os brasileiros. Não sou doutor, letrado, jurisconsulto. Mas sei, como todo ser humano, distinguir o certo do errado; o justo do injusto.

Os tristes e vergonhosos episódios das últimas semanas não me farão descrer da instituição do Poder Judiciário. Nem me farão perder a esperança no discernimento, no equilíbrio e no senso de proporção de ministros e ministras da Suprema Corte.

Justiça, simplesmente justiça, é o que espero, para mim e para todos, na vigência plena do estado de direito democrático.

Março 18, 2016 Posted by | jornalismo, política | , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan convida prefeito Eduardo Paes a conhecer Maricá

Foto de Rosangela Zeidan. A Deputada Rosangela Zeidan, na madrugada desta quinta-feira, em sua página pessoal do Facebook, após ter sido divulgado pela imprensa o teor da escuta telefônica, na qual o Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes em conversa como ex-presidente Lula, deprecia o Município de Maricá, assim como aos municípios vizinhos, São Pedro da Aldeia e Araruama, dizendo serem estes … uma MERDA DE LUGAR, saí em defesa de Maricá e convida Paes a vir conhecer o Município, abaixo o texto na íntegra:

“Prefeito Eduardo Paes, venha conhecer Maricá!

E nesse dia tão tenso de tentativa de golpe no Brasil, sobrou até pra Maricá, São Pedro e Araruama. Por Maricá, o que podemos dizer ao Prefeito Eduardo Paes é que a Prefeitura da nossa cidade está participando, até dia 19, na Europa, na maior Feira Internacional em Cannes de investimentos empresariais e imobiliários, a MIPIM, despertando o interesse de investidores para desenvolver o turismo local na nossa cidade. Uma prova de que a cidade além de linda tem potencial de atração de investidores.

Além de turismo, somos um governo que melhorou muita coisa em Maricá para o povo mais pobre que tem ônibus de graça da Prefeitura, a chamada tarifa zero; recebem moeda social, e lançamos o Minha Casa Minha Vida para três mil famílias.

E nosso mandato na Alerj tornou lei algo que já deveria ter ocorrido há muito tempo e NINGUEM pensou: declarar a nossa bela Maricá, cidade de interesse turístico para estimular investimentos e termos respeito de fora, para atrair justamente mais respeito de quem não nos conhece.

A lei 7227 / 2016 foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão, na semana passada, no dia 9. Com certeza, isso nos trará apoios como a participação no Prodetur; no Cidades Maravilhosas e no projeto de sinalização turística, feitos pela secretaria estadual de turismo, com o apoio também do governo federal.

Há muito tempo, investimos no turismo e por isso criamos a Revista Maricá Já. Agora, com a aprovação da lei mais investimentos podem chegar na cidade. Estamos representando o que temos de melhor porque não temos aqui só turismo, somos a cidade da Tarifa Zero; da Agroecologia; da Economia Solidária e do Festival internacional da Utopia, que acontece em junho. O Brasil e o Estado tem um potencial que deve ser estimulado”.

Zeidan Deputada

Março 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá | , , | Deixe um comentário

Campus do IFF Maricá começa a surgir em Ubatiba

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

A estrutura que vai abrigar o campus do Instituto Federal Fluminense (IFF) em Maricá começa a surgir na paisagem do bairro de Ubatiba. Homens e máquinas estão a todo vapor no canteiro que fica às margens do quilômetro 12 da rodovia RJ-114, ao lado da igreja de Nossa Senhora da Saúde. As paredes dos prédios onde vão funcionar o bloco pedagógico, a biblioteca e o restaurante já estão sendo erguidas no local. A conclusão desta primeira etapa está prevista para setembro.

Ao lado, a área onde vão ficar o laboratório, o auditório e a quadra de esportes estão com os alicerces prontos. De acordo com a Secretaria Adjunta de Obras, o trabalho iniciado em 2014 acabou se estendendo justamente por causa da construção das fundações. Haverá ainda uma área de estacionamento para cerca de 80 carros.

Quando estiver em funcionamento, o campus Maricá do IFF atenderá 1.400 alunos em dois turnos, com 20 salas disponíveis.  A área total é de 42 mil metros quadrados. O investimento da Prefeitura é de R$ 10 milhões aproximadamente. Há um ano, o IFF Maricá já funciona em caráter provisório num imóvel desapropriado pelo governo municipal na Rua dos Quintanilhas, no bairro Pedreiras.

Março 15, 2016 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | , , | Deixe um comentário

Maricá está na Mipim 2016

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá em sua página do Facebook, informou que está tendo início a Mipin 2016

texto na íntegra:

“Investimento não cai do céu!

Investimento se conquista e se vai atrás. O mundo tem muito poucos investidores com muito dinheiro para gerar grandes projetos e muitos empregos. E é isso que temos feito desde o início de nosso governo. Abrir Marica para os investimentos! Antes nenhum empresa conseguia se instalar na cidade. Não éramos sequer conhecidos. Diziam: você é prefeito de Magé? Macaé? Maringá? Hoje todo mundo conhece Maricá!

Isso é fruto de ousadia e trabalho!

Maricá não é mais uma fazenda controlada por uma família dona de uma empresa de ônibus! Maricá é uma cidade hoje conectada com os circuitos mundiais de investimentos.

Os resultados já existem, estão pra todos ver. E nós vamos publicar para mostrar aos pessimistas de sempre como a cidade mudou em 7 anos!”

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.  “Vai começar. A Mipim 2016, a mais importante feira de investimentos imobiliários da Europa, vai reunir 24 mil participantes de mais de 80 países no Palais des Festivals, em Cannes (França). Maricá mais uma vez participa, se consolidando como um dos pontos mais atrativos para o investidor estrangeiro”, finalizou o prefeito Washington Quaquá.

Março 15, 2016 Posted by | Feiras e Eventos, jornalismo, Maricá | , , , | Deixe um comentário

Lula aceitou convite da Dilma

Dilma-Lula-posse O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderá ser o mais novo Ministro da Casa Civil, ou assumir a secretaria do governo da presidenta Dilma Rousseff (PT)

Lula é considerado o melhor presidente do Brasil de todos os tempos e o maior político brasileiro do período do golpe militar de 1964 até hoje.

LULA ESTÁ ENTRE A CASA CIVIL E A SECRETARIA DE GOVERNO

  Numa decisão de alto impacto, a presidente Dilma Rousseff decide nomear o ex-presidente Lula em seu gabinete, fazendo parte do núcleo duro do governo; nesta posição, e também como candidato à presidência da República em 2018, Lula tentará organizar medidas para a retomada do crescimento e também para re-aglutinar a base de sustentação do governo no Congresso; oposição deverá criticar decisão, que dá ao ex-presidente o foro privilegiado e o retira do alcance da força-tarefa paranaense; Lula, no entanto, poderá ser investigado na Lava Jato pelo STF; Lula está a caminho de Brasília

A militância faz vigília no Planalto à espera de Lula.

 O dia de amanhã poderá ser marcado pelo início de um novo pacto de governabilidade no país.

Março 15, 2016 Posted by | jornalismo, política | , , , , , | Deixe um comentário

Maricá terá unidade de produção de alimentos agroecológicos

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Clarildo Menezes

O prefeito do Município de Maricá, Washington Quaquá assinou nesta sexta-feira (11/03), um convênio com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra para a criação de uma Unidade de Produção Agroecológica em Maricá. O espaço, que deverá ser montado numa área em Bambuí, vai produzir principalmente hortaliças e oferecer capacitação para produtores locais e também nas escolas, que terão prioridade no recebimento da produção destinada à merenda escolar, com o excedente voltado para feiras a serem montadas nos bairros. 

Além do prefeito, assinaram o documento Joaquim Pinheiro (membro da direção nacional do MST) e Ana Paula Botelho, presidente da Cooperativa de Trabalho em Assessoria de Empresas Sociais de Assentamentos da Reforma Agrária (Coopemar), que será responsável pela gestão. Segundo o prefeito, a ideia é criar uma rede de sustentabilidade alimentar a exemplo do que ocorre em cidades europeias como Marinaleda, na Espanha. “Vamos usar também o sistema da moeda Mumbuca para impulsionar essa nova economia, um novo mercado voltado para o povo”, afirmou o prefeito, que pediu ainda ao secretário adjunto de Educação, Daniel Neto, que a merenda escolar passe a ser composta integralmente de itens produzidos em cooperativas familiares nos próximos meses.

O secretário adjunto de Agricultura, Pecuária e Pesca de Maricá, Rubem Pereira, explicou que há uma diferença entre produtos orgânicos e os agroecológicos. “Os orgânicos ainda admitem uma pequena porcentagem de pesticidas químicos. Para os agroecológicos, a quantidade é zero. São produtos ainda mais puros que no processo orgânico”, esclareceu ele.

Para o diretor do MST, trata-se de um momento histórico. “Temos condições de fazer de Maricá o primeiro exemplo nacional de uma reforma agrária plena, com comunas de produção agrícola”, disse Joaquim Pinheiro, informando ainda que o movimento fez uma doação de 1,5 tonelada de produtos orgânicos para as vítimas das enchentes em Maricá. A cerimônia foi encerrada com o grupo entoando a canção “O Cio da Terra” (de Milton Nascimento e Chico Buarque).

 

Março 11, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, projeto social | , , , | Deixe um comentário