Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

LÍDERES MUNDIAIS LANÇARÃO MANIFESTO EM DEFESA DE LULA

 

:  

Integrantes do governo e do PT articulam um manifesto de líderes mundiais em apoio ao ex-presidente Lula; além de mandatários do Cone Sul, políticos que presidiram seus países no mesmo período em que o petista governou o Brasil estão sendo contatados; o uruguaio Pepe Mujica e o francês Nicolas Sarkozy serão dois dos possíveis signatários procurados

6 DE MARÇO DE 2016 ÀS 08:11

Fonte jornalismo 247

Integrantes do governo e do PT articulam um manifesto de líderes mundiais em apoio ao ex-presidente Lula. Além de mandatários do Cone Sul, políticos que presidiram seus países no mesmo período em que o petista governou o Brasil estão sendo contatados. O uruguaio Pepe Mujica e o francês Nicolas Sarkozy serão dois dos possíveis signatários procurados.

A ideia é orquestrar a reação “de fora para dentro”, com o intuito de induzir uma onda de apoios para além da militância petista.

Já na sexta-feira (4), sindicalistas brasileiros se articularam com a Central Sindical Internacional e com a Confederação Sindical de Trabalhadores das Américas para um manifesto em defesa de Lula.

Anúncios

Março 6, 2016 Posted by | jornalismo, política, Política Nacional e Internacional | , , | Deixe um comentário

Lula adverte em nota: Entenda como a Globo constrói sua tentativa de massacre midiático diário

Em nota publicada em sua página pessoal, na manhã deste domingo, 06 de março, o ex-presidente Lula escreveu:

“Na noite de ontem o Jornal Nacional mais uma vez fraudou uma nota de resposta do Instituto Lula e apresentou um "outro lado". Entenda como a Globo constrói sua tentativa de massacre midiático diário:

Leia abaixo a íntegra da nota enviada pelo Instituto Lula ao Jornal Nacional para ser lida na edição de sábado (5/03). Entre colchetes, os trechos censurados pela Globo.

“1)O ex-presidente Lula sempre esteve à disposição das autoridades para esclarecer a verdade e repudia qualquer insinuação diferente disso. O Instituto Lula e a LILS forneceram voluntariamente todos os dados solicitados pelo Ministério Público Federal e pela Receita Federal, que recebeu todas as informações em janeiro. [A firme reação da sociedade aos abusos cometidos ontem pela Operação Lava Jato deve servir de alerta aos investigadores para que não persistam em atuar fora da lei.]

[2) A Operação Lava Jato prestará um serviço ao estado de direito se apurar e punir o vazamento do sigilo bancário e fiscal do ex-presidente Lula e dos Instituto Lula para a revista Veja e para as Organizações Globo.]

3) [O Instituto Lula e a empresa LILS Palestras não têm apenas receitas, também têm despesas, como qualquer instituição. A insistência dos procuradores da Lava Jato] em divulgar apenas parte da contabilidade, misturando entidades e recursos distintas, com clara intenção difamatória, [é uma vergonha para a instituição do Ministério Público.”]

Não é a primeira vez que o telejornal da Família Marinho censura, distorce e frauda as manifestações do Instituto Lula apresentadas, cinicamente, como “outro lado” de seu noticiário faccioso em relação ao ex-presidente Lula.

Na edição deste sábado, a Globo dedicou 4 minutos e 15 segundos a um vídeo que misturava fofocas de policiais anônimos com acusações sem fundamento do Ministério Público Federal (Força Tarefa) ao ex-presidente.

Estas acusações, levianas e irresponsáveis, foram lidas pela repórter, sobre uma reprodução cinematográfica do texto.

Em mais uma exibição de sua falsa imparcialidade, seguiu-se um vídeo de menos de 30 segundos com cenas do ex-presidente Lula, durante os quais se informou laconicamente que o ex-presidente “negou todas as acusações”.

Mas negou como? Com que argumentos, se eles foram omitidos na reportagem? Que espécie de “outro lado” é esse, onde o Ministério Público fala o que quer, pela voz da repórter, pela reprodução de seus documentos, pelas cenas exibidas ao longo de 4 minutos e 30 segundos de acordo com o enredo da acusação, e Lula simplesmente “nega”?

Além disso, se o Jornal Nacional dá tanta importância ao vazamento de informações na Operação Lava jato, por que não mencionou em sua reportagem principal, de 5 minutos e meio, o twitter do editor ególatra da revista Época, que antecipou a 24a. fase na madrugada de sexta-feira?

Mais do que manipulador, o jornalismo da Globo é desonesto. Ao solicitar manifestação da assessoria do Instituto Lula, a produção do Jornal Nacional escondeu o inteiro teor da reportagem, prática antijornalistica que também se tornou habitual. É o que se pode comprovar no email enviado pela produção à assessoria do Instituto Lula:

——— Mensagem encaminhada ———-

De:

Data: 5 de março de 2016 19:10

Assunto: NOTA PARA O JORNAL NACIONAL DE HOJE

Para: "IMPRENSA@INSTITUTOLULA.ORG"

Boa noite

O Jornal Nacional está fazendo uma reportagem que vai tratar sobre a busca e apreensão no Instituto Lula.

Segundo apuração da nossa reportagem em Curitiba, a Polícia Federal abriu um inquérito para apurar se houve vazamento de informações sobre a operação. O que o Instituto tem a dizer?

——————-

A reportagem vai abordar ainda os valores recebidos pela (LILS) empresa de palestras do Ex- Presidente Lula e pelo Instituto. São quase 30 milhões de reais, de seis empreiteiras entre 2011 e 2014. O que tem a dizer ?

A mensagem foi encaminhada às 19h10, faltando 1 hora e 20 minutos para o Jornal Nacional ir ao ar, a resposta precisaria ser dada até as 20h. Isso mostra que não houve a menor intenção de apurar seriamente os fatos, checar informações duvidosas, dar a Lula a mesma oportunidade de responder que a Lava Jato teve para acusar.

Isso não é, nunca foi e nunca será jornalismo. É o exercício cotidiano da censura, da manipulação e da fraude, numa concessionária de serviço público que constrange e envergonha os verdadeiros profissionais da imprensa.

Março 6, 2016 Posted by | jornalismo, política, PT | , , , | Deixe um comentário

Canal da Barra foi aberto e nível da lagoa desce

Em nota o Secretário Municipal do Governo de Maricá Fernando Rodovalho informou no início da tarde, deste domingo, 06.03.

“Barra de Maricá (06 e 07/03), conseguimos abrir um canal para saída das águas da lagoa.
Apesar das poucas horas que permaneceu aberto, o nível da lagoa desceu 7 centímetros, medição na régua utilizada pelo INEA”.

"DIVINEIA - desceu de 72 para 65" DIVINEIA – desceu de 72 para 65

"Em poucas horas o Mar praticamente retornou à faixa de areia que trabalhamos ao estado original. Será que o impacto ambiental é tão relevante, para um sofrimento tão grande de uma cidade?" 

Foto de Fernando Rodovalho. Em poucas horas o Mar praticamente retornou à faixa de areia que trabalhamos ao estado original. Será que o impacto ambiental é tão relevante, para um sofrimento tão grande de uma cidade? questionou o secretário.

Março 6, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente | , , | Deixe um comentário

Advogados de Luiz Inácio Lula da Silva repudiam as declarações dos Procuradores da República integrantes da Força Tarefa Lava Jato

A condução coercitiva é medida que cerceia a liberdade de ir e vir e jamais poderia ter sido requerida ou autorizada nos termos em que se deu

Nota dos advogados do ex-presidente:

Os advogados de Luiz Inácio Lula da Silva repudiam as declarações dos Procuradores da República integrantes da Força Tarefa Lava Jato, que, em desesperada tentativa de legitimar a arbitrária condução coercitiva do ex-Presidente na sexta-feira 4/03/2016, emitiram ontem nota afirmando, com inegável desfaçatez, que a medida teve por objetivo atender a requerimento formulado pela defesa em habeas corpus impetrado perante o Tribunal de Justiça de São Paulo.

A defesa de Lula não deu procuração ao MPF e identifica claro desapego à realidade na afirmação de que o citado habeas corpus teria sido impetrado com o argumento de que o agendamento da oitiva do ex-Presidente poderia colocar em risco a sua segurança, a segurança pública e a de agentes públicos.

A verdade é que aquele habeas corpus foi impetrado com o argumento principal de que a condução coercitiva do ex-Presidente e de sua esposa, cogitada pelo Promotor de Justiça Cássio Roberto Conserino, do Ministério Público do Estado de São Paulo, não poderia ser admitida pois afrontaria a ordem jurídica. A Corte paulista acolheu o argumento da defesa para afastar a possibilidade da medida de força. O próprio membro do MP/SP reconheceu a ausência de amparo legal e acatou a decisão do TJSP.

Lula já prestou três depoimentos, dois à Polícia Federal e um ao Ministério Público Federal. Em nenhum destes houve qualquer confronto ou risco à ordem pública, porque marcados e realizados de forma adequada pelas autoridades envolvidas.

A condução coercitiva é medida que cerceia a liberdade de ir e vir e jamais poderia ter sido requerida ou autorizada nos termos em que se deu. A liberdade de locomoção é garantia fundamental, tanto que a legislação estabelece que configura abuso de autoridade qualquer ato de autoridade que possa restringi-la (Lei nº 4.898/65, art. 3º, "a").

O fato de a Operação Lava Jato já ter emitido 117 mandados de condução coercitiva não tem o condão de legitimar a ilegalidade agora praticada contra o ex-Presidente Lula, mas, ao contrário, serve de alerta para tantas outras arbitrariedades que poderão já ter sido praticadas nessa operação.

Não há que se cogitar em "cortina de fumaça" na presente discussão. Houve, inegavelmente, grave atentado à liberdade de locomoção de um ex-Presidente da República sem qualquer base legal. A tentativa de vincular Lula a "esquema de formação de cartel e corrupção da Petrobrás" apenas atende anseio pessoal das autoridades envolvidas na operação, além de configurar infração de dever funcional, na medida em que a nota emitida pelo MPF – tal qual a entrevista coletiva concedida pelo órgão – antecipou juízo de valor, o que é vedado pelo artigo 8º da Resolução 23/2007, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O MPF aposta na força das palavras em detrimento dos fatos. Lula jamais participou ou foi beneficiado, direta ou indiretamente, de qualquer ato ilegal.

Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins

Março 6, 2016 Posted by | jornalismo, política, PT | , , , , | Deixe um comentário