Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Casa do Idoso Mais Feliz de Maricá promoveu Festa das Mães no Centro

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Clarildo Menezes

A Casa do Idoso Mais Feliz realizou na última sexta-feira (20/05) uma grande festa em homenagem ao Mês das Mães. O espaço, que fica na Rua Clímaco Pereira, no Centro, ficou lotado e teve muita animação ao som do cantor Sidney Santos e da dupla Roberta Tílio e Ricardo Agura. A secretária municipal adjunta do Idoso, Lezirée Figueiredo, recebeu pessoalmente cada um dos convidados que chegavam ao local. “Quando eles chegam aqui acaba toda a tristeza. Só se vê alegria por parte dessa turma, é uma coisa contagiante”, frisou a secretária, referindo-se aos 4 mil idosos atendidos pela pasta.

O maior exemplo era a aposentada Nilceli Pereira de Souza, de 60 anos, que muitas vezes ocupou a pista de dança sozinha, tamanha disposição para se divertir. “Ninguém fica triste aqui”, garantiu ela, que frequenta a casa há quatro anos e é mãe de quatro filhos adultos. Nilceli conta que passou a ir ao local quando se separou do marido. “Tive depressão quando me divorciei e posso dizer que a Casa do Idoso mudou minha vida nessa época”, resumiu a aposentada, que mora no Parque Nanci. Nilceli teve como par quase permanente o frequentador conhecido como o ‘rei da 3ª idade’ em Maricá, com direito a coroa, faixa e cetro. Assim como sua ‘dama’, José Pedro Santiago, de 69 anos, conta que também estava emocionalmente debilitado quando conheceu o espaço. “Entrei aqui usando muletas e em depressão e, desde quando vim para cá, muita coisa mudou. Posso dizer que a casa me salvou”, revela o ‘monarca’.

Algumas mães levaram seus filhos para a festa. Uma delas era Neusa Cerqueira Bruno, de 72 anos, que também se dizia transformada pela Casa do Idoso. “Sou outra pessoa, com certeza”. A filha dela, Rosângela Maria Cerqueira, confirma as palavras da mãe. “A qualidade de vida dela melhorou muito. Vir para cá e conviver com outros idosos é uma felicidade para ela, e acho que essas pessoas precisam disso, é importante para eles. É algo que deve existir para sempre, não acabar nunca”, exaltou ela.

Anúncios

Maio 24, 2016 - Posted by | jornalismo, Maricá | ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: