Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Empresa Pública de Transporte de Maricá fará licitação para ampliação de frota

Texto: Jorge André (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Adriano Marçal

Desde o dia 20 de maio a Empresa Pública de Transportes de Maricá (EPT) ganhou na Justiça o direito de percorrer as linhas originais, as rodovias estaduais que utilizava, especialmente a RJ-106. O transporte, de qualidade e gratuito, com isso ganhou novos itinerários para atender diversos bairros da cidade, ampliando a eficiência do sistema de Tarifa Zero. O alcance será mais ampliado, segundo o presidente da autarquia, Flávio Cid, já que foi aberta licitação para a aquisição de mais dez ônibus. A frota maior permitirá, ainda de acordo com o presidente da EPT, a parada de veículos para limpeza e manutenção sem que haja prejuízo para o usuário. “Com a frota atual circulando 24h por dia fica difícil evitar que isso ocorra”, comentou.

Independentemente da frota maior, a EPT continua convocando os profissionais aprovados no concurso público realizado no ano passado. Ainda segundo Flavio Cid, até novembro deste ano todos os aprovados serão chamados. “Todos os motoristas são qualificados. Além de habilitação atenderam à resolução 168 do Contran”, acrescentou, referindo-se à diretriz que rege normas e procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétricos. 

Quem atua tem orgulho do trabalho que vem sendo realizado. É o caso de Luiz Fernando Paradellas, de 46 anos. Ele está desde o início na empresa e tem assistido de perto a preocupação com o atendimento ao usuário. “Nunca dirigi ônibus em condições precárias. Aqui quando um veículo não tem condições ele não roda”, ressaltou. Paradellas acrescentou ainda que se sente tranquilo em relação ao material de trabalho que é fornecido pela empresa. Outro motorista, João Antônio da Silva, 28 anos, conta que passou no concurso e na prova prática e confirma que a empresa oferece todas as condições para o desenvolvimento do trabalho. “Desde que entrei, em maio, não peguei ônibus ruim, com problemas”, acrescentou, em alusão a um diferencial da EPT, já que as queixas contra os serviços prestados pelas concessionárias são antigas e recorrentes. As condições de trabalho são as melhores possíveis.  

Segundo os motoristas, os salários estão sempre em dia, inclusive com o pagamento integral de horas extras. “Além do pagamento em dia, queria ressaltar a importância dos contratados durante esta primeira fase”, afirmou Flavio Cid, lembrando o contingente de profissionais contratados em processo seletivo simplificado no início das operações da autarquia – cujos contratos possuem prazo determinado. “Nossa ideia é reaproveitar alguns em outras funções dentro da empresa. Temos profissionais muito qualificados que não gostaria de perder”, finalizou.

Para o presidente da EPT, os problemas pontuais estão sendo sanados. Como a frota ainda é pequena para a quantidade de linhas atendidas existe dificuldade em manter os ônibus 100% limpos. Segundo Flávio Cid, a partir desta semana, os ônibus serão lavados durante a noite, evitando desta forma a retirada dos coletivos durante o dia para o serviço.

Anúncios

Junho 14, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, transporte | , | Deixe um comentário

Editora Matarazzo lança livros no Rio de Janeiro reunindo escritores colunáveis

A Editora MATARAZZO, de São Paulo, está convidando para o lançamento, no Rio de Janeiro, dos livros "VAMOS FALAR DO RIO DE JANEIRO" e "VIAJAR É A MELHOR COISA DO MUNDO", quinta-feira, dia 16 de junho, na Blooks Livraria em Botafogo à partir das 19 horas.

Convite livros RIO Ed Matarazzo No livro "VIAJAR É A MELHOR COISA DO MUNDO", entre outras, destacam-se as crônicas reportagens O SRI LANKA E SUAS MARAVILHAS, descrita por Thiago de Menezes, que é presidente da ‘Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo – FALASP’ e da ‘Ordem Honorífica Cultural Brasil Sri Lanka’; NA PENÍNSULA ARÁBICA: O SULTANATO DE OMÃ, descrita por Sylvia Roriz de Carvalho, que é presidente da ‘Confederação dos Felinos do Brasil’ e VIVENDO A ESLOVÁQUIA, descrita por Vera Lúcia Gonzalez Teixeira, que é presidente da tradicional ‘Academia Brasileira de Belas Artes – ABBA’. Os três são membros da ACONBRAS, que é a Associação dos Cônsules no Brasil e possuem vivência e trânsito internacional e integram, ainda, a “Ordem Honorífica Cultural Brasil Eslováquia”. Há, no livro, também a interessante crônica VIAJANDO PELA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO, descrito pelo professor Washington Santos, que é vice-presidente da ‘Câmara de Indústria e Comércio Brasil/República Democrática do Congo’

Dentre os escritores temos:

Helcio Hime e Thiago de Menezes Helcio Hime e Thiago de Menezes

Vera Gonzalez Vera Lúcia Gonzalez Teixeira, presidente da tradicional ‘Academia Brasileira de Belas Artes – ABBA’

Sylvia Roriz de Carvalho – Acadêmica da “Academia Brasileira de Belas Artes” e Membro da “ACONBRAS – Associação dos Cônsules no Brasil”

Ex – Vice Cônsul Honorário da República do Suriname para o Estado do Rio de Janeiro, o escritor Thiago de Menezes, que mantém, ainda, relações estreitas com vários países é um verdadeiro apaixonado pela ‘Cidade Maravilhosa’ onde residiu por onze anos e ingressou em entidades como a ‘Academia Carioca de Letras’ e a ‘Academia de Letras do Estado do Rio de Janeiro’. Menezes declara seu amor em "VAMOS FALAR DO RIO DE JANEIRO", fazendo uma apologia ao símbolo máximo do glamour da cidade, que é o Hotel Copacabana Palace que aparece descrito na crônica BELMOND COPACABANA PALACE.

"VAMOS FALAR DO RIO DE JANEIRO" traz ainda BELEZA NÃO CUSTA NADA, descrita por Vera Hime tradutora e escritora, já tendo escrito três romances, uma novela, e mais de cinquenta contos (a maioria publicados em revistas de circulação nacional); ARPOADOR, SEMPRE!, descrita por Isa Chloris, escritora e roteirista, autora de “Norberto e outros amores”, homenageada pela União Brasileira de Escritores e FALASP é uma mineira apaixonada pelo Rio de Janeiro, sendo sobrinha de Carlos Drumond de Andrade e de Ibrahim Sued, figura icônica da cidade. Já a crônica AMANHECENDO COPACABANA apresenta Helcio Hime, que nascido e criado em Copacabana, é ator, cantor, empresário, tradutor e escritor, vencedor de vários concursos como o Prêmio Hans Christian Andersen de Literatura do Governo Dinamarquês e Academia Brasileira de Letras e o Prêmio SEBRAE de Melhor Empresa, entre outros.

“Em nome da Equipe do Noticiário RJ on line, parabenizo os  amigos ensejando sucesso”. (Rosely Pellegrino)

Junho 14, 2016 Posted by | jornalismo, literatura, social | , , , , , | Deixe um comentário

GRES União de Maricá terá como enredo para o Carnaval 2017: “Mistérios da Meia-noite”

Autores do Enredo: Arthur Reiy e Renato Figueiredo

logo do enredo 

GRES União de Maricá anunciou, na sexta, dia 10/06, o enredo que disputará o título do carnaval 2017. Foram recebidas 8 (oito) propostas, e na busca de um tema inédito e de fácil leitura para o público da Intendente Magalhães, a agremiação optou por aquele que melhor se encaixou neste perfil, acreditando que os três pilares que “contam” o carnaval – Sinopse, Samba e Plástica – ficarão à altura de um grande desfile.

DSCN8652DSCN8706DSCN8708DSCN8705DSCN8625DSCN8626DSCN8757DSCN8760DSCN8847

Saiba Mais:

OBJETIVO DO ENREDO
O Brasil é um país cheio de heranças culturais, principalmente indígenas, africanas e europeias que, pela oralidade, se consolidaram ao longo de diversas gerações. Devemos lembrar de como o homem, desde que começou a viver em comunidade, assentando acampamentos com sociedades seminômades e depois sedentárias, adquiriu o hábito de se reunir em volta de fogueiras para contar histórias, verdadeiras ou não, mas que serviam como entretenimento e formação de costumes. Dessa natureza de contar histórias, surgiram os contos de fadas (histórias de magia, como Cinderela) e os contos maravilhosos (histórias sociológicas, como Aladim). Também surgiram as fábulas (histórias de animais). Mas um tipo de história sempre esteve presente, a lenda; que tem a pretensão de fazer o outro acreditar, por mais fantasiosa que seja. Entretanto, para muitos, essas mesmas histórias são mais do que simples contos fantasiosos, mas verdades contadas de avós para pais e de pais para filhos, incontestáveis embora inexplicáveis.
O folclore brasileiro, de uma forma ou de outra, sempre esteve presente nos desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. Porém, ao mesmo tempo que volta e meia surge em forma de alegorias ou fantasias, está ausente pela insuficiência de um enredo exclusivamente sobre esses personagens que residem na memória popular; pois nenhum enredo de fato, se debruça sobre os mesmos, transformados em meros coadjuvantes da nossa cultura, quando na verdade, deveriam ser os protagonistas.
Assim, o GRES União de Maricá traz como proposta para o carnaval de 2017, nas palavras anciãs verbalizadas pelos antigos pretos-velhos, o enredo Mistérios da Meia-noite, que pretende mostrar na avenida dos desfiles, histórias da terra encenadas por personagens muito conhecidos e ao mesmo tempo temidos, como fantasmas, lobisomens, vampiros, sereias, mulas sem cabeça, Curupira, Saci-pererê, Boitatá, Chupa-cabra, Bicho Papão, Cuca, Boi da Cara-preta, Corpo Seco etc. Ou seja, o enredo proposto é, na verdade, uma homenagem ao folclore brasileiro e seus contadores de histórias.

A SINOPSE DO ENREDO SERÁ ENTREGUE AOS COMPOSITORES NO DIA 02/07!
Maiores informações, posteriormente através da nossa Direção de Comunicação.

https://www.facebook.com/gresuniaodemarica/

Junho 14, 2016 Posted by | Carnaval 2017, GRES União de Maricá, jornalismo, Lazer, Maricá | , , , | Deixe um comentário