Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Permajornada em Maricá: Aprenda tudo sobre Permacultura Urbana

Programação e horário das atividades:
09:00 as 09:30 – Recepção e preparo Chapati e Pesto Maluco
09:30 as 10:00 – Apresentação Instituto Nos
10:00 as 12:00 – Troca semente e mudas
12:00 as 14:00 – Preparo coletivo da nossa refeição
14:00 as 15:00 – Roda conversa sobre tipo e design de hortas urbanas
15:00 as 17:00 – Montagem de horta lazanha e plantio, Manutenção Agrofloresta
18:00 as 20:00 – Opcional, Fogueira
Facilitadores:
Tom Lima – Permacultor, Empreendedor e Diretor da ONG Instituto Nos
Ricardo Bortolato – Formado em Comercio exterior, Permacultor formado pela UMAPAZ e Gaia Education 2009, Empresário e Empreendedor Social
Serviço:

Endereço: Sede do Instituto Nos, Rua Bosque Fundo, Lote 09, Inoã, Marica-RJ
Quando: 09, 16 e 23 de Julho, de 2016
Objetivo:
Fortalecer o coletivo local, agregar mais pessoas a rede permacultura e abrir possibilidades de parcerias e negócios locais com o Instituto nos.
Investimento:
R$20,00 cada
Email para contato@institutonos.org

• Crianças, Melhor Idade, Pessoas com Necessidades Especiais não pagam nada.

A casa estará aberta para visitação e um bom bate papo sobre permacultura, agende sua visita.
Inscrições:

Como chegar:
Descer no Km. 15, na frente do Habibs da Rodovia Amaral Peixoto, ao descer do ônibus, atravessar a passarela para o outro lado sentido Rio, seguir pela rua do UPA INOÃ, passar a ponte e seguir pela primeira rua a direita, Rua Bosque Fundo, Lote 09, tem um lagarto no muro em barro cimento.

Venha para Roda de Conversa, trocar experiências, ideias, saberes, o Instituto Nos está aberto para te receber, venha fazer uma visita, conhecer nosso espaço, nosso filtro lento para águas cinzas, a BET que trata nossa águas negras, uma pequena floresta urbana, muitos pássaros, hortas, duendes e surpresas, apareça…..

Anúncios

Julho 1, 2016 Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, meio ambiente | , , , , , , | Deixe um comentário

Números reais mostram resultados do Festival da Internacional da Utopia em Maricá

Fonte: Texto: Sérgio Renato (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva, Adriano Marçal e Clarildo Menezes

 Para o órgão responsável, evento foi o maior evento público de Maricá com atividades em diversos núcleos pela cidade

Não resta dúvida: os números comprovam que o Festival Internacional da Utopia, que terminou no último domingo (26/06), foi o maior evento público já realizado em Maricá, com atividades em diversos núcleos pela cidade de acordo com a Secretaria Municipal Adjunta de Políticas Especiais. Mais de 30 mil pessoas circularam pelos núcleos onde houve atividades ligadas ao festival, na Barra de Maricá e no centro da cidade. Aproximadamente 5 mil pessoas passaram pelos shows e nas tendas onde houve debates e palestras. No que diz respeito às acomodações para os visitantes, os números também são grandes. Além das pousadas com 100% dos 450 leitos ocupados, o espaço reservado na Barra para o acampamento da Utopia recebeu cerca de 800 barracas montadas ao longo do festival. Nos dois locais, foram servidas por volta de 33 mil refeições aos participantes.

De acordo com o secretário Amílcar Carvalho, uma nova edição do festival está prevista para acontecer em 2017. Segundo ele, o prefeito Washington Quaquá lançou o evento como calendário oficial do município durante o encerramento oficial, ocorrido no último sábado (25) na Tenda dos Pensadores – que foi a principal do festival e funcionou até este dia, com um público diário aproximado de 2.500 pessoas para assistir palestras de personalidades mundiais como o ator e ativista Danny Glover, o ex-senador Eduardo Suplicy, o líder do MST João Pedro Stédile, o pensador paquistanês Tariq Ali, a médica Aleida Guevara (filha do revolucionário Ernesto Che Guevara), o cantor e ativista Tico Santa Cruz e o ex-ministro da Cultura Juca Ferreira, entre muitos outros.

Ao lado desta tenda foram montadas a Tenda da Diversidade (com 17 debates sobre temas ligados aos direitos humanos, especialmente de minorias como comunidades negras e LGBTs) e o palco principal para as apresentações de artistas consagrados como Detonautas, Beth Carvalho, Chico César, Emicida e Racionais MCs. O público estimado nesses shows foi de 3 mil espectadores. Havia também a Tenda dos Trabalhadores, que recebeu o nome de Carlos Manoel em homenagem ao ex-chefe de Gabinete da Prefeitura de Maricá, falecido em fevereiro. Em todo o festival, 15 mesas de debates foram montadas nos diferentes espaços.

No Centro, quem visitou a Feira da Reforma Agrária teve a chance de conhecer e comprar produtos de origem orgânica e livres de agrotóxicos, parte deles vindos de agricultura familiar como arroz integral, açúcar mascavo, sucos integrais, mel e cachaça, além de doces, frutas e também souvenires como camisetas e bandeiras. Participaram da feira o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, grupos camponeses da Via Campesina e povos indígenas.

Ao lado dele, foi realizada uma edição especial da Feira Literária de Maricá (FLIM). A organização da tenda Cristina Dorigo, montada pela Secretaria Municipal Adjunta de Administração, disponibilizou 4 mil títulos para os públicos adulto e infanto-juvenil. No lado oposto, a banca da Fundação Perseu Abramo oferecia 5 mil exemplares de 35 títulos diferentes. Antes de sua inauguração oficial, o Teatro Público Henfil recebeu o Encontro Nacional de Teatro Augusto Boal, onde foram apresentados oito espetáculos ao longo do festival.

Para Amilcar, o festival provou que a ideia de utopia é algo viável. “Nossa cidade se tornou a capital mundial desse pensamento e nos fez acreditar que é possível sonhar e realizar um objetivo aliando verdade e utopia. A presença de tanta gente do mundo todo aqui é uma prova de que não estamos sós nessa ideia”, avaliou o secretário.

Julho 1, 2016 Posted by | Festival Internacional da Utopia, jornalismo, Lazer, Maricá | Deixe um comentário

”Sob o Céu Sob o Sol de Maricá”: 15 shows gratuitos de sexta a domingo

Texto: Rafael Zarôr (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva e Clarildo Menezes

A Secretaria Municipal Adjunta de Turismo definiu a programação desta semana do projeto “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá”. Ao todo, serão 15 shows gratuitos de artistas locais com apresentações de sexta-feira (01/07) a domingo (03/07) no Centro, Mumbuca, Bambuí, Cordeirinho, São José do Imbassaí e Itaipuaçu. Com repertórios variados (samba, MPB, forró, axé, pop, rock, seresta e música sertaneja), a programação inicia na Praça Conselheiro Macedo Soares, como já é tradição, no Centro, contará com apresentações de forró para animar os “arraiás” da cidade e encerra no domingo com show na Praça Orlando de Barros Pimentel, na região central.

A iniciativa, criada há quatro anos para valorizar os artistas locais e oferecer um happy hour após o expediente, se tornou um atrativo semanal de lazer e entretenimento. Até hoje mais de 100 músicos já se apresentaram no “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá” com cerca de 4 mil shows gratuitos realizados pela cidade.

Confira a programação completa:

Sexta-feira (01/07)

Praça Conselheiro Macedo Soares – Centro

17h – Baby do Cavaco, Adriano Pavarotti e Naldo Monteiro

19h – Roda de Samba Retrô com Gianne Mello, Gustavo Canedo, Raphael do Cavaco e Glaubinho TK

21h – Cantor e compositor Laranjeiras

21h30 – Roda de samba com Rafael Caçula e Grupo Saracutear

Rua Paulino Venâncio da Costa – ao lado da Ponte de Bambuí

20h – Wagner Prado

22h – Edy Baiano

Festa Julina da AMISTA – Praça da Associação de Moradores e Amigos de São Bento da Lagoa – Itaipuaçu

20h – Jô Borges e Aldo Corrêa

Arraiá do 22  – Avenida Guarujá – Em frente ao CAIC – São José do Imbassaí

22h – Forró com Moniquinha Ângelo e Ismayer Alves

Sábado (02/07)

Festa Junina do Colégio Marilza da Conceição Rocha Medina – Rua 107 – Cordeirinho

12h30 – Sidney Santos

Festa na Roça do Sindicato Rural/SECTUR – Rua Joaquim Eugênio dos Santos, 31 – Mumbuca

20h – Edinho Manhoso e Luiz Fernando

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro

20h – Mirene Alves

22h – Raul Palmeira

Domingo (03/07)

Festa na Roça do Sindicato Rural/SECTUR – Rua Joaquim Eugênio dos Santos, 31 – Mumbuca

19h – Forronejo com Moniquinha Ângelo

Arraiá do 22  – Av. Guarujá – Em frente ao CAIC – – São José do Imbassaí

20h – Givan e Junio

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro

20h – Raul Palmeira

Julho 1, 2016 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos, turismo | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá atende mais de 4 mil idosos no município

Fonte:Texto: Willian Chaves (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva e Clarildo Menezes

Valorização, respeito, saúde, socialização e qualidade de vida para mais de quatro mil idosos atendidos pelos projetos e programas da Secretaria Adjunta do Idoso, da Prefeitura de Maricá. Atividades culturais, físicas e recreação acontecem por toda cidade nos núcleos de atividades e na Casa do Idoso Mais Feliz coordenados pela secretária municipal Adjunta do Idoso, Lezireé Figueiredo. Os investimentos no envelhecimento mais saudável da população já ultrapassam a cifra de R$ 660 mil em 2016. Moradores com mais de 50 anos podem participar dos trabalhos oferecidos pela secretaria. Todas as atividades são gratuitas.

Os projetos englobam atividades físicas como alongamento, ginástica localizada, hidroginástica, yoga, tai chi chuan, danças sênior, dança de salão, dança do ventre, dança cigana e dança recreativa. Os idosos ainda participam de cursos de canto e ganham atendimentos de fisioterapia, pilates, reflexologia, estética facial, psicólogos e nutricionistas. Além disso, aprendem a pintar, confeccionar artesanato e corte e costura. A vaidade também é cuidada com atendimento de cabelereiros, manicure e pedicure.

Espalhados pela cidade, os núcleos de atividades levam à população idosa todos os serviços oferecidos pela Secretaria Adjunta do Idoso. Atualmente, nove núcleos realizam atendimentos nos bairros Centro, São José do Imbassai, Santa Paula, Itaipuaçu, Guaratiba, Bambuí, Marquês, Inoã e no Condomínio Residencial Carlos Marighela – Minha Casa, Minha Vida Itaipuaçu.

Outros dois locais, em breve, receberão os serviços: Condomínio Residencial Carlos Alberto Soares de Freitas – Minha Casa, Minha Vida de Inoã e Itaipuaçu com a abertura de uma casa própria do idoso que já está em fase de adequação.

Para participar, os idosos devem se inscrever nos núcleos de seu bairro ou na Casa do Idoso Mais Feliz que fica na Rua Clímaco Pereira, 269, Centro de Maricá. O horário de atendimento é de 7h às 17h de segunda à sexta-feira. Informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 3731-0589.

Julho 1, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, projeto social | , | Deixe um comentário

Delegacias deverão ter efetivo mínimo de policiais mulheres

Foto de Deputada Zeidan. Deputadas Zeidan e Martha Rocha em defesa das mulheres!

As 187 delegacias de Polícia Civil deverão ter, sempre que possível, a lotação mínima de duas policiais civis mulheres por plantão. É o que estabelece a lei 941/15, das deputadas Zeidan (PT) e Martha Rocha (PDT), que volta ao plenário nesta quinta-feira, em redação final, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

A proposta reforça a mudança do protocolo de atendimento que a da corporação adotou após o caso do estupro coletivo da adolescente de 16 anos. O texto estabelece que as mulheres vítimas, se assim preferirem, poderão ser atendidas por uma policial. As autoras dizem que a maioria das cidades do interior do estado não possui uma delegacia especializada, então o atendimento à mulher vitima é realizado por um homem, o que pode resultar em constrangimento para a vítima no momento do registro da ocorrência policial.
"Esse trágico e chocante caso de estupro coletivo deve nos deixar um aprendizado, até porque essa violência infelizmente acontece a toda hora, a cada 11 minutos uma mulher é violentada no Brasil. Nossas delegacias do interior não têm efetivo feminino , hoje, as delegacias dos centros urbanos têm menos de 20% de mulheres. Temos que ter profissionais capacitadas para fazer o atendimento à mulher vítima, que já chega fragilizada para fazer a ocorrência", comentou a deputada Zeidan

Mais carinho e cuidado, menos violência. Em defesa das mulheres!

Foto de Deputada Zeidan.Deputada Rosangela Zeidan

"Fotos Divulgação Mandato @[100000761038368:2048:Rosangela Zeidan]/Paulo David" Deputada Martha Rocha

 

Em defesa das mulheres

Dentro de 15 dias, toda mulher vítima de violência terá como aliada a lei 941/15 , das deputadas Zeidan e Martha Rocha, que garante a presença de pelo menos duas policiais femininas nas 189 delegacias do estado, para prestarem atendimento às vítimas.
"Este é um Projeto importante, nós tivemos recentemente, nas mídias sociais e nas páginas de jornais, a questão do estupro, evidenciado a cultura do machismo predominante na nossa sociedade. E é triste vermos ainda que 20% só de delegacias, aqui no Estado do Rio de Janeiro, tem policiais civis femininas. É um número ainda muito pequeno", reclamou a deputada.

Zeidan lembrou a todos que existem poucas DEAMs e, no atual momento de crise orçamentária é mais rápido o remanejamento das policiais.
"Acima de tudo, a violência e a cultura do machismo têm que ser combatidas, porque não há como mudarmos a educação da nossa garotada, da nossa juventude, da nossa sociedade se não evidenciarmos e combatermos a cultura machista de dominância e de poder sobre o corpo da mulher". finalizou.

Julho 1, 2016 Posted by | jornalismo, Legislativo, Polícia | , , | Deixe um comentário