Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Após seis meses, deputada Zeidan consegue assinaturas para abrir CPI do Maracanã

Fonte: / Agência O Globo

Queima de fogos na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 no Maracanã Queima de fogos na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 no Maracanã Foto: Marcelo Carnaval / Agência O Globo

Após seis meses tentando conseguir 24 assinaturas para abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias que cercam a reforma do Maracanã e as obras do metrô, na Assembleia Legislativa do Rio, a deputada Zeidan (PT) só atingiu o seu objetivo nesta quinta-feira, dia que o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) foi preso pela Polícia Federal. Até mesmo Cidinha Campos (PDT), antiga aliada de Cabral, assinou o documento.

Zeidan começou a buscar assinaturas em maio deste ano, quando dirigentes da empreiteira Andrade Gutierrez contaram, em delação premiada, que Cabral exigiu propina de 5% do valor da obra do estádio. Na época, ela conseguiu apenas a adesão dos deputados do PSOL. Nem mesmo André Ceciliano (PT) e Carlos Minc (sem partido, ex-PT) quiseram se envolver.

Assinaturas no pedido de abertura da CPI do Maracanã Assinaturas no pedido de abertura da CPI do Maracanã Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, procuradores do Ministério Público Federal disseram que o o esquema de corrupção que seria chefiado pelo ex-governador movimentou mais de R$ 220 milhões só em relação a três grandes obras: reforma do Maracanã, construção do Arco Metropolitano e PAC das Favelas. A A obra do Maracanã, orçada inicialmente em R$ 720 milhões, custou, ao final, pouco mais de R$ 1,2 bilhão. Na delação premiada de Rogério Nora, então presidente da construtora Andrade Gutierrez, é dito que a “contribuição” (termo usado para se refeirir à propina) para a reforma do estádio foi pedida numa conversa franca com o governador e o então secretário de Governo, Wilson Carlos.

Anúncios

Novembro 17, 2016 Posted by | jornalismo, Legislativo, política | , | Deixe um comentário

Zeidan: “A política do PMDB é a grande causadora dessa crise no Estado do Rio de Janeiro!”

Foto de Deputada Zeidan. “Estamos com os servidores e com a população mais pobre, votaremos contra esse pacote. A truculência desse governo não vai nos impedir de lutar pelo que é justo. O que aconteceu ontem, 16.11,2016,  na frente da Alerj, com a polícia reprimindo os trabalhadores, chamando o Batalhão de Choque e até o Bope, foi inadmissível. Uma afronta à democracia. O parlamento não pode mais ser palco dessa vergonha!” disse Zeidan.

Pezão é o culpado!

Deputada Zeidan pede a palavra em plenário e afirma: a crise de hoje não é por causa da queda no preço do barril de petróleo. A política do PMDB é a grande causadora dessa crise no Estado do Rio de Janeiro!

SOBRE A CRISE NO ESTADO

A situação do Estado do Rio é muito grave. Claro que há uma crise nacional e que o Petróleo, que é o motor da economia do Estado, sofreu uma grande redução em seu preço. Fato agravado pelo desinvestimento e pela política de regressão econômica travestida de ajuste fiscal, neoliberal, realizada pelo governo usurpador de Temer.

Mas esse descalabro é fruto de mais de uma década de governos desastrosos no Rio de Janeiro. Quando o petróleo estava a 120 dólares o barril, viviam como xeiques árabes e nada construíram com estes recursos.

Deviam ter utilizado estes recursos para diversificar a economia do Estado. Investindo na infraestrutura turística; na agroecologia voltada para produtos de alto valor agregado; no desenvolvimento da economia da cultura e do audiovisual; na ciência e tecnologia em parceria com nosso parque universitário e técnico; enfim, na construção de uma economia do século 21, baseada no conhecimento e na criatividade, típicos dos cariocas e fluminenses.

Preferiram criar isenções fiscais para cidades de apadrinhados políticos; para atividades esdrúxulas como motéis e joalherias; ou para projetos industriais que geram poucos empregos e desenvolvimento.

Agora querem jogar a conta da crise nos servidores e na população. Cortes devem ser feitos nos cargos comissionados; na suspensão de todas as isenções fiscais; na redefinição de todos os contratos, com suas reduções; e nos supersalários que estejam acima do teto, em todos os poderes.

A bancada do PT, que faz e sempre fez oposição ao governo Pezão, não vai compactuar com o desmonte do Estado e com a penalização dos servidores. Queremos achar alternativas e estamos dispostos a colaborar. Desde que a conta seja apresentado para os que já lucraram demais com este desgoverno.

Foto de Deputada Zeidan.

Foto de Deputada Zeidan.

Novembro 17, 2016 Posted by | jornalismo, Legislativo, política | | Deixe um comentário

Maricá realiza homenagens no mês da Consciência Negra

Dia da Consciência Negra em Maricá

Dia da Consciência Negra em Maricá 2

Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal Adjunta de Direitos Humanos e Participação Popular, e de sua Coordenadoria de Diversidade Racial, realizará nos próximos dias 18/11 (sexta-feira, das 9h às 22h) e 20/11 (domingo, das 16h às 22h), no Cinema Público Municipal Henfil, eventos comemorativos ao mês da Consciência Negra.

Mês da Consciência Negra A programação terá exposição de fotos e artes plásticas, oficina de grafite, de tranças e turbantes, palestras e contação de histórias, entre outras ações. A abertura oficial será às 10h, seguida da palestra “A herança africana de Maricá”, proferida pela historiadora Renata Gama.

Na sequência, será feita oficina de língua Banto, mostrando a influência no português falado no Brasil e às 11h30 começam as mesas de palestras:
Lei 10.639, com Sandra Gurgel; Anemia Falciforme, com Marton e Luciane Vieira.
– Liberdade Religiosa – Basta de Intolerância Religiosa, com o pastor Oliver Goiano e a Ialorixá Rosinha de Oxum.

– Mulher Negra – Carolina Rocha

– Genocídio da Juventude Negra – Marcelo Monteiro

– A influência Africana na nossa culinária

Na parte da tarde será feita, a partir de 13h, uma homenagem aos que contribuíram para engrandecer a imagem do negro e da cultura afro brasileira em Maricá, seguida de feijoada com roda de samba e de apresentação de danças afro e percussão por parte de alunos de escolas municipais. Das 17h às 22h será a vez das atividades culturais, com capoeira, roda de rima hip-hop e de uma apresentação do projeto Sala Cult com o tema “Sou negro, soul Brasil”; com a Banda de Gigoga & Amigos da Cultura, da Escola de Samba União de Maricá e de um Baile Black. No domingo (20/11), a programação começa às 16h e vai até às 20h, com exposição de fotos e artes plásticas de negros e negras de Maricá, além de filme com debate (exibição do documentário); “Cais do Valongo Sangra da Terra”, do diretor Wavá de Carvalho).

História

O mês da Consciência Negra é celebrado em novembro, com feriado no dia 20, data de morte de Zumbi dos Palmares (20/11/1695), líder do quilombo de mesmo nome e símbolo da resistência contra a escravidão. O quilombo dos Palmares foi fundado em 1597, na Serra da Barriga (AL) e, organizado, cumpriu seu ideal de liberdade e cidadania. Em 1695, o bandeirante Domingos Jorge Velho comandou a expedição que assassinou Zumbi e destruiu completamente o quilombo. Trezentos anos depois, em 20/11/1995, a data passou a ser considerada feriado nacional. A Marcha Zumbi dos Palmares contra o racismo e pela igualdade e a vida, realizada naquele ano, reuniu milhares de afrodescendentes em Brasília para recuperar o ideal de Zumbi e resgatar um exemplo de luta e organização pela emancipação do povo brasileiro.

Novembro 17, 2016 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Lazer, Maricá | , | Deixe um comentário

Maricá: Fabrício Bittencourt será o líder do governo na Câmara de Vereadores

Fonte: Maricá Info

Maricá: Fabrício Bittencourt será o líder do governo na Câmara de Vereadores O vereador eleito Fabrício Bittencourt (PTB) foi o escolhido pelo prefeito eleito Fabiano Horta (PT) para ser o líder do governo na Câmara de Vereadores de Maricá.

“O vereador Fabricio Bittencourt será meu líder de governo na Câmara Municipal. Ele agrega características fundamentais para a função: tem compromisso e lealdade ao nosso projeto político, aprendeu com seu pai Aldemir Bittencourt a arte da articulação dos avanços do xadrez político.” Disse Fabiano em entrevista ao ‘Maricá Info’.

Para Fabiano Horta, a experiência adquirida por Fabrício a frente de duas secretarias no governo Quaquá (Habitação e Segurança), o coloca com uma visão privilegiada no tocante da administração pública.

“Agradeço primeiro a Deus e depois ao povo de Maricá pela vitória nas eleições. Me sinto honrado pela confiança depositada em mim pelo prefeito Fabiano Horta. Quero deixar claro que serei um soldado leal ao governo, fazendo com dignidade e respeito, essa ponte entre a executivo e o legislativo.” Comentou Fabrício Bittencourt.

img_3310

Novembro 17, 2016 Posted by | Legislativo, Maricá, política | , | Deixe um comentário