Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Zeidan: “A política do PMDB é a grande causadora dessa crise no Estado do Rio de Janeiro!”

Foto de Deputada Zeidan. “Estamos com os servidores e com a população mais pobre, votaremos contra esse pacote. A truculência desse governo não vai nos impedir de lutar pelo que é justo. O que aconteceu ontem, 16.11,2016,  na frente da Alerj, com a polícia reprimindo os trabalhadores, chamando o Batalhão de Choque e até o Bope, foi inadmissível. Uma afronta à democracia. O parlamento não pode mais ser palco dessa vergonha!” disse Zeidan.

Pezão é o culpado!

Deputada Zeidan pede a palavra em plenário e afirma: a crise de hoje não é por causa da queda no preço do barril de petróleo. A política do PMDB é a grande causadora dessa crise no Estado do Rio de Janeiro!

SOBRE A CRISE NO ESTADO

A situação do Estado do Rio é muito grave. Claro que há uma crise nacional e que o Petróleo, que é o motor da economia do Estado, sofreu uma grande redução em seu preço. Fato agravado pelo desinvestimento e pela política de regressão econômica travestida de ajuste fiscal, neoliberal, realizada pelo governo usurpador de Temer.

Mas esse descalabro é fruto de mais de uma década de governos desastrosos no Rio de Janeiro. Quando o petróleo estava a 120 dólares o barril, viviam como xeiques árabes e nada construíram com estes recursos.

Deviam ter utilizado estes recursos para diversificar a economia do Estado. Investindo na infraestrutura turística; na agroecologia voltada para produtos de alto valor agregado; no desenvolvimento da economia da cultura e do audiovisual; na ciência e tecnologia em parceria com nosso parque universitário e técnico; enfim, na construção de uma economia do século 21, baseada no conhecimento e na criatividade, típicos dos cariocas e fluminenses.

Preferiram criar isenções fiscais para cidades de apadrinhados políticos; para atividades esdrúxulas como motéis e joalherias; ou para projetos industriais que geram poucos empregos e desenvolvimento.

Agora querem jogar a conta da crise nos servidores e na população. Cortes devem ser feitos nos cargos comissionados; na suspensão de todas as isenções fiscais; na redefinição de todos os contratos, com suas reduções; e nos supersalários que estejam acima do teto, em todos os poderes.

A bancada do PT, que faz e sempre fez oposição ao governo Pezão, não vai compactuar com o desmonte do Estado e com a penalização dos servidores. Queremos achar alternativas e estamos dispostos a colaborar. Desde que a conta seja apresentado para os que já lucraram demais com este desgoverno.

Foto de Deputada Zeidan.

Foto de Deputada Zeidan.

Novembro 17, 2016 - Posted by | jornalismo, Legislativo, política |

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: