Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá realiza campanha “Doe Sangue, Salve Vidas”

A Secretaria de Saúde de Maricá, através da Coordenadoria de Humanização, convoca a sociedade civil maricaense para o evento “Doe Sangue, Salve Vidas”, que acontecerá na Praça Orlando de Barros Pimentel, no próximo dia 15 de julho, das 10h às 15h.

Devido às baixas condições climáticas, férias escolares e feriados de São João, esta época do ano é um período que gera redução nos bancos de sangue. Os doadores tendem a interromper as doações, afetando os estoques em todo o país. O objetivo da campanha é fortalecer a continuidade das doações.

Podem participar da iniciativa, que tem apoio do Hemorio, pessoas entre 16 e 69 anos. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos. Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 kg e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. No dia, é imprescindível levar documento de identidade com foto. Mais informações pelo Disque Sangue: 0800-282-0708.

Esclarecendo mitos:

  • Quem doa não corre risco de contaminação, o material é descartável;
  • Não se deve estar em jejum para doar sangue;
  • Doar sangue não vicia;
  • Doar sangue não engorda e não emagrece;
  • Quem doa sangue uma vez, não é obrigado a doar sempre.

Fonte Flávia Tenente (edição: FSB Comunicação)

Julho 15, 2017 Posted by | campanha social, Maricá | , | Deixe um comentário

Maricá adere ao “Outubro Rosa”, campanha mundial contra o câncer de mama

Texto: Marcelo Moreira

Casa de Cultura, Paço Municipal e Casa do Turismo serão iluminados de rosa, cor que simboliza o movimento

outubro-rosa

A campanha mundial “Outubro Rosa” – que alerta a população sobre o câncer de mama – terá a adesão da Prefeitura de Maricá, numa iniciativa da subsecretaria de Políticas para as Mulheres.

Três importantes prédios públicos da cidade – a Casa de Cultura, a Casa do Turismo e o Paço Municipal – serão iluminados a partir desta sexta-feira(11/10) com luzes na cor rosa, em alusão ao laço rosa que simboliza o combate a este tipo de câncer. Além do ato simbólico, ações como distribuição de panfletos informativos sobre a doença serão distribuídos aos moradores.

Além da iluminação especial, a subsecretaria, ligada à secretaria de Direitos Humanos, vai marcar o início da campanha na cidade com uma participação especial no projeto “Sob o Céu, sob o Sol de Maricá”, na Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro. Além dos shows de ED Baiano, Jô Borges e Geani Mello, a cargo da secretaria municipal de Turismo, haverá panfletagem e sorteio de brindes para as mulheres.

Até o fim da campanha, no dia 25/10, agentes da subsecretaria distribuirão os panfletos com orientações sobre os riscos do câncer de mama e formas de prevenção da doença em outros locais com grande circulação de pessoas: Praça Central de Ponta Negra, Praça Orlando de Barros Pimentel (Centro), passarela de São José; calçadão de Inoã e Terminal Rodoviário de Itaipuaçu.

Também no dia 25/10 será realizada uma caminhada contra o câncer de mama. A concentração será na Pça Senador Macedo Soares, a partir de 17h, de onde os participantes seguirão até a Pça Orlando de Barros Pimentel, com encerramento no projeto “Sala Cult”, promovido pela secretaria de Cultura.

A Secretaria de Saúde, que também apoia a ação através do PAISMC – Programa de Atenção Integral à Mulher e à Criança – realizará, nos dias de consultas ginecológicas e de pré-natal, Grupos de Sala de Espera e Rodas de Conversa com orientações sobre como fazer o autoexame das mamas.

As ações de panfletagens e o sorteio de brindes no lançamento da campanha serão realizados em parceria com o Instituto Avon e com o os agentes do Programa Municipal de Atenção Integral à Mulher e à Criança.

A História do Outubro Rosa

Apesar de não haver registros sobre o fato que teria originado o movimento, a campanha ganhou força nos Estados Unidos após o Congresso Americado ter aprovado uma lei que instituiu o mês de outubro como o mês de combate ao câncer de mama. Esse período do ano, que já era marcado por ações isoladas em diversos estados americanos para chamar a atenção da população sobre a doença, passou a simbolizar oficialmente o movimento – daí o nome Outubro Rosa. Como um laço rosa também é um símbolo do combate ao cãncer de mama, a cor passou a ser usada em todos os atos do movimento – o principal deles é a iluminação de importantes monumentos públicos e privados.

Outubro 10, 2013 Posted by | campanha social, jornalismo, projeto educacional, saúde | | Deixe um comentário

Alunos de escolas da rede municipal participam da abertura da Semana Nacional de Trânsito em Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Clarildo Menezes

A abertura da Semana Nacional de Trânsito em Maricá teve a participação de alunos da rede municipal de ensino nesta quarta-feira (18/9). Seis estudantes da Escola Ataliba Domingues, em Itaipuaçu, distribuíram panfletos e deram recomendações a motoristas na esquina das ruas Ribeiro de Almeida e Domício da Gama, no Centro. Para marcar o início da campanha na cidade, a Secretaria de Transportes de Maricá realizou ações em outros pontos, como a praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro, além do distrito de Inoã.

Os motoristas que passavam pelo local aprovaram a abordagem dos alunos e agentes da Guarda Municipal e da Secretaria de Transportes, que davam os parabéns a todos que eram "flagrados" usando o cinto de segurança. Também fez parte da ação de conscientização alertas sobre os riscos de não usar o cinto.

Além da conscientização dos moradores, a ação é um ensinamento importante para os próprios estudantes. “Meu tio tem uma moto e só anda de capacete. Eu sempre falo com todo mundo em casa para respeitar as Leis de Trãnsito e hoje estou vendo na prática como isso é importante,” afirmou Carlos Davi da Costa Alves, de 10 anos, que cursa o 4º ano do ensino fundamemental.

A campanha seguirá nos próximos dias para Itaipuaçu e Ponta Negra. De acordo com a Secretaria de Transportes, os dois bairros foram escolhidos em razão do grande número de visitantes com a aproximação do fim de semana.

Educação preventiva

Com o tema “Álcool, outras Drogas e a Segurança no Trânsito – efeitos, responsabilidades e escolhas”, o objetivo da campanha deste ano é alertar a população sobre os acidentes de trânsito e destacar a importância da educação como instrumento preventivo. Realizada anualmente pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), a Semana Nacional faz parte das ações do Pacto Nacional Pela Redução de Acidentes (Parada: Um Pacto pela Vida), iniciativa do Governo Federal, que estabeleceu o período 2011-2020 como a década de ação para segurança viária, com meta de reduzir em até 50% o número de mortos e feridos por consequência dos acidentes de trânsito.

A Semana Nacional do Trânsito é sempre acontece entre os dias 18 e 25 de setembro. A data foi estabelecida desde a criação do Código de Trânsito Brasileiro, em 1997. A Semana é caracterizada por uma série de eventos e ações educativas promovidas por todos os órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito. A definição dos temas é feita anualmente pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
De acordo com as últimas pesquisas do Ministério da Saúde, uma em cada cinco vítimas de acidentes de trânsito ingeriu bebida alcoólica. Os dados revelam ainda que 21% dos acidentes estão relacionados ao uso de álcool, sobrecarregando as unidades de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

Setembro 19, 2013 Posted by | campanha social, jornalismo, Maricá, transito, vias públicas | | Deixe um comentário

LBV deu início à edição de 2013 da Campanha Eu ajudo a mudar!

Anúncio Criança 2 - 7x14cm

Com um trabalho voltado à educação e à assistência social, a Legião da Boa Vontade (LBV) vem transformando para melhor a vida de milhares de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos em todo o território nacional. Para manter esse trabalho e aprimorá-lo cada vez mais, a Instituição sempre tem contado com a ajuda de todos os que desejam viver em um país mais justo e solidário.

Por esse motivo, a LBV deu início à edição de 2013 da Campanha Eu ajudo a mudar!, que visa mobilizar a sociedade a ajudar na manutenção dos programas e campanhas socioeducacionais e, consequentemente, contribuir para que o Brasil vença seus grandes desafios.

No ano passado, a Legião da Boa Vontade prestou mais de 10 milhões de atendimentos e benefícios à população de baixa renda. O intuito da mobilização é ampliar e aprimorar as ações desenvolvidas, a fim de que mais famílias possam ter resgatadas sua cidadania e felicidade.

Com a ajuda de todos, mudamos o Brasil. Saiba mais em www.lbv.org. Informações: (21) 3297-7100. Siga a LBV pelo Twitter (@LBVBrasil)e pelo Facebook (LBVBrasil).

Maio 22, 2013 Posted by | Ação Social, assistencia social, campanha social, jornalismo, projeto social | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá e Estado unem forças no combate à Dengue

Texto: Fernando Uchôa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

Prefeito Washington Quaquá e secretária municipal de Saúde de Maricá recebem equipe do Governo do Estado.

Uma grande ação de conscientização contra a Dengue, realizada na manhã desta terça-feira (16/04) no bairro da Amizade, marcou o início do plano integrado da prefeitura e do Governo do Estado para o combate à doença.

No primeiro dia da ação, técnicos distribuíram panfletos e fixaram cartazes em diferentes ruas do bairro, além de cobrirem com toucas de náilon as caixas d’água encontradas sem tampa. As casas onde foram encontrados focos serão tratadas por equipes do Programa Municipal de Combate à Dengue (PMCD) e o trabalho continuará amanhã (17/04). Agentes do Setor de Zoonoses e Educação em Saúde e funcionários da Subsecretaria de Governo do Estado para a Região Metropolitana atuarão três vezes ao mês nas comunidades do município.

A operação de hoje contou com as presenças da secretária municipal de Saúde, Janete Valladão, e da subsecretária de Estado da Região Metropolitana, Cristiane Duarte Amaral. Após o trabalho nas ruas, o efetivo enviado pelo Governo do Estado foi recebido pelo prefeito Washington Quaquá, que ressaltou o compromisso da prefeitura no combate à Dengue. “Embora Maricá não tenha índices alarmantes, estamos mobilizando todos os esforços para o combate ao mosquito vetor da doença”, destacou.

Segundo a secretária de Saúde de Maricá, um trabalho programado já vinha sendo feito há meses pelos agentes municipais para identificar e eliminar possíveis focos nas residências e no comércio de Maricá. “A parceria iniciada hoje reforça este trabalho. Ações em parceria com o Governo do Estado, como o programa Dez Minutos contra a Dengue, já existem em Maricá, disse, acrescentando que Maricá tem 97 casos de dengue confirmados e cerca de 1.200 aguardando confirmação. Nenhum caso de óbito por dengue foi registrado. “Estamos elaborando um cronograma em função da nova parceria, com roteiros que serão traçados de acordo com os índices de infestação, e dois carros já estão nas ruas aplicando o fumacê”, informou Janete.

O perigo está dentro de casa

A moradora Mauriléa de Souza, de 47 anos, cuida da mãe, Nazaré, de 81 anos, que está acamada e que vive com o marido, Milton dos Santos, de 83 anos. Milton se esforça para manter o quintal limpo, na casa da Rua Conde Paulo Pessanha, no Jardim Miramar mas, apesar do cuidado, foi surpreendido quando os agentes que visitaram a sua casa perceberam que as caixas d´água estavam destampadas e que havia ali larvas do mosquito. As caixas foram devidamente cobertas e a família recebeu todas as orientações para combater a dengue dentro de casa.

Objetivo da ação foi conscientizar os moradores sobre a importância do combate à Dengue.

Cartazes foram colocados em estabelecimentos comerciais.

Durante visitas a residências, muitas caixas d’água foram encontradas sem qualquer cobertura.

Abril 17, 2013 Posted by | campanha social, jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Casa da 1ª à 3ª Idade de Maricá oferece atividades gratuitas em quatro novos núcleos

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

Atividades gratuitas em novos núcleos.

As atividades realizadas na Casa da 1ª à 3ª Idade de Maricá – referência na atenção a jovens e idosos de todo o país – foram ampliadas para quatro novos núcleos de atendimento. Os bairros Spar e Marquês, além das localidades de Fernando Mendes e Bananal, em Inoã, já contam com as oficinas gratuitas do projeto.

A secretária municipal de Ações para Idosos, Denize Fortes, explicou que o objetivo é atender a um maior número de pessoas, possibilitando o acesso às comunidades mais necessitadas. "Estamos ampliando nosso atendimento para garantir que mais usuários tenham a oportunidade de participar das atividades, que contribuem para a saúde e o bem-estar dos usuários. Estamos investindo na qualidade de vida da nossa população", ressaltou Denize.

Atividades nos novos núcleos
No Spar, estão sendo oferecidas duas atividades na quadra do bairro: alongamento, todas as segundas-feiras, das 8h às 9h; e capoeira, às terças-feiras, em dois horários, das 7h às 8h e das 8h às 9h.

No Marquês, os interessados podem participar de aulas de dança do salão, às terças-feiras, das 8h30 às 9h30; de aulas de inglês, às quintas-feiras, em dois horários (das 14h às 15h ou das 15h às 16h); e de oficina de pintura em tecido, às quintas-feiras, das 14h às 16h30. As atividades são realizadas na Igreja Metodista.

Em Inoã, as atividades estão sendo oferecidas em duas localidades: na Igreja Assembleia de Deus no Bananal, com aulas de alongamento, às quintas-feiras, em dois horários (das 8h às 9h e das 9h às 10h); e na Praça Fernando Mendes, com aulas de capoeira, às sextas-feiras, das 7h30 às 8h30 e também das 8h30 às 9h30, e alongamento, também às sextas-feiras, das 8h às 9h e das 9h às 10h.

As atividades da Casa da 1ª à 3ª Idade são referência na atenção a jovens e idosos de todo o país

Demais núcleos
Além desses novos espaços, a Casa da 1ª à 3ª Idade oferece atividades em sete outros núcleos nos bairros Centro, Itaipuaçu, São José do Imbassaí, Bambuí, Guaratiba, São José e Santa Paula. Atualmente, o projeto atende 4.700 pessoas com atividades gratuitas culturais, esportivas, artísticas e de lazer para todas as idades, como por exemplo, aulas de dança, lutas, artesanato, inglês, música, yoga, hidroginástica e natação, entre outras. A proposta do projeto é oferecer aulas voltadas para diferentes idades, mas, principalmente, integrar pessoas de diferentes gerações.

Os interessados em participar das oficinas devem se inscrever na sede principal da Casa da 1ª à 3ª Idade, na Rua Clímaco Pereira nº 269, no Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. É necessário apresentar cópias do CPF e RG, comprovante de residência, atestado médico (original e duas cópias) e duas fotos 3 X 4. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3731-0589.

Março 8, 2013 Posted by | campanha social, jornalismo, Maricá, projeto social | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá faz campanha pelo uso de preservativo

A prefeitura de Maricá inicia nesta segunda-feira (04/02) a campanha municipal “Sou Mulher, uso camisinha”. O objetivo é alertar as mulheres sobre a importância do uso de preservativo e dos riscos das doenças sexualmente transmissíveis, principalmente durante o Carnaval. Equipes da subsecretaria de Políticas para as Mulheres, da secretaria de Direitos Humanos, irão distribuir preservativos e material informativo. A primeira ação acontece na Praça do Barroco, em Itaipuaçu, das 14h às 16h.

Segundo a subsecretária Luciana Piredda, o risco de doenças, como AIDS, aumenta no Carnaval porque na maioria das vezes as mulheres aceitam transar sem o uso do preservativo. “Muitas ainda têm vergonha de andar com a camisinha na bolsa e não se impõem na hora de exigir do parceiro o uso do preservativo”, ressalta Luciana. “Vamos alerta-las sobre as doenças e mostrar que é um direito o uso da camisinha”, completou.

A campanha conta com apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e será realizada até sexta-feira (08/02). Mais informações pelo telefone 3731-5636. Confira a programação:

04/02 – 14h às 16h – Praça do Barroco – Itaipuaçu;

05/02 – 10h às 12h – Calçadão de Inoã – Inoã;

06/02 – 9h às 11h – Praça Central – Ponta Negra;

07/02 – 10h às 12h – Passarela – São José do Imbassaí;

08/02 – 16h às 17h – Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro;

Rafael Zarôr

Fevereiro 2, 2013 Posted by | campanha social, Carnaval 2013, Carnaval 2013 em Maricá, direitos humanos, jornalismo, Maricá, saúde, Vida | | Deixe um comentário

Modesto da Silveira presta apoio, solidariedade e contribue na análise jurídica no caso Aldeia Maracanã

Fonte: Aldeia Maracana

397400_127338794100582_867241480_n[1] Membro do Conselho de Ética da Presidência da República, o advogado Modesto da Silveira (na foto ao lado do Cacique Carlos Tucano) esteve na Aldeia Maracana, por duas vezes nas últimas semanas, no dia 13 (dia seguinte à 1a. tentativa de invasão militar) e, ontem, prestando seu apoio e solidariedade, e contribuindo com a análise da situação jurídica, que considerou como sendo típica de estado d’exceção.
Modesto foi um dos advogados mais atuantes na defesa de presos políticos.

Nas redes sociais Modesto está sendo aplaudido por mulhares de pessoas, sua presença, seu apoio, sua credibilidade, dá diginidade e esperança.

O que rola na Rede … 

Fale com o Modesto que toda documentação e revindicação para transformar o Museu do Índio se encontra com o Sr Claudio Soares no Gabinete pessoal da Presidente da Republica Dilma que cuida do patrimônio publico deste julho do ano passado e foi protocolado e entregue pela minha Ong a pedido da Zahy Guajajara. Dilma esta a par de tudo e esperamos que ela se manifeste o mais breve possível para restauração deste imóvel,um bem publico da humanidade. E nos amigos da Família do Marechal Rondon vamos agradecer muito. " não é hora de se omitir e sim de agir" (Laercio Rodrigues)

É necessário todas as forças numa barreira humana e jurídica contra a política de higienização etinica que os governos vem implantando, contra os negros e indios (Cintia Teixeira)

Que bão que ainda exitem pessoas humanas neste mundo! (Prema Bhakti Dasa)

Parabéns ao Doutor Modesto, nós comunistas sabemos da sua integridade ética e firmeza de luta. (Pedro Paulo Cruz)

Aldeia Maracanã informa :

O movimento Meu Rio lança hoje uma campanha online para pedir à presidente Dilma Rousseff que se junte à mobilização realizada por diversos setores da sociedade contra a demolição do antigo prédio do Museu do Índio, no contexto da reforma do Complexo do Maracanã para a Copa do Mundo. Para participar da campanha, basta ir até o website da entidade, www.meurio.org.br, assinar a petição e compartilhá-la nas redes sociais.

Embora do ponto de vista jurídico a presidente Dilma não possa interferir, o Meu Rio acredita que uma manifestação contrária poderia ter um impacto sobre os governos do estado e do município, que insistem na demolição, mesmo ela tendo sido considerada desnecessária pela FIFA.

O prédio, erguido em 1865 pelo Duque de Saxe, abrigou o Serviço de Proteção ao Índio até se transformar, em 1953, no Museu do Índio. Depois disso, esteve em estado de abandono por muitos anos até ser ocupado por representantes de diversas etnias há sete anos. No lugar eles fundaram a Aldeia Maracanã, com a ideia de ser um centro de difusão de seus costumes e cultura no coração do Rio de Janeiro. Mas com as obras em curso no Complexo do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014, o prédio corre risco de demolição para dar lugar a um shopping center e a um estacionamento.

“Os governos do estado e do município estão insensíveis às demandas dos indígenas que querem a proteção de um espaço que tradicionalmente lhes foi dedicado”, diz Rafael Rezende, do Meu Rio. “Por isso, os cariocas apelam à presidente Dilma e ao seu passado de luta pelas direitos humanos para juntar-se à sociedade civil e pressionar as autoridades locais por uma solução justa”, explica.

A campanha tem o apoio do Movimento Gota d`Água, que em 2012 fez um enorme sucesso reunindo artistas numa campanha contra a construção de Belo Monte. O movimento Meu Rio foi fundado em 2011 como uma plataforma que une tecnologia e mobilização social para estimular a participação cívica dos cariocas. Desde que foi fundado, há pouco mais de um ano, o Meu Rio já reuniu mais de 50 mil membros participantes em sua comunidade online.

Janeiro 19, 2013 Posted by | campanha social, cultura, denuncia, direitos humanos, jornalismo, Judiciário, justiça, manifestação popular | , , , | Deixe um comentário

Campanha de arrecadação de donativos para as famílias atingidas pelas chuvas começa dia 07.01 nas Estações trens/barc​as/metrô

Nota da Secretaria Estadual de Transportes do Estado do Rio de Janeiro

A Secretaria Estadual de Transportes, em parceria com as concessionárias CCR Barcas, SuperVia e MetrôRio, iniciará nesta segunda-feira (07/01) campanha para arrecadação de donativos para as famílias atingidas pelas fortes chuvas no Estado.
Além de água mineral e alimentos não perecíveis, as estações das Barcas, trens e do metrô também receberão fraldas e artigos de higiene pessoal.
Pontos de arrecadação:

Supervia

Estações Central do Brasil, Duque de Caxias, Bonsucesso, Deodoro e Madureira.
MetrôRio:

Estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos, Flamengo, Botafogo, Largo do Machado, Glória, Cinelândia, Carioca, Uruguaiana e Saens Peña.

CRR Barcas:

Estações de Arariboia, Praça XV e Charitas

Janeiro 5, 2013 Posted by | campanha social, jornalismo | Deixe um comentário

Bolsa Família realiza mutirão de saúde no dia 10 em Maricá

Texto: Secretaria de Comunicação

O Bolsa Família em Maricá fará um grande mutirão para que os beneficiários possam fazer o acompanhamento de saúde e atualizar seus prontuários. Neste sábado (10/11), oito escolas do município estarão abertas, das 10h às 14h, para receber as famílias cadastradas. O acompanhamento acontece duas vezes ao ano e é considerado obrigatório para que as famílias continuem recebendo os benefícios do programa.

As unidades educacionais abertas para atender os usuários do Bolsa Família são:

E.M. João Monteiro, no Recanto – Itaipuaçu

E.M. Vereador Osdevaldo da Matta, em Santa Paula

Caic de São José de Imbassaí

Casa da Criança de Inoã

E.M. Joaquim Eugênio, na Mumbuca

E.M. Marcus Vincíus, no Bairro da Amizade

E.M. Marquês de Maricá, na Ponta do Francês

E.M. Profº Alcione Silva, em Bambuí

Novembro 7, 2012 Posted by | Ação Social, assistencia social, campanha social, jornalismo, Maricá, projeto social, saúde | Deixe um comentário