Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá reinaugura Creche Pinguinho de Luz em São José do Imbassaí

DSC_5472 Foi entregue nesta quarta-feira (05/10) a Creche Municipal Pinguinho de Luz, instalada no anexo do CAIC Elomir Silva, no Marine. A principal mudança na creche foi a cobertura de áreas que antes eram abertas e onde agora funcionam o playground e o refeitório, além de uma área de circulação e a entrada principal, que ganhou uma estrutura metálica para cobertura e um recuo junto ao portão. Houve ainda pintura e colocação de novo piso.

DSC_5580A creche atende a cerca de 200 alunos na faixa dos três anos de idade, divididos nos turnos da manhã e da tarde, com uma equipe de 16 professores e 4 auxiliares de creche, além de uma coordenadora e uma diretora pedagógica. Pais e alunos aprovaram as novas dependências. “As salas ficaram maiores, muito boas. Gostei bastante”, sentenciou Letícia Sampaio Antunes, de 19 anos, mãe de Renan Cauê e tia de Bruna, ambos de 3 anos. Para Vitória Reis da Silva, também de 19 anos, o pequeno Cauã (de 4 anos) está mais protegido agora. “Ele e os coleguinhas vão ficar mais confortáveis, sem passar frio nem calor”, avaliou ela.

"Tivemos muitos progressos nos últimos anos, mas esse é sem dúvida o maior deles. Aqui, por exemplo, era um lugar que ficava permanentemente exposto ao tempo. Agora é o espaço para alimentação dos nossos alunos”, disse a diretora da unidade, Gláucia Cartaxo, considerando o espaço "um milhão por cento melhor". O secretário municipal adjunto de Educação, Daniel Neto, deu parabéns aos pais, alunos e à equipe de trabalho pela reforma e garantiu que mais melhorias estão a caminho.

Outubro 6, 2016 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | , | Deixe um comentário

Inscrições abertas para curso gratuito preparatório para o Enem em Maricá

Texto: Willian Chaves (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

Começaram na quarta-feira (20/07) as inscrições para o Pré-Vestibular Iara Iavelberg, da Prefeitura de Maricá, preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O curso gratuito terá, inicialmente, 300 vagas com aulas ministradas por professores de Maricá e do Rio distribuídas em 240 horas/aula. A aula inaugural unificada acontece no dia 6 de agosto, a partir das 8h30 até 17h10, no Centro Cultural Henfil, no Centro. Não há limite de idade para as inscrições – que deverão ser feitas no site da Prefeitura (faça aqui) – e alunos de toda a rede escolar pública e particular, assim como pessoas que interromperam os estudos, poderão participar, desde que inscritos no Enem. As provas do Enem acontecem nos dias 05 e 06 de novembro.

As aulas acontecerão em dois locais a partir do dia 10: Centro e Inoã. No centro, os inscritos poderão assistir às aulas no CEM Joana Benedicta Rangel às quartas e quintas-feiras, das 18h às 22h. Aos sábados, das 8h30 às 17h10, na EM Carlos Magno Legentil de Mattos. Em Inoã, o curso – que contará com equipamentos audiovisuais de apoio – vai ser ministrado na EM Aniceto Elias, também às quartas e quintas-feiras, das 18h às 22h e, aos sábados, das 8h30 às 17h10. A coordenação é dos professores William Campos, Marcos de Dios, Iracema Miranda e Carolina Farias.

Entre as novidades está a realização de dois simulados gratuitos que acontecerão em setembro e outubro. O envolvimento da família na preparação dos alunos é outra novidade. A coordenação do curso vai realizar reuniões mensais com os pais dos inscritos para orientar e esclarecer como funciona e a importância do Enem para ingresso nas universidades. O objetivo é popularizar o exame e envolver toda a família na preparação dos adolescentes. A primeira reunião de pais está agendada para o dia 20 de agosto, às 8h, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU). “Nosso curso é diferenciado. É a primeira vez que esse modelo de curso preparatório é implementado dessa forma”, afirma William Campos.

O curso preparatório para o Enem ainda terá uma Oficina de Redação (40 horas) para todos os alunos. Teorias, técnicas e práticas de redação compõem os procedimentos das aulas específicas. A redação tem peso forte na nota final do Enem. A primeira oficina vai acontecer no dia 13 de agosto. Entre as demais disciplinas estão Língua Portuguesa (32 horas), História (25), Geografia (25), Matemática (30), Biologia, Química e Física (50 horas), entre outras. Os alunos que desejarem prestar o vestibular para a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) também terão uma preparação especial com dicas e matérias voltadas para o vestibular da universidade. Outra proposta do pré-vestibular Iara Iavelberg é entrevistar individualmente todos os inscritos. O objetivo é conhecer os candidatos e identificar as aptidões para carreiras profissionais com intuito de elaborar planos de estudos e atendimentos personalizados. Essa prática é comum em grandes colégios particulares e produz resultados satisfatórios.

Julho 22, 2016 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | , | Deixe um comentário

Inscrições para os cursos gratuitos de qualificação em Maricá, encerram nesta sexta

Texto: Sergio Renato | Fotos: Fernando Silva

Na segunda-feira, foram entregues certificados aos alunos dos cursos de Instalador de Tubulação Industrial e Operador de Computador

Vão até hoje, sexta-feira (11/03) as inscrições para os cursos de Operador de Computador e de Construtor de Obras e Edificações, que fazem parte do Programa de Qualificação Profissional, uma iniciativa da Secretaria Adjunta de Trabalho de Maricá através do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), contratado pela Prefeitura. As aulas serão ministradas no turno da tarde (das 13h às 17h) nos polos de ensino do Flamengo e Itaipuaçu, respectivamente, e oferecem um total de 42 vagas.

O curso de Construtor de Edificações pretende dar formação inicial para a execução de subsistemas em edificações. Quem quiser uma das 20 vagas disponíveis deve ter idade mínima de 16 anos e o 7º ano do Ensino Fundamental. As aulas serão no polo de Itaipuaçu (Av. Carlos Marighella, 160, Lote 01, Quadra 14). Já no curso de Operador de Computador, com 22 vagas, o aluno vai aprender a prestar serviços de apoio e suporte às atividades administrativas, cumprindo as rotinas e processos estabelecidos para a realização das atividades de escritórios. Os interessados devem ter o 6º ano do Ensino Fundamental e 16 anos completo. O polo do Flamengo, fica na Avenida Roberto Silveira, lote 15, quadra C.

Também com inscrições abertas está o curso de Montador de Estrutura Metálica, que ainda tem 30 vagas para o período da tarde, das 13h às 17h. As aulas, também no Flamengo, visam capacitar os profissionais para a montagem de peças e estruturas metálicas para obras diversas, dentro dos padrões de segurança e qualidade exigidos. Para este, o aluno deverá ter 18 anos completo e o 8º ano do Ensino Fundamental. As inscrições vão até o dia 18.

Na última segunda-feira (7/3), 60 alunos se formaram nos cursos de Instalador de Tubulação Industrial (36), que teve aulas no Flamengo, e Operador de Computador (24), ministrado em Inoã. A solenidade foi realizada no auditório do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), na Mumbuca. Uma nova entrega de certificados está marcada para esta quinta-feira (10), às 18h, no polo de Itaipuaçu (Avenida Carlos Marighella, 160, próximo ao Recanto). Os alunos tiveram aulas de Auxiliar de Operações Logísticas, Auxiliar Administrativo e Montador de Painéis Elétricos.

Evento da Secretaria Adjunta de Trabalho aconteceu no CEU

Ao todo, 60 alunos receberam os certificados

Prefeitura oferece mais 42 vagas para o polo de Itaipuaçu

Março 11, 2016 Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, projeto educacional | | Deixe um comentário

Prefeitura Municipal de Maricá convoca alunos para plenária sobre Pré-Vestibular Social

Texto: Rafael Zarôr

Será oferecido curso gratuito aos maiores de 16 anos de preparação para provas de acesso às universidades e Enem

A Prefeitura realizará na próxima quarta-feira (01/04) uma plenária com jovens interessados em participar do Pré-Vestibular Social. O objetivo é preparar gratuitamente os estudantes, maiores de 16 anos, às provas de acesso para universidades e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão beneficiados alunos que concluíram o Ensino Médio ou que estejam cursando o penúltimo ou último ano. A reunião, promovida pelas Secretarias Municipais Adjuntas de Educação e Políticas Sociais, acontece no Centro Educacional de Maricá Joana Benedicta Rangel, no Centro, às 18h.

A plenária da juventude é aberta ao público e estão previstas as participações de grêmios estudantis de Maricá e autoridades municipais. O Pré-Vestibular Social será realizado de abril a novembro, em dois polos que serão definidos pela Prefeitura. As aulas – com as disciplinas de Matemática, Língua Portuguesa, Física, Química, Biologia, Geografia, História, Redação e Línguas Estrangeiras – acontecerão aos sábados e um dos critérios do processo seletivo será a situação socioeconômica familiar do candidato.​

Março 30, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | Deixe um comentário

Escolas municipais recebem computador do programa Brasil Carinhoso

Texto: Sabrina Alves (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Fernando Silva

Equipamentos integram o programa federal Brasil Carinhoso, voltado para a primeira infância

Na manhã desta quarta-feira (05/03), a Secretaria Adjunta de Educação entregou 25 computadores, adquiridos através do programa federal Brasil Carinhoso, para 25 escolas (um para cada unidade) da rede municipal de ensino. Os equipamentos têm acesso à internet, sistema e-cidade, garantia de cinco anos e serão utilizados pela gestão escolar.

Em uma pequena cerimônia, o secretário de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues, falou sobre a importância da entrega dos aparelhos. “Estamos em um momento onde apresentamos uma forma de gestão mais ousada e a inserção de programas como esse só faz aumentar a certeza de que estamos no caminho certo. Nossa intenção é atender quem precisa”, ressaltou.

Também presente na reunião, o secretário adjunto de Educação, William Campos, comemorou o benefício. “Estou muito feliz em poder entregar um instrumento que facilitará o dia a dia na escola e isso se deve muito as diretoras que mantém o censo em dia, o que nos permite fazer adesão de todos esses benefícios oferecidos pelo governo federal”.

O programa federal Brasil Carinhoso é voltado para a primeira infância e só atende escolas que matriculam alunos de 0 a 48 meses (4 anos), cujas famílias sejam beneficiárias do Programa Bolsa Família. Segundo a diretora da E.M. Espraiado, Gisele Costa, o computador facilitará nas realizações das atividades escolares. “Isso tem um significado muito grande para nós diretoras, que batalhamos todos os dias em busca de uma educação de ponta”, comentou.

Diretores de 25 escolas municipais receberam os computadores em cerimônia na Casa Digital, no Centro

Secretário executivo de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues, e o secretário adjunto de Educação, William Campos (azul), participaram da cerimônia

Equipamento tem acesso à internet, sistema e-cidade, garantia de cinco anos e será utilizado pela gestão escolar

Março 6, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | , | Deixe um comentário

Prefeito inaugura sede provisória do IFF em Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

Prefeito inaugura sede provisória do IFF em Maricá

O Prefeito de Maricá, Washington Quaquá, inaugurou na tarde desta terça-feira (03/03) a sede provisória do Instituto Federal Fluminense (IFF) em Maricá. O prédio fica no bairro Pedreiras, num imóvel desapropriado pelo governo municipal para o início das atividades da escola técnica até o fim das obras do campus que está sendo construído em Ubatiba, previsto para ser inaugurado no segundo semestre de 2016. A cerimônia contou com a presença do deputado federal Fabiano Horta, do reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), Luiz Augusto Caldas Pereira, do diretor geral do IFF, Cesar Dias, do vice-prefeito Marcos Ribeiro e do secretário municipal adjunto de Educação, William Alberto Campos, entre outros.

O prefeito falou sobre os desafios ao longo de 11 anos para trazer para Maricá um campus do IFF. “Essa luta é muito antiga. Antes mesmo de ser prefeito, em 2004, buscava formas de garantir que Maricá fosse beneficiada com uma escola federal de excelência técnica. Nossos jovens enfrentavam dificuldades para o acesso à educação profissional, não tinham emprego e não havia perspectiva de futuro”. Quaquá ainda falou sobre a importância da implantação do instituto. “Esta solenidade marca o maior presente que poderíamos oferecer para os jovens de nossa cidade garantindo acesso à educação plena, um direito que por muitos anos foi esquecido. O IFF exerce um posicionamento estratégico e fundamental para o desenvolvimento da cidade gerando oportunidades para o povo que deve ser considerado como agente de transformação da sociedade”, ressaltou.

O deputado federal Fabiano Horta fez questão de participar da solenidade por ter destinado, na semana passada, duas emendas parlamentares, no valor de R$ 10 milhões, sendo divididas de forma igualitária para a obra do novo hospital Dr Ernesto Che Guevara e para a construção e montagem do IFF. “A chegada da escola federal é o símbolo maior da transformação social, educacional e econômica pela qual Maricá está passando. É uma oportunidade de futuro e esperança de um crescimento profissional para os nossos jovens. A partir de hoje, tem início em nossa cidade uma nova era educacional e profissional”, afirmou.

O vice-prefeito, Marcos Ribeiro, também destacou a importância da unidade. “Esse é um momento histórico para nossa cidade e para nossos jovens. Desapropriamos um imóvel, onde funcionava uma escola particular, para que o IFF funcione de forma provisória. Realizamos algumas intervenções e adaptações para garantir um ambiente mais prazeroso para a equipe profissional e para os alunos. Estou emocionado em ver a continuidade da proposta do curso técnico de Edificações ser estendido e continuado aqui”, explicou. O imóvel ocupa parte de uma área de 4.370 m² (a área construída é de 885 m²), com sete salas de aula, seis laboratórios, biblioteca, sala de professores e sala de desenhos.

O reitor do IFF, Luiz Augusto Caldas Pereira, destacou a importância do movimento de expansão das unidades técnicas firmado graças a um parceria entre o governo federal e as prefeituras. “Hoje é o momento de celebrar a implantação na cidade de uma rede com tradição de 105 anos dedicados ao ensino técnico. Nossa proposta é ir de encontro com a realidade do local onde a unidade está sendo instalada, seguindo a lógica do desenvolvimento econômico, mas visando a inclusão social. O nosso papel é promover para todos o acesso universal à educação profissional com a possibilidade de modificar a realidade de seus moradores”.

O diretor geral do IFF, Cesar Luiz Dias, falou sobre o funcionamento do campus Maricá. “Já estamos atendendo, desde o dia 23/02, 160 alunos matriculados para curso técnico de Edificações. Mas, temos grandes planos para Maricá e nosso objetivo é trazer mais cursos técnicos, de graduação e até mesmo pós-graduação. Estamos nos esforçando para honrar nosso compromisso de ter a escola em pleno funcionamento e oferecer uma educação de qualidade para os alunos”, declarou o diretor. Para o secretário municipal adjunto de Educação, William Alberto Campos, a implantação do IFF transformará a realidade dos moradores da cidade. “Nosso objetivo é conscientizar cada aluno sobre a importância de estudar em um instituto federal que é considerado centro de referência de educação profissional e o impacto positivo que isso terá para o futuro da nossa cidade. O IFF é uma das principais conquistas da Educação de Maricá”, declarou.

A solenidade contou com a participação do grupo musical “Nossa Alegria”, formado por integrantes da Casa do Idoso Mais Feliz, na execução dos hinos nacional de do município.

Expectativa dos alunos

Os alunos estavam entusiasmados com a implantação do campus em Maricá. Lorrany Parreira Cunha, de 14 anos, ex-aluna da E. M. Lucio Thomé Guerra Feteira, considerava-se uma felizarda por ter conquistado uma vaga. “Essa escola é de referência nacional e seu diploma tem reconhecimento como um dos melhores do país. Quero absorver todo conhecimento que for capaz para poder fazer uma faculdade de Engenharia”, afirmou.

Sílvia Siqueira Braga, de 15 anos, já era aluna do Curso Técnico de Edificações do CEM Joana Benedicta Rangel e passará a estudar na escola federal. “Esse curso não poderia ter vindo em melhor hora. O mercado de construção está em amplo crescimento em nossa cidade e tenho a certeza de que escolhi o ramo certo”, destacou a aluna. Mais feliz do que ela, estava sua mãe, Margarida Maria da Siqueira. “Estudar numa escola federal foi tudo o que ela sempre quis, mas como moramos em Itaipuaçu fica muito complicado ela ter que ir diariamente para outra cidade para realizar seu sonho. Agora, ela não precisa mais sair daqui”.

Campus Maricá

Às margens da RJ-114, em Ubatiba, está sendo construída a escola técnica federal de Maricá. Em uma área de 42 mil m², será instalado um complexo de sete prédios de dois pavimentos, sendo um para laboratórios e 20 salas de aula. Quando estiver em funcionamento, o campus Maricá do IFF atenderá 1.400 alunos em dois turnos. O INVESTIMENTO da Prefeitura é de, aproximadamente, R$ 10 milhões.

O deputado federal Fabiano Horta destinou R$ 5 milhões para construção e montagem da sede do IFF em Ubatiba

Para o secretário municipal adjunto de Educação, a implantação do IFF transformará a realidade dos moradores da cidade

O reitor do IFF destacou a importância do movimento de expansão das unidades técnicas firmado entre o governo federal e a prefeitura

Alunos participam da inauguração do IFF Maricá

Autoridades participam da inauguração da sede provisória do IFF

Prefeito parabeniza aluna Sílvia Braga e sua mãe Margarida Siqueira

A aluna Lorrany Cunha sonha em fazer engenharia, após concluir o curso técnico

A solenidade contou com a participação do grupo musical “Nossa Alegria”

Sede provisória do IFF campus Maricá, no bairro Pedreiras

Março 5, 2015 Posted by | cursos, Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | , , , | Deixe um comentário

Reitor do IFF visita obras da sede provisória de Maricá

Texto: Sabrina Alves (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Divulgação

Secretário adjunto William Campos ao lado do reitor Luiz Caldas e equipe da Educação na sede provisória do IFF

O reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), professor Luiz Renato Caldas Pereira, visitou, na manhã de segunda-feira (09/02), a sede do IFF no bairro Pedreiras, em Maricá. O objetivo foi verificar o andamento das adaptações na instalação provisória onde funcionarão os cursos técnicos ministrados pelo instituto.

Representando o prefeito Washington Quaquá e o vice-prefeito Marcos Ribeiro, o secretário municipal adjunto de Educação, professor William Campos, recebeu o reitor de forma especial. “Estou muito emocionado porque o conheço há mais de dez anos. Trabalhamos juntos no MEC e sei da sua competência”, afirmou. “O IFF será a jóia da coroa da Educação de Maricá”, completou o secretário.

Após a visita, o reitor Luís Renato Caldas Pereira afirmou que o IFF está avaliando a possibilidade de trazer para Maricá o programa de Educação de Jovens e Adultos com ensino Profissionalizante (Proeja), o Vestibular Social e alguns cursos superiores ainda em estudo. “Temos grandes planos para Maricá e esses projetos estão dentro deles”, acrescentou. Também estiveram presentes na visita a ex-secretária municipal de Educação, Adriana Luiza da Costa; o coordenador do IFF de Maricá, professor César Diaz; e a coordenadora de implantação do projeto em Maricá, professora Simone Machado.

Nesta terça feira (10/02) foi realizado o sorteio das 60 vagas para os candidatos que se inscreveram no site do IFF para concorrer às cadeiras no curso. A escolha ocorreu na sede do IFF (Rua dos Quintanilhas, Pedreiras) e foi aberto ao público. A previsão é que os alunos selecionados comecem às aulas no próximo dia 23 de fevereiro.

Fevereiro 12, 2015 Posted by | cursos, Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | Deixe um comentário

Ano letivo em Maricá inicia nesta quarta com 18 mil alunos

Texto: Rafael Zarôr e Sabrina Alves | Fotos: Clarildo Menezes

Nesta quarta-feira (04/04), 18 mil alunos, matriculados nas 54 escolas municipais, iniciam o primeiro semestre do ano letivo de Maricá. O anuncio foi feito na noite desta terça-feira (03) pelo prefeito Washington Quaquá num encontro com o vice-prefeito Marcos Ribeiro; o secretário executivo de Politicas Sociais, Alexandre Rodrigues; o secretário executivo de Chefia de Gabinete, Carlos Manoel​, o secretário municipal adjunto de Educação, William Campos; e profissionais da Secretaria Municipal Adjunta de Educação, entre diretores, adjuntos e demais funcionários, na Casa de Festas Palladon, no Centro.

A meta principal do prefeito para os próximos dois anos é transformar a educação de Maricá. “As escolas terão aulas de música, arte e esportes, além das matérias didáticas. Esse sonho da educação será refletida em números e sentida pelos estudantes. O objetivo é unir pais, alunos, professores e a comunidade nas escolas”, declarou Quaquá. “Sonhamos com educação que faça os alunos transbordarem em criatividade. Vamos juntos realizar esse sonho”, completou.

Em seu discurso, o vice-prefeito destacou os investimentos para a pasta pela atual administração municipal nos últimos seis anos, como a entrega de uniforme escolar, notebooks, melhora da merenda escolar e as 17 salas de recursos, que garantem assistência educacional plena a alunos portadores de necessidades especiais. “Saímos de zero para 700 alunos matriculados em aulas de educação inclusiva”, enfatizou Marcos Ribeiro. “Vamos investir cada vez mais para transformar a cidade em educação de excelência”, concluiu.

Ao todo, são 54 escolas municipais (24 delas totalmente reformadas e ampliadas pela atual gestão). Além disso, 13 unidades (E.M. Barra de Zacarias, CAIC M. Elomir Silva, Casa Criança de Inoã, E.M. Guaratiba, E.M. Lucio Thomé Guerra Feteira, E. M. Maurício Antunes de Carvalho, E. M. Prof. Dilza da Silva Sá Rego, CEIM. Recanto da Amizade, JIM Trenzinho da Esperança, E.M. Prof. Alcione S. R. da Silva, E.M. Rodrigo Monteiro, E.M. Vereador Levy Carlos Ribeiro e creche municipal Marilza da Conceição da Rocha Medina) funcionam em tempo integral, por meio do Programa Municipal de Educação em Tempo Integral (Prometi), atendendo a cerca de 1.500 alunos. A iniciativa tem o objetivo de oferecer melhores condições de aprendizado com a ampliação dos conteúdos da base curricular e a oferta de oficinas pedagógicas no contraturno.

Reunião com professores

Na segunda-feira (02/02), a Secretaria Adjunta de Educação realizou uma solenidade com professores da Educação Infantil, Ensino fundamental I e EJA da rede municipal de Maricá para marcar o início do ano letivo 2015. Aproximadamente, 800 pessoas participaram do evento, incluindo o secretário executivo de Políticas Sociais, Alexandre Manoel Rodrigues; o secretário adjunto de Educação, William Alberto Campos; o secretário adjunto de Assistência Social, Jorge Castor; e demais autoridades municipais. O encontro ocorreu na quadra do CEM Joana Benedicta Rangel, no Centro.

O secretário William Campos abriu a cerimônia e agradeceu a presença de todos os presentes, além de comentar sobre os avanços da Educação da cidade. “A Educação de Maricá está avançando a cada dia mais e eu tenho a honra de ter sido convidado para fazer parte desta história. Estamos com muitos planos e metas para elevar nosso índice do IDEB e colocar a Educação de Maricá como as 20 melhores do país”, frisou.

Fevereiro 4, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | Deixe um comentário

Dilma, segundo mandato: educação como prioridade

Entre as metas estão consultas a especialistas, expansão do ensino integral e mais três milhões de novas moradias

Por Agência PT

Ao tomar posse, a presidenta Dilma fez um balanço das conquistas sociais e anunciou o lema do segundo mandato: “Brasil, pátria educadora”. Segundo Dilma, mais uma vez, a tese de que existe conflito entre investimento social estabilidade econômica será derrotada.

Dilma lembrou o desejo do povo brasileiro por mudanças. “É isso que também eu quero. É isso que vou fazer, com destemor mas com humildade”, disse. A presidenta reafirmou o compromisso em apoiar a melhora do transporte coletivo, que conta com R$ 143 bilhões em investimentos.

No novo mandato, será dada uma atenção especial à inclusão digital. “Reitero aqui meu compromisso de, nos próximos quatro anos, promover a universalização do acesso a um serviço de internet em banda larga barato, rápido e seguro”, informou Dilma. Com o novo lema de governo, “Brasil, Pátria Educadora”, Dilma colocou a educação como “prioridade das prioridades”.

Brasil. Pátria Educadora

“Só a educação liberta um povo e lhe abre as portas de um futuro próspero. Democratizar o conhecimento significa universalizar o acesso a um ensino de qualidade em todos os níveis – da creche à pós-graduação”, afirmou. Dilma lembrou que a educação começará a receber mais recursos advindos do Pré-sal.

O governo vai investir para cumprir a meta de universalizar, até 2016, o acesso de todas as crianças de 4 e 5 anos à pré-escola. Outras iniciativas que serão continuadas, segundo Dilma, são a do Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa e a expansão de escolas em período integral, além da reforma do currículo do Ensino Médio.

No ensino técnico, além das 12 milhões de novas vagas para o segundo mandato, Dilma afirmou que o Pronatec Jovem Aprendiz, que permitirá às micro e pequenas empresas contratarem jovens, terá uma atenção especial. No ensino superior, o Ciência Sem Fronteiras terá mais 100 mil bolsas nas melhores universidades do mundo disponíveis.

Segundo Dilma, os beneficiários dos programas sociais, como o Bolsa Família, continuarão tendo acesso às políticas sociais e oportunidades de renda, mas um destaque será dado à formação profissional dos adultos e à educação das crianças. “O Brasil vai continuar como o país líder, no mundo, em políticas sociais transformadoras”, afirmou.

O Minha Casa Minha Vida terá mais 3 milhões de unidades, se somando às 2 milhões entregues e às 1,75 milhão contratadas. Na Saúde, o foco será a implantação do Mais Especialidades, que vai garantir, da mesma forma que o Mais Médicos significou acesso à atenção básica para 50 milhões de pessoas, rapidez na consulta com especialistas e exames.

Segurança – Dilma reafirmou a intenção de propor ao Congresso Nacional a alteração da Constituição Federal para tratar a segurança pública como atividade comum de todos os entes federados. Isso permitirá à União estabelecer diretrizes gerais válidas em território nacional, disseminando boas práticas na área policial.

Por Tiago Falqueiro, da Agência PT de Notícias

Janeiro 8, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, projeto educacional, PT | | Deixe um comentário

Escola Técnica Federal começa a funcionar em Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Fernando Silva

Escola Técnica Federal começa a funcionar em Maricá

Provisoriamente, unidade irá funcionar no bairro Pedreiras e as aulas começam em fevereiro

A Prefeitura de Maricá entregou na tarde desta quarta-feira (17/12) as chaves da unidade onde funcionará provisoriamente o Instituto Federal Fluminense (IFF), no bairro Pedreiras, num imóvel desapropriado pelo governo municipal para o início das atividades da escola técnica até o fim das obras do campus que está sendo construído em Ubatiba, previsto para ser inaugurado no segundo semestre de 2016. A cerimônia contou com a presença do reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), Luiz Augusto Caldas Pereira, do diretor geral do IFF, Cesar Dias, da secretária municipal de Educação, Adriana Luiza da Costa, e da procuradora geral, Maria Inez Pucello.

O reitor do IFF, Luiz Augusto Caldas Pereira, destacou a importância do movimento de expansão das unidades técnicas firmado graças a um parceria entre o governo federal e as prefeituras. “Estamos nos esforçando para honrar nosso compromisso de ter a escola em funcionamento aqui em Maricá. Iniciamos nossas atividades administrativas e, hoje, estamos recebendo os professores que irão atuar aqui e também na unidade de Itaboraí”, declarou. De forma inicial, o reitor acrescentou que, a partir de fevereiro, serão iniciadas as aulas do Curso Técnico de Edificações, antes realizado no CEM Joana Benedicta Rangel e, que a partir do próximo ano, será federalizado.  Além desse, serão oferecidos outros cursos voltados para área de construção civil e infraestrutura com foco nas vagas de emprego que serão geradas pelo Comperj, o pré-sal e o Pólo Naval de Jaconé.

O reitor explicou o papel das escolas técnicas no país. “Nosso objetivo é ir de encontro com a realidade do local onde a unidade está sendo instalada, seguindo a lógica do desenvolvimento econômico, mas visando a inclusão social. O nosso papel é promover para todos o acesso universal à educação profissional”, destacou. O reitor lembrou da experiência de implantação em 2007, do campus Guarus, em Campos dos Goytacazes. “A região era muito carente e sua comunidade estava sem perspectiva de futuro. Hoje, percebe-se que a escola técnica é a grande responsável pela transformação na vida daqueles moradores. E é isso que percebemos em cada lugar que nos instalamos e tenho a convicção de que em Maricá não será diferente”. Segundo o reitor, hoje existem 214 unidades federais desse tipo em todo o país. "A meta, até o fim deste ano, é que sejam lançadas mais 208”, completou.

A secretária municipal de Educação, Adriana Luiza da Costa, falou sobre a importância do início das atividades do IFF no município. “Esse é um momento histórico para nossa cidade e para nossos jovens. Desapropriamos um imóvel, onde funcionava uma escola particular, para que o IFF já inicie suas atividades de forma provisória. Realizaremos algumas intervenções e adaptações nesse prédio para garantir um ambiente mais prazeroso para a equipe profissional e para os alunos”, explicou. O imóvel ocupa parte de uma área de 4.370 m² (a área construída é de 885 m²), com capacidade para 11 salas.

Campus Maricá

Às margens da RJ-114, em Ubatiba, está sendo construída a escola técnica federal de Maricá. Em uma área de 42 mil m², será instalado um complexo de sete prédios de dois pavimentos, sendo um para laboratórios e 20 salas de aula. Quando estiver em funcionamento, o campus Maricá do IFF atenderá 1.400 alunos em dois turnos. O investimento da Prefeitura é de, aproximadamente, R$ 10 milhões.

O reitor do IFF destacou a importância do movimento de expansão das unidades técnicas firmado graças a um parceria entre o governo federal e as prefei

Apresentação da equipe de professores que irão atuar no campus de Maricá e itabora

Dezembro 18, 2014 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | | Deixe um comentário