Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

City Tour “Conhecendo Maricá” realiza seu primeiro passeio

texto: Rosely Pellegrino, fotos: Rosely Pellegrino e Clarildo Menezes

Uma experiência que marca o início do turismo voltado para moradores e turistas, que querem conhecer a beleza dos pontos turísticos de Maricá

Galera participando do primeiro City Tour Conhecendo MaricáCity Tour de Maricá no vermelhinhoCity Tour Conhecendo Maricá. 2

Na manhã, deste sábado (16.07), saímos da Praça Orlando de Barros Pimentel, as 9h da manhã, embarcamos no Vermelhinho especialmente reservado para o tour, tendo no roteiro: visita a Aldeia da Mata Verde Bonita, em São José do Imbassaí, onde fomos recebidos com muito carinho pelo cacique Darci Tupã Nunes de Oliveira, que nos falou sobre a origem e cultura dos Guaranis que ali vivem, enquanto degustávamos um café da manhã com café moído na aldeia, chá de erva cidreira e pão indígena.

Chegada na Aldeia da Mata Verde BonitaCity Tour na Aldeia da Mata Verde Bonita

DSCN0559DSCN0564DSCN0568DSCN0565

DSCN0566DSCN0572

Cacique da Aldeia Darci Tupã, nos falou sobre a história de seu povo, do quase genocídio, da sua luta de seu povo, do convite recebido pelo prefeito de Maricá, Washington Quaquá, da gratidão de seu povo, da benção da terra, da igualdade e do respeito.

Seus ancestrais viveram nesta região e a história da vida os trouxe de volta

DSCN0573DSCN0584

Café da manhã na Aldeia da Mata Verde Bonita City Tour de MaricáCity Tour Maricá, na Aldeia artesanato indígena

Pintura indígena foi oferecida aos participantes do tour

DSCN0562DSCN0599

DSCN0583DSCN0598City Tour pintura indígena

A seguir, fizemos um passeio pela aldeia, assistimos a corrida de tora, com direito a torcida

DSCN0610DSCN0622

City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde BonitaCity Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 2City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 3City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 4City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 5

DSCN0624DSCN0627

Conhecemos a escola da aldeia, admiramos e alguns adquiriram a arte e o artesanato indígena exposto para venda

DSCN0635DSCN0640

DSCN0655 Encontro dos participantes do City Tour Conhecendo Maricá, com o mestre das trilhas Eli Ninja, e a galera do Circuito Ecológico

DSCN0667DSCN0678

Fomos ao canal onde eles pescam e praticam arco e flecha

DSCN0684 Local paradisíaco

Finalizando a visita a aldeia participamos de uma reunião na Casa de Reza, onde todos puderam conhecer as crenças indígenas, um dos momentos que mais envolveu os participantes.

DSCN0704DSCN0700

A seguir, retornamos pela estrada e passamos pelo Centro onde as guias de turismo, Simone Couto Rodrigues, da CODEMAR, Sabina Lux da Secretaria Municipal de Políticas Especiais , e a jornalista Rosely Pellegrino, da secretaria municipal de Cultura, foram contando a história e curiosidades de cada um dos locais por onde passamos, como Igreja Matriz Nossa Senhora do Amparo, Pesca Miraculosa de José de Anchieta na Lagoa de Araçatiba, passamos pela Barra de Maricá, seguimos para Ponta Negra, passando pela Ponte Marco Antônio Cardoso Siqueira, onde foi destacada a importância desta obra para os moradores. Já na avenida Maysa, passamos pela casa de cantora e compositora Maysa Monjardim, Casa de Darci Ribeiro, em Cordeirinho, e seguimos para o farol, passando pela praia e pelo canal de Ponta Negra.

DSCN0717City Tour de Maricá Lagoa de AraçatibaDSCN0715DSCN0721DSCN0723DSCN0729City Tour de Maricá no Farol de Ponta Negra MaricáCity Tour no Farol de Ponta Negra  Maricá RJ

DSCN0739DSCN0733

City Tour Conhecendo Maricá no Farol de Ponta Negra. 2City Tour Conhecendo Maricá no Farol de Ponta NegraCity Tour Conhecendo Maricá

DSCN0741DSCN0732

Chegando no Farol de Ponta Negra a deslumbrante vista encantou os visitantes, que elogiaram a beleza do local. Já no retorno passamos pela Igreja de Nossa Senhora das Graças, seguimos pelo Bananal, onde Oscar Niemeyer foi lembrado, na estrada observamos a beleza do caminho para Bambuí, e para o Espraiado.

Retornamos ao ponto de partida com o coração feliz e gostinho de quero mais. Todos os participantes elogiaram a iniciativa da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) pela parceria com a Empresa Pública de Transportes (EPT), que com o apoio da Prefeitura através das secretarias de governo, de Comunicação, Políticas Especiais e de Cultura, contribuíram para a realização deste projeto turístico, que acontecerá sempre aos sábados.

Os passeios gratuitos serão feitos em um ônibus “Vermelhinho” com capacidade para 25 passageiros, oferecendo o City Tour Conhecendo Maricá, para aqueles que quiserem visitar e saber um pouco mais sobre os pontos turísticos do nosso município. As inscrições devem ser feitas previamente no módulo da Codemar (container) instalado na Praça Orlando de Barros Pimentel. O local funciona como ponto de informações turísticas com exposição e venda de arte e artesanato produzido na cidade. Aberto das 9h às 17h. Participaram deste primeiro City Tour, moradores do Parque Eldorado, Barra de Maricá, Bambuí, Bairro da Amizade, Centro e Boqueirão. Faça sua inscrição e venha passear conosco.

Sabina Lux, Cacique Darci Tupã, Rosely Pellegrino e Simone no City Tour de Maricá Equipe organizadora do City Tour Conhecendo Maricá, Sabina Lux da secretaria municipal de Políticas Especiais, Cacique da Aldeia da Mata Verde Bonita Darci Tupã, produtora de eventos e jornalista Rosely Pellegrino da secretaria municipal de Cultura e a idealizadora do projeto Simone Couto Rodrigues da CODEMAR – Companhia de Desenvolvimento Econômico de Maricá

Foi bom demais!!!

Gratidão ao amigo e fotógrafo Clarildo Menezes Rodrigues da secretaria municipal de Comunicação, que além de boa companhia, registrou todos os momentos do nosso passeio. 

Nosso agradecimento a equipe da TV+Maricá, nas pessoas de Fabiano Medina e sua esposa Alexandra Brasil, que fizeram a cobertura do nosso passeio na Aldeia.

DSCN0588DSCN0590

“Foi uma honra participar da elaboração de execução deste projeto que veio para ficar” (jornalista Rosely Pellegrino, produtora de eventos da Secretaria Municipal de Cultura de Maricá, editora deste blog de Notícias)

Acompanhe nosso tour no álbum de fotos do fotógrafo Clarildo Menezes, seguindo o link abaixo:

https://www.facebook.com/clarildo.menezes/media_set?set=a.10207158604951065.1073742412.1460694330&type=3

Anúncios

Julho 17, 2016 Posted by | Circuito Ecológico, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, Trilhas de Maricá, turismo | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aldeias indígenas de Maricá ganharão unidades escolares

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Equipes da Prefeitura se reuniram com índios de Itaipuaçu e São José do Imbassaí. Aulas estão previstas para iniciar no dia 16 de março

A Prefeitura de Maricá anunciou nesta quarta-feira (04/03) uma nova ação em benefício das comunidades indígenas de São José de Imbassaí e Itaipuaçu. Durante uma reunião entre integrantes do governo municipal e representantes da aldeia Semente, no primeiro bairro, foi anunciado que os dois grupos vão ganhar escolas com ensino e alimentação específicos para eles, com as aulas previstas para começar já no próximo dia 16. O anúncio foi feito uma semana após a ação de atualização de cadastro do programa Bolsa Família, realizada pela Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social, na aldeia Sítio do Céu, em Itaipuaçu.

O encontro foi comandado pelo secretário adjunto de Educação, William Campos, que foi à aldeia levando parte da equipe responsável pela nova unidade escolar. Nas duas comunidades, serão erguidos espaços onde as aulas serão realizadas. Enquanto isso não ocorre, os encontros serão ministrados em locais provisórios nas aldeias. Cada unidade terá professores especializados na língua tupi-guarani e nos costumes indígenas, além de merendeiras que vão preparar pratos baseados no cardápio local.

“Nosso propósito é a educação inclusiva. Nós acreditamos que o Brasil foi tomado dos índios, que são os verdadeiros donos da terra e, por isso, temos que incluí-los em tudo que promovemos à população, é nossa obrigação”, frisou Campos, que estava acompanhado do secretário adjuntos de Direitos Humanos e Participação Popular, Mauro Almeida. “Como negro, sei que os índios sofreram e sofrem tanto quanto nós já sofremos e, por isso, me sinto honrado de estar com vocês e à disposição para quaisquer demandas”, garantiu ele.

Em São José de Imbassaí, a unidade terá a direção de Cristiane Bittencourt, que afirmou estar bastante motivada para este novo desafio. “Será uma nova etapa pessoal e profissional para mim. Me apaixonei por essa causa e estou movida a muita vontade, até porque creio que essa união é enriquecedora e que temos de oferecer uma boa comunicação a eles”, avaliou a diretora.

A comunidade expressou sua gratidão ao governo através de seus representantes. “Sempre buscamos melhorias para nós, mas essa escola é algo que o governo está nos dando e que será muito bom para todos aqui”, disse Jurema Nunes de Oliveira, que falou logo depois de outro líder indígena, Miguel Rogério Veramini. “Mesmo devagar, estamos vendo as coisas acontecerem aqui e ficamos muito felizes e agradecidos por isso”, afirmou ele. Ao final da reunião, crianças e mulheres da aldeia fizeram uma apresentação de dança para o grupo.

William Campos destacou que o objetivo é investir na educação inclusiva

Serão erguidos espaços nas aldeias para realização das aulas

Cada unidade terá professores especializados na língua tupi-guarani e nos costumes indígenas

Merendeiras irão preparar pratos com base no cardápio local

Março 5, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário