Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

City Tour “Conhecendo Maricá” realiza seu primeiro passeio

texto: Rosely Pellegrino, fotos: Rosely Pellegrino e Clarildo Menezes

Uma experiência que marca o início do turismo voltado para moradores e turistas, que querem conhecer a beleza dos pontos turísticos de Maricá

Galera participando do primeiro City Tour Conhecendo MaricáCity Tour de Maricá no vermelhinhoCity Tour Conhecendo Maricá. 2

Na manhã, deste sábado (16.07), saímos da Praça Orlando de Barros Pimentel, as 9h da manhã, embarcamos no Vermelhinho especialmente reservado para o tour, tendo no roteiro: visita a Aldeia da Mata Verde Bonita, em São José do Imbassaí, onde fomos recebidos com muito carinho pelo cacique Darci Tupã Nunes de Oliveira, que nos falou sobre a origem e cultura dos Guaranis que ali vivem, enquanto degustávamos um café da manhã com café moído na aldeia, chá de erva cidreira e pão indígena.

Chegada na Aldeia da Mata Verde BonitaCity Tour na Aldeia da Mata Verde Bonita

DSCN0559DSCN0564DSCN0568DSCN0565

DSCN0566DSCN0572

Cacique da Aldeia Darci Tupã, nos falou sobre a história de seu povo, do quase genocídio, da sua luta de seu povo, do convite recebido pelo prefeito de Maricá, Washington Quaquá, da gratidão de seu povo, da benção da terra, da igualdade e do respeito.

Seus ancestrais viveram nesta região e a história da vida os trouxe de volta

DSCN0573DSCN0584

Café da manhã na Aldeia da Mata Verde Bonita City Tour de MaricáCity Tour Maricá, na Aldeia artesanato indígena

Pintura indígena foi oferecida aos participantes do tour

DSCN0562DSCN0599

DSCN0583DSCN0598City Tour pintura indígena

A seguir, fizemos um passeio pela aldeia, assistimos a corrida de tora, com direito a torcida

DSCN0610DSCN0622

City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde BonitaCity Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 2City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 3City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 4City Tour de Maricá, corrida de tora na Aldeia da Mata Verde Bonita 5

DSCN0624DSCN0627

Conhecemos a escola da aldeia, admiramos e alguns adquiriram a arte e o artesanato indígena exposto para venda

DSCN0635DSCN0640

DSCN0655 Encontro dos participantes do City Tour Conhecendo Maricá, com o mestre das trilhas Eli Ninja, e a galera do Circuito Ecológico

DSCN0667DSCN0678

Fomos ao canal onde eles pescam e praticam arco e flecha

DSCN0684 Local paradisíaco

Finalizando a visita a aldeia participamos de uma reunião na Casa de Reza, onde todos puderam conhecer as crenças indígenas, um dos momentos que mais envolveu os participantes.

DSCN0704DSCN0700

A seguir, retornamos pela estrada e passamos pelo Centro onde as guias de turismo, Simone Couto Rodrigues, da CODEMAR, Sabina Lux da Secretaria Municipal de Políticas Especiais , e a jornalista Rosely Pellegrino, da secretaria municipal de Cultura, foram contando a história e curiosidades de cada um dos locais por onde passamos, como Igreja Matriz Nossa Senhora do Amparo, Pesca Miraculosa de José de Anchieta na Lagoa de Araçatiba, passamos pela Barra de Maricá, seguimos para Ponta Negra, passando pela Ponte Marco Antônio Cardoso Siqueira, onde foi destacada a importância desta obra para os moradores. Já na avenida Maysa, passamos pela casa de cantora e compositora Maysa Monjardim, Casa de Darci Ribeiro, em Cordeirinho, e seguimos para o farol, passando pela praia e pelo canal de Ponta Negra.

DSCN0717City Tour de Maricá Lagoa de AraçatibaDSCN0715DSCN0721DSCN0723DSCN0729City Tour de Maricá no Farol de Ponta Negra MaricáCity Tour no Farol de Ponta Negra  Maricá RJ

DSCN0739DSCN0733

City Tour Conhecendo Maricá no Farol de Ponta Negra. 2City Tour Conhecendo Maricá no Farol de Ponta NegraCity Tour Conhecendo Maricá

DSCN0741DSCN0732

Chegando no Farol de Ponta Negra a deslumbrante vista encantou os visitantes, que elogiaram a beleza do local. Já no retorno passamos pela Igreja de Nossa Senhora das Graças, seguimos pelo Bananal, onde Oscar Niemeyer foi lembrado, na estrada observamos a beleza do caminho para Bambuí, e para o Espraiado.

Retornamos ao ponto de partida com o coração feliz e gostinho de quero mais. Todos os participantes elogiaram a iniciativa da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) pela parceria com a Empresa Pública de Transportes (EPT), que com o apoio da Prefeitura através das secretarias de governo, de Comunicação, Políticas Especiais e de Cultura, contribuíram para a realização deste projeto turístico, que acontecerá sempre aos sábados.

Os passeios gratuitos serão feitos em um ônibus “Vermelhinho” com capacidade para 25 passageiros, oferecendo o City Tour Conhecendo Maricá, para aqueles que quiserem visitar e saber um pouco mais sobre os pontos turísticos do nosso município. As inscrições devem ser feitas previamente no módulo da Codemar (container) instalado na Praça Orlando de Barros Pimentel. O local funciona como ponto de informações turísticas com exposição e venda de arte e artesanato produzido na cidade. Aberto das 9h às 17h. Participaram deste primeiro City Tour, moradores do Parque Eldorado, Barra de Maricá, Bambuí, Bairro da Amizade, Centro e Boqueirão. Faça sua inscrição e venha passear conosco.

Sabina Lux, Cacique Darci Tupã, Rosely Pellegrino e Simone no City Tour de Maricá Equipe organizadora do City Tour Conhecendo Maricá, Sabina Lux da secretaria municipal de Políticas Especiais, Cacique da Aldeia da Mata Verde Bonita Darci Tupã, produtora de eventos e jornalista Rosely Pellegrino da secretaria municipal de Cultura e a idealizadora do projeto Simone Couto Rodrigues da CODEMAR – Companhia de Desenvolvimento Econômico de Maricá

Foi bom demais!!!

Gratidão ao amigo e fotógrafo Clarildo Menezes Rodrigues da secretaria municipal de Comunicação, que além de boa companhia, registrou todos os momentos do nosso passeio. 

Nosso agradecimento a equipe da TV+Maricá, nas pessoas de Fabiano Medina e sua esposa Alexandra Brasil, que fizeram a cobertura do nosso passeio na Aldeia.

DSCN0588DSCN0590

“Foi uma honra participar da elaboração de execução deste projeto que veio para ficar” (jornalista Rosely Pellegrino, produtora de eventos da Secretaria Municipal de Cultura de Maricá, editora deste blog de Notícias)

Acompanhe nosso tour no álbum de fotos do fotógrafo Clarildo Menezes, seguindo o link abaixo:

https://www.facebook.com/clarildo.menezes/media_set?set=a.10207158604951065.1073742412.1460694330&type=3

Julho 17, 2016 Posted by | Circuito Ecológico, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, Trilhas de Maricá, turismo | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Festa na Aldeia da Mata Verde Bonita recebe centenas de visitantes em seu segundo dia

Texto: Fernando Uchôa (edição: Gisele Paiva) | Fotos: Clarildo Menezes

Visitantes participaram da Dança do Guerreiro, que consiste em movimentos de ataque e defesa diante de lanças e bordunas do adversário

Centenas de visitantes, entre moradores de Maricá e turistas, prestigiaram neste domingo (26/04) o segundo dia da Festa da Aldeia na Mata Verde Bonita (Tekoa Ka’ aguy Hovy Porã, em língua indígena), localizada na Restinga, em São José do Imbassaí, Maricá.

Depois de conhecerem a aldeia, com uma visitação guiada conduzida pelo líder indígena Miguel Weramin, os visitantes participaram do "Xondar", a Dança do Guerreiro. Acompanhado por dois músicos índios e um dançarino com chocalho, que marcavam o ritmo da dança, o público aprendeu os movimentos de ataque e defesa diante de lanças e bordunas do adversário. "Essa dança é um ritual e representa a luta contra os inimigos de nosso povo”, explicou o cacique Darcy Tupã.

Um coral formado por índios guarani Araowi, da aldeia Sítio do Céu, em Morada das Águias, Itaipuaçu, apresentou músicas indígenas com o apoio de um violonista e de um rabequista índios. À noite, houve uma confraternização ao redor de uma fogueira, com cantos tribais e música folclórica. A cacique Jurema Parapotã estava emocionada. "Nunca tivemos um apoio assim. Estamos muito felizes em ter vindo para Maricá e agradecemos ao prefeito Washington Quaquá por todo esse carinho com o povo indígena", adiantou.

A programação de domingo incluiu também venda de comidas típicas, como pamonha, peixe assado, aipim e xipá (massa frita ou assada feita de farinha de trigo, sal e água); artesanato – brinco de penas, arco com penas para decoração, arco e flecha, pulseiras e zarabatana (arma de sopro para lançamento de dardos feita de bambu e utilizada para caça); e Aroca, bebida feita com água e mel.

Visitantes de diversos lugares

Outras tribos, como Pataxó (BA), Pankarani (SP) e Apurinã (AM), enviaram representantes que venderam e trocaram artesanato. “A gente troca sementes, conchas, pedras e penas. Fortalece o vínculo de amizade e a qualidade do artesanato”, comentou o índio Apurinã Afonso Xamakiri.

Cerca de 70 participantes do projeto Circuito Ecológico, da Secretaria Municipal Adjunta de Turismo também visitaram a aldeia. Alguns, com experiência em trilhas internacionais, como a aposentada Teresita Siqueira, 63, moradora de Niterói, já percorreu caminhos como o de San Tiago de Compostela, na Espanha, e Machu Pichu, no Peru. “Este evento é uma festa para os olhos. É bom saber que Maricá investe na preservação das etnias”, comentou.

O comerciante Antonio Ferreira, o "Toninho", 67 anos, foi com o irmão Luiz, de 70 anos, conhecer a aldeia. "Vimos os cartazes espalhados na cidade e resolvemos conferir. Legal essa integração aqui. Mais um espaço para o maricaense conhecer", disseram, enquanto jogavam uma partida de sinuca.

Entre os organizadores, a sensação também foi a de um evento bem sucedido – e que, de acordo com o Secretário Executivo de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula, passa a fazer parte do calendário oficial da cidade. “Nos sentimos orgulhosos em poder colaborar com um evento como esse. Estabelecemos uma parceria e o resultado está sendo positivo", declarou.

O público foi acompanhado por dois músicos índios e um dançarino com chocalho, que marcavam o ritmo da dança

Programação incluiu venda de comidas típicas, artesanato e Aroca, bebida feita com água e mel

Cacique Tupã e Rosely Pellegrino A produtora de eventos da Secretaria Municipal Adjunta de Cultura de Maricá jornalista Rosely Pellegrino e o Cacique Darcy Tupã, na Aldeia da Mata Verde Bonita.

Abril 29, 2015 Posted by | cultura, direitos humanos, jornalismo, Lazer, Maricá, shows e eventos, turismo | , , , | Deixe um comentário