Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Deputada Zeidan comemora Dia Mundial da Luta Contra a Violência aos Idosos dançando com elas na Praça de Maricá

Na manhã, desta quarta-feira, 14 de junho, foi enfatizado o Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, a Secretaria Municipal de Política para o Idoso, realizou um ato com várias atividades na Praça Conselheiro Macedo Soares, que contou com a presença e participação da madrinha do projeto Deputada Estadual Zeidan.

Deputada Estadual Zeidan e o Vereador Tatai

Deputada Zeidan participa do Dia de Combate a Violência contra o IdosoDeputada Zeidan participa da dança cigana da Casa da Melhor Idade, no Dia de Combate a Violência contra o Idoso em Maricá

Deputada Zeidan participa da dança cigana no Dia de Combate a Violência contra o Idoso

Deputada Zeidan participa da dança cigana no Dia de Combate a Violência contra o Idoso em Maricá

Emocionada a deputada falou sobre o evento e sobre o cuidado do governo para com os idosos do Município de Maricá.

“Hoje comemoramos o dia de luta contra a violência aos idosos! Maricá se destaca no trabalho com os idosos onde temos mais de 5 mil idosos participando de muitas atividades! Como madrinha da secretaria do idoso em Maricá só tenho que agradecer ao belíssimo trabalho da secretária municipal de Política para o Idoso, Lezirée Figueiredo e toda a equipe e ao vereador Tatai que assumiu essa causa.
Hoje os nossos idosos e idosas tem aulas de dança que fiz questão de por na programação não só a dança de salão mas a dança cigana e a dança árabe. Temos hidroginástica, massoterapia, podólogo, aulas de artesanato, cabelereiro e manicure etc. Tenho muito orgulho de aprender com todas vocês o verdadeiro sentido da vida e de como devemos aproveitar a graça que Deus nos dá com alegria, cuidando de nossa saúde e amando o próximo! Vocês me emocionam parabéns!!!” Deputada Estadual Rosangela Zeidan

Anúncios

Junho 14, 2017 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá | , , , , , | Deixe um comentário

Dornelles não cumpre o que promete

 Zeidan Deputada Zeidan

Em pronunciamento, hoje, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) a Deputada Estadual Rosangela Zeidan, que é líder do PT, cobrou mais compromisso do Governador Francisco Dornelles com os acordos que são feitos através da Casa, seja em relação aos servidores ou em relação ao projeto de desenvolvimento que querem apresentar em meio à crise financeira que faliu o Estado.

"Desde quando me fornei nós não fazemos outra coisa se não discutir a isenção fiscal que foi dada para muitas empresas. E hoje nós ainda enfrentamos uma luta com um investimento e incentivo à pesca, agricultura familiar, a questão da reforma agrária, a questão do desenvolvimento no interior do estado.

E, não só por isso, eu quero também reforçar que este Governo é um Governo que não está respeitando o Poder Legislativo. Já é a terceira ou quarta vez que eu venho aqui alertar esta Casa de Leis para isso: o nosso Governador se compromete, faz os seus compromissos e não cumpre ", disparou a deputada.

Zeidan lembrou que foi procurada pela direção, pelo comando de greve e por alunos da Faetec,, porque o vice-presidente os ameaçou de corte de salário quando havia sido feito um acordo, com a ajuda dos deputados na negociação com o governo, para que o ponto não fosse cortado.

"Nós temos uma audiência marcada com o Governo do Estado no dia 05 de julho. O que existe hoje é um "descomando", reclamou a deputada.

Foto Divulgação Mandato / Paulo David

Junho 29, 2016 Posted by | jornalismo, política | , | Deixe um comentário

Open house do artista plástico Di Bonilho agita noite de sexta em Cordeirinho

Texto e fotos: Rosely Pellegrino

Atelier dos artistas Di Bonilho e Raphael Billé foi inaugurado na noite desta sexta-feira, dia 27.05, e agitou o bairro de Cordeirinho, na rua 90, em Maricá RJ

DSCN7902 Conhecido internacionalmente Di Bonilho é estilista, artista plástico e integrante do movimento Cultural e LGBT de Maricá, na foto com a fabulosa Drag Queen Viviane Walker

DSCN7897 A Deputada Estadual Rosangela Zeidan e a produtora cultural e pré-candidata a vereadora de Maricá Andrea Cunha prestigiaram a inauguração que contou com a presença de dezenas de pessoas apaixonadas pela arte e pela cultura, dentre elas amigos, representantes do mundo LGBT, artistas, empresários, produtores culturais e companheiros de trabalho.

DSCN8061 Destacamos também a presença da amiga e grande incentivadora da cultura a Secretária Municipal de Habitação de Maricá Dra. Maria Inez Pucello.

A noite contou com discursos onde a tônica foi o comprometimento na Defesa da Diversidade Cultural, sobre igualdade de direitos, equidade de gênero e sobre a diversidade Cultural da cidade.

DSCN7970DSCN7919

DSCN7926DSCN7941

DSCN7950DSCN7953

DSCN7959DSCN7966

DSCN7977DSCN7873

Apresentações de performances das fantásticas Drags Quenns Viviane Walker e Sabrina Drumont, abrilhantaram o evento que foi embalado ao som do DJ Batata.

DSCN7981DSCN7983

DSCN7991DSCN7992

DSCN7993DSCN8002

DSCN8010DSCN8017

 

Maio 29, 2016 Posted by | arte, cultura, jornalismo, Maricá, social | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Chico Buarque: Ninguém pode questionar a integridade de Dilma

O cantor Chico Buarque participou, nesta quinta (31), do ato em favor da democracia, que ocorre no Rio de Janeiro; em sua fala, o artista disse que "ninguém pode por em dúvida a integridade da presidente Dilma Rousseff"; "Estamos todos aqui unidos em defesa da democracia. Pelo apreço da democracia, em defesa intransigente da democracia", disse; Chico destacou que estão presentes no ato pessoas que votaram e não votaram no PT, mas que como ele defendem a democracia; ele também lembrou ter vivido o 31 de março de 1964 e agradeceu o apoio de quem não quer reviver aquele momento e puxou o grito: "Não vai ter golpe"

Chico Buarque no Largo da Carioca contra o golpeChico Buarque no ato contra o golpe do Largo da Carioca

O cantor e compositor Chico Buarque participou do Ato pela Democracia, no Largo da Carioca, no centro do Rio, e repetiu para a multidão que “não vai ter golpe”. Chico chegou ao palco por volta das 19h30 desta quinta-feira (31), sendo ovacionado por gritos de “Chico, guerreiro do povo brasileiro”.

“Eu vim aqui dar um abraço nas pessoas das mais variadas tribos, das mais variadas convicções políticas. Gente que votou no PT, gente que não gosta do PT, gente que foi do PT, que se desiludiu com o partido, gente que votou na Dilma, mas sobretudo, gente que não pode por em dúvida a integridade da presidente Dilma Rousseff.”

Chico continuou sua fala dizendo que estavam todos unidos na defesa intransigente da democracia. “Eu vejo gente aqui na praça, da minha geração, que viveu o 31 de março de 1964. Mas vejo sobretudo a imensa juventude que não era então nem nascida, mas que conhece a história do Brasil.”

Por fim, o cantor e compositor agradeceu a todos e repetiu que não haverá golpe: “Eu quero aqui agradecer a vocês que me animam a acreditar que não, de novo não, não vai ter golpe”. Em seguida, Chico deixou o palco e o ato, sendo muito festejado pelos presentes.

Presidente do PT RJ, Washington Quaquá e a Deputada Estadual Rosangela Zeidan também participaram do Ato pela Democracia, no Largo da Carioca

Quaquá fala no ato contra o golpe no Largo da Carioca 31.03.2016 Discurso de Quaquá no ato contra o golpe Largo da Carioca Presidente do PT do Rio de Janeiro Washington Quaquá,  “Hoje lavamos a nossa alma de democracia e resistência popular no Largo da Carioca, Rio de Janeiro. Com uma certeza de que NÃO VAI TER GOLPE!

Fora Cunha e Temer! Vocês não vão roubar a faixa presidencial.

Agora é o povo nas ruas construindo uma nova esquerda popular, demais criativa, militante, rebelde!”

Quaquá e Zeidan no palco do ato do Largo do Machado contra o golpe 31.03.2016Deputada Estadual (PT) Rosangela Zeidan comentou em sua página pessoal: Largo da Carioca, Centro do Rio, tomado por pessoas de todas as tribos, partidos e classes sociais. Nosso mandato marcou presença pra dizer ‪#‎NaoVaiTerGolpe‬

Abril 1, 2016 Posted by | jornalismo, política, PT | , , , , , | Deixe um comentário

Maricá recebe Título de Cidade de Interesse Turístico

A Deputada Estadual Rosangela Zeidan apresentou nesta terça-feira, na ALERJ, a indicação de Maricá como Cidade Turística no Estado, a Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade o título de Cidade de Interesse Turístico para Maricá.

 

DSCN7262 DSCN3681DSCN3601DSCN3676

DSCN3826DSCN3018DSCN2987DSCN3336

Logo após a aprovação, a Deputada divulgou a notícia em sua página da rede social, onde diz “Agradeço a todos os deputados que apoiaram nosso município. Já somos uma cidade turística, reconhecida pelo Ministério do Turismo por nossas belezas naturais.

Somos uma cidade de muitas festas e riquezas culturais, além de termos um povo muito animado: só neste carnaval, 79 blocos foram pras ruas, e a prefeitura realizou 60 eventos na cidade.

Em junho, teremos o Festival Internacional da Utopia. Mas por que a cidade ainda não era considerada oficialmente pelo governo de "interesse turístico"?

Pra saldar essa dívida de tantos governos, nosso mandato criou o projeto de lei que vai nos dar aquilo que é de direito: o título de cidade de interesse turístico, que nos abre portas para incrementar ainda mais esse setor, que gera empregos e aquece a nossa economia.”

Fevereiro 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, turismo | , , | Deixe um comentário

CPI da Violência Contra Mulher no RJ sugere aluguel social a agredida

Aprovado nesta terça (3), relatório final será enviado ao plenário. Presa que deu à luz em ‘solitária’ é lembrada em discurso emocionado

Fonte: Gabriel Barreira Do G1 Rio

Leitura do relatório final da CPI da Violência contra a Mulher. (Foto: Gabriel Barreira/ G1) Deputada Rosangela Zeidan se emociona durante a Leitura do relatório final da CPI da Violência contra a Mulher. (Foto: Gabriel Barreira/ G1)

O relatório final da CPI da Violência Contra a Mulher foi aprovado nesta terça-feira (3) em audiência na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O documento faz, ao todo, 42 recomendações aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Dentre eles, a criação de uma secretaria estadual sobre o tema, o desenvolvimento de políticas públicas para tratar o vício de drogas lícitas e ilícitas — apontado, muitas vezes, como motivo determinante nas agressões contra as mulheres —, o tratamento psicológico dos agressores e o pagamento de aluguel social às vítimas que correm risco de vida.

A relatora da CPI, a deputada estadual Zeidan (PT) disse que a violência contra a mulher não é um problema exclusivo das cariocas e comemorou a escolha da temática na redação do Enem. "A cultura machista não é uma invenção da sociedade brasileira, é um problema mundial", afirmou a parlamentar.

Zeidan lembrou ainda o caso da detenta que fez o próprio parto em uma cela "solitária" no presídio Talavera Bruce, e chegou a chorar quando relatou os instrumentos de agressão empregados no feminicídio: peixeira, fio elétrico, martelo e desfiguração, por exemplo, segundo dados do Ministério da Justiça.

https://www.youtube.com/watch?v=cx0tVORImrU&list=FLTpHhl3kcehw86z4QOF0L5A (aqui vc assiste ao vídeo da leitura)

"Foi difícil segurar o choro nesse momento. Eu lia o relatório, quando comecei a descrever as armas e formas mais comuns usadas pelos agressores: facada, soco, peixeira…hoje mais uma jovem, de apenas 18 anos foi assassinada pelo namorado. Comecei a me lembrar das imagens, pensei nos meus filhos, jovens, e em tantas mulheres com uma vida linda pra viver. A nossa sociedade está passando dos limites no quesito tolerância. E falo de todas as formas, mas a principal é a base de tudo: aceitarmos o outro e suas diferenças. Basta de violência e intolerância! Em pleno século XXI, a dor das mulheres vítimas da violência nos joga na barbárie. Só por isso, essa CPI já valeu a pena"  comentou a Deputada Rosangela Zeidan

Das seis representantes da comissão parlamentar de inquérito, cinco votaram a favor do texto final. Agora, ele vai a plenário e pode ter suas recomendações transformadas em projetos de lei, além de fomentar discussões em municípios e no próprio estado.

A exceção na aprovação foi a deputada Enfermeira Rejane (PC do B) que pediu para votar em separado após a releitura de trechos das demais audiências: 18, ao todo. A própria deputada, no entanto, elogiou o relatório e reclamou da falta de dados disponibilizados pelas polícias e pela Secretaria de Segurança. "Temos inquéritos abertos, mas quantos foram concluídos?", questionou.

Destacada como uma das principais recomendações, a criação de aluguel social para as mulheres vítimas de agressão doméstica também foi defendida pela deputada Márcia Jeovani (PR). "As pessoas costumam dizer: ‘Ah, apanhou por que gosta, por que não saiu de casa?’ Só que muitas vezes, está mulher é dependente financeira deste homem, esse agressor", pontuou a deputada. "Temos que pensar também como criamos estes meninos, futuros homens", concluiu estendendo a autocrítica às presentes.

Dados da violência
Segundo o 8º anuário de Segurança Pública, o Brasil registrou uma média de um estupro a cada 10 minutos em 2013, num total de mais de 50 mil. Fazendo uma projeção com os casos subnotificados, o número subiria para um estupro a cada 4 minutos.

Somente no Rio de Janeiro em 2014, o número de estupros e tentativas de estupro passam de 6 mil em um ano. Mais de 80% deles tendo mulheres como vítimas. Há ainda 56 mil casos de lesão corporal dolosa contra elas e número semelhante, 57 mil, de ameaças.

https://www.youtube.com/watch?v=sajQvLZZirU&index=2&list=FLTpHhl3kcehw86z4QOF0L5A Assista aqui a Deputada Zeidan durante sua fala no Jornal da ALERJ sobre o relatório final da CPI da Violência Contra Mulher.

CPI pede criação de secretária estadual só para mulheres

Por: Fabiana Paiva

Foto: Paulo David (Divulgação)

Enquanto a Comissão de Orçamento da Assembleia do Rio já sinalizou ao governador a necessidade de uma reforma administrativa, incluindo a redução do número de secretárias, a CPI da Violência Contra a Mulher foi na contramão da crise.

Pediu a Luiz Fernando Pezão (PMDB) a criação de uma secretaria de Políticas para as Mulheres, dando a ela "equipe e orçamento adequados a sua missão".

A CPI aprovou seu relatório final com 42 propostas nesta terça-feira (03). Entre as sugestões, está ainda a criação de mais três núcleos de Atendimento às Mulheres (Nuam): no Complexo da Maré, na 89º DP (Resende) e na 82º DP (Maricá), os dois últimos territórios das deputadas Ana Paula Rechuan (PMDB) e Zeidan (PT).

Desejo antigo

Uma pasta voltada apenas para o público feminino já foi pedida por uma outra comissão parlamentar, de 2012.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/extra-extra/cpi-pede-criacao-de-secretaria-estadual-so-para-mulheres-17955536.html#ixzz3qX1reGnF

Novembro 4, 2015 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Legislativo | , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan atuante em defesa dos direitos da mulher alerta: os registros de casos que se enquadram na Lei Maria da Penha cresceram no Estado.

Deputada Estadual (PT) Rosangela Zeidan

A bancada feminina decidiu desarquivar uma série de projetos relacionados à defesa dos direitos da mulher como o que cria a "Patrulha Maria da Penha". Segundo a Deputada Estadual Martha Rocha (PSD), que preside a CPI, a ideia é ter um serviço de atendimento 24 horas, como patrulhas especializadas e dispositivos de botão do pânico para as vítimas.

Relatora da CPI, a Deputada Estadual (PT) Rosangela Zeidan questionou se existe interesse e disponibilidade para começar o Projeto a curto prazo. Ao que a Major Simone de Almeida, do escritório de gestão estratégica de projetos da PM, revelou dados nada animadores. O projeto estaria pronto, mas a contenção de recursos do governo para 2015 não permitiu ainda que fosse iniciado.
"A planilha de custos terá que ser revista, pois a frota da Polícia Militar foi reduzida em 300 viaturas e o projeto terá que calcular agora o valor de novas viaturas para atender à demanda que esse atendimento irá gerar. Foram pensadas equipes de 03 policiais para cada Patrulha, sendo 02 policiais do sexo masculino e 01 do sexo feminino. Ao todo devem ser envolvidos 40 policiais, contando o efetivo de atendimento e o administrativo. O ideal seria ter 64 policiais na equipe, mas a redução do efetivo foi necessária para atender à nova previsão orçamentária", explicou a major à relatora da CPI.

Apesar de relativamente barata do que a criação de delegacias, os Núcleos de Atendimento à Mulher também enfrentam problemas. A Polícia Civil teve uma queda de 0,36% em seu efetivo, no período de 2000 a 2014. Neste mesmo tempo houve aumento de 55% na quantidade de delegacias, de 10% na população do estado e os concursos públicos feitos conseguiram tão somente repor a força de trabalho, sem ampliar o efetivo.

Durante reunião da CPI, a perita-legista do Instituto Médico Legal (IML) Márcia Motta Veiga Fuchs apresentou dados sobre as vítimas atendidas na instituição em 2013 e 2014. Foram realizados 2319 exames em mulheres de todas as faixas etárias, sendo 42% dos casos em crianças de até 12 anos, vítimas de crime sexual. Para a deputada, a pesquisa mostra que faltam delegacias especializadas em investigar esses delitos.
Segundo a diretora da divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), Márcia Noely Barreto, houve um aumento de 7% nos registros de ocorrência nas 14 delegacias especializadas no Estado.

Fotos: Divulgação Paulo David

Abril 20, 2015 Posted by | direitos humanos, jornalismo, política, PT | , , , , | Deixe um comentário

Sucesso de políticas sociais de Maricá é tema de encontro entre Quaquá e Pedro Paulo

Fotos e textos divulgação

“Maricá, definitivamente virou exemplo de bom governo para o Brasil e todo o mundo. Recebemos no dia 06/04/2015, a visita do Pedro Paulo Deputado Federal e pré-candidato a prefeito da capital do Estado do Rio de Janeiro, em nossa amada cidade. Nesta oportunidade, o deputado Pedro Paulo conheceu a implantação do projeto de desenvolvimento econômico e social que esta transformando a vida de milhares maricaenses. E em especial, conheceu na prática o ônibus gratuito da EPT e uma experiência do Programa da Moeda Social Mumbuca, que melhoram a quantidade de vida, aquecem economia local e geram empregos na cidade.” (escreveu a Deputada Estadual Rosangela Zeidan em sua página do Face)

O prefeito Washington Quaquá ressaltou a importância desse encontro e ratificou que sua gestão busca o projeto de desenvolvimento econômico da cidade pautado em ações de inclusão social. “É essencial trocarmos experiências e apresentarmos nossos projetos que são referências nacionais, como o tarifa zero e a moeda social. Nossa proposta é acabar com a pobreza oferecendo casa, emprego e qualificação profissional. Estamos transformando a cidade combinando investimentos no turismo e no desenvolvimento econômico e social”, declarou o prefeito.

Tarifa Zero

Sobre a Empresa Pública de Transportes (EPT), implantada em dezembro de 2014, o prefeito explicou ao secretário municipal que a tarifa zero é uma ferramenta de resgate da cidadania por meio da mobilidade. “Maricá é a primeira cidade brasileira com o maior número de habitantes a adotar a tarifa zero. Assim como educação e saúde gratuitas, transporte público é um direito do cidadão, respaldado na Constituição Federal. Estamos provando que transporte público é uma conquista do povo, e isso me faz acreditar que podemos ter uma sociedade mais justa, já que a mobilidade é inclusão social e redução das desigualdades entre pobres e ricos”, frisou.

O presidente da EPT, Luiz Carlos dos Santos, apresentou um balanço dos três primeiros meses de funcionamento da autarquia municipal cuja frota de 13 ônibus gratuitos circulam, 24h por dia, sete dias por semana, com tarifa zero. “Até o dia 31 de março, foram transportados 743.260 passageiros em 5.616 viagens e 338.865 km percorridos, em duas linhas que percorrem toda extensão da cidade – de Ponta Negra ao Recanto de Itaipuaçu”. Para Luiz Carlos, o resultado comprova não apenas a aceitação do serviço, como o entendimento pela população de que a tarifa zero tornou-se realidade. O secretário Pedro Paulo se interessou por detalhes relacionados ao custo da operação, tamanho de frota, volume de pessoal transportado, entre outros detalhes informados pelo presidente da EPT. “São experiências desafiadoras, principalmente a do ônibus, considerando o sistema de transporte que temos hoje em nosso estado. O projeto da moeda social é algo que se pode implantar em regiões específicas da cidade do Rio. Estamos observando essas boas práticas de políticas públicas aplicadas em Maricá, uma cidade que fica tão perto de nós”, avaliou Pedro Paulo.

Como meta para 2016, a prefeitura avalia a ampliação da oferta, com a circulação de 16 ônibus somente na principal linha (Recanto de Itaipuaçu – Ponta Negra) e planeja a aquisição de 20 micro-ônibus elétricos, que não emitem CO2, para completar a frota como alimentadores dos troncos principais. “Com isso, atenderemos a todos os bairros e garantiremos ainda mais a mobilidade para 100% da população”, completou o presidente da EPT.

Moeda Social Mumbuca

O secretário municipal adjunto de Economia Solidária, Miguel Moraes, também apresentou um balanço sobre o Programa Social Moeda Mumbuca – primeira moeda social eletrônica do país criada em dezembro de 2013 para combater a pobreza extrema na cidade. "Mais de 70% das famílias maricaenses recebem menos que três salários mínimos e mais de 15 mil ganham até um salário mínimo. Queremos oferecer condições mais dignas às famílias carentes, melhorando a renda da população”.

Segundo o secretário, atualmente, 14.096 famílias estão sendo beneficiadas com uma ajuda mensal de R$ 85 para compra de produtos em estabelecimentos cadastrados no município. “Ao todo, existem 112 estabelecimentos cadastrados e mais de R$ 1.200 mil estão sendo injetados na economia local para a construção de uma política pública de transferência de renda”, acrescentou Miguel Moraes.

Para a segunda fase do programa, serão concedidas linhas de empréstimo, por meio do banco comunitário, de até R$ 15 mil para as famílias e para microempreendedores, agricultores familiares, pescadores, artesãos e pequenos comerciantes, além de produtos como seguros e cursos de capacitação.

Visita a comércio local

Após a reunião, o prefeito Washington Quaquá, o secretário Pedro Paulo Carvalho, o deputado federal Fabiano Horta, a deputada estadual Rosângela Zeidan, além de parte da equipe do governo maricaense, embarcaram em um coletivo da EPT e foram até o mercado Jolumar, no Centro, onde o secretário carioca conferiu o funcionamento do programa de economia solidária.

Dentro do estabelecimento, Pedro Paulo conversou com a gerência sobre as vantagens e o aumento no faturamento com o uso do cartão Mumbuca. Segundo Pedro Paulo, ambos os projetos devem ser estudados de maneira cuidadosa, mas os considerou viáveis para a capital fluminense.

Washington Quaquá considerou positiva a visita do secretário carioca. “O interesse dele em nossos projetos mostra a boa repercussão que as ações do governo estão tendo fora de Maricá”, afirmou o prefeito.

Abril 8, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, Moeda Social Mumbuca, política, transporte | , , , , , | Deixe um comentário

Zeidan anuncia Caravana da Tarifa Zero

Fonte: Jornal Gazeta

Secretário Executivo de Coordenação do Governo do Município do Rio de Janeiro, Pedro Paulo Carvalho, Prefeito de Maricá Washington Quaquá e a Deputada Estadual Rosangela Zeidan

A deputada estadual Rosângela Zeidan (PT) vai levar as experiências de Maricá para outros municípios brasileiros.

Ela anunciou na segunda-feira (06/04), durante visita do secretário Executivo de Coordenação do Governo do Município do Rio de Janeiro, Pedro Paulo Carvalho, que formará a caravana da Tarifa Zero. “Vou mostrar que é possível ter transporte de qualidade gratuito”, declarou.

A Moeda Social Mumbuca, que na verdade é um cartão mensalmente recarregado com uma complementação de renda para mais de 14 mil famílias, também estará sendo divulgada na caravana. “Nós, aqui em Maricá, temos o privilégio de ter um prefeito visionário, ousado, que fez o município ser pioneiro em vários projetos”, ressaltou, acrescentando que não só a Prefeitura do Rio, mas várias outras no Brasil têm mostrado interesse nas ações desenvolvidas pelo prefeito Washington Quaquá.

“Meu mandato de deputada vai servir como um meio de comunicação, de informação e vamos levar essas iniciativas para onde formos”, acrescentou, comemorando o fato de Maricá hoje está dando exemplo de gestão pública.

“A Tarifa Zero é inédita para um município com a nossa quantidade de habitantes. E hoje temos números exatos também de quanto custa um ônibus e quanto vale uma passagem, informações que podem ser usadas pelo movimento nacional contra o aumento da passagem em várias cidades”, apontou.

Pedro Paulo foi à Maricá para conhecer o sistema de transporte gratuito e a Moeda Social Mumbuca que atende mais de 14 mil famílias.

redação: Marinete Barros

Abril 7, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, PT, transporte | , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan presta homenagem as mulheres na ALERJ

Fotos Rosely Pellegrino texto: Fonte ALERJ

DSCN9928

DSCN9921DSCN9933DSCN9972DSCN0049 Homenageadas com Moção de Aplauso

Quatro mulheres receberam moções na segunda-feira (16/03) por reconhecimento de suas atuações em prol dos direitos femininos no estado. A deputada Rosangela Zeidan (PT), membro efetivo da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), comandou o evento que celebra o mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher (8 de março). "As homenageadas são de municípios diferentes do Estado. Nada melhor do que este mês para prestigiá-las, mas ainda há muito a ser feito, principalmente pelas cidadãs que estão fora do mercado de trabalho e pelas negras, que, em geral, estão em nossas periferias, sofrendo diversos tipos de violência", comentou. A cerimônia foi realizada no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, do Palácio Tiradentes.

Uma das homenageadas, a secretária de Saúde de Niterói, Solange Regina de Oliveira, ressaltou que ainda há um longo caminho a percorrer: "A mulher recebe hoje um valor diferenciado graças a um longo histórico de lutas e uma homenagem como essa reforça o nosso trabalho".

DSCN0032Além das moções, houve homenagens a outras mulheres. As homenageadas foram: a agente comunitária de Nova Iguaçu, Ana Cláudia Oliveira; a enfermeira Cristina Mariade Souza; a representante do Sindicato dos Metroviários, Helena Famadas; em caráter postmortem, Márcia Regina Marçal; a merendeira de Quissamã, Maria da Conceição do Espírito Santo; a militante social de Nova Iguaçu, Maria de Albuquerque; a artesã de Bom Jesus do Itabapoana, Nelly de Carvalho; a professora de Campos dos Goytacazes, Norma Costa; a representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Neuza Pinto; a militante do Movimento Unindo Forças, Severina da Silva; a militante social de Maricá, Ione Siqueira; a professora e advogada, Tânia Maria Mussi e a advogada Vera Maria dos Santos.

DSCN0109 Mulheres de Maricá marcaram presença

DSCN0138DSCN0143

DSCN0077 - Copia

Compareceram ao evento a vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, deputada Martha Rocha (PSD); a presidente do Conselho Estadual de Mulheres (Condim/RJ), Marisa Chaves; Carla Machado, ex-prefeita de São João da Barra; a representante da CUT, Virgínia Berriel; e a jornalista Lurian Silva, entre diversos representantes de municípios e instituições.

Março 20, 2015 Posted by | jornalismo, Legislativo, política | , , , , , | Deixe um comentário