Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Queiroz Galvão firma contrato de US$ 3,5 bilhões para afretar FPSOs em Maricá e Saquarema

FPSOs vão operar no Campo de Lula, pré-sal da Bacia de Santos. Contrato foi fechado com consórcio operado pela Petrobras.

Do G1, no Rio

A Queiroz Galvão Óleo e Gás (QGOG) e parceiros firmaram contratos com o consórcio BM-S-11, operado pela Petrobras, para afretamento e operação de dois FPSOs: Cidade de Maricá e Cidade de Saquarema, informou a companhia nesta segunda-feira (15). Segundo a QGOG, o valor total dos contratos, que terão duração de 20 anos, é de cerca de US$ 3,5 bilhões.

Segundo a companhia, as unidades pertencerão e serão operadas pela joint venture formada entre as empresas QGOG, SBM Offshore, Mitsubishi Corporation e Nippon Yusen Kabushiki Kaisha (NYK Line).

Os FPSOs vão trabalhar no Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, e são similares ao FPSO Cidade de Ilhabela, com capacidade diária de produção de óleo de 150 mil barris e de 6 milhões de metros cúbicos por dia de gás.

O Cidade de Maricá tem entrega prevista para o final de 2015, enquanto o Cidade de Saquarema deve ser entregue no início de 2016.

Campo de Atlanta

Em janeiro, a Queiroz Galvão Exploração e Produção anunciou para o segundo semestre de 2013 o início da perfuração de três poços no campo de Atlanta, na Bacia de Santos, um deles apenas para coleta de informações sobre o campo, com previsão de obter o primeiro óleo no segundo semestre de 2014.

Segundo o diretor de Produção da Queiroz Galvão, Danilo Oliveira, a expectativa de produção é de 12 mil barris de óleo por dia, seis em cada poço "na pior das hipóteses" , mas a companhia trabalha com uma produção de 24 mil barris por dia, de acordo com simulações e estudos feitos pelos antigos operadores, Shell e Chevron.

Anúncios

Julho 16, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá, Petroleo e Gás, pré-sal | | Deixe um comentário