Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá Mostra Cultura acontece sábado no Centro

Galeria a céu aberto, com exposição e venda de arte e artesanato dos artistas plásticos e artesãos do Município de Maricá

Texto: Jorge André | Fotos: Fernando Silva

DSCN0971DSCN0976DSCN0980DSCN0985DSCN6514DSCN6545

Neste sábado (12/12) e no próximo (19/12) acontecerá na Praça Orlando de Barros Pimentel, Centro, das 9h às 22h, mais uma edição do projeto Maricá Mostra Cultura. Desenvolvida pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciências e Tecnologia, a feira é uma boa pedida para quem quiser antecipar as compras de Natal com boas opções de artesanato, bijuterias e artes plásticas. Os visitantes poderão, ainda, saborear uma diversidade de doces caseiros.

Entre os expositores está Maria da Gloria Manzone, 60 anos, cujo trabalho é a base de material reciclado. Segundo ela, seus produtos já foram expostos em diversas feiras, inclusive na Espanha. Ela acredita que a Maricá Mostra Cultura é um excelente projeto e transformará a cidade em um grande centro artístico. “Adoro expor aqui. Quase não saio de casa e quando tem esse evento é uma oportunidade de conhecer pessoas, trocar experiências e colocar a cidade no circuito das artes no Estado”, afirmou. Entre materiais que usa estão ladrilhos, madeira, alumínio e casca de ovo.

Para a coordenadora Rosely Peregrino, a Maricá Mostra Cultura está, a cada edição, caindo no gosto tanto dos artesãos quanto da população. “As vendas estão me surpreendendo. Os artistas tem mostrado grande interesse em expor aqui, e a população tem participado e comprado cada vez mais. Isso é um sinal de que o projeto está dando certo. Acredito que será um ótimo Natal para todos”, comemorou.

Quem quiser participar do projeto deve, obrigatoriamente, ser morador de Maricá, artista plástico, artesão ou escritor interessado em divulgar e vender suas obras. Para expor na feira, é necessário possuir tenda branca e lâmpada de emergência. As inscrições podem ser feitas no próprio local ou através dos telefones 2634-1165 e 96463-9464 (falar com Rosely Pellegrino).

A estudante Marcelle Vianna, 15 anos, mora em Cabo Frio, e sempre que pode visita a feira e leva para casa algum produto. “Minha madrasta mora aqui e venho sempre com meu pai. Acho muito legal, os produtos são lindos e os preços bem em conta”, afirmou. A mesma opinião tem Rosilaine Gomes, 49 anos, moradora de Guaratiba. “As peças são diferentes e o preço cabe no bolso. Esta feira deveria acontecer mais vezes”, sugeriu.

Dezembro 11, 2015 Posted by | arte, cultura, Feiras e Eventos, jornalismo, Lazer, Maricá, Maricá Mostra Cultura, projeto cultural | , , , , , | Deixe um comentário

Artistas de Maricá são premiados no I Salão de Belas Artes Marco Antônio Cardoso Siqueira

texto: Fonte texto PMM. Fotos: Antônio Carlos Magalhães, Fernando Antônio da Silva e Rosely Pellegrino

Na oportunidade personalidades do mundo da Cultura foram condecoradas pela FALASP, com medalha de Medalha de Mérito Assis Chateaubriand, e Diplomas de Mérito Cultural Empreendedor Santos Dumont

 

DSCN9274 DSCN9268 O Centro de Artes e Esportes Unificados Marco Antônio Cardoso Siqueira (CEU), na Mumbuca, recebeu neste sábado (14/11) a primeira edição do Salão de Belas Artes de Maricá. Desenvolvida pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, a mostra reúne obras de diversos artistas do município, nas categorias de pintura, escultura, desenho e fotografia, em um dos salões do “CEU” homenageando “em memória” Marco Antônio Cardoso Siqueira, irmão do prefeito Washington Quaquá, que tem o seu nome no Centro de Artes e Esportes, e era incentivador da cultura, homenageando também em memória, seu amigo e artista plástico, Lincoln Lacroix Leivas, radicado em Maricá, que além de pintar Maricá, e mostrar as belezas do município para o mundo, desenhou inúmeras residências de luxo, que ainda hoje são admiradas, belo estilo e bom gosto.

DSCN9436Na avaliação do secretário municipal adjunto de Cultura, Romário Galvão, o trabalho amplia de forma considerável os espaços onde os artistas podem expor suas obras. A iniciativa, ainda segundo o secretário, ganha ainda mais força a partir do momento em que recebe o reconhecimento de órgãos importantes do setor. “A importância deste Salão está na possibilidade de o artista ter um espaço para divulgar sua arte, seus trabalhos, chancelado pela Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo (FALASP), Academia Brasileira de Belas Artes e Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP, comentou.

DSCN9312DSCN9355A cerimonia de abertura contou com a presença de representantes do governo, artistas e público.

Organizado pela FALASP e seu Núcleo de Maricá da FALASP, com curadoria da Academia Brasileira de Belas Artes ABBA e apoio da ALAP e participação do Setor Cultural da ‘Câmara de Comércio, Indústria e Turismo de Santa Lúcia (Ilhas do Caribe), contando com a presença presidente da Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo, Grão Colar Conde Thiago de Menezes, o Salão colocou em um mesmo espaço obras da escola impressionista, cubistas e realistas, entre outros estilos. O artista plástico Di Branco, o secretário de Cultura, Romário Galvão, e o Diretor Executivo da IDB Brasil (empresa proprietária do Complexo Turístico da Fazenda São Bento da Lagoa), David Galipienzo.

DSCN9483Premiados no I Salão de Belas Artes Marco Antônio Cardoso Siqueira

Medalha – Obra – nome do artista

Meg Carvalho recebeu medalha de Ouro no I Salão de Belas Artes de Maricá Ouro – Ruínas de Algum Lugar –  Meg Carvalho DSCN9461

DSCN9516 Prata – Africana – Beth Morgado DSCN9455

DSCN9518 Prata – Cidade Maravilhosa – Billé DSCN9453

Selma Aquino desenho pastel acervo Decepção Bronze – Decepção  – Selma Aquino DSCN9475

Renata Oliveira Nascimento dançando na chuva Bronze – Dançando na Chuva – Renata N

VINICIUS WERNECK GALANO memorias e calçadas Bronze – Calçada da Vida – Vini Gaiano DSCN9477

DSCN9517 Bronze – Gaivota – Cassia

Hors Concours

DSCN9468DSCN9472A artista Milla, moradora em Cordeirinho, recebeu as medalhas e ouro e prata hors concours, com as obras “De boa com meu buldogue francês” e “Homenagem à Mão Preta”. “Estou muito feliz e surpresa com a premiação. Acho importante e necessário este Salão para a cidade e para os artistas daqui”, declarou.

DSCN9522 Ouro – “De boa com meu buldogue francês”  – Milla

DSCN9521 Prata -  “Homenagem à Mão Preta” – Milla

Participação Especial

DSCN9526 Ouro – “As Marias” Di BonilhoDSCN9480

Medalhas e Condecorações entregues pela FALASP

Medalha de Mérito Assis Chateauxbriand

_DSC0132[1]David Galipienzo da IDB Brasil – Diretor Executivo Iniciativas e Desenvolvimento Imobiliário, ao ser homenageado comentou “Este tipo de iniciativa ajuda no desenvolvimento cultural, principalmente em cidades longe dos grandes centros. Gostei muito das obras, da iniciativa. A cultura é importante em qualquer lugar”.

_DSC0183[1] Dr. André Luiz Soares Cruz – Presidente da “Associação de Imprensa do Estado do Rio de Janeiro – AIERJ”

_DSC0193__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Dr. Ricardo da Silva Rocha – Presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Turismo Brasil Santa Lúcia (Ilha do Caribe)

_DSC0227[1] Yara Mochiaro – Acadêmica da “Academia Brasileira de Belas Artes” e da “Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP”

_DSC0211[1] Sylvia Roriz de Carvalho – Acadêmica da “Academia Brasileira de Belas Artes” e Membro da “ACONBRAS – Associação dos Cônsules no Brasil”

DSCN9399 Selene de Lima Maria – Comendadora da “FALASP – Federação das Academias de Letras e Artes de São Paulo” e Membro da Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP”

Diploma Mérito Cultural Empreendedor Santos Dumont

_DSC0153_FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Romário Galvão  – Secretario Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá

_DSC0169__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Andrea Cunha Monken – artista plastica, atual Subsecretária Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá

_DSC0157__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Sady Bianchin – Poeta, ator, jornalista, diretor teatral e sociólogo. Doutor em Teatro e Sociedade pela Universidade de Roma- Itália,  mestre em Ciência da Arte – UFF.

_DSC0139[1] Marisete Cardoso – Presidente da Câmara de Lojistas de Maricá  – CDL Maricá

_DSC0144__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Di Branco – artista plastico autodidata, morador de Maricá/RJ, tira da cultura brasileira e sua natureza a inspiração para suas obras. Artista com obras espalhadas pelo Brasil e pelo mundo, conta em seu currículo com  diversas exposições individuais e coletivas.

Aos 72 anos de idade, o artista plástico Di Branco que já teve obras expostas por salões dos Estados Unidos e Europa e há 42 anos escolheu Maricá para morar. Ele ficou surpreso com a qualidade dos materiais expostos. “Não esperava tamanha qualidade das produções. Acho que quem passar por aqui também vai se surpreender”, afirmou.

Para o casal Alexandre e Rosaura Schiachticas, também com obras no Salão, a iniciativa da Prefeitura é importante para mostrar ao município as obras dos artistas da cidade. “Maricá merece um Salão assim. Está muito interessante e os artistas estão interagindo”, comentou Alexandre.

O presidente da Falasp, Thiago de Menezes, ressaltou o trabalho desenvolvido pela administração municipal na divulgação do trabalho artístico da cidade. “Este evento é fundamental para que a cidade conheça de forma mais profunda seus artistas”. Yara Mochiaro e Sylvia Roriz, representantes da Academia Brasileira de Belas Artes, presentes ao evento, também parabenizaram a cidade pela iniciativa.

Secretário Municipal de Cultura, Ciência e Tecnologia Romário Galvão, descerrou a fita e inaugurou o Salão de Belas Artes juntamente com o presidente da Falasp Conde Thiago de Menezes

Mulher Alada obra do artista radicado em Maricá, homenageado em memória, Lincoln Lacroix Leivas

O público ficou encantado com a qualidade das obras expostas

  DSCN9442

DSCN9447DSCN9450

DSCN9506Di Bonilho presenteou o presidente da Falasp Conde Thiago de Menezes, com a obra Bumba Meu Boi, da coleção Folclore Brasileiro.

DSCN9509Artista plastico Di Bonilho, a representante do Núcleo da FALASP em Maricá, desde 2008, Jornalista Rosely Pellegrino, editora deste blog de notícias e Produtora de Eventos Culturais, na Secretaria Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá e o presidente da FALASP Conde Grão Colar Thiago de Menezes

O I Salão de Belas Artes Marco Antônio Cardoso Siqueira ficará aberto até o dia 26/11, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h . O CEU fica no Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), km 28, na Mumbuca

Novembro 17, 2015 Posted by | arte, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, projeto cultural, social | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Presidente Dilma e prefeito Quaquá entregam 2,9 mil unidades habitacionais do Conjunto Minha Casa, Minha Vida em Maricá

Presidenta entregou apartamentos em dois residenciais em Maricá (RJ) nesta sexta-feira (31). Os residenciais Carlos Marighella e Carlos Alberto Soares, são os primeiros do programa para famílias de baixa renda em Maricá

A sexta-feira (31/07) ficará na história de Maricá. A presidente da República veio ao município, Dilma Rousseff participou, ao lado do prefeito Washington Quaquá, da primeira dama e Deputada Estadual Rosangela Zeidan, do governador Luiz Fernando Pezão, do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, da presidenta da CAIXA, Miriam Belchior, e demais autoridades, da entrega de 2.932 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” em Itaipuaçu. A cerimônia, realizada no Condomínio Carlos Marighella, reuniu em torno de 18 mil pessoas, entre convidados, beneficiados – em torno de 11 mil pessoas – e moradores da região. Bem humorada, a presidente e sua comitiva desembarcaram de helicóptero em uma área no fundo do condomínio por volta de 11h da manhã e de lá seguiram para o local da festa.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (146)Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (136) O prefeito Washington Quaquá e a primeira-dama e deputada estadual Rosângela Zeidan a recepcionaram e a acompanharam em uma visita a um dos apartamentos do condomínio, formado de blocos de dois andares com oito apartamentos cada.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (161)A presidenta Dilma Rousseff teve uma dia feliz, ela foi recebida com carinho por milhares de pessoas e se sentiu em casa aos gritos de "olê, olê, olê, olá, Dilma, Dilma".

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT) preparou uma surpresa para a presidenta, batizando os conjuntos habitacionais com nomes de dois de seus ex-companheiros na luta contra a ditadura militar: Carlos Alberto Soares de Freitas, o Beto, (1.460 unidades) e Carlos Marighella (1.472 unidades).

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (178)O prefeito lembrou que a luta pela inclusão dos menos favorecidos e por direitos iguais foi iniciada na década de 1960 por Carlos Marighella e Carlos Alberto Soares de Freitas, líderes e militantes que enfrentaram a ditadura militar. “Hoje é um dia histórico com a realização do sonho de três mil pessoas, mas é certo honrar o passado e por aqueles que lutaram por nós e pela inclusão do povo”, destacou Quaquá, que completou: “Dilma lutou pela erradicação da fome e é uma grande parceria do desenvolvimento de Maricá. Nossos governos incluíram povo na festa da democracia e hoje a presidenta entregas as chaves a esta famílias”, afirmou o prefeito e anfitrião da festa.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (179) “Quem é contra a presidenta são as mesmas pessoas que gostavam do povo vivendo na senzala. Hoje o povo tem casa, tem acesso à universidade pública, anda de avião. Na época deles, era preciso fazer campanha Natal Sem Fome porque o povo passava fome. Em treze anos nós erradicamos a fome neste país”, completou Quaquá.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (184) De acordo com o Ministério das Cidades, desde a criação do programa, em 2009, 2,3 milhões de moradias foram entregues, e 1,5 milhão de residências estão em construção. Na terceira etapa do programa, a meta é contratar mais 3 milhões de unidades habitacionais até 2018. “Nosso país fica melhor e a democracia fica mais forte quando se garante oportunidade para as pessoas; por isso, o governo está comprometido com este programa.”

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (226) O governador Luiz Fernando Pezão elogiou o programa federal e citou os equipamentos públicos que serão instalados pela Prefeitura ao lado dos condomínios, entre os quais creche, escola, posto da Guarda Municipal e um CRAS. “O apoio do município com essas atividades sociais é tudo que essas pessoas precisam, é uma bela parceria”, afirmou o governador. “Este é o melhor programa que existe. Antes muitas famílias nem tinham acesso ao crédito e agora pagarão R$ 50 por sua casa", completou Pezão.

Dilma Rousseffe Quaquá, entregam  2.932 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” em Maricá (108)Dilma Rousseffe Quaquá, entregam  2.932 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” em Maricá (111) 

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (263)Dilma elogiou a escolha dos nomes dos condomínios, batizados em homenagem a dois brasileiros que brigaram pelo fim da ditadura instalada no Brasil depois de 1964 e que vigorou até 1985. Emocionada, a presidenta agradeceu a surpresa feita por Quaquá, ao moradores de Maricá pela recepção calorosa e lembrou que Marighella “não era só lutador, mas uma grande pessoa humana”. Sobre Beto, seu amigo particular, Dilma, emocionada, disse que o ex-guerrilheiro foi “um irmão na juventude”.

“Lutamos juntos, queríamos um país em que as pessoas tivessem voz, vez, e sobretudo tivessem sua casa própria. Por isso me sinto mais que honrada, me sinto emocionada. Estar aqui toca lá no fundo do meu coração, porque me faz lembrar de toda a minha juventude”, disse a presidenta.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (252) Acompanhada do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e da presidenta da CAIXA, Miriam Belchior, a presidenta Dilma Rousseff garantiu, também, a continuidade do programa habitacional que é uma das marcas de seu governo e afirmou que o “Minha Casa, Minha Vida” é fundamental não apenas para as famílias beneficiadas, mas para o país voltar a crescer.

"Ficam falando assim: ‘estamos passando algumas dificuldades econômicas, o programa vai acabar’. Vou explicar para vocês por que não vai: primeiro porque é importante para o povo brasileiro, para aquela parte que não tinha oportunidades, para quem ninguém olhou. Mas não vai acabar também por outro motivo: porque, além de a gente construir casa, a gente cria emprego. Quando você vai fazer uma casa, precisa de tijolo, areia, cimento, alumínio. Cada uma dessas partes também contratou pessoas, criou empregos, pagou salários, gerou renda e fez a roda girar, a roda da economia girar", observou Dilma.

A presidenta pediu que os moradores cuidassem dos condomínios e de suas unidades habitacionais. "Não estamos falando de concreto ou alumínio, estamos falando de vida melhor. Quem constrói as condições de moradia são as pessoas que vivem nela. Cuidem bem."

Apartamentos

As 2.932 unidades habitacionais devem beneficiar cerca de 12 mil pessoas, de acordo com o Ministério das Cidades. Cada apartamento tem área privativa de cerca de 45 metros quadrados, com dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes.

Os empreendimentos receberam R$ 195 milhões do governo federal e têm área de lazer, centro comunitário, quiosque, parque infantil e quadra poliesportiva. Noventa apartamentos, 45 em cada residencial, estão adaptados para pessoas com deficiência.

A trabalhadora doméstica Maria Aurineide de Souza, de 53 anos, morava de favor há 13 anos em Maricá, desde que chegou do Recife. Ela tomava conta da casa de veraneio de uma família e agora comemora o fato de ter uma residência própria. "Vou poder receber amigos, receber minha família do Recife. Antes não dava", conta ela, que será vizinha da filha, contemplada com outro apartamento para morar com o marido e o filho. "Vou ajudar a cuidar do meu netinho", disse Maria Aurineide.

Já Sônia Costa, de 33 anos, morava na casa do irmão. Com o apartamento próprio, ela destaca a importância de deixar um patrimônio para o filho. "Estou muito feliz em saber que vou deixar uma casa. Tudo é para ele."

Nas fotos, você acompanha momentos que entram para a história de Maricá

Agosto 7, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Secretário de Segurança planeja criação de unidade da PM em Maricá para 2016

Texto: Tiago Campello e Jorge André | Fotos: Clarildo Menezes e Fernando Silva

Em visita ao centro de videomonitoramento, ainda em construção, Beltrame afirmou que atitude do governo é visionária

Em visita à Prefeitura de Maricá, na manhã desta terça-feira (21/07), o secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, afirmou ao prefeito Washington Quaquá que já estuda o desmembramento do município da área de influência do 12º BPM, de Niterói. A medida vai ao encontro do que o prefeito vem pedindo ao governo estadual desde o início da atual gestão.

Beltrame salientou a importância do aumento do efetivo policial em Maricá e anunciou reforço para o município no primeiro semestre de 2016, após a conclusão do curso de formação de oficiais, que atenderá a Maré. “O curso de oficiais está em etapa final e irá atender a população da Maré. Em seguida, faremos a ligação com Maricá. Não digo que Maricá receberá um batalhão, termo se remete ao militarismo, em cuja estrutura perdemos 20% da tropa para funções burocráticas. Maricá receberá uma polícia transparente nos mesmos moldes das que serão implantados em Nova Iguaçu e Araruama”, disse. “Parto do princípio que o policial tem que estar na rua atendendo a população e prestando um serviço de qualidade, uma política totalmente operacional. Maricá merece”, reforçou o secretário estadual, que recebeu o título de Cidadão Maricaense das mãos do vereador Robson Dutra.

Quaquá relatou a Beltrame o objetivo de contratar policiais para fecharem as saídas da cidade, com guaritas e viaturas para as abordagens táticas no combate à entrada de drogas e armas no município, associando a isso a construção de uma companhia independente com recursos próprios. Além disso, o secretário municipal adjunto de Assuntos Estratégicos, Beto Bastos, entregou a Beltrame o projeto “Território da Cidadania”, cujo conceito é ocupar áreas da comunidade de Maricá com uma série de programas sociais junto com a guarda municipal cidadã que será treinada para realizar esse processo e, futuramente, a construção do Centro de Cidadania e Cultura Popular para atender à população.

Participaram da solenidade o prefeito Washington Quaquá; os secretários municipais executivos de Chefia de Gabinete, Carlos Manoel, de Administração, Márcio Leite, de Infraestrutura, Fernando Rodovalho, e de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues; o secretário municipal adjunto de Segurança, Fabricio Bittencourt, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Maricá, Amilar Dutra; o vereador líder do governo, Robson Dutra; o vereador Adelso Pereira, entre outras autoridades.

Beltrame visita prédio do GGIM

Após solenidade no Paço Municipal, o secretário de Segurança do Rio de Janeiro conheceu o prédio que abrigará o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que consiste em um centro de videomonitoramento com 30 câmeras instaladas por diversos pontos da cidade. “O governo está tendo uma atitude inteligente e visionária”, reforçou. O prefeito Washington Quaquá destacou que o GGIM faz parte de um projeto que pretende unir políticas sociais com a segurança pública. “Não se combate violência com polícia apenas. Tem que ter polícia, mas tem que ter política social também”, afirmou.

Segundo Beltrame, são estas as políticas de segurança pública que devem ser criadas para combater a criminalidade, além de também facilitarem na identificação de outros assuntos que demandam uma resposta rápida. Depois de conhecer o GGIM, Beltrame e o prefeito seguiram para o bairro do Caxito, em uma área de 48 mil m² disponibilizada para a construção da nova unidade da Polícia Militar, cuja previsão é chegar a Maricá no início de 2016. “Na minha concepção, em Maricá estamos tendo uma visão completa do que seja segurança pública”, disse o secretário de Segurança.

Secretário estadual de Segurança, Beltrame recebeu o título de Cidadão Maricaense das mãos do vereador Robson Dutra

Solenidade no Paço Municipal reuniu diversas autoridades, que debateram a questão da segurança pública no município de Maricá

Em visita ao prédio do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Beltrame destacou relevância do monitoramento permanente

Beltrame também conheceu o “Território da Cidadania”, que prevê ocupar áreas da comunidade com uma programas sociais junto com a guarda municipal

De acordo com o secretário Beltrame, a nova unidade sugerida para Maricá segue um modelo mais enxuto e também mais operacional

Prefeito apresentou ao secretário uma área de 48 mil m², no bairro Caxito, disponibilizada para a construção da nova unidade da Polícia Militar

Julho 24, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, segurança pública | , , | Deixe um comentário

Inscrições abertas para os cursos de Moda e Arte no CEU

Os cursos Personal Stylist e Pintura em óleo sobre tela, serão ministrados pelo estilista e artista plástico Di Bonilho, as inscrições já estão abertas.

Fique ligado nos cursos gratuitos do projeto “Moda e Arte”, promovidos pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura. As aulas acontecem no CEU, que fica na Rodovia Amaral Peixoto – km 27,5 – Mumbuca. Mais informações pelo telefone 2634-1165.

Curso – Personal Stylist
O que é:
É o profissional que auxilia os clientes a desenvolver sua individualidade através de um estilo pessoal.
Conteúdo:
O curso aborda a carreira de “Personal Stylist”, orçamentos, estilo, personalidade, tipo físico, planejamento de guarda-roupa, assessórios, etiqueta social, profissional e no trabalho.
Início: 14 de agosto a 14 de dezembro
Horário: das 18h às 20h
Idade mínima: 18 anos
20 vagas

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.

Curso – “Pintura em óleo sobre tela”
O que é:
O contato com a pintura possibilita o conhecimento de formas de expressão, de opiniões e sentimentos, porém sem palavras, através de traços e cores.
Início: 13 de agosto a 13 de dezembro
Horário: das 16h30 às 18h30
Idade mínima: 16 anos
20 vagas

Julho 14, 2015 Posted by | arte, cultura, cursos, jornalismo, Maricá, Moda, projeto cultural | , , , , , | Deixe um comentário

“Maricá Mostra Cultura” transforma praça em Galeria a Céu Aberto

Fonte: Texto: Jorge André (edição: Gisele Paiva) | Fotos: Fernando Silva e Rosely Pellegrino

Nesta sexta-feira (12) e sábado (13) será realizada uma nova edição da feira cultural no Centro de Maricá

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, reuniu mais de 60 expositores na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, na última sexta-feira (05/06) e sábado (6). A “Maricá Mostra Cultura” deu um colorido a praça com a presença e arte dos artistas do município.

Quem passeou pela feira encontrou desde artigos indígenas, da aldeia Tekoa Ka’aguy Hovy Porã (Mata Verde Bonita, em língua indígena), até esculturas de artistas plasticos locais, como as da Ângela Moure. “Temos muitos motivos para estarmos contentes com este evento. E um deles é o encontro de várias tribos. Assim trocamos ideias, experiências e técnicas que são interessantes. Um outro motivo, claro, é o contato com o público”, comentou a artista.

Expositores de todo o município ocuparam a praça para mostrar seus trabalhos. O grupo Rosa Choque, de Itaipuaçu, que pela primeira vez participou do projeto, vendeu alguns dos seus produtos, como bijuterias e velas artesanais. Uma das expositoras Gilvânia Ferreira ficou encantada com a iniciativa da Prefeitura. “Estou achando maravilhoso o projeto por dar oportunidade de mostramos nosso trabalho”, disse.

Na culinária você encontra do acarajé ao pão caseiro, dos bolos aos bombons, das trufas a tapioca, isto sem falar do açaí e dos deliciosos rocamboles.

No sábado, durante a noite, o Instituto Cultural Emei Shan realizou apresentações de Kung Fu, Tai Chi Chuan e da Dança do Leão. Na mesma noite, Ruiter Durdevic e sua família fizeram uma apresentação de dança cigana.

Quem não pode participar da feira terá uma outra oportunidade nesta sexta-feira (12/06) e sábado (13). Depois do dia 13, a feira volta a acontecer no dia 4 de julho. A partir daí, o evento será realizado quinzenalmente, transformando a Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel em um grande centro cultural.

DSCN2632 O encontro de várias culturas é um dos pontos altos da atividade, que reúne variedade de arte plástica e artesanato

Iracema Pankararu e a sabedoria e simplicidade da Cultura Indígena

Artigos indígenas, da aldeia Tekoa Ka’aguy Hovy Porã (Mata Verde Bonita, em língua indígena) também foram vendidos na feira

DSCN2471 De Ponta Negra para a galeria a céu a aberto, a professora de artes e também artesã enfatizou que os artistas se sentem valorizados

DSCN2437 Integração e troca de experiências dos expositores

DSCN2443DSCN2444 Artesanato confeccionado ao vivo, possibilita a troca de diferentes técnicas

Expositores de todo o município ocuparam a praça para mostrar seus trabalhos

Integrante do grupo Rosa Choque, de Itaipuaçu, a expositora Gilvânia Ferreira ficou encantada com a iniciativa da Prefeitura

DSCN2457DSCN2482

DSCN2448DSCN2467

DSCN2528DSCN2571

DSCN2573DSCN2575

DSCN2577DSCN2581

DSCN2584DSCN2585

DSCN2587DSCN2588

DSCN2589DSCN2490

DSCN2492DSCN2493

DSCN2504DSCN2539

DSCN2544DSCN2549

DSCN2552DSCN2557

DSCN2570DSCN2495

DSCN2502DSCN2512

DSCN2520DSCN2521

DSCN2524DSCN2534

DSCN2546DSCN2556

DSCN2560DSCN2565

DSCN2563DSCN2564

DSCN2567DSCN2609

DSCN2610DSCN2611

DSCN2622DSCN2623

DSCN2627DSCN2629

Junho 9, 2015 Posted by | arte, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá Mostra Cultura, projeto cultural, social | , , , , , , | Deixe um comentário

Mercado das Artes recebe centenas de visitantes no Dia do Aniversário de Maricá

texto e fotos: Rosely Pellegrino

Inúmeras pessoas prestigiaram a arte dos artistas do município, no dia 26 de Maio, data em que comemoramos aniversário de 201 anos de emancipação político-administrativa de Maricá, celebrado nesta terça-feira (26/5).

DSCN1727DSCN1694

DSCN1791 Na tenda da secretaria Municipal Adjunta de Cultura montada em frente ao Mercado das Artes, a mostra cultural contou com as obras e a presença de artistas de renome, como Di Branco, Osias, Di Bonilho, Raphael Billé, Valéria Dias, Tatiana Branco e Neco, que abrilhantaram o evento ao lado da arte indígena das aldeias de São José e de Itaipuaçu.

O secretário Adjunto de Cultura de Maricá Romário Galvão elogiou as peças artesanais expostas para venda e a nova organização do Mercado das Artes, resultado da parceria formada entre a secretaria e com os artistas e artesãos. Feliz com o lançamento oficial da G.R.E.S Unidos de Maricá, enfatizou o apoio e incentivo do prefeito Washington Quaquá para divulgar e fomentar a cultura maricaense e a economia solidária.

Deputado Federal Fabiano Horta, secretários municipais, assessores, inúmeros amigos e visitantes prestigiaram o evento, nas fotos momentos deste dia memorável para todos.

DSCN1915DSCN1944

DSCN1949DSCN1684

DSCN1917DSCN1825

DSCN2051DSCN1809

DSCN1846DSCN1855

DSCN1870DSCN1886

DSCN1848DSCN1703

DSCN1895DSCN1715

DSCN1689DSCN1993

DSCN1786DSCN1847

DSCN1820DSCN1831

DSCN1930DSCN1955

DSCN1932DSCN1986

DSCN2083DSCN1999

DSCN2082DSCN1918

DSCN2078DSCN1688

DSCN1958DSCN2000DSCN2026DSCN2052

 

Vale mencionar que o Mercado das Artes de Maricá é o Ponto de Encontro dos Artistas e Artesãos do Município, localizado na Praça Orlando de Barros Pimentel, em frente a Casa de Cultura, funciona de quinta-feira a domingo, das 17h as 22h.

São 24 box apresentando a arte de vários artistas, 5 box de alimentação e uma tenda de acarajé.

Maio 29, 2015 Posted by | arte, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, Mercado das Artes de Maricá, projeto cultural, turismo | , , , , | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá convoca artistas e artesãos do Município

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, convoca os artistas plásticos, artesãos e artistas do Município de Maricá, que não participaram da reunião realizada no dia 15, na Casa Digital, para se inscreverem para as feiras do Maricá Mostra Cultura, que irão acontecer nos dias 5 sexta-feira, 6 sábado e 12 de junho Dia dos Namorados, na Praça Orlando de Barros Pimentel.

Maricá Mostra Cultura é a maior feira cultural de Maricá, reunindo trabalho de mais de 100 artistas do município.

DSCN0858Mais de 70 artistas participaram da reunião realizada pelo secretário adjunto de Cultura de Maricá, Romário Galvão, com os artistas e artesãos do Município de Maricá, na Casa Digital no dia 15 de maio.

Como participar?

Para participar tem que ser residente em Maricá, ter uma tenda branca 2×2, luz de emergência de led (para iluminar as mercadorias a noite), mesa ou expositor para apresentar a mercadoria para venda.

A feira irá acontecer nos dia 5, 6 e 12 de junho, na Praça Orlando de Barros Pimentel, das 9h as 22h, todos os artistas tem que chegar as 8h, no máximo.´

Para confirmar sua participação, se você não participou da reunião, entre em contato pelos telefones (21) 992194235, (21) 969909640, falar com Rosely Pellegrino.

Maio 23, 2015 Posted by | arte, cultura, Feiras e Eventos, jornalismo, Lazer, Maricá, Maricá Mostra Cultura, shows e eventos, turismo | , , , | Deixe um comentário

Barra de Maricá recebe urbanização

Obras de urbanização avançam em ruas de Barra de Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Equipes da Secretaria de Obras pavimentaram a Rua Orlando Marques de Marins (antiga Rua 2)nesta semana

A primeira etapa da urbanização que beneficia as vias da Barra de Maricá está bem perto da conclusão. As equipes da Secretaria Municipal de Obras finalizaram nesta semana a pavimentação da Rua Orlando Marques de Marins (antiga Rua 2) e iniciam o trabalho de drenagem da Rua 1 e nas ruas projetadas ao redor da quadra poliesportiva, que serão as últimas a passar pela intervenção. Todas as outras vias do bairro já foram contempladas no trecho entre as avenidas Maysa e João Saldanha.

De acordo com a secretaria, a próxima fase vai beneficiar o lado oposto das treze ruas urbanizadas, na parte que fica entre a praia da Barra e a Avenida Maysa. Segundo o secretário Fernando Rodovalho, terá de ser realizada uma drenagem em maior escala nestes trechos das vias para evitar os recorrentes acúmulos de água da chuva. Rodovalho disse ainda que apenas a Rua Zero, que fica ao lado das dunas de areia da região, não passará pela intervenção agora em razão das futuras obras do emissário submarino, que é parte do projeto de saneamento de Maricá.

Na antiga Rua 2, os moradores não escondem a satisfação com a melhoria que chega. "Foram muitos anos de promessas de melhorar nossa rua e o bairro em geral, mas só agora estamos vendo acontecer. Até a poeira vai diminuir dentro de casa. Eu estou amando minha rua nova", empolgou-se a dona de casa Cátia de Morais, de 48 anos, nascida e criada na Barra de Maricá. A também dona de casa Flora Regina Sarquis Macieira, de 65 anos, contou que vive há dez anos no bairro. "Nunca me arrependi de ter me mudado para cá, mas agora estou mais feliz ainda por ver a rua ficando boa assim. Não vamos mais precisar andar com sacola de plástico no pé", afirmou ela, lembrando as dificuldades que ficaram no passado.

A urbanização das ruas da Barra de Maricá teve início em março deste ano, pouco mais de dois meses depois da inauguração da ponte que liga o bairro e o Centro de Maricá às áreas da região litorânea da cidade, como Guaratiba, Cordeirinho e Ponta Negra.

Urbanização das vias foram iniciadas em março após a inauguração da ponte

Trabalho será estendido para outras vias do bairro

Agosto 10, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia, Obras em Maricá, transito, Urbanização, vias públicas | , | Deixe um comentário

Prefeitura Municipal e Ministério da Cultura realizam reunião de Ativação do Território de Vivência do CEU de Maricá RJ

As reuniões para Ativação do Território de Vivência e Interação do Programa CEU – Centro de Artes e Esportes Unificados, aconteceram nos dias 24 e 25 de julho no CEU de Maricá, na Mumbuca, contando com a presença dos representantes do MINC -Ministério da Cultura de Brasília, Beth Pereira e Roberto Barros, de  Fabio Lima, representando o MINC no Estado do Rio de Janeiro/Espirito Santo, do Coordenador Geral do CEU Maricá Willian Campos, secretária do Conselho Gestor Dona Marlene, representante da comunidade, secretário Municipal de Cultura de Maricá Sérgio Mesquita, da subsecretária Myrtes Almada, Membros do Grupo Gestor, atores públicos e sociedade civil.

DSCN6692DSCN6699

Willian Campos fala sobre as atividades que acontecem no CEU Maricá, o primeiro a ser inaugurado no Estado do Rio de Janeiro.

DSCN6701DSCN6702DSCN6705Willian Campos ao lado do representante do MIN RJ Fabio Lima

O Grupo Gestor no dia 24, foi entrevistado pelos representantes do Ministério da Cultura, e na tarde do 25, teve uma exelente oportunidade para troca de experiências, conhecer e contribuir no uso e programação do equipamento, além da participação da qualificação do mapeamento do “Território de Vivência” em torno do CEU,  que já havia sido iniciado pela equipe do Ministério da Cultura.

No dia 25, após as 18h aconteceu A Oficina de Mobilização Social,  um evento que marcou uma ação conjunta entre o Ministério da Cultura, a prefeitura e a sociedade civil, contando com a participação de vários artistas dentre eles Di Branco, e sua filha Bianca, os Pontos de Cultura GAM – Grupo de Artistas de Maricá e Companhia Vida de Teatro e Dança, participantes do Grupo Teatral D’Jota e membros da comunidade

Na pauta do dia 25: 18:20 – Acolhimento;
18:30 – Apresentação da programação;
18:35 – Apresentação dos presentes;
19:15 – Apresentação: Mobilização Social e Territórios de Vivência;
19:30 – Apresentação do mapeamento do Território de Vivência;
19:45 – Qualificação do mapeamento;
16:50 – Questões Norteadoras;
20:05 – Exercício de programação dos espaços do CEU;
20:30 – Validação do mapeamento e programação;
20:50 – Avaliação da oficina;
21Encerramento.

DSCN6832DSCN6858DSCN6862DSCN6906DSCN6908

No encerramento uma grande confraternização, e a certeza de que a Prefeitura Municipal, está realizando um trabalho exemplar no Centro de Artes e Esportes Integrados de Maricá, tendo recebido muitos elogios dos membros do Ministério da Cultura.

Saiba mais sobre as atividades que estão sendo oferecidas no CEU

Julho 31, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, projeto cultural | , , , , , , | Deixe um comentário