Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá + Verde ganha reforço do Viveiro Florestal Municipal com a produção de mudas

Texto: Willian Chaves (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

O projeto “Maricá + Verde” ganhou um importante reforço. Na manhã desta sexta-feira (01/07), a Secretaria Adjunta de Meio Ambiente inaugurou o Viveiro Florestal Municipal no bairro Caxito. O canteiro fica num espaço dentro da Secretaria Executiva de Infraestrutura e tem capacidade para produzir 35 mil mudas por ano. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e espaço servirá como ponto de apoio para a população retirar mudas gratuitas para plantio. São mais de 40 espécies de árvores nativas. A estimativa é de que mil mudas sejam doadas por mês.

O secretário adjunto de Meio Ambiente, Guilherme Di César da Mota e Silva, ressaltou a importância da produção de mudas na cidade. “Com as mudas produzidas na região de plantio temos menos perdas. Elas são cultivadas aqui e passam por um processo de rotatividade dentro do viveiro que melhora a adaptação climática”, disse. A irrigação do canteiro é toda automatizada, dispensando a necessidade de funcionários para molhar as mudas. Todo o procedimento é controlado por um timer que irriga automaticamente o viveiro.

O projeto será ampliado para alunos da rede municipal de ensino como parte de uma parceria de Educação Ambiental nas escolas. Um cronograma de visitas ao viveiro municipal será programado.

Anúncios

Julho 2, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente | , | Deixe um comentário

Prefeitura realizará plantio de 2200 mudas do projeto “Maricá + Verde”

Texto: Rafael Zarôr

Área no bairro Manu Manuela está em fase de preparação para o plantio das 2.200 mudas

A Secretaria Municipal Adjunta de Ambiente realizará, na segunda-feira (23/03), o plantio de 2.200 mudas do projeto “Maricá + Verde”. A ação – com espécies nativas da Mata Atlântica, como de ipê amarelo e roxo, pitanga, aroeira pimenteira, angico branco e ingá – acontece numa Área de Preservação Permanente (APP), com 7.500 metros quadrados, do Rio Camboatá, no bairro Manu Manuela. O objetivo do programa é recuperar áreas preservadas às margens de rios e córregos. Com este plantio, o “Maricá + Verde” chegará a quase 6 mil mudas.

O projeto é realizado por equipes da Prefeitura com apoio da população. Desde o lançamento do programa em 2014, no Dia Municipal da Mata Atlântica (21/03), já foram plantadas 3.729 mudas no município em diferentes bairros dos quatro distritos de Maricá (Centro, Ponta Negra, Inoã e Itaipuaçu), além de ações em parceria com as secretarias municipais adjuntas de Educação e para a Terceira Idade, realizadas em escolas privadas e públicas da cidade.​ Outras informações sobre o projeto "Maricá + Verde" podem ser obtidas pelo telefone 2637-3835.

Março 20, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente | | Deixe um comentário

"Maricá + Verde" retoma ações ambientais em escolas públicas

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

"Maricá + Verde" retoma ações ambientais em escolas públicas

Após o período de férias escolares, a Secretaria de Ambiente de Maricá retomou nessa terça-feira (12/08), mais uma ação do programa Maricá + Verde. A ação foi realizada na Escola Municipal Amanda Peña Soares, no Bananal, em Ponta Negra. Lançado em março deste ano pelo prefeito Washington Quaquá e pelo vice-prefeito Marcos Ribeiro, o programa é uma estratégia da Prefeitura para impulsionar a recuperação das Áreas de Preservação Permanente (APP), situadas às margens de córregos e rios. Desde o início, 3000 mudas já foram plantadas na cidade.

Os alunos participaram da oficina de mudas e do plantio de 30 espécies nativas da Mata Atlântica, como ipê amarelo e castanheira. As árvores foram plantadas no pátio da escola e também no entorno da unidade. Também assistiram o vídeo "Papo Verde", que mostra equipes da Prefeitura realizando a limpeza na região do Espraiado e orientando os moradores e turistas para a preservação do local.

A diretora da unidade, Claudia da Silva Peres, destacou a importância de atividades ambientais como forma de enriquecer o trabalho desenvolvido nas salas de aula. "Ações similares a essa já fazem parte do projeto pedagógico da escola porque estamos localizados muito perto de áreas ambientais, como o Espraiado e a Serra do Mato Grosso. É de extrema relevância conscientizá-los da necessidade de preservação ambiental", declarou a diretora. A escola atende 303 alunos da Educação Infantil ao nono ano.

O subsecretário municipal de Biodiversidade, Evandro Sathler, ensinou aos alunos as etapas de plantio correto de mudas. "Queremos reforçar, junto a esse público mais jovem, a importância do plantio de árvores. Apesar de pequena, essa iniciativa tem uma relevância enorme por estimular nos alunos a consciência sobre preservação", declarou Evandro, que estava acompanhado da superintendente de Biodiversidade da secretaria, Paôla Garcia.

Um dos alunos mais participativos foi Marlon Willian Matos de Carlos, de apenas dois anos. Seus olhos estavam atentos a cada passo ensinado e ele comemorou quando chegou sua vez de colocar a mão na terra, "Oba, minha vez, consegui!", festejou. Aluno do sexto ano, Kayke Mazuri, de 11 anos, também adorou participar. "Já tinha plantado antes, mas não conhecia essa técnica da garrafa pet. Agora ficou muito mais fácil. Adoro a natureza e vou fazer o possível para preservá-la", declarou o aluno, que levou sua muda de Ipê amarelo para plantar em casa, referindo-se à utilização de garrafas de plástico descartáveis cortadas – uma técnica simples, barata e eficiente na prevenção aos focos do mosquito da dengue. "Vou acompanhar o crescimento dela todo dia. Quero que fique muito grande e bonita", completou. Os ingredientes indispensáveis para o sucesso do plantio, segundo Evandro, são: água, luz e muito carinho.

Próximas unidades

O Programa "Maricá + Verde" irá visitar no dia 14/08 a Escola Municipal Alfredo Nicolau da S. Junior (bairro Marques); no dia 19/08, será a Escola Municipal Espraiado (bairro Espraiado); 21/08, será a vez da Escola Municipal Reginaldo dos Santos (bairro Ponta Negra); no dia 26/08, a Escola Municipal João Pedro Machado (bairro Manoel Ribeiro); e, no dia 28/08, o CEIM Professora Ondina Coelho (Centro). Em breve, a Secretaria de Ambiente vai informar o calendário de visitação do mês de setembro (a programação completa também pode ser vista no site).

Os alunos participaram da oficina de mudas e do plantio de 30 espécies nativas da Mata Atlântica

As árvores foram plantadas no pátio da escola e também no entorno da unidade

O pequeno Marlon Matos, de dois anos, participando no plantio da muda de castanheira no pátio da escola

Kayke Mazuri, de 11 anos, adorou participar das atividades

Agosto 13, 2014 Posted by | Ecologia, jornalismo, Maricá, meio ambiente | | Deixe um comentário

"Maricá + Verde" ultrapassa mil mudas plantadas na cidade

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Fernando Silva e Clarildo Menezes

Fabiano Horta, com ajuda dos alunos Leonardo e Letícia, plantou a milésima muda na escola de Ubatiba que tem o nome do avô

Plantio foi na Escola Municipal Benvindo Taques Horta, em Ubatiba, e contou com oficina de mudas

A Prefeitura plantou na sexta-feira (30/05) a milésima muda do "Maricá + Verde", programa de reflorestamento da cidade lançado em março deste ano pelo prefeito Washington Quaquá e pelo vice-prefeito Marcos Ribeiro. A ação aconteceu na Escola Municipal Benvindo Taques Horta, em Ubatiba, com o plantio de oito mudas frutíferas (ameixa, araça, cajá, sapoti, pitanga, grumixama, bacuíca e ingá), totalizando 1.007 unidades, e mobilizou alunos, pais e professores. O projeto, da Secretaria Municipal de Ambiente, é uma estratégia de recuperação das Áreas de Preservação Permanente (APP), situadas às margens de córregos e rios. 

O presidente da Câmara de Vereadores, Fabiano Horta, neto de Benvindo Taques Horta que dá nome a escola municipal do bairro, comemorou o plantio da milésima muda. "É muito gratificante fazer parte do desenvolvimento da cidade com o ‘Maricá + Verde’, que estimula novas gerações a terem cuidado com a natureza", declarou Horta. "A milésima muda está em Ubatiba", vibrou o vereador, que foi auxiliado pelos alunos do 4º ano Leonardo de Souza Quevedo, de 11 anos, e Letícia Coutinho, de 9 anos.

Antes de iniciar o plantio, os alunos da pré-escola (idades entre 4 e 5 anos) até o 5º ano (12 anos) participaram de uma oficina de mudas. O subsecretário de Ambiente, Evandro Sathler, ensinou como utilizar garrafas pet para fazer vasos de plantas sem risco de proliferação do mosquito da dengue. "A garrafa é cortada ao meio, a parte debaixo é a base e metade de cima é colocada invertida. Em seguida, a gente faz três pequenos furos na parte debaixo para saída do excesso de água. Desta forma, não há acumulo de água e não existe espaço para o mosquito da dengue entrar no vaso", explica o subsecretário.

Após a palestra, os alunos escolheram sementes, entre aroeira, ypê amarelo e urucum (tipo de tempero), para plantar em seus vasos. A aluna do 4º ano Yasmin da Silva Almeida, de 11 anos, contou que possui uma pequena horta em casa. "Já tenho salsinha e alface no jardim que cuido com meu avô. Agora vou levar aroeira e urucum", disse Yasmin, moradora do Silvado. Já Erica Cristina de Freitas Neto, de 10 anos, mora em Ubatiba e escolheu uma muda de ypê amarelo. "Meu avô tem essa árvore e é muito bonita. Também vou plantar na minha casa", declarou Erica, que participou da atividade com a mãe, Antônia Maria da Silva Freitas, de 34 anos. "Essas atividades de preservação da natureza são importantes e servem de incentivo para as crianças", acrescentou Antônia.

A diretora da escola, Maria de Fátima Andrade, comemorou a participação dos alunos no projeto e destacou a importância desta atividade como forma de enriquecer o trabalho desenvolvido nas salas de aula. "Abraçamos o ‘Maricá + Verde’ e hoje os alunos vivenciaram na prática as ações que foram trabalhadas em salas de aula nesta semana", frisou a diretora.

De acordo com o subsecretário de Ambiente, as mudas nativas da Mata Atlântica, produzidas em hortos locais, são doadas pela Secretaria de Ambiente e qualquer escola (particular ou pública) pode participar do projeto. "Essa iniciativa estimula nos alunos pequenos gestos, que são muito significativos, como plantar e cuidar de uma árvore", ressaltou Evandro. "A gente prioriza mudas frutíferas nas escolas para que as crianças tenham contato com diferentes espécies", concluiu.

Escolas interessadas em participar do projeto "Maricá + Verde" devem contatar a Secretaria Municipal do Ambiente pelo telefone 2637-3835. ​A secretaria disponibilizou no site da Prefeitura (www.marica.rj.gov.br) um contador de árvores, onde a população pode acompanhar o plantio das mudas.

Ao todo, a Prefeitura já plantou 1.007 mudas nativas da Mata Atlântica

Alunos ganharam mudas em vasos feitos com garrafas pet

Foram plantadas oito mudas frutíferas na EM Benvindo Taques Horta

Erica (direita), com a mãe Antônia, escolheu uma muda de ypê amarelo

Alunos de 4 a 12 anos participaram da oficina de mudas

Junho 6, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente | | Deixe um comentário