Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Em visita a Maricá, prefeito e governador conversam sobre municipalização da Avenida Maysa

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Prefeito Washington Quaquá, primeira-dama e deputada estadual Rosangela Zeidan, e o governador Luiz Fernando Pezão em inauguração do retorno

A gestão do trecho da rodovia estadual RJ-102, que corta a região litorânea de Maricá e também é conhecida como Avenida Maysa, pode ser entregue à administração municipal nos próximos meses. A informação foi dada nesta quarta-feira (18/3) pelo prefeito Washington Quaquá, durante uma visita do governador Luiz Fernando Pezão ao novo retorno construído no quilômetro 40,5 da rodovia RJ-106, entre os bairros de Bananal e Espraiado, principal acesso a Ponta Negra.

O pedido para que a estrada litorânea passasse a ser de responsabilidade da Prefeitura tinha sido feito em janeiro de 2014, através de um ofício enviado ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ). Na ocasião, o documento propunha ainda que, caso a gestão apenas pelo município não fosse possível, os dois governos compartilhassem a administração da via. Sem dar maiores detalhes, Quaquá disse que as conversas sobre a municipalização do trecho, entre a Barra de Maricá e Ponta Negra, tiveram um bom avanço.

“Tive a oportunidade de conversar com o governador sobre o assunto e explicar qual é o meu projeto para aquela via, de asfaltar e remodelar. Ele respondeu informando que, da parte dele, não haveria qualquer problema. Agora vamos nos reunir novamente para ver a forma de conduzir esse processo. Vamos conversar mais ainda”, afirmou o prefeito.

Mais segurança na saída de Ponta Negra

O novo retorno construído na RJ-106 está aberto ao trânsito de veículos desde fevereiro e melhorou de forma significativa o trânsito no trecho, que era conhecido pelos constantes congestionamentos e acidentes. Agora, o motorista que sai da região de Ponta Negra pela RJ-118 (que liga o local a Jaconé e Sampaio Correia, em Saquarema) tem de acessar a estrada no sentido da Serra do Mato Grosso para, mais à frente, fazer a conversão de sentido em direção a Niterói, com a opção de acessar o bairro do Espraiado. Antes da obra, era preciso a intervenção muitas vezes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar para organizar o cruzamento.

A visita do governador Luiz Fernando Pezão foi acompanhada pelo prefeito Washington Quaquá e pela deputada estadual e primeira-dama e deputada estadual, Rosângela Zeidan, além de membros da equipe de governo municipal e outras autoridades, como a prefeita de Rio Bonito, Solange Almeida. O DER-RJ executou ainda pavimentação de 1,7 km e a recuperação da sinalização horizontal e vertical do trecho. Foram instaladas 12 novas placas para orientar os motoristas sobre as saídas dos novos acesos. Além disso, foi colocada uma sinalização horizontal, com pinturas no pavimento e instalação de tachas refletivas, para delimitar e delinear as faixas de rolamento na via. A obra contou com um investimento total de aproximadamente R$ 3 milhões.

"Vamos seguir formando novas parcerias aqui em Maricá e em outros municípios. O estado do Rio perdeu muito nos últimos anos em razão de inúmeras divergências e o único caminho neste momento difícil é trabalhar juntos", ressaltou Pezão, adiantando que a cidade deverá receber em breve o projeto Gabinete Itinerante, em que o governador leva 29 secretarias e órgãos públicos estaduais ao município durante um dia inteiro, das 9h às 17h. Nesta quarta, o projeto esteve em São Gonçalo.

Novo retorno está aberto desde fevereiro e melhorou de forma significativa o trânsito no trecho, que era conhecido pelos constantes engarrafamentos

Quem sair da região de Ponta Negra tem de acessar a estrada no sentido da Serra do Mato Grosso para fazer a conversão de sentido em direção a Niterói

Anúncios

Março 20, 2015 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, Urbanização | | Deixe um comentário