Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Lula informa o falecimento da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva

É com grande pesar, que informo o falecimento da nossa ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos e ensejo de força ao nosso eterno presidente Lula.

A informação foi dada por sua filha Lurian Silva, que neste momento segue para São Paulo de encontro ao seu pai.

nota de falecimento de Dona Marisa Lula da Silva

 

Na rede social Lurian manifestou seu pesar

Lurian Silva com Sandro Luis da Silva e Fabio Silva.

 Rio de Janeiro ·

Dona Marisa com Lula

"Agora, o braço não é mais o braço erguido
num grito de gol
Agora, o braço é uma linha, um traço,
um rastro espelhado e brilhante
E todas as figuras são assim:
desenhos de luz, agrupamentos de pontos,
de partículas, um quadro de impulsos,
um processamento de sinais
E assim dizem, recontam a vida…
Agora retiram de mim a cobertura de carne
Escorrem todo o sangue
Afinam os ossos em fios luminosos; e aí estou:
Pelo salão, pelas casas, pelas cidades
Parecida comigo
Um rascunho
Uma forma nebulosa, feita de luz e sombra
Como uma estrela
Agora, eu sou uma estrela…"
#sigaocaminhodaluz
#diatristeparafamilia

Lula e D, MarisaEx-primeira-dama e mulher do eterno presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dona Marisa Letícia Lula da Silva, 66, teve morte cerebral nesta quinta-feira (2).

Complicações causadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico, por isso internada em estado grave no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde 24 de janeiro. O quadro acabou se agravando na tarde desta quarta (1º), com a redução da atividade cerebral.

Marisa deixa os filhos Marcos, de seu primeiro casamento e adotado por Lula, mais Fábio, Sandro, Luís Cláudio, a enteada Lurian (filha do ex-presidente), e o marido, Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois foram casados por 43 anos.

Fevereiro 2, 2017 Posted by | jornalismo | , , , , | Deixe um comentário

Néa Corado uma mestra que deixa saudades

Nea Corado Faleceu na manhã desta terça-feira, no hospital do Andaraí, a amiga e mestra Néa Corado, que lutava contra o câncer.

Néa deixa saudade no coração de muitos que ajudou a formar, professora de português e literatura, conhecida como a Rainha da Redação, possuidora do Dom de ensinar, era exemplo e referência… sempre despertava os alunos para um mundo amplo, abrindo a porta do conhecimento, onde sonhos são sem fronteiras.

Professora Néa Corado Residente em Maricá, Néa Corado sempre foi admirada por muitos e muito querida por todos que a conheciam, Néa era um exemplo de mulher guerreira, inteligente, elegante, empoderada, amava o trabalho que fazia, nos momentos de lazer, amava dançar, boa musica, viajar e estar com amigos.

“Com ela tenho uma história interessante, há mais de 29 anos… quando cheguei em Maricá, fui sua aluna. Muitos anos se passaram, tive dois filhos, e ambos foram seus alunos também. Posso dar o depoimento de que os anos se passavam e o amor de Néa em formar indivíduos, só aumentava com o passar do tempo. A cada conquista, a cada vitória de um aluno, Néa vibrava, seus pupilos eram seu orgulho. Todos sentiremos sua ausência, mas sempre lembraremos de seu sorriso, do seu jeito calmo de lidar com o próximo, de sua elegância ao dançar e de seu amor pela vida. Néa cumpriu sua missão neste plano terrestre, agora é uma estrela, uma luz radiante a brilhar no infinito. A ela minha homenagem e eterna Gratidão”. Jornalista Rosely Pellegrino, editora deste blog de notícias.

O enterro será nesta quarta-feira, 10h no cemitério Jardim da Saudade, Capela A, em Sulacap, no Rio de Janeiro. Endereço: Av. Carlos Pontes, 500 – Sulacap, Rio de Janeiro – RJ

Néa, grande mestra!!! Você sempre estará em nossas lembranças e em nossos corações. Vai com Deus amiga, brilhe e irradie luz, encontre Paz.

Néa Corado e amigasNéa Corado e amigos

Néa e amigasNéa em viagem com amigos

Endereço: Av. Carlos Pontes, 500 – Sulacap, Rio de Janeiro – RJ

Outubro 25, 2016 Posted by | Educação, Maricá | , , | Deixe um comentário

Nota de Falecimento: A família de Orpheu dos Santos Salles comunica seu falecimento

Conhecido entre os jornalistas como o QUIXOTE DO SÉCULO XXI, Orpheu era o último funcionário vivo de Getúlio Vargas

É com grande pesar que comunico o falecimento do estimado amigo de Maricá, Orpheu dos Santos Salles, que estava internado no Copa D’or, desde o começo de julho. Os médicos (e ele) liberam a visita, no dia 13, segundo informações Orpheu estava um pouco deprimido, pois estava traqueostomizado sem falar. Imaginem o sofrimento, Orpheu sem falar. Quem o conhecia mesmo que fosse um pouco entende o que falo. Orpheu era um sábio, um amigo que tinha a expertise da vida correndo em seu sangue, um amigo com quem eu tinha prazer de conversar, e ele sempre me levava a viajar pelo tempo quando contava histórias políticas do passado, para explicar o presente. Descanse em paz meu amigo. Aos familiares meus sentimentos. (Rosely Pellegrino editora deste blog de notícias).

Seu falecimento foi comunicado pela família nesta noite, abaixo transcrevo o texto de despedida de seu filho Tiago Salles.

 

Por Tiago Salles 

Orpheu dos Santos SallesEssa era sua foto predileta, ele usava para tudo, até para a carteira de identidade.

Algumas vezes, inclusive nas cerimônias do Troféu Dom Quixote, falei sobre a grande admiração que tenho pelo meu pai. Além de amigo, confidente e conselheiro ele sempre foi o meu herói. Em todas as batalhas que enfrentava, em todas as adversidades que a vida nos impunha, ele sempre se manteve forte. Foi preso, passou pela solitária, foi privado do convívio com os amigos e familiares, constrangimentos diversos, sempre por acreditar na democracia ou por defender os seus amigos.

Durante os últimos 18 anos que trabalhamos juntos passamos por muitos problemas, mas ele sempre me ensinou a ter calma e olhar para frente, acreditar no futuro e ter esperança.

Desde a infância escutava que sua maior vontade era chegar aos anos 2010, sua vontade era tanta que até Deus apareceu em seus sonhos para dizer que ele conseguiria, desde que maneirasse na comida e na bebida (essa parte ele não entendeu muito bem), mas Deus cumpriu sua palavra e deu-lhe, inclusive, uma prorrogação.

Durante os últimos meses estávamos trabalhando em sua biografia, que já se encontra no prelo. Era muito gostoso relembrar suas histórias e memórias, foram momentos que jamais esquecerei. De tantas histórias, uma o define bem. Certa vez, durante um interrogatório no DOPS, um tenente o chamou de Agitador Comunista e escutou a seguinte resposta: "Alto lá, senhor, comunista não, sou Getulista e defendo os direitos dos trabalhadores, mas agitador eu serei sempre.”

Orpheu era um agitador sem igual, estava sempre inventado moda. Muitas vezes eu tinha que intervir, brigávamos pela manhã, mas ele fazia questão de me chamar para almoçarmos juntos logo depois.

Com diz nosso amigo Luis Felipe Salomão, era uma dessas pessoas que não existem mais. Uma generosidade inigualável, dividia tudo o que tinha e se não tivesse para dividir procuraria alguém que pudesse ajudá-lo a dividir o que não tinha.

Certa vez, um pouco abatido com a situação que estava vivendo no período da ditadura, viajando do Rio para São Paulo, parou na Catedral de Aparecida do Norte e procurou o Bispo para pedir-lhe um conselho. Disse que não estava mais suportando as perseguições e que não sabia mais o que fazer. Recebeu um conselho que seguiu durante toda a vida: “Orpheu, você é um desses homens que deve seguir a vida como uma vela, iluminando o caminho e queimando de pé até o fim.”

Ele iluminou nosso caminho e ficou de pé até seu ultimo momento.

Essa noite o céu não ganhará só uma estrela, ganhará um sol enorme!

Pai, pelo seu exemplo, pela sua postura e pela sua bravura será sempre a luz que irei seguir, será sempre meu norte, meu eterno timoneiro!

Orpheu viverá para sempre em nossos corações!

PS: O velório será na quinta, dia 18/08, de 10 às 15hs, na capela 5 no crematório do Memorial do Carmo no cemitério do Caju – RJ.

Agosto 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá | , | Deixe um comentário

Prefeitura Municipal de Maricá decreta luto oficial pela morte de Mestre Macuco

Texto: Rafael Zarôr (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

A Prefeitura de Maricá decretou luto oficial de três dias, a contar de terça-feira (19/07), pelo falecimento de João Batista da Silva, conhecido como “Mestre Macuco”, regente de orquestra de diversas bandas escolares do município. Mestre Macuco, que ganhou o apelido em referência a sua cidade natal na Região Serrana, tinha 51 anos e lutava contra um câncer. Ele faleceu no Hospital Icaraí, em Niterói, na terça-feira (19), vítima de insuficiência respiratória. O decreto nº 059, de 19 de julho de 2016, será publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) da próxima segunda-feira (25/07).

Mestre Macuco morou em Maricá por 40 anos e ganhou o Título de Cidadão Maricaense, em 1994, e uma Moção de Aplausos, em 2010, por seus serviços prestados na cidade ao longo da sua vida. Foi regente de bandas das escolas municipais Joana Benedicta Rangel e João Bezerra da Silva; do Colégio Estadual Elisiário Mata; Colégio Cenecista e Centro Educacional Milton Muniz, ambos da rede particular. Ele também fez carreira, exercendo os cargos de cobrador e despachante, na Viação Nossa Senhora do Amparo. João Batista era casado e pai de um filho.

Julho 22, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá | , | Deixe um comentário

Morre Iná Meireles, Presidenta da Comissão da Verdade em Niterói

É com profundo pesar que damos a notícia do falecimento de Iná Meireles, presidenta da Comissão da Verdade em Niterói, que nos deixou na manhã desta terça-feira (17). Nascida no Rio de Janeiro, Iná – que foi médica, formada pela Universidade Federal Fluminense – faria 67 anos na próxima quinta-feira (19).

Ela começou sua vida política cedo, integrando o movimento secundarista através do grêmio do Liceu Nilo Peçanha, em Niterói, e, desde os 15 anos de idade, esteve filiada ao Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Em 1967, participou das divergências internas do PCB que levariam à criação da Dissidência de Niterói e, posteriormente, ao Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8), de luta armada – aos moldes da guerrilha rural. Como militante do MR-8, Iná foi morar em Curitiba (PR), onde foi presa pelo Departamento de Ordem Política e Social, em uma operação coordenada pelo Centro de Informações da Marinha.

Ainda em Curitiba, foi barbaramente torturada e transferida, dias depois, para o Complexo Naval da Ilha das Flores, em São Gonçalo, onde – absolutamente incomunicável – passou 10 dias de torturas diárias.

Já com o processo em andamento, Iná Meireles foi transferida, em 1970, para o Presídio São Judas Tadeu e, após, para a Penitenciária Talavera Bruce, em Bangu. Condenada ainda pelo Superior Tribunal Militar, cumpriu sua pena até 10 de dezembro daquele ano.

A Comissão da Verdade em Niterói e a CODIR (Prefeitura de Niterói) enviam seus mais sinceros sentimentos de pesar à família e amigos.

Em tempo. Ainda não fomos informados sobre horário e local do velório e sepultamento da companheira Iná Meireles.

Novembro 17, 2015 Posted by | jornalismo | , | Deixe um comentário

Faleceu Beatriz de Melo Vieira 1924 – 2015

É com grande pesar que informo o falecimento de Dona Beatriz de Melo Vieira, matriarca da família Melo Vieira e pessoa muito querida e respeitada na cidade de Maricá. Ela faleceu em casa, na madrugada desta sexta-feira, aos 91 anos

O velório está sendo realizado neste momento 13h30min, na Capela do Cemitério de Maricá, e o enterro acontecerá as 15h.

Dona Beatriz de Melo Vieira 1924 - 2015

Maio 8, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá | , | 1 Comentário

Atriz Rosina Pagã falece em Los Angeles

Recebi esta notícia triste notícia de meu amigo Thiago de Menezes, escritor, jornalista e presidente da Federação das Academias de Letras e Artes de Estado de São Paulo.

“É com tristeza que comunico aos amigos(as) o falecimento hoje, aos 96 anos, em Los Angeles, de minha grande amiga, a cantora do rádio e atriz Rosina Pagã, depois de longa enfermidade. Desejo que sua alma descanse em paz, e me sinto com a sensação de dever cumprido por – depois de anos de insistência – ter cedido seu endereço particular para que a mesma fosse homenageada ainda em vida com o lançamento do Filme Documentário “Rosina Pagã-A história de uma cantora do Rádio”, dirigido por meu companheiro de lutas em prol do cinema nacional Dimas Oliveira Junior, que também tinha paixão eterna por esta cantora, atriz e pessoa maravilhosa. Nos anos de 1990, morei durante um tempo em Copacabana num apartamento, pago pela filantropa e socialite Rosina Pagã, então afastada da carreira artística, cuidando de sua irmã, a ex-vedete Elvira Pagã, que foi a amiga mais interessante e incrível que alguém poderia ter dito. Rosina começou a carreira em dupla com Elvira, compondo a famosa dupla Irmãs Pagãs, depois fez carreira solo como cantora, se radicou no México onde trabalhou no cinema, no Canadá e nos Estados Unidos, onde se destacou como das poucas brasileiras de sua época, anos 40/50 em boites, discos, filmes, programas de TV e outros. Embora ausente do Brasil, estivemos juntos em sua última e derradeira visita à terra que ela nunca esqueceu e que certamente, nunca a esquecerá. R.I.P. Rosina PAGÃ – Rosina Pagan (Rosina Cozzolino Nesbitt)”.

Fevereiro 4, 2014 Posted by | jornalismo, Teatro | , | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá decreta luto oficial pelo falecimento do ex-prefeito Édio Muniz

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Acervo Casa de Cultura

Prefeitura decreta luto oficial pelo falecimento do ex-prefeito Édio Muniz

A Prefeitura de Maricá decretou nesta terça-feira (05/11) luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-prefeito Édio Muniz de Andrade. Além do cargo de prefeito exercido de 1982 a 1987, Édio foi presidente do Rotary Clube da cidade e também presidente da Associação Comercial.

O corpo está sendo velado na Câmara Municipal de Vereadores, localizada na Rua Nossa Senhora do Amparo, 57 – Centro. O enterro será hoje (05/11), as 18 horas, no Cemitério Municipal.

Novembro 5, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá | , | Deixe um comentário

Luto oficial em Maricá pela morte da ex-secretária de Educação Lucimere Rodrigues de Melo

Texto: Comunicado oficial

A Prefeitura de Maricá decretou luto oficial de três dias pelo falecimento de Lucimere Rodrigues de Melo, ex-diretora do CAIC Elomir Silva, em São José do Imbassaí, e ex-secretária municipal de Educação. Em virtude da morte da ex-servidora, nesta quinta-feira (11/04), não haverá expediente nas escolas da rede municipal de ensino amanhã (sexta-feira, 12 de abril).

Nota desta editora: Aproveitamos para informar que os shows: de encerramento ao Projeto Cultural Golpe de 64, e Funk da Paz com Mc Meia Noite, programados pela Secretaria Municipal de Cultura para esta sexta e sábado respectivamente, no Anfiteatro da Praça Orlando de Barros Pimentel foram cancelados em respeito ao Luto por Lucimere Melo.

Abril 12, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá | , , | Deixe um comentário