Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Artes e cultura na Praça Orlando de Barros Pimentel durante aniversário da cidade Texto: Jorge André | Fotos: Clarildo Menezes e Fernando Silva

y15ct8uh022c

A programação da festa em comemoração aos 202 anos de emancipação político-administrativa da cidade está repleta de atividades. Durante o dia 26 de maio, a Praça Orlando de Barros Pimentel receberá uma edição especial do “Maricá Mostra Cultura” e da “Feira de Artesanato e Produtos da Terra”, projetos realizados respectivamente pela secretaria municipais adjuntas de Cultura, Ciência e Tecnologia e de Turismo em parceria com Agricultura, Pecuária e Pesca. Os eventos acontecem das 8h às 17h.

A feira de Artesanato e Produtos da Terra, que acontece toda quinta e sexta, na Praça Conselheiro Macedo Soares, reúne artesanato em MDF, bonecas de pano, bijuterias feitas com sementes de abobora, móveis em bambu, brincos com casca de coco, toalhas e tapetes bordados e objetos em crochê. Todos os produtos também estarão disponibilizados durante a programação do aniversário. O projeto disponibilizará ainda, biscoitos, doces caseiros, aipim, banana, laranja, limão e mel.

No Mercado das Artes, também na Orlando de Barros Pimentel, a pasta de Cultura, Ciência e Tecnologia lança, durante as festividades, o projeto Acervo Artístico e Cultural de Maricá. A iniciativa vai reunir 12 obras de artistas locais que usam como tema as belezas naturais e pontos turísticos do município. A inauguração do projeto acontece às 14h, e dá início ao acervo de Patrimônio Artístico do município. As obras são resultado do curso avançado de Artes Plásticas oferecido no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU).

A XXIX Gincana de Pintura, que teve seu período de inscrição ampliado para o dia 25/05 (atendimento no CEU é das 14h às 17h, e na Secretaria Adjunta de Turismo das 8h às 17h), também ocupará a Praça Orlando de Barros Pimentel. Segundo os organizadores, a intenção é valorizar e aumentar a exposição dos artistas da cidade e da região, dando ao público a oportunidade de conhecer a cultura maricaense. “Vamos movimentar nosso município, trazendo uma variedade cultural para moradores e turistas, contribuindo de alguma forma para fomentar a cultura, lazer e entretenimento”, comenta o secretário Romário Galvão.

A gincana será dividida em duas categorias. Estudante A de 5 a 8 anos, B de 9 a 12 anos, C atendendo aos artistas de 13 aos 16 anos e a categoria Adulto, que terá participantes nas modalidades pintura – acrílica ou óleo sobre tela – com dimensões de 40×50 até 50×70, Desenho/Aquarela – trabalhos em papel ou tecido (com três cores ou mais). A autenticação das telas, folhas de papel e de tecidos será realizada no dia do evento, das 8h às 9h30, na tenda montada na Praça Orlando de Barros Pimentel, em frente ao Mercado das Artes. Início será às 9h40 e o encerramento às 16h. A categoria Estudante, que começa às 14h30, será realizada apenas no interior da tenda montada em frente ao Mercado das Artes e será de modalidade única: Desenho (preto e branco ou colorido). É importante ressaltar que é de responsabilidade do artista trazer todo material para a categoria em que participará, incluindo o cavalete. O julgamento dos trabalhos terá início às 17h.

O evento pretende ainda ressaltar o município. O artista poderá retratar localidades como Lagoa de Jacaroá, Ponta da Preguiça, Igreja de Ubatiba, Igreja de Nossa Senhora do Amparo, Igreja de São Pedro, Lagoa de Araçatiba, Lagoa da Divinéia, Lagoa de Zacarias, Barra de Maricá, paisagens, ruas e casas antigas do Centro da cidade, que possam ser identificadas por seus nomes.

As inscrições, que já estão abertas, estão sendo realizadas no CEU, situado na Rodovia Amaral Peixoto, km 28, na Mumbuca, e na Secretaria Municipal Adjunta de Turismo (Praça Conselheiro Macedo Soares, Centro). O primeiro colocado ganhará o Troféu Di Branco, homenagem em vida ao artista plástico que mora na cidade. Além dos troféus e medalhas, os três melhores receberão premiação em dinheiro com R$ 1 mil para o vencedor, R$ 700 (segundo), R$ 500 (terceiro) e R$ 200 para o primeiro colocado geral na Categoria Estudante.

Artesões da cidade vão expor produtos das 8h às 17h

No Mercado das Artes, será inaugurado o acervo cultural do Município

Anúncios

Maio 24, 2016 Posted by | arte, cultura, Exposições, Feiras e Eventos, jornalismo, Lazer, Maricá, projeto cultural, social | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Maricá Mostra Cultura acontece sábado no Centro

Galeria a céu aberto, com exposição e venda de arte e artesanato dos artistas plásticos e artesãos do Município de Maricá

Texto: Jorge André | Fotos: Fernando Silva

DSCN0971DSCN0976DSCN0980DSCN0985DSCN6514DSCN6545

Neste sábado (12/12) e no próximo (19/12) acontecerá na Praça Orlando de Barros Pimentel, Centro, das 9h às 22h, mais uma edição do projeto Maricá Mostra Cultura. Desenvolvida pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciências e Tecnologia, a feira é uma boa pedida para quem quiser antecipar as compras de Natal com boas opções de artesanato, bijuterias e artes plásticas. Os visitantes poderão, ainda, saborear uma diversidade de doces caseiros.

Entre os expositores está Maria da Gloria Manzone, 60 anos, cujo trabalho é a base de material reciclado. Segundo ela, seus produtos já foram expostos em diversas feiras, inclusive na Espanha. Ela acredita que a Maricá Mostra Cultura é um excelente projeto e transformará a cidade em um grande centro artístico. “Adoro expor aqui. Quase não saio de casa e quando tem esse evento é uma oportunidade de conhecer pessoas, trocar experiências e colocar a cidade no circuito das artes no Estado”, afirmou. Entre materiais que usa estão ladrilhos, madeira, alumínio e casca de ovo.

Para a coordenadora Rosely Peregrino, a Maricá Mostra Cultura está, a cada edição, caindo no gosto tanto dos artesãos quanto da população. “As vendas estão me surpreendendo. Os artistas tem mostrado grande interesse em expor aqui, e a população tem participado e comprado cada vez mais. Isso é um sinal de que o projeto está dando certo. Acredito que será um ótimo Natal para todos”, comemorou.

Quem quiser participar do projeto deve, obrigatoriamente, ser morador de Maricá, artista plástico, artesão ou escritor interessado em divulgar e vender suas obras. Para expor na feira, é necessário possuir tenda branca e lâmpada de emergência. As inscrições podem ser feitas no próprio local ou através dos telefones 2634-1165 e 96463-9464 (falar com Rosely Pellegrino).

A estudante Marcelle Vianna, 15 anos, mora em Cabo Frio, e sempre que pode visita a feira e leva para casa algum produto. “Minha madrasta mora aqui e venho sempre com meu pai. Acho muito legal, os produtos são lindos e os preços bem em conta”, afirmou. A mesma opinião tem Rosilaine Gomes, 49 anos, moradora de Guaratiba. “As peças são diferentes e o preço cabe no bolso. Esta feira deveria acontecer mais vezes”, sugeriu.

Dezembro 11, 2015 Posted by | arte, cultura, Feiras e Eventos, jornalismo, Lazer, Maricá, Maricá Mostra Cultura, projeto cultural | , , , , , | Deixe um comentário

Artistas de Maricá são premiados no I Salão de Belas Artes Marco Antônio Cardoso Siqueira

texto: Fonte texto PMM. Fotos: Antônio Carlos Magalhães, Fernando Antônio da Silva e Rosely Pellegrino

Na oportunidade personalidades do mundo da Cultura foram condecoradas pela FALASP, com medalha de Medalha de Mérito Assis Chateaubriand, e Diplomas de Mérito Cultural Empreendedor Santos Dumont

 

DSCN9274 DSCN9268 O Centro de Artes e Esportes Unificados Marco Antônio Cardoso Siqueira (CEU), na Mumbuca, recebeu neste sábado (14/11) a primeira edição do Salão de Belas Artes de Maricá. Desenvolvida pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, a mostra reúne obras de diversos artistas do município, nas categorias de pintura, escultura, desenho e fotografia, em um dos salões do “CEU” homenageando “em memória” Marco Antônio Cardoso Siqueira, irmão do prefeito Washington Quaquá, que tem o seu nome no Centro de Artes e Esportes, e era incentivador da cultura, homenageando também em memória, seu amigo e artista plástico, Lincoln Lacroix Leivas, radicado em Maricá, que além de pintar Maricá, e mostrar as belezas do município para o mundo, desenhou inúmeras residências de luxo, que ainda hoje são admiradas, belo estilo e bom gosto.

DSCN9436Na avaliação do secretário municipal adjunto de Cultura, Romário Galvão, o trabalho amplia de forma considerável os espaços onde os artistas podem expor suas obras. A iniciativa, ainda segundo o secretário, ganha ainda mais força a partir do momento em que recebe o reconhecimento de órgãos importantes do setor. “A importância deste Salão está na possibilidade de o artista ter um espaço para divulgar sua arte, seus trabalhos, chancelado pela Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo (FALASP), Academia Brasileira de Belas Artes e Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP, comentou.

DSCN9312DSCN9355A cerimonia de abertura contou com a presença de representantes do governo, artistas e público.

Organizado pela FALASP e seu Núcleo de Maricá da FALASP, com curadoria da Academia Brasileira de Belas Artes ABBA e apoio da ALAP e participação do Setor Cultural da ‘Câmara de Comércio, Indústria e Turismo de Santa Lúcia (Ilhas do Caribe), contando com a presença presidente da Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo, Grão Colar Conde Thiago de Menezes, o Salão colocou em um mesmo espaço obras da escola impressionista, cubistas e realistas, entre outros estilos. O artista plástico Di Branco, o secretário de Cultura, Romário Galvão, e o Diretor Executivo da IDB Brasil (empresa proprietária do Complexo Turístico da Fazenda São Bento da Lagoa), David Galipienzo.

DSCN9483Premiados no I Salão de Belas Artes Marco Antônio Cardoso Siqueira

Medalha – Obra – nome do artista

Meg Carvalho recebeu medalha de Ouro no I Salão de Belas Artes de Maricá Ouro – Ruínas de Algum Lugar –  Meg Carvalho DSCN9461

DSCN9516 Prata – Africana – Beth Morgado DSCN9455

DSCN9518 Prata – Cidade Maravilhosa – Billé DSCN9453

Selma Aquino desenho pastel acervo Decepção Bronze – Decepção  – Selma Aquino DSCN9475

Renata Oliveira Nascimento dançando na chuva Bronze – Dançando na Chuva – Renata N

VINICIUS WERNECK GALANO memorias e calçadas Bronze – Calçada da Vida – Vini Gaiano DSCN9477

DSCN9517 Bronze – Gaivota – Cassia

Hors Concours

DSCN9468DSCN9472A artista Milla, moradora em Cordeirinho, recebeu as medalhas e ouro e prata hors concours, com as obras “De boa com meu buldogue francês” e “Homenagem à Mão Preta”. “Estou muito feliz e surpresa com a premiação. Acho importante e necessário este Salão para a cidade e para os artistas daqui”, declarou.

DSCN9522 Ouro – “De boa com meu buldogue francês”  – Milla

DSCN9521 Prata -  “Homenagem à Mão Preta” – Milla

Participação Especial

DSCN9526 Ouro – “As Marias” Di BonilhoDSCN9480

Medalhas e Condecorações entregues pela FALASP

Medalha de Mérito Assis Chateauxbriand

_DSC0132[1]David Galipienzo da IDB Brasil – Diretor Executivo Iniciativas e Desenvolvimento Imobiliário, ao ser homenageado comentou “Este tipo de iniciativa ajuda no desenvolvimento cultural, principalmente em cidades longe dos grandes centros. Gostei muito das obras, da iniciativa. A cultura é importante em qualquer lugar”.

_DSC0183[1] Dr. André Luiz Soares Cruz – Presidente da “Associação de Imprensa do Estado do Rio de Janeiro – AIERJ”

_DSC0193__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Dr. Ricardo da Silva Rocha – Presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Turismo Brasil Santa Lúcia (Ilha do Caribe)

_DSC0227[1] Yara Mochiaro – Acadêmica da “Academia Brasileira de Belas Artes” e da “Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP”

_DSC0211[1] Sylvia Roriz de Carvalho – Acadêmica da “Academia Brasileira de Belas Artes” e Membro da “ACONBRAS – Associação dos Cônsules no Brasil”

DSCN9399 Selene de Lima Maria – Comendadora da “FALASP – Federação das Academias de Letras e Artes de São Paulo” e Membro da Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP”

Diploma Mérito Cultural Empreendedor Santos Dumont

_DSC0153_FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Romário Galvão  – Secretario Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá

_DSC0169__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Andrea Cunha Monken – artista plastica, atual Subsecretária Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá

_DSC0157__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Sady Bianchin – Poeta, ator, jornalista, diretor teatral e sociólogo. Doutor em Teatro e Sociedade pela Universidade de Roma- Itália,  mestre em Ciência da Arte – UFF.

_DSC0139[1] Marisete Cardoso – Presidente da Câmara de Lojistas de Maricá  – CDL Maricá

_DSC0144__FOTO_FERNANDO_SILVA[1]Di Branco – artista plastico autodidata, morador de Maricá/RJ, tira da cultura brasileira e sua natureza a inspiração para suas obras. Artista com obras espalhadas pelo Brasil e pelo mundo, conta em seu currículo com  diversas exposições individuais e coletivas.

Aos 72 anos de idade, o artista plástico Di Branco que já teve obras expostas por salões dos Estados Unidos e Europa e há 42 anos escolheu Maricá para morar. Ele ficou surpreso com a qualidade dos materiais expostos. “Não esperava tamanha qualidade das produções. Acho que quem passar por aqui também vai se surpreender”, afirmou.

Para o casal Alexandre e Rosaura Schiachticas, também com obras no Salão, a iniciativa da Prefeitura é importante para mostrar ao município as obras dos artistas da cidade. “Maricá merece um Salão assim. Está muito interessante e os artistas estão interagindo”, comentou Alexandre.

O presidente da Falasp, Thiago de Menezes, ressaltou o trabalho desenvolvido pela administração municipal na divulgação do trabalho artístico da cidade. “Este evento é fundamental para que a cidade conheça de forma mais profunda seus artistas”. Yara Mochiaro e Sylvia Roriz, representantes da Academia Brasileira de Belas Artes, presentes ao evento, também parabenizaram a cidade pela iniciativa.

Secretário Municipal de Cultura, Ciência e Tecnologia Romário Galvão, descerrou a fita e inaugurou o Salão de Belas Artes juntamente com o presidente da Falasp Conde Thiago de Menezes

Mulher Alada obra do artista radicado em Maricá, homenageado em memória, Lincoln Lacroix Leivas

O público ficou encantado com a qualidade das obras expostas

  DSCN9442

DSCN9447DSCN9450

DSCN9506Di Bonilho presenteou o presidente da Falasp Conde Thiago de Menezes, com a obra Bumba Meu Boi, da coleção Folclore Brasileiro.

DSCN9509Artista plastico Di Bonilho, a representante do Núcleo da FALASP em Maricá, desde 2008, Jornalista Rosely Pellegrino, editora deste blog de notícias e Produtora de Eventos Culturais, na Secretaria Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá e o presidente da FALASP Conde Grão Colar Thiago de Menezes

O I Salão de Belas Artes Marco Antônio Cardoso Siqueira ficará aberto até o dia 26/11, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h . O CEU fica no Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), km 28, na Mumbuca

Novembro 17, 2015 Posted by | arte, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, projeto cultural, social | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá convoca artistas e artesãos do Município

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, convoca os artistas plásticos, artesãos e artistas do Município de Maricá, que não participaram da reunião realizada no dia 15, na Casa Digital, para se inscreverem para as feiras do Maricá Mostra Cultura, que irão acontecer nos dias 5 sexta-feira, 6 sábado e 12 de junho Dia dos Namorados, na Praça Orlando de Barros Pimentel.

Maricá Mostra Cultura é a maior feira cultural de Maricá, reunindo trabalho de mais de 100 artistas do município.

DSCN0858Mais de 70 artistas participaram da reunião realizada pelo secretário adjunto de Cultura de Maricá, Romário Galvão, com os artistas e artesãos do Município de Maricá, na Casa Digital no dia 15 de maio.

Como participar?

Para participar tem que ser residente em Maricá, ter uma tenda branca 2×2, luz de emergência de led (para iluminar as mercadorias a noite), mesa ou expositor para apresentar a mercadoria para venda.

A feira irá acontecer nos dia 5, 6 e 12 de junho, na Praça Orlando de Barros Pimentel, das 9h as 22h, todos os artistas tem que chegar as 8h, no máximo.´

Para confirmar sua participação, se você não participou da reunião, entre em contato pelos telefones (21) 992194235, (21) 969909640, falar com Rosely Pellegrino.

Maio 23, 2015 Posted by | arte, cultura, Feiras e Eventos, jornalismo, Lazer, Maricá, Maricá Mostra Cultura, shows e eventos, turismo | , , , | Deixe um comentário

Lançamento do “Música nas Escolas” pretende despertar conhecimento sonoro nos alunos da Educação Básica de Maricá

O encontro foi realizado no Centro de Artes e Esportes Unificados CEU  de Maricá e contou com a participação de 53 professores das unidades escolares e do Núcleo de Música da Cultura.

Fonte PMM

DSCN0835Idealizador e participante do projeto, o professor de Artes Sérgio Paulo Aranda, a proposta não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade e a integração dos alunos.

Lançamento do “Música nas Escolas” pretende despertar conhecimento sonoro nos alunos

Secretário Municpal de Educação de Maricá Willian Campos e o professor Sergio ArandaSecretário Municipal de Educação Willian Campos, na abertura do lançamento do Projeto de Musicalização nas Escolas, ao lado do professor Sergio Aranda

Com objetivo de despertar e ampliar o universo sonoro dos alunos da Educação Básica do município de Maricá, as secretarias municipais adjuntas de Cultura e Educação lançaram nesta segunda-feira (11/05) o projeto “Música nas Escolas”, uma adequação à lei nº 11.769, de 18/08/2008, que determina a inclusão do ensino da música como conteúdo obrigatório em toda a Educação Básica. O encontro foi realizado no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) e contou com a participação de 53 professores das unidades escolares e do Núcleo de Música da Cultura.

De forma dinâmica e lúdica, o projeto busca apresentar um breve estudo sobre músicas folclóricas, maracatu, cantigas de ninar, frevo, jongo e samba. De acordo com o idealizador e participante do projeto, o professor de Artes Sérgio Paulo Aranda, a proposta não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade e a integração dos alunos.

“A ideia é trabalhar de forma interdisciplinar. Cada escola tem autonomia para decidir como incluir esse conteúdo de acordo com seu projeto político-pedagógico”, explicou o professor, que apresentou os detalhes do projeto e entregou aos professores um DVD com atividades que podem ser inseridas e desenvolvidas na rotina escolar. “Periodicamente, iremos visitar as escolas para saber como está o andamento do projeto, apresentarmos os instrumentos musicais e propormos ideias que estimulem a sensibilidade e a coordenação motora dos alunos”, acrescentou. O cronograma de visitação ainda será definido pelo grupo, mas serão priorizadas as unidades que funcionam em tempo integral, por meio do Programa Municipal de Educação em Tempo Integral (Prometi).

Secretário Municipal de Cultura de Maricá Romário Galvão prestigiou a abertura do projeto dirigido pelo professor Sergio Aranda e enfatizou a importância desta formação para os alunos. Romário afirmou que está trabalhando juntamente com o secretário de Educação Willian Campos para o fortalecimento do projeto.

Lançamento do Projeto Musicalização nas Escolas do Ensino Médio de Maricá foto Rosely PellegrinoSecretário Municipal de Cultura de Maricá Romário Galvão e o Professor Sergio Aranda no lançamento do projeto de musicalização nas escolas. Foto Rosely PellegrinoRomário Galvão, secretário municipal de Cultura de Maricá fortalecendo o projeto musicalização nas escolas, na foto com o professor Sergio Aranda foto Rosely Pellegrino Secretário Municipal Adjunto de Cultura Romário Galvão ao lado do professor Sergio Aranda, falou da importância da musicalização na formação de pessoas melhores.

Para um dos  músicos participantes do projeto, o cantor Ronaldo Valentim, o “Música nas Escolas” tem uma proposta fundamental para a socialização das crianças. “Nossa missão é despertar a nobreza das crianças por meio da arte e da música, resgatando o valor dos mais diferentes estilos musicais”, declarou o cantor. Além do cantor, o Núcleo de Música da Cultura é composto por Dalva Alves (vocal), Pedro Szygethy (violoncelo), Paulo Ernani (Cajon), Dalbert Lopes (violino) e Sérgio Aranda (percussão).

Para a professora de Atividades Diversificadas da Escola Municipal Rita Cartaxo, Adriana Fernandes, o encontro foi muito proveitoso por sugerir ideias que permitam inserir a musicalidade no contexto escolar. “Enquanto assistia à apresentação do projeto, já estava imaginando o que poderia fazer em sala de aula com meus alunos para aguçar o interesse deles e despertar ainda mais a criatividade”, disse.

Quem também aprovou o projeto foi Ester de Faria, professora de Educação Infantil do CAIC Elomir Silva. “Este trabalho é maravilhoso e vai ao encontro de nossas necessidades. Ele permite que possamos complementar a nossa bagagem cultural e também despertar nos alunos o interesse pela musicalidade fazendo a criança interagir de forma natural”, destacou a professora.

Projeto contará com artistas do Núcleo de Música da Cultura

Professores das unidades de educação básica participaram do lançamento do projeto

Para a professora Ester de Faria, o projeto permite despertar nos alunos o interesse pela musicalidade

Para a professora Adriana Fernandes, o projeto contribui na inserção da música no contexto

Maio 13, 2015 Posted by | cultura, Educação, jornalismo, Maricá, musica | , , , | Deixe um comentário