Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Comissão de Educação promove Audiência Pública na FAETEC

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) promove, nesta quarta-feira, uma audência pública de três unidades da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), em Marechal Hermes, para conversar com alunos da região que participam do movimento "Ocupa Escola". A audiência pública será no auditório da Faetec, às 10h.

"O presidente da Faetec acaba de ser nomeado secretário de educação num momento de crise, com professores em greve,alunos ovmcupando escolas e unidades da Faetec. O governo do Estado perdeu o controle da situação", afirmou a deputada Zeidan que é membro da Comissão.

Na véspera da saída de Victer, a deputada Zeidan participou de uma reunião de quatro horas com o governo e a Comissão para encontrar uma solução para o impasse. Mas os deputados foram surpreendidos pela troca do comando sem que fossem sequer participados o que gerou protesto dos parlamentares hoje no plenário.
Foto Divulgação Mandato Zeidan Paulo Polônio

Foto de Deputada Zeidan.

Foto de Deputada Zeidan.

Anúncios

Maio 18, 2016 Posted by | Educação, jornalismo, Legislativo | , , , | Deixe um comentário

Zeidan vota contra aumento de ICMS para o comércio

Num momento de grave crise econômica, a deputada Zeidan votou contra a lei 7.176/15, que criou a Taxa Única de Serviços Tributários da Receita estadual, aprovada em dezembro do ano passado. Se a taxa começasse a valer, o comércio sairia fortemente prejudicado.

Foto de Deputada Zeidan. "Atendi ao apelo do CDL de Maricá, da sua presidente Marisete Moreira Cardoso, e de outras regiões também que nos procuraram, por entender que vários empregos seriam ameaçados com esse aumento do ICMS", justificou Zeidan.
Em março, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu uma liminar suspendendo os efeitos da Lei.

Os comerciantes, ao invés de pagarem pelo serviço sempre que o demandarem, terão que desembolsar a cada três meses um valor preestabelecido na tabela progressiva, ainda que não haja solicitação de qualquer prestação de serviço.

"Até mesmo uma empresa com zero de saída, zero de faturamento e zero de documentos terá que pagar trimestralmente a taxa. Isso é um absurdo", explicou a deputada Zeidan

Foto: Divulgação Mandato Zeidan / Paulo Polônio

Maio 17, 2016 Posted by | jornalismo, Legislativo | , , , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan convida prefeito Eduardo Paes a conhecer Maricá

Foto de Rosangela Zeidan. A Deputada Rosangela Zeidan, na madrugada desta quinta-feira, em sua página pessoal do Facebook, após ter sido divulgado pela imprensa o teor da escuta telefônica, na qual o Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes em conversa como ex-presidente Lula, deprecia o Município de Maricá, assim como aos municípios vizinhos, São Pedro da Aldeia e Araruama, dizendo serem estes … uma MERDA DE LUGAR, saí em defesa de Maricá e convida Paes a vir conhecer o Município, abaixo o texto na íntegra:

“Prefeito Eduardo Paes, venha conhecer Maricá!

E nesse dia tão tenso de tentativa de golpe no Brasil, sobrou até pra Maricá, São Pedro e Araruama. Por Maricá, o que podemos dizer ao Prefeito Eduardo Paes é que a Prefeitura da nossa cidade está participando, até dia 19, na Europa, na maior Feira Internacional em Cannes de investimentos empresariais e imobiliários, a MIPIM, despertando o interesse de investidores para desenvolver o turismo local na nossa cidade. Uma prova de que a cidade além de linda tem potencial de atração de investidores.

Além de turismo, somos um governo que melhorou muita coisa em Maricá para o povo mais pobre que tem ônibus de graça da Prefeitura, a chamada tarifa zero; recebem moeda social, e lançamos o Minha Casa Minha Vida para três mil famílias.

E nosso mandato na Alerj tornou lei algo que já deveria ter ocorrido há muito tempo e NINGUEM pensou: declarar a nossa bela Maricá, cidade de interesse turístico para estimular investimentos e termos respeito de fora, para atrair justamente mais respeito de quem não nos conhece.

A lei 7227 / 2016 foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão, na semana passada, no dia 9. Com certeza, isso nos trará apoios como a participação no Prodetur; no Cidades Maravilhosas e no projeto de sinalização turística, feitos pela secretaria estadual de turismo, com o apoio também do governo federal.

Há muito tempo, investimos no turismo e por isso criamos a Revista Maricá Já. Agora, com a aprovação da lei mais investimentos podem chegar na cidade. Estamos representando o que temos de melhor porque não temos aqui só turismo, somos a cidade da Tarifa Zero; da Agroecologia; da Economia Solidária e do Festival internacional da Utopia, que acontece em junho. O Brasil e o Estado tem um potencial que deve ser estimulado”.

Zeidan Deputada

Março 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá | , , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan critica Pezão e defende Lula em discurso

Neste dia em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, nós, mães, mulheres, trabalhadoras, refletimos sobre os vários setores sociais do Estado do Rio de Janeiro

Abaixo acompanhe na íntegra a fala da Deputada Estadual Zeidan (PT)

 “Vivemos hoje tempos difíceis, com graves prejuízos à democracia, quando a arbitrariedade se traveste de justiça, estabelecendo um quase estado de exceção. Em manifesto flagrante de perseguição ao nosso ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o mais popular e melhor Presidente que o Brasil já teve, na minha opinião, na opinião de muitos brasileiros e de instituições internacionais, que tiveram o único Presidente do Brasil compondo grupos como o G-8, por exemplo. Afinal, condução coercitiva acontece quando alguém que é intimado a depor perante o juiz não comparece, e Lula jamais se negou a depor e sequer foi intimado.

Todavia, os lamentáveis fatos que atentam a política nacional não podem, Sra. Presidente, desviar nossa atenção do cenário, do caos administrativo que se abate hoje sobre o Estado do Rio de Janeiro. São fatos que também não podem, colegas Deputadas e Deputados, impedir nossa avaliação sobre as fragilidades e deficiências do Governador Pezão na conduta desse Governo. Nesse sentido, quero fazer coro às corajosas palavras do nosso Presidente Jorge Picciani, que denunciou que o Governo Pezão é muito fraco e sem direção. É inadmissível que o Governo insista em prejudicar os mais pobres, os mais fracos e mais excluídos em sua política de contenção de gastos, sem coragem de cortar privilégios e atacar grandes contratos – alguns, inclusive, com graves denúncias de corrupção.

Neste dia em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, nós, mães, mulheres, trabalhadoras, refletimos sobre os vários setores sociais do Estado do Rio de Janeiro. Ainda hoje temos as mulheres com grande diferença salarial em relação aos homens, mas alguns desafios estão sendo enfrentados por esta Casa, como a questão da violência contra mulher, de cuja Comissão Parlamentar de Inquérito tive a honra de ser relatora, visitando as unidades prisionais do estado e ouvindo setores do estado e da sociedade civil, em conjunto com minhas companheiras Deputadas desta Casa.

Vivemos em um estado conflagrado, cujas categorias de servidores se levantam contra o sucateamento da máquina pública, e até mesmo a ameaça de extinção de serviços essenciais. Mobilizações para greves e paralisação de servidores, servidoras e usuários têm sido constantes em escolas estaduais, postos do Detran e postos de saúde.

Como ficar cega para a escalada da violência, principalmente nas nossas comunidades, quando balas perdidas e intencionais vitimizam, sobretudo, nossos jovens e nossas jovens, crianças negras e faveladas? Como tolerar os constantes atrasos salariais de trabalhadoras e trabalhadores terceirizados, em grande parte corresponsáveis pelos serviços prestados à nossa população? Como suportar que o pagamento do 13º salário tenha virado uma novela sem previsão de final feliz, a que todos assistimos aqui no ano passado?

Por fim, Sra. Presidente, lamento a atitude daqueles que fazem uso político da tragédia de Maricá e do drama dos maricaenses para atacarem meu partido, o PT, com acusações levianas e infundadas. Considerando que o debate eleitoral só é saudável quando oportuno e verdadeiro, resta perguntar onde estavam quem atacou o PT enquanto a chuva desabava sobre Maricá. O que fizeram para diminuir a dor de nossos desabrigados?

Quero esclarecer aos meus nobres colegas Deputadas e Deputados que o condomínio Minha Casa, Minha Vida não foi construído em área de risco, tendo inclusive obedecido ao código de obras e a órgãos ambientais, inclusive com licenciamento do Inea. A prova disso é que, tão logo a Prefeitura abriu o canal do Recanto de Itaipuaçu, a água escoou.

A Prefeitura de Maricá solicitou, ainda em dezembro do ano passado, a limpeza desses canais como medida preventiva para as chuvas de março, oferecendo-se para realizar o serviço. A recusa do Governo Estadual, por intermédio do Inea, favoreceu as enchentes e suas consequências que vimos na mídia durante a semana passada. A Prefeitura de Maricá tem os documentos que comprovam a negativa do Inea, que impediu e proibiu o município de realizar o trabalho preventivo de dragagem dos rios e canais – estão à disposição em meu gabinete para qualquer Deputado que queira consultar.

Tão logo as chuvas se intensificaram, na própria segunda-feira, liguei para o Governador Pezão, alertando sobre a conduta do Inea. Os técnicos do órgão só apareceram na cidade alagada quando a Prefeitura já havia decidido abrir o canal da Barra de Maricá e desobstruir todos os outros pontos de estrangulamento na cidade.

Colegas do Parlamento, a Prefeitura ainda esperou 24 horas, pasmem Exmos. Srs. Deputados, pelo documento oficial. E mesmo assim, após muita insistência da Secretaria da Prefeitura de Maricá.

Vale ressaltar que na enchente de 2010 que afetou todo o Estado do Rio, os senhores devem se lembrar, inclusive marcada pela tragédia do Morro do Bumba em Niterói, o então Governador Sérgio Cabral para mim e para todos nós em Maricá agiu como um Governador de fato, pois mesmo com o PMDB do Município de Maricá tendo outro candidato, o mesmo sobrevoou a cidade e se reuniu com o Prefeito Quaquá em Maricá para discutir ações conjuntas de emergência para aquele momento.

Muito diferente do acontecido agora, em que o Governador Pezão não deu um telefonema sequer para o nosso Prefeito. Eu inclusive não era Deputada, estava lá e recebi o Governador Pezão na minha cidade para discutir essas ações em 2010.

Quero esclarecer a esta Casa que o Partido dos Trabalhadores nunca fez nem faz parte do Governo Pezão. E que a bancada do partido decidiu pela independência crítica, onde a maioria dos Deputados petistas desta Casa, eu inclusive, temos votado contra o Governo sempre que os direitos dos trabalhadores estão ameaçados. Mas cabe ressaltar, somos aliados nacionais e respeitamos a aliança da política nacional PT-PMDB.

Por outro lado, muito me sensibiliza a imediata solidariedade desta Casa, da maioria dos Deputados aqui e de seu Presidente Jorge Picciani, que prontamente aprovaram a doação de cestas básicas e kits de higiene pessoal para as vítimas das chuvas em Maricá e Região dos Lagos, encaminhadas por mim e pela Deputada Márcia Jeovani. Muito obrigada a todos vocês.

De minha parte, como mulher, mãe, trabalhadora e parlamentar, sempre estarei ao lado dos atingidos dialogando com quem puder ajudar, independente se é desse ou daquele partido, se do Governo ou da oposição.

Por fim, quero agradecer a todos os Deputados e cidadãos do Estado que prestaram solidariedade ao povo de Maricá, aos homens e mulheres, mães e crianças, mães e pais, idosos de Maricá.

Quero aproveitar para parabenizar todas as equipes de voluntários e funcionários das Secretarias da Prefeitura de Maricá que começaram a agir com eficiência já durante a madrugada de segunda-feira, que foi o primeiro dia de chuva.

Quero agradecer em especial também às igrejas evangélicas da minha Cidade de Maricá e à igreja católica, aos pastores e aos padres que abriram suas portas numa parceria com a Prefeitura.

E quero parabenizar a solidariedade da população do Estado do Rio de Janeiro que cobriu Maricá e os demais municípios da região.

Quero agradecer em especial também às Secretarias de Estado: à Secretaria de Estado de Saúde, à Secretaria de Estado de Assistência Social, à Defesa Civil Estadual e à Marinha do Brasil, que atuaram rapidamente em conjunto com a Prefeitura de Maricá.

Por fim, sabemos todos que vivenciamos uma grande crise no Estado do Rio de Janeiro. Como Deputada, quero reafirmar aqui o meu compromisso de diálogo com todos aqueles que querem construir alternativas, independente de posições partidárias e políticas, para melhorar a vida da população do Estado do Rio de Janeiro”. (Conclui a leitura)

Esta tem sido a minha posição e a minha postura nesta Casa com todos os Deputados aqui presentes.

Muito obrigada a todos vocês, muito obrigada, Sr. Presidente Deputado Jorge Picciani.

No link abaixo assista a fala da Deputada Zeidan (PT)

https://www.youtube.com/watch?v=8Erv3Om8Mzk&feature=youtu.be

Março 11, 2016 Posted by | jornalismo, Legislativo | , , , , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan instala a Frente Parlamentar na Assembleia Legislativa e anuncia incentivos para os produtores rurais e projetos-de-lei que ajudem na comercialização de alimentos

Deputada Zeidan na Assembleia Legislativa cria uma Frente Parlamentar para tratar da reforma agrária e da agricultura familiar no Estado do Rio de Janeiro Pela primeira vez, a Assembleia Legislativa cria uma Frente Parlamentar para tratar da reforma agrária e da agricultura familiar no Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa foi da deputada Zeidan, do PT, que articulou a ação com outros parlamentares sensíveis à causa, além de reunir diversas entidades que lutam, há décadas, por estas bandeiras, entre elas o MST, a Fetag e a CUT. Integram também o grupo representantes da sociedade como pesquisadores do Inca e das Universidades do Norte Fluminense e Federal Fluminense que estudam impacto dos agrotóxicos sobre os alimentos também farão parte do grupo. O Rio possui 13 assentamentos estaduais e aproximadamente 60 federais, dos quais dois terços estão no norte fluminense, e o déficit de famílias para serem assentadas é de duas mil. Em todo o País existem, 556 mil famílias beneficiadas em assentamentos instalados em 2081 municípios.

"Desde 2007 não ocorre nenhum assentamento no estado do Rio e a Frente irá lutar para mudar esta situação. Há apenas duas mil famílias para serem assentadas, um número pequeno. Vamos batalhar por uma melhor distribuição de terras e também por mais incentivos à agricultura familiar", garantiu Zeidan. Entre os parlamentares que aceitaram integrar a Frente estão as deputadas Martha Rocha, Marcia Jeovani e Ana Paula Reichuan, os deputados Sadinoel, Bruno Dauaire e Zaqueu Teixeira,Jânio Mendes, João Peixoto e Dr. Julianelli.

Já em dezembro, as entidades farão a primeira reunião para montar o diagnóstico da Reforma Agrária no Estado e fazer com que os assentamentos sejam implantados. A ideia é levar, também, ao Congresso Nacional, uma representação da Frente Parlamentar para que áreas do norte e noroeste do Estado possam contar com os mesmos incentivos do nordeste do País:

"Essas regiões sofrem muito com a seca e a recente crise hídrica, por causa da grande estiagem. vamos defender que tenham também direito ao programa de cisternas do governo federal e acesso ao crédito para a agricultura. O plano Safra, lançado pelo ministro Patrus Ananias, já trará um alívio aos produtores rurais familiares fluminenses que terão acesso a um volume maior de crédito rural, em relação ao registrado no ano agrícola passado", explicou a deputada. Ela é autora de uma indicação legislativa que cria um centro de memória e mercado produtor agrícola do MST, no antigo prédio do Dops, na Rua da Relação, que pertence ao Estado.

A previsão do governo federal é de que sejam liberados R$ 150 milhões, em um conjunto de 7 mil contratos no estado, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricltura Familiar (Pronaf). O valor é 10,6% maior do que o acessado na safra passada, de R$ 135,6 milhões. O total do plano Safra no Brasil é de 28,9 bilhões destinados pelo governo Dilma.

Segundo o Delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), José Otávio Fernandes, existem dois importantes processos de assentamento no estado que estão parados na Justiça e que podem contar com a ajuda da Frente para serem regularizados: o da Usina Cambaíba, paralisado há quatro anos, e o da Usina Sapucaia, interrompido há 20 anos, ambos em Campos dos Goytacazes. "Esses dois processos de desapropriação de terras estão estagnados há muito tempo. É fundamental que isto seja resolvido para que diversas famílias consigam suas moradias. O terreno da Usina Sapucaia pode se transformar no maior assentamento de nosso estado".

Ajuda à agricultura familiar: lei com isenção de ICMS

Representando o MST, Marcos Araújo destacou a importância da Frente para dar apoio aos trabalhadores rurais. E adiantou os desafios que terá como o fato de os acampados não terem sequer documentação básica fornecida pelos governos, do estado e federal: "É preciso desburocratizar os programas, as famílias não possuem documentação básica para se inscreverem nos programas do governo. Temos também, ainda hoje, os casos de assassinatos e incêndios em lavouras, o que nos preocupa. É preciso que os jovens e as mulheres tenham incentivo e acesso facilitado aos créditos agrícolas para investirmos numa agricultura saudável com preço acessível, para que todos possam _ e não apenas a classe média _ comprar alimentos de boa qualidade que são produzidos hoje pelos trabalhadores rurais", defendeu.

Zeidan na Assembleia Legislativa cria uma Frente Parlamentar para tratar da reforma agrária e da agricultura familiar no Estado do Rio de Janeiro Dentro desta filosofia, a deputada Zeidan anunciou que vai criar um projeto de lei, em conjunto com os deputados da Frente Parlamentar, para reduzir o ICMS, dos atuais 18% para 2% para os alimentos cultivados sem agrotóxicos e produzidos por meio da agricultura familiar. Para o representante da secretaria de Estado de Agricultura, Ricardo Mansur, propostas como essa são um exemplo da importância da criação da Frente parlamentar: "Existem muitas políticas públicas em prol da agricultura que precisam ser lapidadas e potencializadas. A frente irá conduzir essas políticas de uma forma mais efetiva."

Prefeito de Maricá relata experiência positiva

Assembleia Legislativa cria uma Frente Parlamentar para tratar da reforma agrária e da agricultura familiar no Estado do Rio de Janeiro O prefeito de Maricá, Washington Siqueira (Quaquá), apresentou a experiência que vem desenvolvendo no município e anunciou que vai instalar uma unidade de produção agroecológica e de beneficiamento de pescado para investir na economia solidária o que vai ajudar aos produtores rurais e aos pescadores do município, além de mercado para a venda dos produtos das famílias.

"Estamos lutando contra uma sociedade injusta. A produção é feita para alimentar porcos na Europa e não para alimento na mesa do trabalhador brasileiro, só para enriquecer os malandros. Temos que fazer uma economia para melhorar a vida das pessoas. Uma nova sociedade não vai ser feita pelo mesmo grupo que fabrica o agrotóxico e o remédio para tratar a doença que ele mesmo gera ao ser lançado nos nossos alimentos. Temos o desafio no Estado de assentar as familias que estão na beira das estradas e a Frente Parlamentar vai poder atuar nisso junto ao governador Pezão", conclamou o prefeito.

Para o presidente da CUT, Marcelo Rodrigues, o caminho é fortalecer os produtores rurais: "Já compramos café na CUT RJ dos produtores rurais, nos aproximamos do MST e até a cachaça que eles vendem é muito boa (o Brasil pode ganhar com isso). Defendemos que a Petrobras também faça o mesmo, que passe a comprar produtos dos trabalhadores rurais, que podem ser organizados para isso, para fornecer alimentação nas plataformas, por exemplo. A Petrobras é uma empresa que defende soberania nacional e pode ajudar o Brasil a ter também a soberania alimentar", defendeu o presidente da CUT.

O representante do Iterj, Ricardo Viana, anunciou que o governo estadual está buscando uma parceria com a Emater para garantir o assentamento das famílias. E revelou que boa parte da verba orçamentária existente _ e que poderia ser usada na compra destes alimentos não foi usada. Dos 23 milhões disponíveis para a compra pela secretaria de educação, apenas três milhôes foram gastos.

A Baixada Fluminense também poderá ter o espaço para a discussão da reforma agrária e agricultura familiar. Inspirado na reunião de hoje, o vereador Carlos Ferreira prometeu criar em Nova Iguaçu uma comissão permanente de agricultura além de uma frente semelhante.

A Frente Parlamentar criada hoje na Alerj tem como meta atender à principal demanda apontada pelos representantes do movimento social e órgãos de governo, que foram ouvidos em reuniões de planejamento do mandato da deputada Zeidan: dar visibilidade ao problema que parece não ter importância tanto na economia quanto para a sociedade. A Frente atuar junto aos movimentos sociais, sobretudo nos assentamentos, comunidades quilombolas e caiçaras.

Durante a solenidade, a deputada se emocionou após a exibição do vídeo da série Morte Vida Severina, com uma bela interpretação de Tânia Alves https://youtu.be/kddZp-VJjoA e leu o poema A terra é nossa, de Patativa do Assaré. Participaram também da mesa de abertura o representante da Fetag, Ezequiel Siqueira; o superintendente do Incra, Nelson Monteiro e Ricardo Mansur, diretor técnico da Emater Rio.

Comunicação Mandato Zeidan
Fotos: Divulgação Paulo David

Novembro 11, 2015 Posted by | Agricultura, jornalismo, Legislativo | , , | Deixe um comentário

Presidente Dilma e prefeito Quaquá entregam 2,9 mil unidades habitacionais do Conjunto Minha Casa, Minha Vida em Maricá

Presidenta entregou apartamentos em dois residenciais em Maricá (RJ) nesta sexta-feira (31). Os residenciais Carlos Marighella e Carlos Alberto Soares, são os primeiros do programa para famílias de baixa renda em Maricá

A sexta-feira (31/07) ficará na história de Maricá. A presidente da República veio ao município, Dilma Rousseff participou, ao lado do prefeito Washington Quaquá, da primeira dama e Deputada Estadual Rosangela Zeidan, do governador Luiz Fernando Pezão, do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, da presidenta da CAIXA, Miriam Belchior, e demais autoridades, da entrega de 2.932 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” em Itaipuaçu. A cerimônia, realizada no Condomínio Carlos Marighella, reuniu em torno de 18 mil pessoas, entre convidados, beneficiados – em torno de 11 mil pessoas – e moradores da região. Bem humorada, a presidente e sua comitiva desembarcaram de helicóptero em uma área no fundo do condomínio por volta de 11h da manhã e de lá seguiram para o local da festa.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (146)Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (136) O prefeito Washington Quaquá e a primeira-dama e deputada estadual Rosângela Zeidan a recepcionaram e a acompanharam em uma visita a um dos apartamentos do condomínio, formado de blocos de dois andares com oito apartamentos cada.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (161)A presidenta Dilma Rousseff teve uma dia feliz, ela foi recebida com carinho por milhares de pessoas e se sentiu em casa aos gritos de "olê, olê, olê, olá, Dilma, Dilma".

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT) preparou uma surpresa para a presidenta, batizando os conjuntos habitacionais com nomes de dois de seus ex-companheiros na luta contra a ditadura militar: Carlos Alberto Soares de Freitas, o Beto, (1.460 unidades) e Carlos Marighella (1.472 unidades).

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (178)O prefeito lembrou que a luta pela inclusão dos menos favorecidos e por direitos iguais foi iniciada na década de 1960 por Carlos Marighella e Carlos Alberto Soares de Freitas, líderes e militantes que enfrentaram a ditadura militar. “Hoje é um dia histórico com a realização do sonho de três mil pessoas, mas é certo honrar o passado e por aqueles que lutaram por nós e pela inclusão do povo”, destacou Quaquá, que completou: “Dilma lutou pela erradicação da fome e é uma grande parceria do desenvolvimento de Maricá. Nossos governos incluíram povo na festa da democracia e hoje a presidenta entregas as chaves a esta famílias”, afirmou o prefeito e anfitrião da festa.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (179) “Quem é contra a presidenta são as mesmas pessoas que gostavam do povo vivendo na senzala. Hoje o povo tem casa, tem acesso à universidade pública, anda de avião. Na época deles, era preciso fazer campanha Natal Sem Fome porque o povo passava fome. Em treze anos nós erradicamos a fome neste país”, completou Quaquá.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (184) De acordo com o Ministério das Cidades, desde a criação do programa, em 2009, 2,3 milhões de moradias foram entregues, e 1,5 milhão de residências estão em construção. Na terceira etapa do programa, a meta é contratar mais 3 milhões de unidades habitacionais até 2018. “Nosso país fica melhor e a democracia fica mais forte quando se garante oportunidade para as pessoas; por isso, o governo está comprometido com este programa.”

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (226) O governador Luiz Fernando Pezão elogiou o programa federal e citou os equipamentos públicos que serão instalados pela Prefeitura ao lado dos condomínios, entre os quais creche, escola, posto da Guarda Municipal e um CRAS. “O apoio do município com essas atividades sociais é tudo que essas pessoas precisam, é uma bela parceria”, afirmou o governador. “Este é o melhor programa que existe. Antes muitas famílias nem tinham acesso ao crédito e agora pagarão R$ 50 por sua casa", completou Pezão.

Dilma Rousseffe Quaquá, entregam  2.932 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” em Maricá (108)Dilma Rousseffe Quaquá, entregam  2.932 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” em Maricá (111) 

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (263)Dilma elogiou a escolha dos nomes dos condomínios, batizados em homenagem a dois brasileiros que brigaram pelo fim da ditadura instalada no Brasil depois de 1964 e que vigorou até 1985. Emocionada, a presidenta agradeceu a surpresa feita por Quaquá, ao moradores de Maricá pela recepção calorosa e lembrou que Marighella “não era só lutador, mas uma grande pessoa humana”. Sobre Beto, seu amigo particular, Dilma, emocionada, disse que o ex-guerrilheiro foi “um irmão na juventude”.

“Lutamos juntos, queríamos um país em que as pessoas tivessem voz, vez, e sobretudo tivessem sua casa própria. Por isso me sinto mais que honrada, me sinto emocionada. Estar aqui toca lá no fundo do meu coração, porque me faz lembrar de toda a minha juventude”, disse a presidenta.

Presidente Dilma Rousseff ao lado do prefeito Washington Quaquá, entrega chaves de 2,9 mil unidades habitacionais do ´Programa Minha Casa, Minha Vida em Maricá (252) Acompanhada do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e da presidenta da CAIXA, Miriam Belchior, a presidenta Dilma Rousseff garantiu, também, a continuidade do programa habitacional que é uma das marcas de seu governo e afirmou que o “Minha Casa, Minha Vida” é fundamental não apenas para as famílias beneficiadas, mas para o país voltar a crescer.

"Ficam falando assim: ‘estamos passando algumas dificuldades econômicas, o programa vai acabar’. Vou explicar para vocês por que não vai: primeiro porque é importante para o povo brasileiro, para aquela parte que não tinha oportunidades, para quem ninguém olhou. Mas não vai acabar também por outro motivo: porque, além de a gente construir casa, a gente cria emprego. Quando você vai fazer uma casa, precisa de tijolo, areia, cimento, alumínio. Cada uma dessas partes também contratou pessoas, criou empregos, pagou salários, gerou renda e fez a roda girar, a roda da economia girar", observou Dilma.

A presidenta pediu que os moradores cuidassem dos condomínios e de suas unidades habitacionais. "Não estamos falando de concreto ou alumínio, estamos falando de vida melhor. Quem constrói as condições de moradia são as pessoas que vivem nela. Cuidem bem."

Apartamentos

As 2.932 unidades habitacionais devem beneficiar cerca de 12 mil pessoas, de acordo com o Ministério das Cidades. Cada apartamento tem área privativa de cerca de 45 metros quadrados, com dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes.

Os empreendimentos receberam R$ 195 milhões do governo federal e têm área de lazer, centro comunitário, quiosque, parque infantil e quadra poliesportiva. Noventa apartamentos, 45 em cada residencial, estão adaptados para pessoas com deficiência.

A trabalhadora doméstica Maria Aurineide de Souza, de 53 anos, morava de favor há 13 anos em Maricá, desde que chegou do Recife. Ela tomava conta da casa de veraneio de uma família e agora comemora o fato de ter uma residência própria. "Vou poder receber amigos, receber minha família do Recife. Antes não dava", conta ela, que será vizinha da filha, contemplada com outro apartamento para morar com o marido e o filho. "Vou ajudar a cuidar do meu netinho", disse Maria Aurineide.

Já Sônia Costa, de 33 anos, morava na casa do irmão. Com o apartamento próprio, ela destaca a importância de deixar um patrimônio para o filho. "Estou muito feliz em saber que vou deixar uma casa. Tudo é para ele."

Nas fotos, você acompanha momentos que entram para a história de Maricá

Agosto 7, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Prêmio Mulher Cidadã Heloneida Studart homenageia as mulheres em Sessão Solene na Câmara Municipal de Maricá

Fotos Rosely Pellegrino e Paulo Polônio

A Câmara Municipal de Maricá realizou na sexta-feira dia 27 de março, uma sessão solene para realizar a entrega do Prêmio Mulher Cidadã Heloneida Studart, realizado em segunda edição, com a organização da Coordenação de Políticas para as Mulheres de Maricá, em parceria com Associação de Mulheres do Município e Câmara Municipal de Maricá, com o intuito de homenagear mulheres que se destacam na luta dos direitos das mulheres.

DSCN0346DSCN0354 Momento de civismo, canto do hino nacional.

Com a plenária lotada o presidente da Câmara Valdevino Costa da Silva (Chiquinho), presidiu a sessão solene e iniciou os trabalhos da casa dando parabéns a todas as mulheres do Brasil e principalmente de Maricá, pela luta na igualdade de direitos já consagrados na carta Magna de 1988.

DSCN0365DSCN0370DSCN0372DSCN0376

DSCN0336DSCN033810408037_900129066738541_4449669689989878298_n (1)11081479_900129366738511_5283424342007205232_nDSCN0363

Entre as presenças ilustres na cerimonia estavam a deputada Federal Benedita da Silva,a deputada Estadual Rosangela Zeidan, representante maricaense na Assembléia Legislativa do Estado, a Juiza Drª Adriana Ramos de Melo, os vereadores do município de Maricá Aldair de Linda, Robson Dutra, Binho, Felipe Auni, Frank Costa, Bidi e Filipe Bittencourt, secretários de governo e pessoas da sociedade maricaense.
Presente também a presidente do Cedim e subsecretária de mulheres do estado, Mariza Chaves.
Foi uma linda homenagem as mulheres e acima de tudo, uma manifestação de que não deve existir desigualdade entre pessoas.

11108866_900130263405088_4084873013537260400_n10941873_900131706738277_5967796697127801845_n22701_900130260071755_8477864874654199394_n11009995_900130153405099_4311218828220654783_n11075182_900131526738295_353656900884327155_n13507_900131520071629_1097653787727126339_n15523_900130190071762_7181018090254824947_n11013309_900131523404962_5721935090969416933_n

DSCN0361 O evento foi abrilhantado com a apresentação do “Grupo Musical Nossa Alegria” da Secretaria da Terceira Idade, regido pelos professores Roberta Tílio e Ricardo Agura.

 

Março 30, 2015 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá, social | , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan presta homenagem as mulheres na ALERJ

Fotos Rosely Pellegrino texto: Fonte ALERJ

DSCN9928

DSCN9921DSCN9933DSCN9972DSCN0049 Homenageadas com Moção de Aplauso

Quatro mulheres receberam moções na segunda-feira (16/03) por reconhecimento de suas atuações em prol dos direitos femininos no estado. A deputada Rosangela Zeidan (PT), membro efetivo da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), comandou o evento que celebra o mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher (8 de março). "As homenageadas são de municípios diferentes do Estado. Nada melhor do que este mês para prestigiá-las, mas ainda há muito a ser feito, principalmente pelas cidadãs que estão fora do mercado de trabalho e pelas negras, que, em geral, estão em nossas periferias, sofrendo diversos tipos de violência", comentou. A cerimônia foi realizada no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, do Palácio Tiradentes.

Uma das homenageadas, a secretária de Saúde de Niterói, Solange Regina de Oliveira, ressaltou que ainda há um longo caminho a percorrer: "A mulher recebe hoje um valor diferenciado graças a um longo histórico de lutas e uma homenagem como essa reforça o nosso trabalho".

DSCN0032Além das moções, houve homenagens a outras mulheres. As homenageadas foram: a agente comunitária de Nova Iguaçu, Ana Cláudia Oliveira; a enfermeira Cristina Mariade Souza; a representante do Sindicato dos Metroviários, Helena Famadas; em caráter postmortem, Márcia Regina Marçal; a merendeira de Quissamã, Maria da Conceição do Espírito Santo; a militante social de Nova Iguaçu, Maria de Albuquerque; a artesã de Bom Jesus do Itabapoana, Nelly de Carvalho; a professora de Campos dos Goytacazes, Norma Costa; a representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Neuza Pinto; a militante do Movimento Unindo Forças, Severina da Silva; a militante social de Maricá, Ione Siqueira; a professora e advogada, Tânia Maria Mussi e a advogada Vera Maria dos Santos.

DSCN0109 Mulheres de Maricá marcaram presença

DSCN0138DSCN0143

DSCN0077 - Copia

Compareceram ao evento a vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, deputada Martha Rocha (PSD); a presidente do Conselho Estadual de Mulheres (Condim/RJ), Marisa Chaves; Carla Machado, ex-prefeita de São João da Barra; a representante da CUT, Virgínia Berriel; e a jornalista Lurian Silva, entre diversos representantes de municípios e instituições.

Março 20, 2015 Posted by | jornalismo, Legislativo, política | , , , , , | Deixe um comentário

Maricá recebe o Presidente Nacional do PT Rui Falcão

Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (48) "Estou em Maricá, porque Maricá é um exemplo do modo petista de governar! Rui Falcão

Políticos de todo o estado prestigiaram Rui Falcão, que deu uma aula sobre a atual conjuntura política do Brasil no Plenário da Câmara

Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (8)Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (70)

Lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT) de todo o estado do Rio de Janeiro receberam, na tarde de ontem, em Maricá, o presidente nacional Rui Falcão. Ele visitou com o prefeito e presidente estadual do PT, Washington Quaquá e a primeira dama e deputada estadual Rosangela Zeidan a Casa de Darcy Ribeiro, construída por Oscar Niemeyer, no bairro de Cordeirinho. Conferiu o projeto pioneiro de Maricá com a Empresa Pública de Transportes que oferece com tarifa zero para a população. E aproveitou para fazer o percurso de Cordeirinho até o Centro do município de ônibus com vários deputados e quadros políticos do partido.

Na reunião que fez com as lideranças, no plenário da Câmara de Vereadores, Rui Falcão disse que Maricá é hoje a cidade símbolo do modo petista de governar. Elogiou a gestão do prefeito Washington Quaquá dizendo ser este um ponto forte para se discutir a questão da mobilidade urbana nacionalmente. Ele frisou que o PT tem que se aproximar das suas origens e, principalmente, do povo, retomando o debate de ideias com a sociedade. Também falou do apoio que tem que ser dado ao mandato da presidente Dilma para que o projeto do partido seja levado adiante.

”Não podemos esquecer que mesmo com todas as adversidades conseguimos a quarta vitória consecutiva. E que nunca na história da política brasileira nenhum partido lutou tanto contra a corrupção quanto o PT. Vamos retomar nossa história e não vamos nos afastar do povo, disse Rui.

Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (20)Para o presidente do PT estadual Washington Quaquá é hora de repensar o partido no Estado. ”Vamos fazer alianças e discutir temas importantes no estado do Rio de Janeiro como economia solidária, tarifa zero nos ônibus e orçamento participativo”, falou Quaquá.

Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (93)Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (94)

Maricá recebdo o Presidente Nacional do PT Rui Falcão (95) Entre os parlamentares estavam os deputados estaduais Rosangela Zeidan, Nilton Salomão, Sadinoel, Waldeck Carneiro, André Ceciliano, além dos deputados federais Fabiano Horta, Alessandro Molon, Chico D’Angelo, Benedita da Silva e Luiz Sergio, Wadih Damous (primeiro suplente dep. Federal) e também prefeitos como Rodrigo Neves de Niterói, vereadores e dezenas de lideranças políticas do partido.

Janeiro 31, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, política, PT | , , , , | Deixe um comentário

Crivella e Lindberg sacodem Itaboraí e Maricá

image8 Candidato ao governo do Rio de Janeiro, ex-senador Crivella, caminhou em Maricá acompanhado do Presidente Estadual do PT RJ e prefeito de Maricá Washington Quaquá, de Lindberg Farias, da Deputada Estadual mais votada do PT, Rosangela Zeidan, do Deputado Federal eleito Fabiano Horta, lideranças e centenas de militantes e simpatizantes a campanha de Crivella Governador e Dilma Presidente. A caminhada foi realizada na tarde desta quarta-feira, 15.10.2014, no Centro de Maricá, seguida de comício. A onda vermelha tomou conta da praça Orlando de Barros Pimentel.

A onda com Crivella aportou também, em Itaboraí . Em caminhadas carregadas de entusiasmo das militâncias do PT e do PRB, Crivella esteve acompanhado dos deputados eleitos Rosangela Zeidan e Fabiano Horta, do PT, e Altineu Cortes, do PR, além do senador petista Lindberg Farias, e do prefeito de Maricá, Washington Quaquá. Em Maricá o ato político foi finalizado com um grande comício na Praça Orlando de Barros Pimentel, em Maricá. Lindberg pediu um basta ao governo que infelicita o Rio de Janeiro:

– Toda vez que eu falo com o presidente Lula, ele fala bem do senador Crivella, que sempre esteve ao lado dele, principalmente nos momentos mais difíceis do governo. Esse homem tem caráter, por isso o PT está com ele. Esse Pezão pode enganar quem ele quiser, mas a militância do PT ele não engana. O povo, no dia 26, vai dar o troco nessa gente, votando 10, votando Crivella! Até o último dia de campanha onde tiver um 10 vai ter uma bandeira da Dilma e do PT! – afirmou Lindberg.

image9-1024x667Em seu discurso, Crivella assumiu o compromisso de dar mais segurança a Itaboraí e Maricá, com aumento de efetivo da PM e a instalação do batalhão de Maricá, e voltou a criticar a gestão Cabral/Pezão:

image10-1024x682 Crivella agradeceu os apoios recebidos e a força das militâncias, e pediu um voto de confiança na presidenta Dilma: "É uma honra pra mim liderar essa frente de líderes tão importantes do nosso estado, contra um governo esgotado. E a vibração dessa militância tão bonita nos dá ainda mais força e incentivo. No dia 26, é dever de gratidão do povo do Rio eleger a presidenta Dilma, que teve a coragem de vetar o projeto que retirava os royalties do petróleo do Rio de Janeiro e que tanto prejudicariam a cidade de Maricá." Disse.

DSCN2589 – Nosso estado foi sequestrado por um partido que não tem moral. Como é que um governador que vai para Paris dançar com guardanapo na cabeça pode pensar no povo sofrido que enfrenta filas enormes nos hospitais, escolas sem professores e balas perdidas nas comunidades carentes? O povo não aceitava mais o Cabral, aí inventaram um clone dele, o Pezão, que na televisão passa a imagem de um homem simples, do interior, mas que, assim como o Cabral, não vai mandar no seu governo, quem vai mandar vão ser as empreiteiras que bancam sua candidatura – disse Crivella.

DSCN2565 Presidente do PT RJ e prefeito de Maricá, Washington Quaquá disparou para cima do PMDB. "Vamos para as ruas com toda a força e energia para eleger o senador Crivella governador do Rio de Janeiro! Ninguém suporta mais o PMDB no poder, chegou a hora de mudar, e a mudança agora é Crivella. Nós vamos dar uma surra neles. Nós vamos ganhar.", afirmou Quaquá.

 

DSCN2496Com base em Maricá e eleito deputado federal pelo PT, Fabiano Horta fez um discurso inflamado: – É preciso darmos um fim a essa dinastia que só pensa nas elites. O desafio do senador Crivella é devolver o Rio a todos novamente – disse Fabiano Horta.

DSCN2557DSCN2516 Deputada Estadual eleita mais votada do Partido dos Trabalhadores, Rosangela Zeidan, pediu a militância união e garra em mais esta luta, para eleger Crivella Governador do Rio de Janeiro.

A força da mulher. Sylvia Jane Crivella, esposa de Crivella, também participou do evento em Maricá RJ A força da mulher!!!
Sylvia Jane Crivella, esposa de Crivella, também participou do evento. — em Maricá-RJ. Foto Rosely Pellegrino.

Militante do PT e eleitor de Lindberg no primeiro turno, Cosme Gonçalves, de 65 anos, encarregado de obras e morador do bairro Ponta Negra, em Maricá, de bandeira com o número 10 em punho, era um dos mais entusiasmados na caminhada de Crivella:

– Chegou a hora de ter uma mudança no estado do Rio. Ninguém aguenta mais a dupla Cabral/Pezão. O Crivella é sério e trabalhador. Merece ser nosso governador – afirmou Cosme.

DSCN2567DSCN2613Crivella encerrou o comício em Maricá vibrando com a militância.

Aqui vc assiste a caminhada com Crivella    

https://www.youtube.com/watch?v=Ynlg0PWN1Yg&feature=youtu.be

Caminhada com Crivella em Maricá
2⁰ Turno das Eleições 2014 – com o Presidente do PT Estadual do PT, e Prefeito de Maricá Washington Quaquá, ex-senador Lindberg Farias, Deputada Estadual eleita, mais votada do PT, Rosangela Zeidan, Deputado Federal Fabiano Horta PT, com base em Maricá, eleito, e Lurian Silva filha do ex -presidente do Brasil Luis Inácio Lula da Silva, e a forte presença da força da
militância. 15.10.2014


Tvcopacabanacom TvcTV COPACABANA

Redação – Maricá

Assista aqui o discurso do Deputado Federal eleito PT Fabiano Horta

 https://www.facebook.com/video.php?v=786047694790447&set=o.292699557565517&type=2&theater

O candidato eleito a deputado Federal Fabiano Horta (PT) no comício do candidato Crivella realizado no centro da cidade de Maricá, afirmou que a postura do governador Pezão foi preconceituosa atacando deliberadamente o Bispo Macedo, sua atitude é reflexo do desespero que toma conta dos seus companheiros do PMDB, é preciso da uma resposta altura a este tipo de atitude que fere todos os seguimentos religiosos não se faz política dessa forma é hora de mudança e a mudança hoje se chama CRIVELLA.

Outubro 16, 2014 Posted by | Eleições 2014, jornalismo, política, PT | , , , , | Deixe um comentário