Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Saúde de Maricá orienta população sobre funcionamento do SAMU

Texto: Amanda Neto (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Clarildo Menezes

Equipe da SAMU esclareceu dúvidas, aferiu pressão e fez teste de glicemia capilar, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel

Em comemoração a Semana Nacional de Enfermagem (de 12 a 20/05), a Secretaria Municipal de Saúde promoveu na terça-feira, das 10h às 16h, um evento para informar à população sobre o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), na Praça Orlando de Barros Pimentel. Na ocasião, equipes da Saúde aferiram pressão e realizaram teste de glicemia capilar (nível de açúcar) de quem passava pelo local.

Segundo as informações passadas pela coordenadora de Enfermagem do SAMU em Maricá, Simone Salgado, ao ligar para o 192 (número da SAMU), o usuário será encaminhado para o médico, que checará as informações e orientará, por telefone, o paciente ou familiar nos primeiros socorros. Caso necessário, uma equipe médica é deslocada ao local. “A ligação cairá na Central de Regulação Municipal, que é em Niterói, e será passada para o médico. Após apurar com o próprio usuário ou familiares, caso necessário, será enviada uma viatura ao local. Um dos objetivos do SAMU é diminuir a procura hospitalar, ou seja, a demanda espontânea no hospital”, explicou ela, completando que a equipe escalada para o atendimento domiciliar é composta por um médico, um enfermeiro e um condutor, da Unidade de Saúde Avançada (USA), ou por dois técnicos de enfermagem e um condutor, da Unidade de Saúde Básica (USB). O paciente que não apresentar condições clínicas de ficar em casa será removido, pela equipe da SAMU, para a unidade hospitalar mais próxima. “Em nosso caso, o Hospital Municipal Conde Modesto Leal e a UPA fazem a capacitação desses pacientes via SAMU”, finalizou.

O coordenador de base do SAMU em Maricá, Luís Fernando Ribeiro, também esclareceu algumas dúvidas sobre o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Segundo ele, os profissionais existem para servir a população de várias formas, tanto no atendimento domiciliar quanto  no encaminhamento para o hospital, quando necessário. “Vamos até a residência e tentamos solucionar o problema na residência do paciente. Depois, o paciente é orientado a procurar atendimento médico num posto de saúde”.

Durante o evento, cerca de 90 pessoas foram atendidas pela equipe da Saúde. O funcionário público Valmir Marins verificou a pressão e fez o teste de glicemia capilar. “Vou aproveitar essa oportunidade”, disse. Quem também aproveitou o ensejo foi a aposentada Edleide de Lima, que tirou dúvidas. “Acho uma boa, pois as pessoas precisam de esclarecimento. Isso ajuda muito”. Para a secretária municipal de Saúde, Fernanda Spitz, ação serviu para estreitar o relacionamento da população com os profissionais. “Eles atendem da forma que a regulação pede. A gente está feliz em poder colocar o SAMU na rua e em contato com a população, mostrar que essa equipe é formada por guerreiros. Eles atendem na via, na praça, no lar. Atendem acidentes e, muitas vezes, em condições desconfortáveis de atendimento. Estou muito feliz com o trabalho de vocês”, parabenizou.

Evento realizado no Centro da cidade marcou a Semana Nacional de Enfermagem

Maio 23, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Agentes do SAMU de Maricá recebem capacitação

Termina neste sábado (07/5) a capacitação anual dos profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Maricá. O trabalho foi iniciado no fim de abril com a parte teórica e os exercícios práticos começaram nesta sexta-feira (06) na quadra do Esporte Clube Maricá. Esta é a primeira vez que uma atividade como essa ocorre fora de Niterói, município que sedia a coordenadoria metropolitana II e também a central de regulação do atendimento.

DSCF3434DSCF3459

Dos 32 profissionais que atendem em Maricá, apenas os três médicos não participaram do trabalho, que inclui noções de primeiros socorros, imobilização, remoção e até ressucitação de pacientes. Além dos enfermeiros, técnicos de enfermagem, condutores e equipe de coordenação, a Defesa Civil também enviou guarda-vidas para receberem instruções.
“Muitas vezes, o primeiro atendimento é feito pela Defesa Civil em inúmeras situações. Portanto, é importante que agentes nossos também participem”, ressaltou o subsecretário de Defesa Civil de Maricá, Emerson Jefferson, que acompanhou o treinamento.
A diretora regional do SAMU, Olguimar Dias, também marcou presença na abertura da atividade. Para a coordenadora do serviço em Maricá, Simone Moreira, a descentralização da capacitação melhora a atenção dos agentes.
“Em geral, os grupo são muito numerosos e há um risco grande de dispersão, o que não ocorre em turmas menores. O que estamos realizando aqui é um ato pioneiro em todo o estado e queremos que ele se repita logo”, afirmou

Maio 6, 2011 Posted by | jornalismo, saúde | | Deixe um comentário