Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Educação em Maricá: 15 escolas já oferecem tempo integral

Texto: Rafael Zarôr (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Clarildo Menezes

William Campos apresentou o balanço trimestral na noite de segunda-feira (13/04) na Câmara Municipal

A Secretaria Municipal Adjunta de Educação apresentou na segunda-feira (13/04), na Câmara Municipal, um balanço dos três primeiros meses de atividades deste ano em Maricá. A Educação manteve seu padrão de excelência, e os números continuam a impressionar: uma das metas anunciadas pelo prefeito Washington Quaquá no ano passado, o Programa Municipal de Educação em Tempo Integral (Prometi), por exemplo, avançou. Mais uma escola implantou o programa que conta com ações pedagógicas no contraturno, totalizando 15 unidades escolares participantes. Na Educação de Jovens e Adultos (EJA), outro número relevante, com 1.600 alunos, com idades a partir de 15 anos, sendo atendidos pelo município. No Programa Mais Educação, 38 das 40 escolas habilitadas a participar são contempladas. Ao todo, 6.443 estudantes do 1º ao 9º ano (6 a 12 anos) de famílias que recebem o Programa Bolsa Família, em risco social ou dificuldade de aprendizado, são beneficiados com atividades educativas complementares.

Na Educação Infantil, 12 unidades atendem 3.105 alunos, sendo 1.092 em horário integral. Segundo a coordenadora Sônia Maria de Andrade Freire, todas as crianças com idades entre 4 e 5 anos estão matriculadas na rede municipal e 25% dos alunos de 2 e 3 anos estão nas escolas. “Inoã, Itaipuaçu e Centro registram a maior demanda de alunos nesta faixa etária fora da escola”, afirmou Sônia. O índice, no entanto, deverá aumentar. “A previsão é inaugurar até maio mais três creches nestes bairros para atender essa demanda”, completou o secretário municipal adjunto de Educação, William Campos.

Outro assunto abordado foi a Prova Brasil, avaliação de desempenho de estudantes de escolas públicas do 5º ao 9º ano com provas de Língua Portuguesa e Matemática, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), e que subsidiam o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Faremos simulados para preparar nossos alunos. Nossa meta é ter um dos 50 melhores índices do Brasil e o ficar entre os cinco no estado”, afirmou o secretário. A formação continuada dos professores, com trocas de experiências entre os docentes, e a elaboração do Plano de Cargos e Salários dos funcionários de apoio (merendeiras, serventes e inspetores de alunos) foram igualmente temas da apresentação.

No evento foi anunciada ainda a realização da Conferência Municipal de Educação nos dias 29, 30 e 31 de maio. O objetivo do encontro será a criação do Plano Municipal de Educação, que seguirá metas estipuladas pela lei federal de 25 de junho de 2014, como erradicação do analfabetismo e valorização dos profissionais. O projeto municipal, que atenderá a educação de toda cidade incluindo unidades estaduais e particulares, está em elaboração por uma comissão formada por representantes destes setores e precisa ser criado, por lei, até 25 de junho deste ano.

O secretário William Campos entregou aos vereadores cópias do Planejamento Estratégico realizado com profissionais da secretaria para identificar pontos fracos e fortes da pasta com metas que serão desenvolvidas pelas equipes de trabalho. “Realizamos reuniões com os pais regularmente para conhecer as realidades da comunidade escolar e os anseios dos responsáveis pelos alunos”, finalizou.

Foram registrados avanços na Educação Infantil e horário em tempo integral

Secretário entregou o Plano Estratégico com pós e contras aos vereadores

Abril 16, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | , | Deixe um comentário

Escolas municipais recebem computador do programa Brasil Carinhoso

Texto: Sabrina Alves (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Fernando Silva

Equipamentos integram o programa federal Brasil Carinhoso, voltado para a primeira infância

Na manhã desta quarta-feira (05/03), a Secretaria Adjunta de Educação entregou 25 computadores, adquiridos através do programa federal Brasil Carinhoso, para 25 escolas (um para cada unidade) da rede municipal de ensino. Os equipamentos têm acesso à internet, sistema e-cidade, garantia de cinco anos e serão utilizados pela gestão escolar.

Em uma pequena cerimônia, o secretário de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues, falou sobre a importância da entrega dos aparelhos. “Estamos em um momento onde apresentamos uma forma de gestão mais ousada e a inserção de programas como esse só faz aumentar a certeza de que estamos no caminho certo. Nossa intenção é atender quem precisa”, ressaltou.

Também presente na reunião, o secretário adjunto de Educação, William Campos, comemorou o benefício. “Estou muito feliz em poder entregar um instrumento que facilitará o dia a dia na escola e isso se deve muito as diretoras que mantém o censo em dia, o que nos permite fazer adesão de todos esses benefícios oferecidos pelo governo federal”.

O programa federal Brasil Carinhoso é voltado para a primeira infância e só atende escolas que matriculam alunos de 0 a 48 meses (4 anos), cujas famílias sejam beneficiárias do Programa Bolsa Família. Segundo a diretora da E.M. Espraiado, Gisele Costa, o computador facilitará nas realizações das atividades escolares. “Isso tem um significado muito grande para nós diretoras, que batalhamos todos os dias em busca de uma educação de ponta”, comentou.

Diretores de 25 escolas municipais receberam os computadores em cerimônia na Casa Digital, no Centro

Secretário executivo de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues, e o secretário adjunto de Educação, William Campos (azul), participaram da cerimônia

Equipamento tem acesso à internet, sistema e-cidade, garantia de cinco anos e será utilizado pela gestão escolar

Março 6, 2015 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, projeto educacional | , | Deixe um comentário