Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Primeiro Ato à Favor do Vermelhinho reúne mais de 300 pessoas em Maricá

texto: Mídia Ninja, Fotos: Rosely Pellegrino

Maricá-RJ: Justiça proíbe ônibus gratuitos e população protesta

75% dos moradores da cidade, localizada da Região do Lagos, ganham entre um e três salários mínimos

A catraca é símbolo da cobrança de tarifa no transporte público brasileiro, mas em Maricá, município fluminense na Região dos Lagos, o lugar do cobrador é vazio. Em setembro de 2013, a prefeitura local implementou o sistema Tarifa Zero, que tornou-se referência nacional no debate sobre o direito à mobilidade.

O objetivo, do prefeito Washington Quaquá (PT-RJ) foi de “quebrar o monopólio” das empresas que detêm o serviço há pelo menos 25 anos na cidade. Esse medida sempre foi um campo de tensão no município e, por meio de uma ação judicial promovida pelas empresas de ônibus Nossa Senhora do Amparo e Viação Costa Leste, através do Sindicato que às representa, foi suspendido o serviço atingindo diretamente a população carente da cidade, da qual 75% ganha entre 1 e 3 salários mínimos.

A população revoltada por não ter mais como se locomover inclusive para chegar no trabalho, nas escolas, nos hospitais se organizou na tarde desta quinta-feira, 04.11, realizando na Praça Doutor Orlando de Barros Pimentel, o primeiro Ato em Prol dos Vermelhinhos. Compareceram mais de 300 pessoas.

DSCN6370DSCN6377

DSCN6378DSCN6401

DSCN6404DSCN6452

DSCN6384DSCN6465

A decisão de proibir os ônibus da prefeitura foi tomada pela desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, da 20ª Câmara Cível, em uma ação movida pelo Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (SETRERJ), representante das empresas Nossa Senhora do Amparo e Costa Leste, que operam em Maricá.

Anúncios

Novembro 4, 2016 Posted by | jornalismo, manifestação popular, Manifestações, Protestos, Maricá, transporte, Transporte Gratuito, Transporte Publico Gratuito de Maricá | | Deixe um comentário

Maricá: Prefeitura cria aplicativo para usuários dos “vermelhinhos”

app-vermelhinho aplicativo para usuários dos “vermelhinhos”

A prefeitura de Maricá desenvolveu um aplicativo para os usuários dos ônibus “vermelhinho” – como os ônibus da Empresa Pública de Transportes (EPT) são conhecidos – para smartphone, cujo lançamento será na próxima segunda-feira (19/09). Com ele, os usuários do sistema Tarifa Zero de Maricá poderão saber previamente o itinerário dos veículos e principalmente os horários, já que o aplicativo informa em quanto tempo o ônibus da linha chegará ao local onde o usuário se encontra.

Desenvolvido pela equipe da Prefeitura, através do acordo de cooperação técnica existente entre as instituições, o sistema trará, ainda, as notícias do próprio site da prefeitura. O aplicativo estará disponível para download, gratuito, nas lojas que atendem tanto aos smartphones com sistema IOS quanto os que utilizam o sistema Android.

Para quem ainda não baixou, para fazer o download basta pesquisar na PlayStore do sistema Android e realizar o download. Para usuários dos sistemas iOS e Windows, o download está disponível através do link: http://www.marica.rj.gov.br/2016/09/15/prefeitura-tem-novo-portal-e-aplicativo-para-acompanhar-rotas-dos-vermelhinhos/

Setembro 16, 2016 Posted by | Maricá, Transporte Gratuito, Transporte Publico Gratuito de Maricá | | Deixe um comentário

Sistema de Tarifa Zero inicia operação com vermelhinhos em Jaconé

Texto: Jorge André (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Divulgação

A Empresa Pública de Transporte (EPT) incluiu o bairro de Jaconé o itinerário dos ônibus gratuitos, os chamados “Vermelhinhos”. A iniciativa tem como objetivo atender aos moradores da localidade oferecendo o transporte gratuito até a Praça Nossa Senhora das Graças, em Ponta Negra. De lá, os usuários poderão utilizar a outra linha até o centro da cidade. A nova rota será feita por um micro-ônibus com intervalos ainda em avaliação, mas que ser de aproximadamente 1h30, regulando com a linha que segue para o Centro da Cidade. No fim de semana ainda não há um horário definido.

Com a nova linha, os alunos da E.M. Professora Dilza da Silva Sá Rego serão beneficiados, já que o ônibus passa em frente ao colégio. O ponto final será no marco limite da cidade com a vizinha Saquarema. O itinerário do circular começa na Praça Nossa Senhora das Graças, passa pela Rua Jaconé, RJ 102, Avenida Beira Mar, no retorno em frente à Rua 96 (ponte), RJ 102, Avenida Beira Mar, Avenida Dois, Estrada da Coréia, Estrada Sampaio Correia-Jaconé (RJ-118), até o Condomínio Villagio del Solle II. A volta será pela RJ-102 e Rua Jaconé, até a Praça Nossa Senhora das Graças.

Setembro 15, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, transporte, Transporte Gratuito, Transporte Publico Gratuito de Maricá | , , | Deixe um comentário

Justiça devolve Vermelhinhos da EPT às linhas originais no Município de Maricá

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Fernando Silva

Por decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, os ônibus vermelhinhos da Empresa Pública de Transportes (EPT) de Maricá (RJ) poderão retornar às linhas originais que cumpriram até as empresas de transportes obterem na Justiça uma medida interrompendo a operação. Na decisão atual, a desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, da 20ª Câmara Cível, não acolheu o recurso do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – SETRERJ (representante das empresas Nossa Senhora do Amparo e Costa Leste) e manteve a decisão da 1ª Vara Cível de Maricá a qual já havia indeferido o pedido das empresas de suspensão dos serviços prestados pela EPT.

A medida abre caminho para a volta da operação utilizando como eixo principal a RJ-106, que corta o município. No momento, a EPT está refazendo os estudos das rotas Maricá-Inoã, Maricá-Ponta Negra e MCMV-Recanto-Itaipuaçu circular. A princípio as linhas funcionarão de segunda a sexta-feira das 4h30 às 0h e, nos sábados, domingos e feriados, das 6h às 0h, sempre com intervalos de uma hora. As linhas MCMV (Minha Casa Minha Vida) e para Ponta Negra podem ser operadas 24 horas. A previsão da autarquia é iniciar a operação já na próxima semana.

A desembargadora foi clara em sua fundamentação, especialmente quanto aos principais prejudicados com a suspensão do serviço. “A supressão das linhas de ônibus criadas pelo Município causaria impacto apenas aos munícipes, que voltariam a sofrer as agruras do mau serviço de transporte anteriormente prestado, ressaltou, confirmando a principal justificativa para a interferência do poder público em favor do cidadão. Em análise inicial, a desembargadora não identificou o argumento das concessionárias contra o sistema de Tarifa Zero, sobretudo nas linhas originais. “Não há como se comprovar eventual “competição predatória” praticada pela autarquia municipal”, afirma o texto, acrescentando que a análise do mapa apresentado pelas concessionárias mostra que as áreas de confluência das linhas ocorrem nas rodovias estaduais RJ 106, RJ 108 e RJ 114, “já que não há outra via que permita a ligação entre os bairros atendidos”.

Assim, fica claro que a Justiça acolheu os argumentos do município, que destacou a importância da manutenção do serviço de transporte coletivo de passageiros pela EPT para atendimento da população maricaense. Trata-se de uma ação relevante especialmente para aqueles que não dispõem de recursos para pagamento de passagens de ônibus, permitindo que todos possam se locomover a hospitais, postos de saúde, escolas, creches, inclusive no período noturno/madrugada (não atendido de forma regular pelas empresas privadas).  A decisão permite recurso.

A EPT foi idealizada para resgatar o direito à mobilidade, afetado pelo monopólio de quatro décadas em vigor na cidade. É uma medida legal que visa o desenvolvimento local e a promoção de política pública ligada à proteção da dignidade da pessoa humana, garantindo à população especialmente a mais carente, o direito à locomoção pelo território municipal com qualidade e de forma gratuita. Durante o período em que as linhas originais operaram, muitos moradores puderam conhecer outras áreas da própria cidade, promovendo a integração das diversas áreas/distritos do município.

Maio 12, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, transporte, Transporte Gratuito, Transporte Publico Gratuito de Maricá | Deixe um comentário

Novos Vermelhinhos ampliam a frota que volta a circular no dia 7 de setembro

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Arte – Veronica Motta Foto: Fernando Silva

Além de contar com a presença dos ônibus vermelhinhos da EPT de volta ao cotidiano da cidade, a paisagem de Maricá vai mudar também com a chegada dos novos veículos que serão incorporados à frota de 13 ônibus da Empresa Pública de Transportes (EPT). São dez micro-ônibus, com capacidade para 19 passageiros sentados e 3 em pé, também equipados com ar condicionado e poltronas. Quando entrarem em operação – o que ainda não está definido – os novos veículos atuarão nas rotas redefinidas e, pelo seu porte, podem se deslocar com maior agilidade.  Todo o sistema volta a operar a partir das 4h, funcionando diariamente até 00h40 e não mais 24h como antes. A mudança permite o melhor aproveitamento da frota considerando-se os novos itinerários já divulgados. Os micro-ônibus, que chegaram à cidade nesta quarta-feira (01/09), ainda precisam passar pelo emplacamento e outras vistorias antes de iniciarem a operação.

O novo Grito da Independência da Tarifa Zero de Maricá será dado com os Vermelhinhos cumprindo quatro linhas, que atenderão sobretudo a áreas relegadas há anos pelas concessionárias.  A Linha 2 Santa Paula-Inoã, mais longa, terá 28 km e será circular, com previsão de 43 minutos de itinerário. O percurso mais demorado será na ida da Linha 1 Itaocaia Valley-Itaipuaçu, com 24,9 km e  previsão de 1h35 para o percurso (veja a relação de ruas abaixo e os itinerários nos mapas). A Linha 3 Parque Nanci-Barra de Maricá (via Araçatiba) tem 13,8 km de extensão nos dois sentidos, porém a ida tem previsão de 71 minutos e o retorno 29 minutos. Já a Linha 4 Espraiado-Divinéia (via Bambuí) tem 20 km de extensão e previsão de 38 minutos para cada percurso.

O sistema, que continuará sendo gratuito, já transportou 1,8 milhão de passageiros desde dezembro do ano passado. Para o prefeito Washington Quaquá, o retorno à operação com a Tarifa Zero reafirma o compromisso com o resgate do direito à mobilidade. "Continuaremos consolidando o transporte público gratuito abrindo novas linhas que não descumpram as decisões judiciais, até que cassemos todas as concessões, destas empresas que prestam um péssimo serviço ao povo", afirma o prefeito.

A Prefeitura continuará ampliando a frota com outros 34 veículos, que serão entregues até dezembro e mantém as ações de fiscalização permanentes sobre as concessionárias.

Os novos itinerários dos Vermelhinhos em Maricá:

Linha 1 – IDA:  Av. Itaocaia Valley –  Av. Carlos Marighella – Av. Vitória Régia – Rua Antônio Modesto de Sá – Rua João Goulart – Av. do Canal – Rua Engenheiro Domingos Barbosa – Rua Waldemar Correa Martins – Rua Barão de Macaúba – Rua Waldemar Correa Martins – Rua Engenheiro Domingos Barbosa – Av. do Canal – Rua João Goulart – Rua Antônio Modesto de Sá – Av. Vitória Régia – Av. Zumbi dos Palmares – Rua Van Ierbergue – Rua Prof. Cardoso Menezes – Rua Antônio Marques Marins – Rua 126.

Linha1 – VOLTA:  Rua 126 – Rua Governador Leonel Brizola – Rua Prof. Cardoso de Menezes – Av. Carlos Marighella – Av. Itaocaia Valley.

Linha2 – IDA: Santa Paula (E.M. Ver. Osdevaldo Marins) – Est. de Cassorotiba – Av. Orestes Vereza Luis Genésio (E.M. Ministro Luiz Sparano) – RJ 106 (sentido Niterói) – Retorno do Spar – RJ 106 (sentido Maricá) – Retorno Km 22 (São José) – RJ 106 (sentido Niterói) – Rua Euclides Paulo da Silva – Rua João Gomes de Mattos Sobrinho (atravessar a ponte) – Rua 7 – Est. do Bosque Fundo – Rua José Antunes (MCMV inoã).

Linha 2 – VOLTA:  Rua José Antunes (MCMV Inoã) – Est. do Bosque Fundo – Rua 7 (atravessa a ponte) – Rua João Gomes de Mattos Sobrinho – Rua Euclides Paulo da Silva – Rj 106 (sentido Niterói) – Av. Orestes Vereza Luis Genésio – (E.M. ministro Luiz Sparano) – Est. de Cassorotiba (E.M. ver. Osvaldino Marins) – Santa Paula.

Linha 3 – IDA: Parque Nanci (Est. Velha de Maricá) – Rj 106 – Praça de Itapeba – Rua Abreu Sodré (ponte da Mumbuca) – Rua Joaquim Eugenio dos Santos – Rua Eugenia M. da Silva – Rua Prefeito Hilário da Costa e Silva – Rua Amilar Vivente da Silva – Rua Fernando Henrique Assumpção – Rua Álvares de Castro – Praça do Cirpe – Rua Álvares de Castro – Rua Nove – Av. Um – Av. prefeito Ivan Mundim –Rua João Saldanha – Rua 0 – Av. Maysa – Rua 13 – Rua Irmãos Coutinho – praça de Divineia.

Linha 3- VOLTA: Praça de Divineia – Rua Quatro – Rua João Saldanha – Av. Pref. Ivan Mundim – Av. Um – Rua Nove – Rua Álvares de Castro – Rua Barão de Inoã – Rua Abreu Sodré – Av. ver. Francisco Sabino da Costa – Rj 106 – retorno – Rj 106 – retorno km 22 (São José ) – Est. Velha de Maricá – Parque Nanci.

Linha 4 – IDA: Espraiado (capela de Santo Antônio) – estrada do Espraiado – Rj 106 – Avenida Antonio Callado – Avenida Gilberto Zeidan – Avenida Maysa – Rua 13 – Rua Irmãos Coutinho – Praça de Divineia.

Linha 4 – VOLTA: Praça da Divineia – Rua Quatro – Rua João Saldanha – Rua Doze – Avenida Maysa – Avenida Antonio Callado – Rj 106 – estrada do Espraiado (capela de Santo Antônio).

Setembro 4, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, Transporte Gratuito | , | Deixe um comentário