Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Sábado tem feijoada na Aldeia Indígena de Maricá

Neste sábado, dia 19, das 14h as 17h, na Aldeia da Mata Verde Bonita tem Feijoada preparada na lenha, ao som do melhor MPB  e Samba de Raiz

Feijoada na Aldeia da Mata Verde BonitaDSCN0888

DSCN0915DSCN0799

DSCN0924DSCN0926

15027426_1522153734468533_3878807237591368872_n Tem samba de raiz e feijoada na Aldeia indígena Mata Verde Bonita ,com Dalva Alves, Leandro Junnhyor e Evaldo Risadinha… contamos com a sua presença

Venha conhecer a cultura indígena, e curtir a beleza da natureza ao som de uma boa música.

No local: Exposição e venda de artesanato indígena.
Estrada dos Macacos . São José.

Como chegar? Siga sentido vindo para Maricá, entre a direita no Km 19, Estrada dos Macacos, passar a ponte… seguir um pouco, na bifurcação… entrar a direita, seguir uns 200 mts +\-, olhando para direita, a entrada da Aldeia é do lado direito
De 14h as 17h.  Custo R$20,00(vinte reais) por pessoa.


Anúncios

Novembro 18, 2016 Posted by | culinária, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos, social, turismo | , | Deixe um comentário

Maricá oferece oficina de percussão toda sexta-feira no Cinema Henfil

Desde 30 de setembro, com o apoio da Secretaria de Cultura, Ciência e Tecnologia de Maricá, acontece no Cinema Público Henfil a Oficina de Percussão Sambista do Futuro, com Leonardo Maciel, membro do projeto Sambista do Futuro.

A oficina ocorre regularmente todas às sextas feiras, das 17h às 19h.

Sambista do Futuro é um projeto social, (sediado na Rua Mululo Gomes Vieira, número 56, Itapeba) fundado em 2016, que tem por objetivo formar crianças e jovens para atuar nos diversos setores de um bloco de carnaval, começando pela oficina de ritmistas.

Atualmente o samba tem uma importância fundamental para a cultura brasileira. A diversidade que caracteriza essa manifestação popular é resultado de um processo histórico e cultural que começou no século XIX com os batuques dos escravos e pretos livres. Inicialmente proibida, essa prática sobreviveu, se fortaleceu e hoje se constitui como uma atividade com reconhecimento em todo o mundo.

Outubro 6, 2016 Posted by | cultura, cursos, Maricá, musica, Oficinas | | Deixe um comentário

Projeto Sob o Céu Sob o Sol de Maricá no embalo do rock

Texto: Jorge André (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Clarildo Menezes

A tradicional programação do projeto “Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá” que acontece todas as sextas-feiras na Praça Conselheiro Macedo Soares, Centro, terá o rock como tema na edição desta semana. O projeto, realizado pela Secretaria Municipal Adjunta de Turismo e Lazer, é uma oportunidade para os músicos locais mostrarem seus trabalhos. O happy hour começa às 17h com Raul Palmeira. A programação prossegue com Bruna Mendez e Rodrigo Schiavo. Sidney Santos se apresenta em seguida, deixando o palco para Roberta Tílio e Ricardo Agura. Jô Borges e Aldo Corrêa sobem ao palco logo depois e, encerrando a noite, a banda Amákina que traz no repertório musicas do Legião Urbana, Capital Inicial, U2 entre outros. O trio é formado por Tuca Marques (Voz e Guitarra), Gerson Monteiro (Baixo) Aldo Sá (Bateria).

O projeto também estará acontecendo no CEM Joana Benedicta Rangel, Centro, a partir das 18h, quando estará acontecendo o projeto “Caça Talentos/AJA”, desenvolvido pela Secretaria Adjunta de Educação. Já no domingo (18/09) em Cordeirinho o Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá vai estar no Quiosque da Rua 90. Lá se apresentam, a partir das 14h, os músicos Edy Baiano, Givan e Junio, Edinho Manhoso, além de Moniquinha e Ismayer do Teclado.

As apresentações começaram há quatro anos com o intuito de valorizar os músicos locais e oferecer um happy hour, criando assim mais um espaço de lazer e entretenimento na cidade. Desde que foi lançado mais de 100 músicos já passaram pelo palco do projeto em mais de quatro mil shows gratuitos.

Setembro 15, 2016 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, projeto cultural, shows e eventos, turismo | | Deixe um comentário

Definida programação do projeto “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá”

Texto: Rafael Zarôr (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

Definida a programação desta semana do “Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá”, projeto de shows gratuitos da Secretaria Municipal Adjunta de Turismo. As apresentações dos artistas locais acontecem sábado (30/07) no Centro, Ponta Negra, Santa Paula e Retiro, e domingo (31/07), no Centro. Os repertórios são variados e contam com sucessos do rock, pop, seresta, MPB, forró, axé, samba e música sertaneja.

A programação inicia sábado com show de sertanejo universitário da dupla Givan e Junio, a partir das 13h, na festa junina da Escola Municipal do Retiro. Em Santa Paula, às 16h, o arraiá da Escola Municipal Osdevado da Mata terá apresentação de forró com Edinho Manhoso, Ismayer Alves e Moniquinha Ângelo. Já em Ponta Negra, acontecem três shows, a partir das 13h, com Jô Borges e Aldo Corrêa (pop, axé, MPB, forró e musica sertaneja), Edy Baiano (MPB) e Sidney Santos (pop e rock) durante o bingo beneficente do Bloco Carnavalesco Pró Álcool.

A Praça Orlando de Barros Pimentel (Centro) receberá shows sábado – Wagner Prado (MPB), Raul Palmeira (pop internacional e música sertaneja) e a roda de samba com Raphael do Cavaco, Gustavo Canedo e Glaubinho TK – e domingo com o samba do trio Baby do Cavaco, Adriano Pavarotti e Naldo Monteiro.

Confira a programação:

Sábado (30/07)

Festa Junina da E.M. do Retiro – Estrada Cova da Onça s/n – Retiro
13h – Givan e Junio
Arraiá do Colégio Municipal Osdevaldo da Mata – Estrada de Cassorotiba s/n – Santa Paula
16h – Edinho Manhoso, Ismayer Alves e Moniquinha Ângelo
Bingo Beneficente do Bloco Carnavalesco Pró Álcool – Rua Capitão Caetano – Ponta Negra
13h – Jô Borges e Aldo Corrêa 
15h – Edy Baiano 
18h – Sidney Santos
Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro
19h – Wagner Prado
21h – Raul Palmeira
22h30 – Raphael do Cavaco, Gustavo Canedo e Glaubinho TK
Domingo (31/07)

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro
19h – Baby do Cavaco, Adriano Pavarotti e Naldo Monteiro

Julho 28, 2016 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos | | Deixe um comentário

Di Bonilho+ marca a volta do estilista e artista plástico na TV+Maricá

Foto Di Bonilho Programa Di Bonilho+, a revista eletrônica feita para você,  estreia nesta quinta-feira, as 22h, WebTV http://www.tvmaismarica.com.br/inicial

Cenário do Programa Di Bonilho+

Di Bonilho é mais para você

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O estilista e artista plástico Di Bonilho traz em sua bagagem muito glamour e experiência que promete bombar as noites de quinta-feira pela TV+Maricá, em seus anos de TV já passou pelo sofá da Hebe no SBT (na histórica campanha contra o HIV) produzindo um vestido de noiva de preservativos abalando o Brasil com sua criatividade e irreverência.

Na BAND comandou o programa com muita bom gosto e com a sua irreverência e humor debochado, marca registrada do apresentador, na InterTV (TV Globo região dos Lagos) repetiu o sucesso através do Programa "Sedas e Alfinetadas", agora marca sua volta a TV com o Programa Di Bonilho+, trazendo de volta o formato de sua revista eletrônica de artes, moda, cultura, dicas, atualidades, turismo, gastronomia, entrevistas com convidados e muito mais, com produção de Rosely Pellegrino (editora deste blog de notícias).

Todas as quintas-feiras a partir das 22:00 na TV+Maricá  http://www.tvmaismarica.com.br/inicial

Clicks de algumas entrevistas…

O Programa está Imperdível, vale a pena conferir!!!

Di Bonilho  Entrevista com Tom Lima e Cacique Tupã da Aldeia da Mata Verde Bonita Di Bonilho  Entrevista com Lezirée Rejane

Di Bonilho  Entrevista com o jornalista Paulo Celestino

Julho 26, 2016 Posted by | arte, beleza, Circulando em Maricá com Fabiano Medina, culinária, cultura, Entretenimento, jornalismo, Lazer, literatura, Maricá, Moda, musica, Programa Di Bonilho+, Revista Eletrônica de Maricá, social, turismo, TV+Maricá, TVmaisMaricá | , , , , , , , | Deixe um comentário

GRES União de Maricá fará entrega da sinopse para a composição do samba de enredo nesta quarta

Atenção compositores!!!

Entrega da sinopse com roteiro para a composição do nosso
samba de enredo para o Carnaval de 2017 será realizado nesta quarta-feira, dia 20/07, as 20hs, na nossa quadra de ensaios.

Rua Uirapurus, SN – Flamengo – Maricá/RJ

Contamos com a presença de todos!

Julho 18, 2016 Posted by | Carnaval 2017, GRES União de Maricá, jornalismo, Maricá, musica | , , , , | 1 Comentário

Shows gratuitos de rock, samba, MPB e sertanejo no fim de semana em Maricá

Texto: Rafael Zarôr (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

A Secretaria Municipal Adjunta de Turismo definiu a programação desta semana do projeto “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá”. Ao todo, serão 11 shows gratuitos de artistas locais com apresentações de sexta-feira (08/07) a domingo (10/07) no Centro, Bambuí, Cordeirinho e Marquês. Com repertórios variados (samba, MPB, forró, axé, pop, rock, seresta e música sertaneja), a programação inicia na Praça Conselheiro Macedo Soares, como já é tradição, no Centro, com shows de Mirene Alves (seresta), Sidney Santos e Gianne Mello (rock nacional e MPB) e Ricardo Pop e banda; e encerra no domingo com show da dupla Givan e Junio (sertanejo universitário) na Praça Orlando de Barros Pimentel, na região central.

A iniciativa, criada há quatro anos para valorizar os artistas locais e oferecer um happy hour após o expediente, se tornou um atrativo semanal de lazer e entretenimento. Até hoje mais de 100 músicos já se apresentaram no “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá” com 4 mil shows gratuitos realizados pela cidade.

Confira a programação completa:

Sexta-feira (08/07)

Praça Conselheiro Macedo Soares – Centro

17h – Mirene Alves      

19h – Sidney Santos e Gianne Mello

21h30 – Ricardo Pop e Banda

Festa Junina da E.M. Alfredo Nicolau – Bairro Marquês de Maricá

19h – Edinho Manhoso e Ismayer Alves

Rua Paulino Venâncio da Costa – ao lado da Ponte de Bambuí

20h – Wagner Prado

22h – Raul Palmeira

Sábado (09/07)

Rua 87 – Próximo ao Quiosque dos Piratas – Cordeirinho

13h – Roda de samba com Raphael do Cavaco, Gustavo Canedo, Glaubinho TK, Adriano Pavarotti, Baby do Cavaco e Naldo Monteiro

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro

20h – Leandro Junnhyor

22h – Edy Baiano

Domingo (10/07)

Festa Junina do NAIR – Rua Gabriel Henrique de Farias – Centro

15h – Jô Borges

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro

20h – Givan e Junio

Julho 8, 2016 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos, turismo | | Deixe um comentário

”Sob o Céu Sob o Sol de Maricá”: 15 shows gratuitos de sexta a domingo

Texto: Rafael Zarôr (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva e Clarildo Menezes

A Secretaria Municipal Adjunta de Turismo definiu a programação desta semana do projeto “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá”. Ao todo, serão 15 shows gratuitos de artistas locais com apresentações de sexta-feira (01/07) a domingo (03/07) no Centro, Mumbuca, Bambuí, Cordeirinho, São José do Imbassaí e Itaipuaçu. Com repertórios variados (samba, MPB, forró, axé, pop, rock, seresta e música sertaneja), a programação inicia na Praça Conselheiro Macedo Soares, como já é tradição, no Centro, contará com apresentações de forró para animar os “arraiás” da cidade e encerra no domingo com show na Praça Orlando de Barros Pimentel, na região central.

A iniciativa, criada há quatro anos para valorizar os artistas locais e oferecer um happy hour após o expediente, se tornou um atrativo semanal de lazer e entretenimento. Até hoje mais de 100 músicos já se apresentaram no “Sob o Céu Sob o Sol de Maricá” com cerca de 4 mil shows gratuitos realizados pela cidade.

Confira a programação completa:

Sexta-feira (01/07)

Praça Conselheiro Macedo Soares – Centro

17h – Baby do Cavaco, Adriano Pavarotti e Naldo Monteiro

19h – Roda de Samba Retrô com Gianne Mello, Gustavo Canedo, Raphael do Cavaco e Glaubinho TK

21h – Cantor e compositor Laranjeiras

21h30 – Roda de samba com Rafael Caçula e Grupo Saracutear

Rua Paulino Venâncio da Costa – ao lado da Ponte de Bambuí

20h – Wagner Prado

22h – Edy Baiano

Festa Julina da AMISTA – Praça da Associação de Moradores e Amigos de São Bento da Lagoa – Itaipuaçu

20h – Jô Borges e Aldo Corrêa

Arraiá do 22  – Avenida Guarujá – Em frente ao CAIC – São José do Imbassaí

22h – Forró com Moniquinha Ângelo e Ismayer Alves

Sábado (02/07)

Festa Junina do Colégio Marilza da Conceição Rocha Medina – Rua 107 – Cordeirinho

12h30 – Sidney Santos

Festa na Roça do Sindicato Rural/SECTUR – Rua Joaquim Eugênio dos Santos, 31 – Mumbuca

20h – Edinho Manhoso e Luiz Fernando

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro

20h – Mirene Alves

22h – Raul Palmeira

Domingo (03/07)

Festa na Roça do Sindicato Rural/SECTUR – Rua Joaquim Eugênio dos Santos, 31 – Mumbuca

19h – Forronejo com Moniquinha Ângelo

Arraiá do 22  – Av. Guarujá – Em frente ao CAIC – – São José do Imbassaí

20h – Givan e Junio

Praça Orlando de Barros Pimentel – Centro

20h – Raul Palmeira

Julho 1, 2016 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos, turismo | | Deixe um comentário

As atividades permanentes no Minha Casa Minha Vida em Maricá, mostram que a utopia é possível de se concretizar!!!

Fotos: Fernando Silva

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.]

Moradores do Residencial Carlos Marighela, do programa Minha Casa Minha Vida Maricá, Itaipuaçu, têm uma agenda cultural permanente. As atividades culturais são realizadas pela Secretaria Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Maricá. Os eventos acontecem de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h, no salão do Setor D e são abertos a todas as idades. Danças de salão, oficinas de artes e grafias, danças interativas, aulas de teatro infanto-juvenil e juvenil-adulto, animação infantil e apresentações musicais compõem a programação. As atividades são abertas e gratuitas.

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.

Foto de Prefeitura Municipal de Maricá.

Junho 28, 2016 Posted by | arte, cultura, cursos, Dança, jornalismo, Maricá, musica, projeto cultural | , , , | Deixe um comentário

Prefeito de Maricá abre oficialmente Festival Internacional da Utopia

Fonte: Texto: Willian Chaves (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva e Rosely Pellegrino

Na abertura do Festival Internacional da Utopia, evento realizado pela Prefeitura de Maricá na Barra de Maricá e em outros locais da cidade, o prefeito Washington Siqueira (Quaqua) deu as boas vindas às caravanas de todo país e da América Latina ao lado de Aleida Guevarra, médica cubana e filha de Ernesto Che Guevara, João Pedro Stédile, do MST, e da Deputada Estadual Rosângela Zeidan.

Serão cinco dias com a participação de pensadores internacionais, artistas, escritores, sindicalistas, movimentos sociais, populares e da juventude discutindo ações progressistas com uma programação distribuída em várias tendas pela cidade contemplando debates, feiras de literatura, feira da agricultura familiar, música e arte. Cerca de 1.500 pessoas acompanharam a abertura oficial do Festival, na tenda dos Pensadores.

DSCN8902DSCN8927

"Nós vivemos num tempo onde temos lutado por aquilo que é possível. Quando convocamos o Festival da Utopia foi para pensarmos e para provar para as pessoas que devemos lutar pelo impossível. E a nossa Utopia é ter uma escola de qualidade em tempo integral, distribuição de renda e riquezas, meios de comunicação democráticos e a participação popular efetiva. Essa é a Utopia da nova sociedade, essa é a nossa Utopia", disse Quaqua.

DSCN8939DSCN8955Aleida Guevara traçou uma análise etimológica da palavra utopia e defendeu posicionamentos importantes na inserção social das pessoas. “É necessário que tenhamos uma Utopia Socialista de discussão com as pessoas com uma distribuição igualitária de bens para que os cidadãos desempenhem, em harmonia, os trabalhos. O povo nos reconhece com dignidade e transparência quando agimos em sintonia e com a participação dele. Assim, ganhamos o respeito. Utopia é como a fome zero no Brasil. Ela não acontece ser não fizermos uma reforma agrária. A terra é do povo. Temos de fazer da nossa terra uma propriedade coletiva”, afirma Guevara que também lembrou emocionada a participação de um médico cubano na condução da tocha olímpica na cidade de Lagoa Grande (PE). Aleida Guevara também é medica pediatra.

DSCN8942DSCN8948

DSCN8926DSCN8931O líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Pedro Stédile, defendeu mais ações efetivas para combater as desigualdades. “Temos que pensar alternativas para combater o capitalismo explorador. Não basta gritarmos “Viva o Socialismo”! Temos que ter propostas concretas para que o povo lute conosco para mudar as desigualdades”, assegura. 

As programações acontecem por toda cidade. Na Barra, concentram-se as tendas da diversidade, tenda dos trabalhadores e a tenda dos pensadores, além do palco principal para apresentações musicais. No centro, na Praça Orlando de Barros Pimentel, estão a feira de reforma agrária, a feira literária e o encontro internacional de teatro. A programação completa pode ser conferida pelo www.festivaldautopia.com.

 

Saiba mais:

Fonte Brasil de Fato: Rute Pina

Aleida Guevara: "Do que vale uma esquerda que não é reconhecida pelo povo?"

Durante a conferência de abertura do Festival da Utopia, a ativista também comentou a aproximação entre os EUA e Cuba

A ativista Aleida Guevara (ao centro) em mesa de abertura do Festival da Utopia, em Maricá (RJ) - Créditos: Norma Odara/Brasil de Fato A ativista Aleida Guevara (ao centro) em mesa de abertura do Festival da Utopia, em Maricá (RJ) / Norma Odara/Brasil de Fato

A fragilidade e fragmentação da esquerda na América Latina foi criticada pela ativista cubana Aleida Guevara durante seu discurso na conferência de abertura do 1º Festival Internacional da Utopia, que está acontecendo em Maricá (RJ) a partir desta quarta (22).

Para ela, a esquerda deve basear suas ações nas demandas concretas do cotidiano das pessoas e deve aprender com as populações mais carentes e com os povos tradicionais. “Temos que ser mais firmes, coerentes e responsáveis. (…) Temos que ganhar o respeito de quem nos escuta. Do que vale uma esquerda se ela não é reconhecida pelo povo?”, questionou.

A pediatra, que é filha do guerrilheiro Che Guevara, disse acreditar que o grande erro das esquerdas da região é se dividir “em pedacinhos”. “Há uns 20 partidos que se dizem de esquerda, mas que não se unem pelos objetivos comuns. Se não juntarmos nossas forças, não venceremos nunca”, afirmou.

Aleida ainda criticou a postura das forças progressistas que ocuparam o Estado. “Tomamos o poder e não mudamos as leis criadas pela burguesia. Assim, não conseguiremos fazer nenhuma transformação profunda”, criticou.

Na mesa também estava o dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stedile, e o prefeito do município de Maricá, Washington Quaquá (PT).

Relações entre Cuba e EUA

A ativista criticou ainda o governo estadunidense e a recente reaproximação dos EUA com Cuba, que ela classificou como uma “utopia do inimigo”.

“Eles têm, há séculos, a utopia de se unir à ilha. É seu sonho irrealizável. E agora estão mudando os métodos. Eles perceberam que cometeram erros com o povo cubano, trataram a revolução cubana com um bloqueio criminal. E agora falam de abrir novas negociações”, afirmou.

Aleida acredita que uma possível normalização da relação entre os dois países só será possível com a extinção da lei que facilita a permanência dos cidadãos cubanos ilegais, “os únicos no planeta que tem esse privilégio”, com o fim do bloqueio econômico e com o fechamento da base naval estadunidense em Guantánamo.

“Eles terão que seguir sonhando com essa utopia, porque não é possível de maneira alguma acabar com a revolução cubana”, sentenciou a ativista.

Aleida definiu a palavra utopia como "o desejo de dar sentido à vida e a busca por um mundo melhor, mais solidário e mais justo”.

Modelos de Estado

Durante sua fala, Stedile afirmou que o maior desafio para os setores progressistas é o questionamento do modelo de Estado que se deseja a partir de um debate que pense diferentes temas de maneira "correlata".

Para ele, o capitalismo enlatou questões, e a esquerda abandonou questões como a cultura e meio ambiente.

“Temos que apresentar uma formulação sobre o meio ambiente, por exemplo. Fomos salvos por um papa, que produziu a melhor conteúdo programático sobre essa questão”, brincou. "Uma sociedade utópica que é diferente de sonho. É uma sociedade baseada na justiça, na solidariedade e na igualdade", disse o dirigente.

Para o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, os setores progressistas têm lutado pelo possível, dada a injustiça e concentração de riqueza, mas são parte de uma esquerda “fez e questionou muito pouco”.

“Aquilo que queremos desenhar da nossa sociedade é possível se a gente se largar os horizontes utópicos. (…) Eles dizem que a história acabou, mas o socialismo nunca vai acabar enquanto pessoas morrerem nas ruas por causa de frio. Enquanto uma pessoa morrer por injustiça, o socialismo estará vivo”, disse.

Junho 23, 2016 Posted by | civismo, culinária, cultura, direitos humanos, Festival da Utopia, jornalismo, justiça, literatura, manifestação popular, Maricá, meio ambiente, moradia, musica, palestra gratis, projeto social, shows e eventos, social, turismo | | Deixe um comentário