Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Em visita a Maricá, prefeito e governador conversam sobre municipalização da Avenida Maysa

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Prefeito Washington Quaquá, primeira-dama e deputada estadual Rosangela Zeidan, e o governador Luiz Fernando Pezão em inauguração do retorno

A gestão do trecho da rodovia estadual RJ-102, que corta a região litorânea de Maricá e também é conhecida como Avenida Maysa, pode ser entregue à administração municipal nos próximos meses. A informação foi dada nesta quarta-feira (18/3) pelo prefeito Washington Quaquá, durante uma visita do governador Luiz Fernando Pezão ao novo retorno construído no quilômetro 40,5 da rodovia RJ-106, entre os bairros de Bananal e Espraiado, principal acesso a Ponta Negra.

O pedido para que a estrada litorânea passasse a ser de responsabilidade da Prefeitura tinha sido feito em janeiro de 2014, através de um ofício enviado ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ). Na ocasião, o documento propunha ainda que, caso a gestão apenas pelo município não fosse possível, os dois governos compartilhassem a administração da via. Sem dar maiores detalhes, Quaquá disse que as conversas sobre a municipalização do trecho, entre a Barra de Maricá e Ponta Negra, tiveram um bom avanço.

“Tive a oportunidade de conversar com o governador sobre o assunto e explicar qual é o meu projeto para aquela via, de asfaltar e remodelar. Ele respondeu informando que, da parte dele, não haveria qualquer problema. Agora vamos nos reunir novamente para ver a forma de conduzir esse processo. Vamos conversar mais ainda”, afirmou o prefeito.

Mais segurança na saída de Ponta Negra

O novo retorno construído na RJ-106 está aberto ao trânsito de veículos desde fevereiro e melhorou de forma significativa o trânsito no trecho, que era conhecido pelos constantes congestionamentos e acidentes. Agora, o motorista que sai da região de Ponta Negra pela RJ-118 (que liga o local a Jaconé e Sampaio Correia, em Saquarema) tem de acessar a estrada no sentido da Serra do Mato Grosso para, mais à frente, fazer a conversão de sentido em direção a Niterói, com a opção de acessar o bairro do Espraiado. Antes da obra, era preciso a intervenção muitas vezes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar para organizar o cruzamento.

A visita do governador Luiz Fernando Pezão foi acompanhada pelo prefeito Washington Quaquá e pela deputada estadual e primeira-dama e deputada estadual, Rosângela Zeidan, além de membros da equipe de governo municipal e outras autoridades, como a prefeita de Rio Bonito, Solange Almeida. O DER-RJ executou ainda pavimentação de 1,7 km e a recuperação da sinalização horizontal e vertical do trecho. Foram instaladas 12 novas placas para orientar os motoristas sobre as saídas dos novos acesos. Além disso, foi colocada uma sinalização horizontal, com pinturas no pavimento e instalação de tachas refletivas, para delimitar e delinear as faixas de rolamento na via. A obra contou com um investimento total de aproximadamente R$ 3 milhões.

"Vamos seguir formando novas parcerias aqui em Maricá e em outros municípios. O estado do Rio perdeu muito nos últimos anos em razão de inúmeras divergências e o único caminho neste momento difícil é trabalhar juntos", ressaltou Pezão, adiantando que a cidade deverá receber em breve o projeto Gabinete Itinerante, em que o governador leva 29 secretarias e órgãos públicos estaduais ao município durante um dia inteiro, das 9h às 17h. Nesta quarta, o projeto esteve em São Gonçalo.

Novo retorno está aberto desde fevereiro e melhorou de forma significativa o trânsito no trecho, que era conhecido pelos constantes engarrafamentos

Quem sair da região de Ponta Negra tem de acessar a estrada no sentido da Serra do Mato Grosso para fazer a conversão de sentido em direção a Niterói

Março 20, 2015 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, Urbanização | | Deixe o seu comentário

Prefeitura realiza seminários para discussão do Plano de Saneamento Básico de Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

Prefeitura realiza seminários para discussão do Plano de Saneamento Básico de Maricá

A Prefeitura de Maricá realizará na próxima quarta-feira (11/03) dois seminários previstos para a discussão do Plano Municipal de Saneamento Básico. Executado com recursos próprios, o plano reúne dados técnicos necessários para o planejamento de obras, a obtenção de recursos e a execução de projetos em coleta e tratamento de esgoto; abastecimento de água; drenagem de águas pluviais e destinação adequada de resíduos sólidos, entre outras soluções. Os dois encontros são abertos à população. O primeiro será das 10h às 12h, no Rotary Club Itaipuaçu (Estrada de Itaipuaçu, esquina com a Rua 179) e o segundo, em Inoã, das 14h às 16h, na Escola Municipal Darcy Ribeiro (Rua Euclides Paulo da Silva, s/nº).

De acordo com a coordenadora de projetos especiais do município, Luciana Andrade, os seminários são específicos para cada distrito. No de Inoã serão discutidos aspectos gerais do plano e do distrito, que engloba os bairros de Calaboca, Cassorotiba, Chácaras de Inoã, Inoã, Santa Paula e Spar. Analogamente, no de Itaipuaçu serão discutidos aspectos sobre os bairros de Barroco, Cajueiros, Itaocaia, Jardim Atlântico Central, Jardim Atlântico Leste, Jardim Atlântico Oeste, Morada das Águias, Praia de Itaipuaçu, Recanto do Itaipuaçu e Rincão Mimoso. “Essa é uma das ações mais importantes de Maricá porque estamos planejando as diretrizes da água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos. É importante a participação de todos porque serão discutidas as prioridades bairro a bairro”, declarou.

Para a coordenadora, esses encontros permitem envolver a população nos debates a respeito dos problemas relacionados ao saneamento e também conscientizam a sociedade sobre a responsabilidade coletiva de conservação ambiental. “Nosso objetivo é alcançar a universalização dos serviços de saneamento visando proporcionar melhoria na qualidade de vida de toda a população”, explicou Luciana, acrescentando que todos os distritos e seus respectivos bairros serão contemplados. No dia 16/03, serão realizados os encontros em Ponta Negra (E. M. Reginaldo Domingues dos Santos – Rua São Pedro Apóstolo), das 9h às 11h; e, no Centro, das 14h às 16h, na Casa Digital (Praça Orlando Barros Pimentel).

Sobre o Plano Municipal de Saneamento Básico

Estabelecido pela Lei Federal 11.445/07, o Plano Municipal de Saneamento Básico é um importante instrumento de planejamento para o município que estabelece diretrizes para a prestação dos serviços de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, drenagem e manejo das águas pluviais urbanas e limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos. Para elaboração do plano no município foi composto, em outubro de 2014, um grupo técnico de estudo formado por representes do Executivo, Legislativo e órgãos ambientais, sociedade civil e universidade, com representantes da Câmara Municipal; do Subcomitê da Bacia Lagunar de Maricá; do Conselho Comunitário de Segurança Pública; do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA); e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Esse grupo trabalha em conjunto com a empresa de consultoria Conen Infraestrutura Urbana, vencedora da licitação municipal, para traçar um diagnóstico do município, verificando o sistema atual e propor soluções que serão apresentadas nestes seminários.

Março 7, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá | | Deixe o seu comentário

Trecho da Estrada Real de Maricá será interditado para obras de quarta a sexta-feira

Texto: Sérgio Renato

A Secretaria Municipal Executiva de Infraestrutura informa que o trânsito de parte da Estrada Real de Maricá, em São José de Imbassaí, será interditado a partir da 07 horas desta quarta-feira (4/2). A interrupção no fluxo de trânsito ocorrerá no trecho entre a Estrada da Cachoeira (na altura da praça do Dínamo) e a Rua Palmira de Carvalho. O esquema será mantido até sexta-feira (6/2) e, nesse período, a circulação voltará a ser liberada sempre às 18 horas.

De acordo com o titular da pasta, Fernando Rodovalho, a interdição será feita para realização da nova etapa da obra de macrodrenagem que ocorre nas ruas do bairro desde o ano passado. O primeiro trecho beneficiado fica entre a praça do Dínamo e a Avenida Prefeito Alcebíades Mendes (antiga Estrada dos Macacos) e foi concluído em outubro.

Fevereiro 4, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá, vias públicas | | Deixe o seu comentário

Obras do Gabinete de Gestão Integrada de Maricá interditam Rua Barão de Inoã nesta quinta-feira

Texto: Sérgio Renato

Em razão das obras de construção do prédio que vai abrigar o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), o trecho inicial da Rua Barão de Inoã será interditado a partir das 10 horas desta quinta-feira (29/1). O trânsito será impedido na parte entre as ruas Álvares de Castro, na altura da Praça Orlando de Barros Pimentel, e Professor Hilário Costa e Silva. Os motoristas que estiverem nas imediações da igreja matriz de Nossa Senhora do Amparo e tiverem que deixar a região poderão utilizar as ruas Fernando Henrique Assunção, Aloísio Costa da Silva e Hilário Costa e Silva.

A obra a ser realizada vai colocar a segunda laje do prédio que está sendo erguido no local. De acordo com o secretário executivo de Infraestrutura de Maricá, Fernando Rodovalho, a interdição é necessária em razão do uso de equipamentos de grande porte na intervenção como, por exemplo, um caminhão betoneira.

No edifício em construção, haverá uma central de monitoramento das ruas através de câmeras de segurança. O novo prédio terá três andares e vai abrigar a comissão que cuidará da segurança nas ruas de Maricá, formada por representantes da Prefeitura, da Defesa Civil e das polícias Civil e Militar. O GGIM vai monitorar 20 câmeras, que estarão em pontos diferentes da cidade, a maioria no Centro. O projeto, orçado em R$ 1,5 milhão, conta com recurso municipal, destinado à construção do prédio, e repasse de R$ 830 mil do governo federal, através do convênio do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), que será destinado à compra de equipamentos e à instalação de câmeras de vídeo monitoramento em Inoã, São José do Imbassaí, Barra de Maricá, Cordeirinho e Ponta Negra.

Janeiro 28, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá | Deixe o seu comentário

Rua do ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Itaipuaçu começa a receber urbanização

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Operários instalam peças de meio-fio na rua

Além de ganhar escola, creche e posto de saúde na porta de casa, os futuros moradores do condomínio Carlos Marighela, na Reserva Verde de Itaipuaçu (que integra o programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’), vão se mudar para um bairro inteiramente urbanizado. Ao lado do terreno onde serão erguidos os equipamentos públicos, equipes da Secretaria Municipal Adjunta de Obras preparam a via que dá acesso às residências, conhecida como Rua X, para receber pavimentação, que deverá estar concluída até a próxima semana.

Os operários instalam peças de meio-fio e as "bocas de lobo” (tampa ou proteção para bueiros), que vão escoar a água das chuvas para o córrego que passa em paralelo à rua. A  obra está sendo feita em um trecho de aproximadamente 300 metros da via, a partir de uma pedra que divide os dois sentidos – o mineral e uma árvore que também ocupa a parte central da rua não serão removidos.

Nesta quinta-feira (22/1), o prefeito Washington Quaquá visitou as três obras em andamento na Reserva Verde, ao lado do secretário executivo de Infraestrutura, Fernando Rodovalho, que afirmou que a via terá também nova iluminação pública. As obras de urbanização são uma iniciativa do governo municipal para complementar a instalação dos equipamentos públicos, sendo estes a contrapartida da Prefeitura à construção dos apartamentos pela União. 

O local já recebe água encanada e terá a rede elétrica funcionando nos próximos dias. Na parte interna, além das residências, as quadras de esportes e áreas de lazer estão em fase de acabamento.

Obra está sendo feita em um trecho de aproximadamente 300 metros

Janeiro 23, 2015 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia, Obras em Maricá | , , | Deixe o seu comentário

Prefeitura de Maricá interdita via do Centro para obras de pavimentação

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Fernando Silva

Após as obras de drenagem, Rua Álvares de Castro será asfaltada, entre a Rua Silvino Alves e o Canal da Cidade

Serão fechadas as ruas Álvares de Castro, Silvino Alves Siqueira e Fagundes de Almeida. Estacionamento nesta quinta-feira não será permitido nessas vias

A Prefeitura de Maricá pavimentará nesta quinta-feira (13/11) mais uma parte da Rua Álvares de Castro, via onde é localizado o Paço Municipal, no Centro. Equipes da Secretaria Municipal de Obras asfaltarão o trecho entre o Canal da Cidade e a Rua Silvino Alves Siqueira – via lateral da Igreja Nossa Senhora do Amparo. Por conta desta intervenção, a Guarda Municipal interditará o trânsito, incluindo a Rua Fagundes de Almeida (Triângulo Seguros), às 8h, e vias ficarão fechadas até o término do serviço, previsto para o final da tarde. Também não será permitido o estacionamento nessas vias.

A opção para os motoristas é utilizar o acesso do Parque Eldorado – ruas Prefeito Hilário da Costa e Silva, Amilar Vicente da Silva e Fernando Henrique Assumpção – para chegar ao Centro e seguir para Araçatiba e Barra de Maricá. A Secretaria Municipal de Segurança colocará dois guardas municipais para orientar os motoristas no fechamento das vias – um ficará na rotatória, em frente à Igreja Nossa Senhora do Amparo, e outro no Canal da Cidade.

A modernização da Rua Álvares de Castro foi iniciada em outubro, com a pavimentação do trecho no entorno da Igreja de Nossa Senhora do Amparo. Também foi asfaltada a Rua Silvino Alves Siqueira.

Rua Silvino Alves Siqueira foi modernizada em outubro

Ruas da rotatória ao Canal da Cidade serão fechadas às 8h

Novembro 13, 2014 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, Urbanização, vias públicas | Deixe o seu comentário

Áreas de Ponta Negra e Barra de Maricá recebem urbanização

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Obra de urbanização ocorre ao lado da ponte da Barra de Maricá, que liga os bairros da região ao Centro

Os dois pontos mais procurados da região litorânea de Maricá nos dias de calor passam por urbanizações, que vão oferecer mais conforto aos banhistas que buscam lazer nas praias da cidade. A maior delas ocorre na Barra, ao lado da ponte que liga os bairros da região ao Centro. Em Ponta Negra, um trecho da orla também recebe obras. Nesta sexta-feira (7/11), o prefeito Washington Quaquá vistoriou ambas as intervenções, que deverão estar concluídas nos próximos quinze dias.

No momento, as equipes da Secretaria de Obras finalizam a instalação de peças de meio-fio entre a Rua 153 e o trecho já asfaltado da Avenida Maysa, próximo ao calçadão onde ficam os quiosques. A obra vai beneficiar também uma pequena vila onde funcionam bares e restaurantes frequentados por banhistas, em frente à Rua Santa Clara, que já recebeu o chamado “pó de pedra”, assim como as outras vias. A área também está recebendo uma barreira com grandes pedras, que vão proteger as ruas contra um possível avanço das ondas do mar.

Na Barra de Maricá, a grande área no entorno da antiga quadra poliesportiva e do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do bairro está sendo preparada para abrigar um amplo estacionamento. De acordo com a Secretaria de Obras, serão criadas vagas para mais de 140 veículos, entre carros de passeio e motos, além de vagas marcadas para pessoas com deficiência, um espaço destinado para carga e descarga e também duas áreas verdes.

Área em Barra de Maricá está sendo preparada para virar estacionamento, com mais de 140 vagas

Equipes da Secretaria de Obras finalizam a instalação de peças de meio-fio

Em Ponta Negra, um trecho da orla também passa por obras

Novembro 8, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá, Urbanização, vias públicas | Deixe o seu comentário

Prefeito de Maricá vistoria obras de macrodrenagem em Itaipuaçu

Texto: Sérgio Renato (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Clarildo Menezes

Primeiras peças pré-moldadas, que vão ficar sob o piso da avenida, foram instaladas nessa segunda-feira (06/10)

O prefeito Washington Quaquá vistoriou, nesta segunda-feira (06/10), no Jardim Atlântico, as obras do projeto de macrodrenagem da Avenida Jardel Filho (antiga Avenida Dois). Quaquá acompanhou a instalação das primeiras peças pré-moldadas que vão ficar sob o piso da avenida. Com 4,9 metros de diâmetro, dois metros de altura e 8,5 toneladas de peso, os conjuntos formarão um canal capaz de escoar a água das chuvas em setenta vias no entorno no rio Bambu, que fica a poucos metros do local. O prefeito classificou a intervenção como a maior do gênero já realizada no loteamento Jardim Atlântico – pelas condições geográficas da área, que é de baixio, a água tendia a ficar concentrada, sem escoar. "Vamos acabar com um problema histórico de enchentes aqui nesta região, pois o fluxo de todas as outras ruas será escoado por esta galeria”, reforçou o prefeito, que estava acompanhado também da primeira-dama e deputada estadual eleita, Rosângela Zeidan, e do secretário de Obras de Maricá, Fernando Rodovalho. Quaquá disse ainda que, em seguida, a região vai passar por uma urbanização e terá suas ruas pavimentadas.

No total, a rede terá cerca de quatro quilômetros de extensão entre a Rua 86 e as imediações da Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um), beneficiando também as outras  ruas que vão receber redes de drenagem ligadas ao escoamento principal. As obras seguirão até o trecho de subida da Avenida Jardel Filho, já nas proximidades da região do Barroco. O investimento total da obra é de R$ 29,9 milhões, dos quais R$ 20 milhões são a contrapartida da Petrobras pela construção do emissário de efluentes do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em Itaipuaçu. A ordem de início foi dada em meados de setembro e a previsão é que a intervenção dure aproximadamente doze meses.

Os conjuntos formarão um canal capaz de escoar a água das chuvas em setenta vias no entorno no rio Bambu

Outubro 7, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá | | Deixe o seu comentário

Prefeitura anuncia macrodrenagem para acabar com alagamentos em Itaipuaçu

Obras contemplam construção de rede de 4 km para escoamento de água na Avenida Jardel Filho e pavimentação de mais de 40 ruas no distrito

A Prefeitura de Maricá assinou a ordem de início das obras de macrodrenagem e urbanização do loteamento Jardim Atlântico, em Itaipuaçu, para reduzir e eliminar os alagamentos da região. Será construída uma rede de drenagem com mais de 4 km de extensão, que se estendem ao longo da Avenida Jardel Filho (antiga Avenida Dois), no trecho entre a Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um) e seu desague após a Rua 86. A previsão é que as intervenções sejam concluídas em 12 meses. As primeiras providências para instalação dos canteiros de obras já estão sendo tomadas.

Projeto de macrodrenagem para Itaipuaçu

O projeto da Secretaria Municipal de Obras ainda prevê a construção de redes auxiliares, que servirão para as futuras ligações das demais intervenções em andamento, e a pavimentação de mais 40 ruas, num total de 45 km de extensão, perpendiculares a Avenida Jardel Filho. O investimento da obra é de R$29,9 milhões, com contrapartida de R$20 milhões da Petrobras em compensação à obra de construção do emissário de efluentes do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em Itaipuaçu.

Segundo o secretário Fernando Rodovalho, a altura da galeria será projetada em função das características geográficas da via, aumentando sua largura de 1,5 a 4,5 metros até o desague após a Rua 86. "Esta é uma importante etapa para elaboração dos serviços de urbanização de Itaipuaçu. Será uma alternativa para a vazão das águas de precipitação na bacia hidrográfica, que em períodos de chuva intensa provocam inundações e problemas de mobilidade para a população", declarou o secretário.

Obras em Itaipuaçu

Desde o início deste governo, em 2009, a Prefeitura investiu maciçamente em todo município para reduzir um passivo histórico de décadas sem urbanização. Somente no distrito de Itaipuaçu, foram pavimentados 46,8 km de ruas, incluindo vias com grande fluxo de veículos e que dão acesso a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) e à orla.

As intervenções aconteceram na Avenida Carlos Marighella (antiga Estrada de Itaipuaçu); Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um); Rua Governador Leonel Brizola (antiga Rua 35), paralela à praia e uma das principais vias que cruzam o distrito; ruas 70, 83, parte da 36 (paralela à praia e que também cruza o distrito) e 66 (via de acesso à Estrada dos Cajueiros, que também foi pavimentada), entre outras.

FSB COMUNICAÇÕES

Setembro 23, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá, Urbanização | Deixe o seu comentário

Parte de via no Centro de Maricá é interditada para duplicação de ponte

Texto: Rafael Zarôr

Av. Vereador Francisco Sabino da Costa será alargada no trecho da ponte sobre o rio Ludgero nos dois sentidos

Calçada (sentido Centro) será retirada nesta terça-feira para colocação de novas lajes. Opção para condutores é utilizar o acesso da Mumbuca

A Prefeitura inicia nesta terça-feira (12/08), a partir das 9h, mais uma etapa de duplicação da ponte sobre o rio Ludgero, que cruza a Avenida Vereador Francisco Sabino da Costa (no trecho próximo ao Colégio Santa Mônica), no Centro de Maricá. Equipes da Secretaria Municipal de Obras irão retirar a antiga calçada (sentido Centro) para instalação de vigas e tabuleiros (lajes). As pistas serão estreitadas para a continuidade do fluxo de veículos durante as intervenções e os pedestres deverão utilizar a calçada do sentido oposto.

Enquanto o serviço é realizado, a orientação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes é que os motoristas utilizem o acesso da Mumbuca (ao lado da Churrascaria Maminha de Ouro) para chegar ao Centro. Para facilitar a visualização, a secretaria instalará nesta terça-feira placas indicativas do acesso alternativo à região central. Já aqueles que seguem em direção a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), a opção é a Avenida Beira Rio, no Parque da Cidade. Os condutores podem ir até a rodovia ou acessar o bairro pelas ruas das Gralhas ou Ayrton Senna. Agentes de trânsito e guardas municipais também orientarão os motoristas.

Segundo a Secretaria de Obras, as vigas e tabuleiros serão instalados à noite para evitar maiores transtornos à população. A pista da avenida será alargada no trecho da ponte em ambos os lados, que passarão a ter 4,55 metros a mais cada um. Serão colocadas estruturas pré-moldadas que vão dar sustentação às novas faixas de rolamento, fixadas sobre as chamadas ‘estacas-raiz’ de aproximadamente 15 metros de profundidade. A obra é realizada com recursos próprios e o custo é de R$ 509 mil.​

Agosto 12, 2014 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, transito, vias públicas | Deixe o seu comentário

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.203 outros seguidores