Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Alunos se integram a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de Maricá

Fonte PMM

Fotos: Clarildo Menezes e Rosely Pellegrino

DSCN8843

Alunos da rede municipal de ensino participaram da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de Maricá, realizada na Casa Digital. Com o tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”, uma ação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com outros órgãos e empresas. Realizado pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com as Secretarias de Ambiente, Agricultura e Pesca.

DSCN8837 Gabriel Anchieta se impressionou com o funcionamento do terrário

DSCN8840A secretária Municipal de Educação de Maricá, Adriana Luiza, elogiou os trabalhos e destacou a importância do aprendizado capturado na pratica. “È uma aula maravilhosa os alunos certamente não irão esquecer”

DSCN8841DSCN8856

Segundo o superintendente de Educação Ambiental, Marcos Lacerda, o encontro é realizado desde 2009 e tem o objetivo de popularizar a ciência. “Nossa proposta é mostrar a sua importância no desenvolvimento acadêmico e humano, estimular as pessoas a abordarem a ciência e a tecnologia numa dimensão social, como instrumento de inclusão e transformação e  incentivar a atitude científica e a inovação”, declarou. Para ele, a semana é fundamental para demonstrar a importância da ciência para a sociedade. “A ciência está presente no nosso dia a dia, é responsável pelos avanços, inclusive, da condição social. Se não tivesse ciência, não teríamos saneamento, água potável, telecomunicações”, explicou.

Durante a Semana de Ciência e Tecnologia aconteceram debates, palestras, exibição de filmes da Coleção Ver Ciência, como “O Bom Jeitinho Brasileiro”; “Projeto Espacial Brasileiro” “Como Será o Nosso Futuro?”.

O evento contou ainda com exposições de trabalhos realizados pelos alunos municipais, como, por exemplo, o painel “Acontecendo no CAIC” com diversas fotos de passeios realizados pelos alunos nos principais pontos turísticos do município. O público também pode conferir os inúmeros desenhos produzidos pelo Projeto “Boas Mãos”, com a participação de, aproximadamente, 50 alunos, de seis aos 13 anos, de três escolas municipais (João da Silva Bezerra, Barra de Zacarias e CEM Joana Benedicta Rangel).

DSCN8847DSCN8808DSCN8854Segundo a professora de Ilustração Botânica, Cristina Siqueira, o projeto visita as escolas participantes com o intuito de despertar a sensibilidade dos alunos. “A nossa ideia é sempre propor aos alunos que soltem a imaginação por meio de desenhos e, dessa forma, sensibilizá-los para questões como a ciência e para a arte”, declarou a professora.

DSCN8797DSCN8845

DSCN8804

DSCN8805DSCN8806

 Alunos puderam ver orgãos reprodutores das flores, e se encantaramAlunos puderam ver órgãos reprodutores das flores, e se encantaram

Outro trabalho que merece destaque foi o idealizado pelos alunos das turmas 501 e 502 da Escola Municipal Joaquim Eugênio dos Santos. Com luz negra, cartolina e caneta marca-texto, os estudantes transformaram uma das salas da Casa Digital apresentando os pontos turísticos do município e algumas das personalidades importantes para os 200 anos de história da cidade, como o padre jesuíta José de Anchieta, o escritor e professor Darcy Ribeiro e o naturalista britânico Charles Darwin.

DSCN8810DSCN8813

DSCN8815DSCN8818

DSCN8820DSCN8822

DSCN8823DSCN8824

DSCN8825DSCN8826

DSCN8828DSCN8829

DSCN8830DSCN8831

DSCN8832DSCN8835

Os visitantes também puderam conferir a exposição “Darwin Now: vida e obra de Charles Darwin”, uma contribuição do Conselho Britânico (British Council) e da Casa da Ciência – UFRJ. Os 17 painéis, de 70cm x 90cm, ilustrados, com textos em português, mostram um pouco sobre  a vida e a obra do naturalista britânico Charles Darwin e abordam algumas reações contemporâneas às teorias evolucionistas de Darwin, explorando a forma como avanços em campos tão diversos como geologia e economia influenciaram este pensamento. O público pode também visualizar diversos materiais como conchas, corais e diversos minerais, colecionados por Darwin em sua visita ao Brasil, que incluiu os 2,2 quilômetros de trilha por onde ele passou em 1832 em Maricá. O trecho, conhecido como Caminho de Darwin, fica no Parque Estadual da Serra da Tiririca.

Já na parte de palestras, a equipe de arquitetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano explicou para os alunos do curso técnico de Edificações as diferenças de atribuições entre os cursos de engenharia e arquitetura com o intuito de esclarecer as dúvidas mais comuns daqueles que serão os futuros profissionais das áreas.

A unidade de conservação do Espraiado também foi tema de palestra apresentada pelo subsecretário municipal de Biodiversidade, Evandro Sathler, para alunos do Colégio Estadual Elisiário Matta. Durante mais de uma hora de duração, foram apresentadas as medidas realizadas nas unidades de conservação do município com foco na preservação e proteção ambiental.

DSCN8848DSCN8798

DSCN8807

O aluno do 7º ano do CEM Joana Benedicta Rangel, Igor Oliveira, de 13 anos, fez questão de participar do evento. Apaixonado por Ciências, o aluno adora fazer experimentos e admitiu já ter criado um projetor de celular feito com caixas de sapato, lupa e tinta preta e um microscópio feito com água e caneta a laser para apresentar num canal do You Tube (Manual do Mundo). “Sou curioso demais e adoro descobrir até onde posso chegar. E sempre que posso participo de feira de Ciências para desenvolver meus conhecimentos e trocar ideias com outras pessoas”, declarou.

A aluna da Escola Municipal Carlos Magno, Larissa de Paiva, de 10 anos, adorou participar do evento. “Gostei de tudo, mas o que mais me encantou foi conhecer um pouco mais sobre as conchas e flores”, declarou. Já o aluno Gabriel Anchieta, de 10 anos, se impressionou com o funcionamento do terrário. “É interessante observar que esse sistema é uma miniatura da Terra. Queria fazer um desses na minha casa para observar tudo de perto”, explicou.

Atividades paralelas

Do lado de fora da Casa Digital, foram realizadas atividades integradas à programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A Secretaria de Ambiente apresentou as atividades realizadas pelo Programa Maricá + Verde desde sua implantação em março desse ano e doou mais de 50 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, como pau-brasil, aroeira, pitanga, pau formiga, ipê, pau-d´alho e ingá. A Secretaria de Agricultura e Pesca também esteve presente com a distribuição de mudas de milho e pimenta agroecológicas e com o Caminhão do Peixe que oferece pescado pela metade do preço.

Alunos do curso técnico de Edificações na palestra sobre atribuições da engenharia e arquitetura

Anúncios

Outubro 21, 2014 Posted by | ciência, Educação, Exposições, Feiras e Eventos, jornalismo, Maricá, projeto educacional | , | Deixe um comentário

CAIC Elomir Silva em Maricá recebe projeto ‘Praça da Ciência Itinerante’

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Uma parceria entra a Secretaria de Educação de Maricá e a Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj) trouxe à cidade pela sexta vez o projeto Praça da Ciência Itinerante, que ocorreu nesta quinta-feira (18/4) na Escola Municipal CAIC Elomir Silva, em São José de Imbassaí. O evento voltado para os professores da rede ofereceu dez oficinas em áreas como sexualidade, matemática e informática, com o objetivo de estimular novas práticas no ensino centífico.

Em todas as oficinas, os cerca de 180 docentes inscritos tiveram acesso a métodos para dinamizar suas aulas, como afirma a coordenadora do projeto, Oneida Enne. “O objetivo é mostrar como o professor pode tornar o aprendizado ainda mais dinâmico e facilitado, além de divulgar a ciência através da experimentação”, explicou ela.

De acordo com a superintendente de Formação Continuada da Secretaria de Educação, Carolina Faria, a receptividade por parte dos mestres é a melhor possível. “Eles saem das oficinas cheios de novas ideias e reproduzem o que aprenderam para os colegas. No fim das contas, os maiores beneficiados são os alunos”, relata.

A equipe de direção do CAIC Elomir Silva confirma este diagnóstico. “O interesse dos alunos aumenta quando eles percebem que podem praticar o que aprenderam. Isso fica nítido em nossa escola”, atesta a diretora pedagógica Cláudia Neres. Para a diretora interina Gláucia Pereira, isso é um reflexo do entusiasmo de quem ensina. “Os professores ficam encantados e empolgados com essas práticas inovadoras e querem muito exercitar isso com os jovens”, reforça.

Abril 19, 2013 Posted by | ciência, Educação, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Plenário poderá votar amanhã propostas que regulamentam uso da internet

O Plenário da Câmara poderá votar nesta quarta-feira três projetos de lei que regulamentam o uso da internet no Brasil. Dois deles tratam da punição de crimes cibernéticos (PL 84/99 e PL 2793/11) e o outro é a proposta de março civil da internet (PL 2126/11, apensado ao PL 5403/01). Apresentado pelo governo, o março civil é uma espécie de Constituição da internet, com princípios que devem nortear o uso da rede no Brasil, direitos dos usuários e obrigações dos provedores do serviço.

Existe um entendimento entre governo e a oposição no sentido de votar em conjunto, para ir à sanção da presidente da República, as três propostas, explica o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara, deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG). O presidente Março Maia deve colocar em votação amanhã os três projetos sobre internet, confirmou o relator da proposta de março civil, deputado Alessandro Molon (PT-RJ). É desejo de o presidente Março Maia deixar como legado a aprovação da primeira lei geral brasileira sobre internet, o março civil, que dará segurança jurídica para essa área no Brasil, completou.

Segundo Eduardo Azeredo, o acordo não previa inicialmente a votação do março civil da internet diretamente no Plenário, e sim primeiramente na comissão especial que analisa a proposta. Mas vamos buscar um entendimento, porque finalmente se chegou à compreensão de que é necessária uma legislação específica sobre crimes cibernéticos, disse Azeredo, que relatou o PL 84/99 no Senado e na Comissão de Ciência e Tecnologia. Segundo o deputado, os dois projetos (PL 84/99 e PL 2126/11) que tratam de crimes na internet são complementares.

Crimes cibernéticos

Em tramitação há treze anos no Congresso, o PL 84/99 inclui novos crimes no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40 ), como o de usar dados de cartões de crédito ou débito obtidos de forma indevida ou sem autorização. O texto equipara essa prática ao crime de falsificação de documento particular, sujeito à reclusão de um a cinco anos e multa. Outra novidade é a previsão de que mensagens com conteúdo racista sejam retiradas do ar imediatamente, como já ocorre atualmente em outros meios de comunicação, seja radiofônico, televisivo ou impresso.

O PL 2793/11, do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), também inclui novos tipos penais, como ter acesso a e-mails e informações sigilosas, com pena prevista três meses a dois anos de prisão, além de multa. A pena será a mesma para quem vender ou divulgar gratuitamente esse material. Já aprovado pela Câmara e modificado no Senado, o projeto pode ajudar a resolver situações como a violação do computador da atriz Carolina Dieckman que resultou na divulgação de suas fotos pessoais na internet. Da parte da oposição, assim como votamos o projeto no Senado na semana passada, devemos colaborar com a votação na Câmara, disse Azeredo.

Março civil

O relator do março civil, deputado Alessandro Molon, afirmou que manterá basicamente o mesmo substitutivo apresentado na comissão especial, com alguns ajustes de redação, para atender as demandas dos mais diversos segmentos da sociedade, inclusive do governo.

Um dos pontos a ser ajustado deverá ser o artigo que trata da neutralidade de rede. Esse princípio, contido no março civil, estabelece que todo pacote de dados que trafega na internet deverá ser tratado de maneira isonômica, sem discriminação quanto ao conteúdo, origem, destino, terminal ou aplicativo. O texto exato desse dispositivo ainda está sendo estudado, mas não haverá nenhum retrocesso na proteção da neutralidade de rede, que considero o coração do projeto, disse Molon. Conforme explicou o relator, se não houver neutralidade da rede, o conteúdo que vai chegar mais rapidamente ao usuário será aquele da empresa que eventualmente tenha celebrado acordo comercial com o provedor de conexão.

O deputado Eduardo Azeredo afirmou que, para a proposta ter apoio da oposição, a redação do artigo que trata da neutralidade de rede terá que ser modificada. Todos defendem a neutralidade da rede, mas a redação não pode inviabilizar a Lei de Concorrência, destacou Azeredo.

De acordo com o substitutivo de Molon, o princípio deverá ser regulamentado por decreto, ouvido o Comitê Gestor da Internet do Brasil (CGI.br) órgão que inclui representantes do governo, do setor empresarial, do terceiro setor e da comunidade científica e tecnológica. No texto original, do governo, não há menção ao CGI.

Leia mais

Senado aprova projeto que define crimes cibernéticos

Senado aprova projeto que torna crime invasão de co…

Senado aprova Lei Carolina Dieckmann

Fonte JusBrasil e Agência Câmara de Notícias

Autor: Reportagem -Lara Haje , Marcelo -Westphalem

Novembro 7, 2012 Posted by | ciência, jornalismo, Legislativo, Tecnologia, Telefonia e Internet | , , , | Deixe um comentário

Resíduos da pesca podem virar biodiesel

Parceria entre Petrobras Biocombustível e Ministério da Pesca vai intensificar estudos para o aproveitamento de óleo de peixe

A Petrobras Biocombustível e o Ministério da Pesca e Aquicultura assinaram, nesta quinta-feira (25/10), no Palácio do Planalto, em Brasília, memorando de entendimentos para ampliar programas cooperativos com foco na pesquisa e produção de biodiesel a partir de matéria-prima residual do pescado. A parceria foi firmada no evento de lançamento do Plano Safra da Pesca e Aquicultura, com a presença da presidenta da República, Dilma Rousseff.

Para o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, a parceria tem o propósito de promover estudos para utilização desta matéria-prima na produção de biodiesel. "Vamos apoiar o desenvolvimento de uma nova alternativa de suprimento e contribuir também para o aproveitamento de resíduos da atividade pesqueira na produção de bicombustíveis", avalia o presidente.
A iniciativa está alinhada ao Plano Safra que visa à expansão da atividade e do comércio pesqueiro e tem como meta produzir 2 milhões de toneladas anuais de pescado até 2014. A Petrobras Biocombustível já desenvolve iniciativas para avaliar o aproveitamento de óleo de peixe para biodiesel. Um exemplo é a parceria no projeto piloto Biopeixe realizado com piscicultores da região de Jaguaribara, no Ceará, para prospecção no Açude Castanhão.
O acordo tem como principais objetivos ampliar o aproveitamento e a produtividade dos recursos naturais, pesqueiros e aquícolas, aumentar a renda dos pescadores e agregar valor à sua produção, além de promover o desenvolvimento técnico, científico e de inovações tecnológicas para a atividade.

Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional

Outubro 26, 2012 Posted by | ciência, jornalismo, Pesca, Tecnologia | Deixe um comentário

Semana de Ciência e Tecnologia, em Maricá, debate a economia verde na erradicação da pobreza

Texto: Odemir Capistrano

As atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) em Maricá serão concentradas no dia 17 de outubro, quarta-feira da próxima semana, nas unidades de ensino da rede pública municipal, das 9 às 21h30. Em 2012, a SNCT, que se realiza entre os dias 15 (segunda-feira) e 21, domingo, sob a coordenação geral do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCT), tem como tema “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza”. A proposta é ampliar o debate sobre a pauta da própria Conferência Rio + 20, ocorrida em junho no Rio de Janeiro.

Dois únicos eventos estão marcados para o início da noite, às 18 horas. Num deles, na Escola Municipal Darcy Ribeiro, em Inoã, Cristiane Pereira, do Sindicato das Empresas Despoluidoras do Ambiente e Gestora de Resíduos do Estado do Rio de Janeiro (Sindieco), falará sobre “Reciclagem”. No outro, no Centro Educacional Joana Benedicta Rangel, Centro, a questão abordada será a “Intervenção em evento de acidente no trabalho”. Nesse caso, o coordenador do curso de Segurança no Trabalho, Luís Otávio Bastos Assumpção, e a coordenadora do curso de Enfermagem, Adriana Toselli, ambos da Universidade Severino Sombra local, vão encenar situações em que técnicos desses setores entram obrigatoriamente em ação. Toda a programação (clique aqui para ver) é aberta ao público.

Outubro 8, 2012 Posted by | ciência, jornalismo, Tecnologia | | Deixe um comentário

Academia de Ciências e Letras de Maricá tem novo Presidente

Yves Henrique Cardoso Serpa, ocupante da cadeira 27 – de Santos Dumont, assume a presidência da Academia de Ciências e Letras de Maricá, e diz que quer levar a Academia ao povo mais humilde do Município

DSC05814O novo presidente Yves Henrique Cardoso Serpa e a ex presidente Maria Regina Moura

Na quinta feira, dia 05 de Janeiro de 2012, tivemos em Maricá a mudança da diretoria da Academia de Ciencias e Letras de Maricá, a presidente que deixava o cargo Maria Regina Moura, dirigiu os trabalhos na abertura da reunião e aproveitou para fazer um balanço do que foi feito durante sua gestão, mostrando so novo grupo gestor as dificuldades que terão pela frente. O novo presidente Yves Henrique Cardoso Serpa, em seu discurso de posse agradeceu a Maria Regina por sua luta incansável para dar vidibilidade a ACLM e prometeu continuar com esta luta, Yves Serpa disse acreditar que um novo caminho deva ser percorrido na busca deste objetivo e apresentou uma proposta de aproximar os mais humildes da academia conforme a experiencia já vitoriosa do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, quando do projeto teatro a R$ 1,00 que levou os mais humildes de encontro a cultura que antes estava inatingível.

DSC05813 Membros da Academia participaram da posse

A posse do novo presidente teve o comparecimento da Sub Secretária de Cultura Rosely Pellegrino, representando o Secretário de Cultura Ricardo Cravo Albim, da Sub Secretária da Cidade Educadora Andrea Cunha, representando o Secretário de Educação Marcus Ribeiro, de Jornalistas do município e de pessoas ligadas a cultura municipal que foram desejar ao novo presidente sucesso em sua empreitada e muitos colocaram-se de imediato a disposição para ajudar no que puderem.
”Esperamos que a nova administração da ACLM consiga realizar o sonho dos acadêmicos de tornar a academia um lugar visitado por todos e reconhecida pelo valor do que oferece ao município”.”(Yves Serpa)

Janeiro 13, 2012 Posted by | ciência, justiça, literatura, Maricá, social | , | Deixe um comentário

Rainha Elizabet condecora Gérard Moss

14/11/2011-Gerárd Moss, idealizador do Projeto Rios Voadores

Idealizador do Projeto Rios Voadores, patrocinado pela Petrobras desde 2003, recebeu, ontem, dia 18 de novembro, no Palácio de Buckingham, em Londres, a medalha e o título de Membro da Ordem do Império Britânico. Gérard Moss é reconhecido pelos serviços prestados em questões do meio ambiente no Brasil. Através do projeto foi possível realizar pesquisas sobre a influência no clima brasileiro das correntes de ar carregadas de vapor de água que atravessam a Amazônia e levam a umidade para outras regiões do Brasil, os "rios voadores".

14/11/2011-Balão do Projeto Rios Voadores

 

 

14/11/2011-Projeto Rios Voadores – Nuvem de chuva

 

14/11/2011-Projeto Rios Voadores – Margie Moss (que está a frente do projeto) e Gerard Moss (seu idealizador)

À esquerda: Gerárd Moss, idealizador do Projeto Rios Voadores, e membros de sua equipe, monitorando com auxílio de balões os rios do projeto

Novembro 19, 2011 Posted by | água, ciência, cultura, Educação, jornalismo, meio ambiente, Planeta Terra | , | Deixe um comentário

Maricá realiza semana de tecnologia com ações de inclusão digital

O caminhão do projeto Consciência Ampla Sobre Rodas está estacionado na Praça Orlando de Barros Pimentel – Foto Fernando Silva

A cidade de Maricá participa pela terceira vez da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – realizada em municípios de todo o país entre os dias 17 e 21 de outubro. O evento começou nessa segunda-feira (17/10) com a realização de oficinas e exposições sobre internet móvel, celulares, acessibilidade, tecnologia 3D e consumo consciente de energia elétrica, com a participação do caminhão onde funciona o projeto Consciência Ampla Sobre Rodas, mas foi prejudicado pela chuva. A cidade comemora nesta edição o avanço acelerado de iniciativas para a inclusão digital da população. A chuva atrapalhou a programação do evento que aconteceria nessa segunda-feira (17/10) na Praça Orlando de Barros Pimentel. Se o tempo não melhorar, a secretaria de Educação vai transferir a programação do evento para a escola municipal Joana Benedicta Rangel, no Centro.

Em 2011, dois projetos do governo municipal tornaram possível o acesso de jovens, crianças e adultos à internet. Um deles oferece acesso gratuito à rede, por meio de conexão sem fio em diversos pontos da cidade, e o outro foi responsável pela distribuição, também gratuita, de netbooks para todos os alunos com idade acima de cinco anos matriculados na rede municipal de ensino.
Entre os destaques da programação da Semana está um concurso cultural sobre o uso seguro da energia elétrica, realizado em parceria com a Ampla. Os ganhadores serão premiados com 90 geladeiras com baixo consumo de energia. Para participar, é preciso visitar a carreta da Ampla (localizada na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro) e apresentar a última conta de luz. A concessionária de energia também fará palestras e oficinas sobre o uso eficiente da energia elétrica, entre os dias 17 e 21, na Casa Digital, também no Centro da cidade.
Num estande da Vivo, os moradores poderão conferir as mais recentes novidades do mercado de tecnologia para celulares e internet Móvel. Na área da ciência, haverá oficinas sobre reaproveitamento de materiais recicláveis, como garrafas Pet e jornais.
Na quarta-feira (19/10), cinco alunos vencedores de um concurso sobre a história do naturalista inglês Charles Darwin, realizado nas escolas municipais em setembro, serão premiados com um vôo panorâmico pela cidade, incluindo os 2,2 quilômetros por onde Darwin passou em 1832. O trecho, conhecido como Caminho de Darwin, fica no Parque Estadual da Serra da Tiririca. O concurso, que motivou os alunos a prepararem trabalhos sobre a biodiversidade das espécies, foi promovido pela Subsecretaria de Ciência e Tecnologia, Programas e Projetos Especiais da Secretaria de Educação, em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Casa da Ciência e o Aeroclube de Maricá.
Confira a programação completa:
17/10
9h às 20h: Exposições da Vivo com tablets, celulares 3G, rádio e internet móvel; televisões 3D com óculos especiais; palestras sobre os riscos de misturar bebida e direção, com cadeirantes vítimas de acidentes de trânsito;
18h: Consciência Ampla sobre Rodas e inicio do concurso cultural;
18/10
10h: Abertura Oficial do evento com bandas e escolas;
10h às 12h: Oficina de reaproveitamento de jornal;
14h às 16h: Oficina de reaproveitamento de garrafas PET;
19/10
9h às 18h: Entrega da premiação dos melhores trabalhos científicos através dos conceitos de Charles Darwin; vôo panorâmico para os vendedores do concurso;
20/10
10h às 16h – Projeto Praça Ciência Itinerante com trabalhos da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio (CECIERJ);
21/10
9h às 12h: exposições e entrega dos prêmios aos vencedores do concurso cultural;
14h às 16h: Oficina de papel reciclado

Outubro 20, 2011 Posted by | ciência, jornalismo, Reciclagem, Tecnologia | Deixe um comentário

Estudantes participam da abertura oficial da Semana de Ciência e Tecnologia

Alunos criaram uma horta vertical feita com garrafas Pet. Foto: Fernando Silva

Alunos da rede municipal de ensino participaram da abertura oficial da III Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de Maricá, realizada nesta terça-feira (18/10), na Escola Municipal Joana Benedicto Rangel, no Centro. Uma exposição reuniu 20 trabalhos feitos pelos estudantes sobre o tema “Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos”.

Entre os trabalhos apresentados está a horta vertical feita com garrafas Pet. Alunos da Escola Municipal João Monteiro plantaram violetas, cebolinhas, coentros, salsas e hortelãs em vasos feitos com material reciclado. Todos os vasos são vedados, para evitar o acúmulo de agua e, consequentemente, a proliferação do mosquito transmisor da dengue.

Estudantes da escola municipal CAIC Elomir Silva, em São José do Imbassaí, criaram uma maquete com um projeto similar ao implantado pela prefeitura do Rio de Janeiro para evitar tragédias naturais. O aparelho, que mede a pressão atmosférica e a velocidade do vento, emite um sinal sonoro quando existe previsão de chuvas fortes.

“Gostei muito de participar deste projeto porque utilizei o que aprendi em sala de aula para criar um trabalho que pode evitar tragédias provocadas pelas chuvas. Esta tecnologia poderia ter evitado a morte de muitos moradores do Morro do Bumba, em Niterói”, afirmou Pamela Souza, de 11 anos, da 6ª série do Ensino Fundamental.

Durante a Semana de Ciência e Tecnologia, que vai até sexta-feira (21/10), acontecem palestras, oficinas e exposições sobre temas como internet móvel, celulares, acessibilidade, tecnologia 3D e consumo consciente de energia elétrica, na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro de Maricá. Um concurso cultural sobre o uso seguro da energia elétrica, realizado em parceria com a Ampla, vai premiar os moradores com 90 geladeiras com baixo consumo de energia. Para participar, é preciso visitar a carreta da Ampla (localizada na praça central) e apresentar a última conta de luz. A concessionária também fará palestras e oficinas sobre o uso eficiente da energia elétrica até sexta-feira na Casa Digital, também no Centro da cidade.

Num estande da Vivo, os moradores poderão conferir as mais recentes novidades do mercado de tecnologia para celulares e internet móvel. Na área da ciência, haverá oficinas sobre reaproveitamento de materiais recicláveis, como garrafas Pet e jornais.

Nesta quarta-feira (19/10), cinco alunos vencedores de um concurso sobre a história do naturalista inglês Charles Darwin, realizado nas escolas municipais em setembro serão premiados com um vôo panorâmico pela cidade, incluindo os 2,2 quilômetros por onde Darwin passou em 1832. O trecho, conhecido como Caminho de Darwin, fica no Parque Estadual da Serra da Tiririca. O concurso, que motivou os alunos a prepararem trabalhos sobre a a biodiversidade das espécies, foi promovido pela Subsecretaria de Ciência e Tecnologia, Programas e Projetos Especiais da Secretaria de Educação, em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Casa da Ciência e o Aeroclube de Maricá.

A cidade de Maricá aproveita a Semana de Ciência e Tecnologia para comemorar o avanço acelerado de iniciativas para a inclusão digital da população. Em 2011, dois projetos municipais tornaram possível o acesso de jovens, crianças e adultos à internet. Um deles oferece acesso gratuito à rede, por meio de conexão sem fio em diversos pontos da cidade, e o outro foi responsável pela distribuição, também gratuita, de netbooks para todos os alunos com idade acima de cinco anos matriculados na rede municipal de ensino.

Texto: Rafael Zarôr
Foto: Fernando Silva

Estudantes expõem trabalhos na Escola Municipal Joana Benedicto Rangel. Foto: Fernando Silva

Outubro 18, 2011 Posted by | ciência, educacão, Feiras e Eventos, jornalismo, Tecnologia | Deixe um comentário

Escola de Inoã tem dia de ciência

A bicicleta geradora de energia era um dos experimentos mais procurados da exposição

A Escola Municipal Darcy Ribeiro, em Inoã, sediou nesta sexta-feira (17/6) o evento que encerrou o projeto Praça da Ciência Itinerante em Maricá. Foram apresentados trabalhos onde os professores da unidade aprenderam a usar kits de atividades científicas. A ação foi uma parceria da Secretaria Municipal de Educação com a Fundação Centro de Ciência e Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj).

Sob o tema “Itinerando e Preparando Multiplicadores para Divulgar a Ciência”, o evento levou para a quadra da escola diversos experimentos onde os alunos aprenderam e se divertiram. Os mais concorridos foram a bicicleta geradora de energia e o planetário inflável, onde era possível aprender um pouco sobre a observação do espaço.

Além de Maricá, o evento ocorreu simultaneamente nos municípios de Japeri (na Baixada Fluminense) e Petrópolis (na Região Serrana). Para a coordenadora Oneida Enne, do Cecierj, o resultado foi positivo e será enviado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

“Conseguimos atingir nosso objetivo em Maricá e essa exposição foi feita para mostrar isso. Estão todos de parabéns”, elogiou a coordenadora. O subsecretário de Ciência e Tecnologia de Maricá, Bolívar Machado, também marcou presença na escola.

Junho 17, 2011 Posted by | ciência, Educação, jornalismo, Tecnologia | Deixe um comentário